Dani B. escreveu sobre Paellas Pepe

Rua Bom Pastor 1660

Pepe legal

Imagino que os toats internacionais do Alê tenham deixado muita gente com vontade de comer paella. Como a Espanha é um pouco… digamos assim… fora de mão, recomendo o Paellas Pepe, no Ipiranga, em São Paulo.

A paella preparada nos finais de semana pelo chef Mario, filho da dona Pilar, é servida à vontade na casa da família.

É preciso fazer reserva com pelo menos um dia de antecedência por telefone ou até sexta-feira no site. Depois é só chegar e se esbaldar com a receita que leva lagostin, mariscos, vôngoli, camarões, frango e legumes. Para beber, recomendo uma gelada de 600 ml ou a sangria de vinho branco.

Enquanto espera o sino tocar – é o aviso de que chegou hora de entrar na fila para fazer seu pratão – peça ‘Las Tapas’ – tortilla, lula in su tinta, marisco temperado, vinagrete de frutos do mar, um tipo de frio espanhol e cesta de pães (15 reais para até quatro pessoas).

Para quem prefere variar ou então não gosta de paella (¿Cómo?), a casa oferece opções individuais que podem ser pedidas na hora da reserva. Lulas recheadas e até filé com fritas estão no cardápio.

Me lembro da primeira vez que fui desvendar o Paellas Pepe há uns quatro ou cinco anos. O sobrado não tinha placa. Entrei de fininho, meio tímida pelo extenso quintal lateral como se estivesse chegando no almoço de domingo de parentes desconhecidos. Logo a simpática Pilar veio indicar uma das poucas mesas e, em pouco tempo, me senti em casa.

Com o sangue dos conquistadores nas veias, a família Pepe fez o negócio prosperar. O restaurante, que começou modestamente oferecendo shows de música e dança flamenca nas noites de sábado, ganhou placa, manobrista na porta, ampliou o número de mesas e deu um belo upgrade no site. delivery, eventos e cursos de paella também estão no cardápio.

O curso, para turmas de até seis pessoas, perece bem interessnate. Por 300 reais você faz a aula, almoça e ganha um kit, incluindo um fogareiro que se adapta ao fogão para fazer a paella em casa. Se preferir apenas fazer a aula e almoçar o pacote sai por 100 reais.

O preço aumentou um pouco nestes anos, mas a excelente comida e o esquema ‘lá em casa’ valem os 'pilas' que você vai pagar para a dona Pilar.

O Pepe ainda oferece um agrado no jantar da sexta-feira. Basta acessar a Promoção no site e levar o cupom impresso. A mesa ganha uma sangria ou uma porção de presunto (jamon) serrano. ¡Oba! Que tal?

(Post publicado originalmente no blog Braun Café em 24 de fevereiro de 2007)
Ambiente
Comida
Atendimento
Bebida
Custo-benefício
Preço $$$