Yumê

Endereço: Pacheco Leão , 758 , Jardim Botânico - Rio de Janeiro , RJ - Brasil - 22460-030

Telefone:

(21) 3205-...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes Japonês

  | Rank: 4º de 202
Preço por pessoa
$$$$ (De R$51 até R$100)

Site oficial
yumekin.com
Bom para
Encontros românticos

Primeira opinião
Natalia - Gulab
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
18h - 23:59
Ter.
18h - 1h
Qua.
18h - 1h
Qui.
18h - 1h
Sex.
12h - 2h
Sáb.
12h - 2h
Dom.
12h - 23:59


Detalhes
  • Ar condicionado
  • Estacionamento


Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Sou dono
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Lugares parecidos
  • Cadastro

http://br.kekanto.com/como-chegar/yume
Notas específicas:
Ambiente
(11)
Comida
(11)
Atendimento
(11)
Bebida
(11)
Custo-benefício
(11)
Dicas
Vá com um grupo de 6 a 8 amigos e fique no último salão , apreciando a vista e as delícias que o restaurante pode oferecer! Ah, faça reserva para antes das 9 pq lá é muito disputado!
Fernando F.
Chegue antes das 19h em dias normais, domingos são mais vazios
Laila B.
Peça o sorvete frito com calda de maracujá.
Natalia -.
Foi um dos restaurantes visitados por Madona em sua passagem pelo Rio
Elinora .
Divirta-se com as entradas como o Narutomaki de Namorado: enrolado de peixe branco, com ebi, shimeji e mozarela. rouxinha de papel de arroz com recheio de salmão e nirá. Duvido que as opções clássicas façam frente a estas.
Leonardo S.
Ver mais
Opiniões
Para ser franca, não frequento este local faz algum tempo.No entanto, guardo-o, na memória, com muita saudade e com o rótulo: um encontro inesquecível. Pelo que me lembro, é um restaurante japonês com salão principal e, nos fundos, um lugar mágico.Mágico?Sim! À luz de velas sobre uma piscina de carpas. Tudo isso, em um ambiente bem frequentado, que beira o sofisticado no Horto. Fui jantar lá porque a casa costuma abrir após 19 h.Exceção: de sexta até dom, são servidos almoços a partir de meio-dia. Se você ainda não conhece, leve alguém especial e passe a entender porque YUMÊ significa SONHO!Bom encontro!
Fui comemorar 1 ANO de namoro no Yumê num domingo, às 21h, e conseguimos mesa com facilidade. O melhor: aquelas mesas onde vc tira o sapato e fica agarradinho. Muito bom para casais!

A comida é excelente e não demora a chegar. A única ressalva é que os hot philadelphia chegaram antes das entradas. Mas isso não mudou em nada o sabor e a nossa fome... Pedimos um combinado só de salmão com teriaky, wasabi e gengibre extra e tivemos nossos pedidos atendidos. Os garçons foram muito simpáticos.
O Yumê é um japonês de primeira, com boa comida e decoração romântica. Um dos pontos altos é o ambiente ao fundo do restaurante. Lá tem mesas a luz de velas , tatames sobre uma piscina de carpas e teto de vidro que dá para ver as estrelas quando o céu está bonito.

O lugar é super agradável, com comida boa e o preço faz juz a um bom restaurante japonês. Normalmente eu peço o shitake, que é ótimo! O endereço também é um ponto alto, já que fica ali no horto, ao lado do paredão verde do Jardim Botânico. O restaurante abre para almoço nos fins de semana, mas vale ir lá para jantar. É uma ótima dica para casais!
Para você curtir a dois, num ambiente romântico e aconchegante, indico o Yumê. Localizado no Horto, aos pés do Jardim Botânico, o restaurante japonês conta com um clima ideal para comer, relaxar e conversar. Os pratos são mais caros que os habituais, porém os peixes primam pela melhor qualidade. Os caipisaquês também são uma boa pedida (uva verde). O atendimento é bom, com garçons atenciosos. A cozinha fica exposta pelo caminho, até chegar às mesas, o que provoca a satisfação de estarmos sendo servidos em um restaurante que preza pela boa culinária japonesa. Indico os sushis com ovas e camarão, assim como os sashimis de atum. Todos os pratos chegam com boa apresentação, decoração simples e que salta aos olhos. Recomendo!
Nem sou fã de comida japa, mas esse restaurante me conquistou. Com vários ambientes, se destaca o aquário, onde se pode jantar a luz de velas vendo as tartarugas e peixes sob seus pés... O teto fica aberto em dias sem chuva, tornando o céu estrelado mais um belo complemento ao jantar.
É servida uma entradinha de boas vindas por eles... e uma entrada + um prato principal satisfazem bem 2 pessoas, sem sair nada muito abusivo! Bom programa para casais!
Yumê significa sonho. O nome não poderia ser mais apropriado para o restaurante, que serve jantar à luz de velas, sobre uma piscina de carpas, e ainda contempla as estrelas pelo teto de vidro.

O cardápio costuma atender aos mais exigentes paladares. As iguarias orientais, principalmente a culinária japonesa, com um dos melhores sushis e sashimis da cidade, chegam constantemente do sushi bar para completar o cenário nas mesas, aguçando o apetite e o romantismo do lugar.

A cozinha quente, por sua vez, traz pratos exóticos e novidades permanentemente renovadas.
Acredito estar escrevendo uma resenha sobre um dos melhores restaurantes japoneses do Rio. No Yume tudo é MUITO. O ambiente é MUITO bom, a comida é MUITO boa, as entradas são MUITO criativas e, por consequência, o preço também é MUITO caro.

Disseram numa resenha aqui e reforço: olhando de fora parece que é pequeno, mas o restaurante possui três ambientes. A medida que você vai entrando o ambiente vai ficando melhor. No início, um salão comum, depois, tatames e ambiente mais escuro. Por último, uma sala cujo chão é um aquário, onde peixes nadam como se não soubessem o futuro deles... Heheheheh. Muito maneiro!

Eu fiquei no tatame porque o ambiente do aquário estava todo ocupado, é claro!

As opções de entradas eram tão atraentes e instigantes que eu e minha mulher nos concentramos nelas. Todas em porções comedidas, porém sempre deliciosas. Saca só:

- Lula recheada com shimeji, manjericão e queijo de búfala.
- Harumaki de camarão com catupiry e alho poró, assado no forno.
- Narutomaki de Namorado: enrolado de peixe branco, com ebi, shimeji e mozarela.
rouxinha de papel de arroz com recheio de salmão e nirá.

Cada entradinha dessa fica entre R$ 30 e R$ 50 reais. Um cálculo rápido da a idéia de que eu e minha mulher gastamos um bocado no local. Mas vamos admitir: em que outro lugar você já comeu coisas parecidas assim?

Devo voltar uma outra vez lá, em algum mês mais folgado, para experimentar os clássicos como sushis e sashimis. Mas duvido que seja tão bom quanto foi essa farra de entradas. Mais barato será, com certeza!

+ LEIA MAIS: http://restaurantesdorio.com.br/restaurante-yume-jardim-botanico/


#08
O Yumê fica no Rio de Janeiro, mas precisamente na rua Pachêco Leão, no Jardim Botânico e o nome significa sonho. Uma boa tradução para as comemorações de uma data especial.
Uma bebida que estava no cardápio nos aguçou a curiosidade. Uma cerveja japonesa, Sapporo, que apesar de custar R$ 27, pedimos para experimentá-la. Ela não revela nenhum sabor diferente. Leve, parecida com muitas marcas comercializadas no Brasil. Para acompanhar, uns mini rolinhos primavera, que os clientes ganham como cortesia.Então fomos experimentando algumas entradas da 'casa'. Primeiro fomos de Gyouza - tradicionais pasteizinhos chinês com legumes e frango, pedimos pelo nosso amigo Marcelo. Molho shoyo para temperar!
Particularmente, eu não gosto de pastéis. Por isso, optei em saborear o brilhante pedido da minha amiga - o Ebi no Harumaki. Uma espécie de rolinho primavera assado no forno com recheio de camarão, catupiry e alho poró. Molho agridoce para acompanhar. No meu caso, acho que fica muito mais delicioso comer ele puro, sem outro sabor para misturar.
Eu, um apaixonada por cogumelos, optei por um prato inusitado: shitake recheado com salmão cru. Mas como pode? Traz que eu quero ver!!! E não é que era possível!!! A aparência não é muito agradável (quase ninguém quis comer com receio), mas assim que é colocado na boca, o cogumelo se derrete parecendo um mousse. Nota mil pelo prato. Sempre que terei a oportunidade voltarei para saboreá-lo novamente.
Em seguida, mais comida. Desta vez, um prato comum, pedido em quase todos os restaurantes orientais e uma opta opção para quem está iniciando a degustar a culinária japonesa. Hot Filadélfia com recheio de salmão com creame cheese.
O gran finale ficou por conta de um mega-combinado de 120 peças - com sushis, sashimis e makimonos de salmão e atum - servido em duas barcas imensas!!!
Como não havia mais espaço no estômago, a sobremesa ficou para outra oportunidade!! Quem venha o 'sonho' mais uma vez!!!
Sem dúvida, um dos melhores restaurantes japoneses do Rio. Com alguma influência francesa (chizu aonamaki - trouxinhas com queijo roquefort e batayaki com escargot) e brasileira (sake usugiri - carpaccio de salmão com blinis de tapioca, tempura de jaca e acarajapa) o Yumê tem um cardápio capaz de agradar a qualquer pessoa.

Embora o cardápio seja excelente, o diferencial da casa é o ambiente. Logo na entrada mesas e um tanquinho com algumas carpas. Depois, salas privativas com tatamis e o ambiente mais disputado: o salão com piso de vidro, através do qual é possível ver carpas nadando e com teto igualmente de vidro, por onde se pode observar o céu.
O salão principal logo na entrada é extremamente elegante, a seguir salas privativas com tatamis , mas para o fundo uma sala grande com teto removível e o chão de vidro cobrindo um aquário com lindas carpas fazendo do restaurante o Japa mais romântico da cidade.

E não só de beleza vive o Yumê, o atendimento é personalizado e eficiente. O cardápio é variado e conta com muitas inovações.

Provei uma Lula recheada (sempre como em muitos Japas e foi a melhor), Sashimis ( corte perfeito) , e Harumaki feito no forno (camarão catupiry maravilhoso).

A bebida que acompanhou o jantar foi o Saquê , muito bom por sinal!

Não cheguei lá com muita fome mas se for o caso prepare o seu bolso porque é tudo muito caro!
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 21

Nota geral Você conhece o Yumê? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)