Vinheria Percussi

Endereço: Rua Cônego Eugênio Leite, 523 , Pinheiros - São Paulo , SP - Brasil - 05414-011

Telefone:

11 3088-49...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes Italiano

  | Rank: 96º de 429

Fundada em 1985, a Vinheria Percussi foi um dos primeiros restaurantes a oferecer enogastronomia em São Paulo. A casa é comandada pelos irmãos Percussi: Silvia é a responsável pela cozinha italiana contemporânea e Lamberto cuida pessoalmente da escolha dos vinhos. 

Preço por pessoa

Site oficial
percussi.com.br
Bom para
Encontros românticos, Vinho

Primeira opinião
Alice Singer
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Ter.
12h - 15h e 19h - 23h
Qua.
12h - 15h e 19h - 23h
Qui.
12h - 15h e 19h - 23h
Sex.
12h - 15h e 19h - 23:59
Sáb.
12h - 16:30 e 19h - 23:59
Dom.
12h - 16:30


Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas
  • Inaugurado em 1985
  • 75 lugares
  • Wi-fi: Acesso grátis
  • Couvert: R$ 9
  • Menu executivo: R$ 45
  • Estacionamento: R$ 18


Como chegar
Favorito
Reservar mesa
Ver cardápio
Escrever opinião

Reportar problema
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/vinheria-percussi
Notas específicas:
Ambiente
(11)
Comida
(10)
Atendimento
(11)
Bebida
(10)
Custo-benefício
(11)
Dicas
Vale nos finais de semana, quando tem um Menu Degustazione por preço razoável (+/-R$50)
Eli Y.
Os mini macarons de chocolate que acompanham o café
Augusto G.
Cozinha italiana
Pedro P.
Canto de pássaros.
Celia P.
Peça sugestões de vinhos ao maitre. Atrevasse a experimentar um vinho novo.
Luiz A.
Ver mais
Opiniões
"""Um dos melhores endereços italianos de SP"""

O VINHERIA PERCUSSI tem um ambiente bastante requintado, as mesas são grudadinhas e a iluminação é baixa e amarelada. Essa foi nossa 2ª visita na casa, a outra havia acontecido em 10/09/2011.

Comecei com um delicioso Sformato Di Baccalà, uma espécie de torta de bacalhau com umas rúculas de enfeite, simplesmente algo dos Deuses.

Meu prato principal (Menu Restaurant Week) foi nada mais nada menos que um Fettuccine Di Pepe Nero Alla Salsa Di Cozze, uma massa fresca artesanal exclusiva do Vinheria Percussi, preparada com pimenta preta (suave) e servida com molho de mexilhões. Algo surreal.

Pra completar tomamos 2 taças de vinho argentino: TILIA CABERNET SAUVIGNON 2010 e um TILIA MALBEC 2011. Aqui vale um parenteses, o Vinheria Percussi é considerado uma das melhores cartas de vinhos de São Paulo, já tendo ganho vários prêmios por isso.

O outro prato pedido foi um que pertence aos Pratos da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança, uma dos mais simples que já vimos. Pelo preço, ficou devendo bastante, mas vale a pena principalmente quando se pensa na cerâmica pintada a mão (prato) que levamos para casa, d+!!! O prato era um Tagliollini di Porri Alla Crema di Caprino.

Depois ainda pedimos a sobremesa, Panna Cotta servida na taça....que beleza!!!

O Vinheria Percussi, embora estivesse lotado, nós não esperamos nada na fila, graças a reserva feita antecipadamente.

Saímos de lá felizes, o Vinheria é SHOW!

Data da Visita: 06/03/2013

Simulação de gastos para 2 Pessoas:
R$ 63,00 (Prato Tagliollini)
R$ 47,90 (Prato Menu Restaurant Week)
R$ 24,00 (Taça de Vinho = R$ 12,00 x 2)
R$ 4,80 (Água sem gás)
R$ 1,00 (Doação Ação Criança)
R$ 13,97 (Acréscimos)
TOTAL R$ 154,67
É um bom lugar para uma refeição tranquila e tem uma boa carta de vinho tem uma decoração simples mas bem arrumada o serviço é muito atencioso e simpático, o menu tem seus altos e baixos. Começamos com um carpaccio de salmão que nem deveria ter sido oferecido, o prato era feito com fatias de salmão defumado, aquelas que você acha na sessão de congelados do supermercado, em vez do molho a base de mostarda, veio um creme azedo muito bom, o prato parecia que tinha vindo direto do congelador, ruim. Os pratos principais foram um risoto com cordeiro, e um ravioli de brie e damasco com molho branco salpicado de ervas, o risoto estava ótimo a carne veio desfiada e fritas misturada no risoto, que tinha um sabor apimentado na medida certa sem estragar o paladar, o ravioli feito com massa fresca tinha o recheio de brie bem delicado e equilibrado com o sabor de damasco, poderia ter vindo com um pouco mais de molho branco. A sobremesa foi simples e saborosa, um sorvete muito bom de creme com suspiro e calda de amora, perfeito.

Na carta de vinho tem boas surpresas com preços razoaveis.
No geral é um lugar muito bom, vale a pena voltar, mesmo com alguns defeitos o restaurante se compensa com os acertos.
A primeira parada da Restaurant Week do segundo semestre de 2013 foi na Vinheria Percussi. A entrada foi um creme com alcachofras simplesmente espetacular, o prato principal foi uma massa com molho de tomate e alho bem boa e a sobremesa, um zabaione com morangos gostosinho. Completou uma cesta de pães como couvert e um café acompanhado por uns docinhos incríveis (incluindo um mini macaron de chocolate inesquecível). Cinco estrelas para a entrada e o café, 4 pro prato principal, 3 pra sobremesa e pro couvert - média 4. Serviço impecável, ambiente requintado mas sem frescura. Me pareceu meio caro pra voltar fora da Restaurant Week, mas a comida compensa - até porque eu vi umas sobremesas fora do menu promocional que pareciam bem melhores que o zabaione. Para quem gosta de vinho, tem uma carta gigantesca. Mas aí prepare-se para gastar bastante.
Dos lugares que nós fomos e gostamos, eu e a Isabelle, que escreve no Aventuras Gastronômicas comigo, ficamos empolgadas de divulgar logo e fazer um post longo contando os detalhes. Quando é o contrário, o lugar fica numa listinha que temos de posts para escrever. A Vinheria Percussi é um dos restaurantes que entraria para a lista.

Na sexta-feira, dia 9 de setembro, queria um restaurante do São Paulo Restaurant Week perto do trabalho para ir. Depois de dar uma olhada nas fotos postadas pela Vinheria no Instagram, decidi que era a vez de provar as massas que tanto já ouvi falar. E, realmente, a massa estava muito boa – Orecchiette al ragú di costole (massa fresca artesanal, servida com ragù da costela de boi).

Se o jantar fosse regado a um bom vinho e à boa massa seria ótimo, mas no menu do SPRW não. E a decepção começou com a entrada. Escolhemos a Pizza Pazza (pizza crocante de queijo de cabra, berinjelas e tomates secos), que é grande para quem prefere comer com as mãos e crocante para quem se arrisca a usar os talheres. Exigiu cuidado para manuseá-la sem acertar o companheiro ou a mesa vizinha.

Digo isso porque o casal ao nosso lado brigou mais que nós para comer a tal pizza e a esposa do sujeito foi vítima de alguns pedaços da massa assada.

Antes da entrada trocamos o couvert pela porção de Crostini (foto acima): seis fatias de pão italiano com alho e queijo. Boa e mais barata (R$ 8,40) que o couvert (pão italiano com manteiga).

Mas, deixei o melhor para o final do post.

Não sei quantas pessoas acompanham as fotos da Vinheria pelo Instagram, mas creio que todas que foram pelas fotos se sentiram enganados. Me sinto enganada até agora, tanto pelas fotos acima como as divulgadas no site do evento. O pão de ló com calda de laranja ao rum foi a maior decepção da noite.

Se eu recomendo o local? Não para o SPRW. Deixe seu rico dinheiro em outro restaurante já recomendado por nós. Além disso, os 2 reais para a doação veio com a conta. Pode parecer chatice nossa e de fato é, mas acho que o correto é todos os restaurantes trazerem o cofre para o depósito da contribuição ou indicar o local do cofre.
Ponto positivo:
- Um dia que não precisei cozinhar

Pontos negativos:
- Apresentação horrorosa da sobremesa, bem diferente das imagens divulgadas.
- Colocou o dinheiro do Monte Azul com a conta e somou os 10% do serviço.
- O garçom fez cara feia quando pedimos para pagar o valor sem os 2 reais.
- A apresentação do pão de ló foi a maior decepção da noite. Ruim e feio.
- Gastei 130,57 e não saí satisfeita com a aventura gastronômica.
Mais um restaurante que sempre tivemos vontade de ir, não só pela grande fama, mas também por fazer parte da querida e amada Associação da Boa Lembrança.

Na primeira edição de 2011 do Restaurant Week, eu liguei lá nos últimos dias e um simpático senhor me atendeu dizendo que eles já haviam fechado as reservas e que quando fosse a outra edição era para eu agendar beeemmm antes, pois a casa era bastante procurada.... e foi o que eu fiz... quando ouvi dizer que o evento começava dia tal, a primeira coisa que me veio à cabeça foi reservar o Vinheria Percussi e deu tudo certo! Reservei para o jantar no sábado.

Pegamos um trânsito de lascar na ida.. e por algum instante cheguei a achar que fosse perder a tão esperada reserva, mas liguei lá, falei com o Sr. João, que prontamente me disse que se eu estava a caminho, poderia ficar tranquila, que eles seguravam pra mim. Chegamos alguns minutinhos atrasados.. havia filas.. mas lá estava a nossa mesinha reservada.

O maitre, o Sr. Jonas é excelente... atendimento diferenciado... e adoramos a atitude do garçom em perguntar antes se queríamos o couvert, ao invés de já ir colocando na mesa.
O Luís Gustavo ficou mais uma vez com o prato participante da Boa Lembrança e eu peguei o menu do Restaurant Week... para beber, enquanto 100% das mesas à nossa volta tomavam vinhos, nós fomos de Bohemia long neck R$ 6,60 para não perder o costume... rsrsr

Escolhi como entrada o Crespelle al pesto, que estava saboroso, mas servia apenas uma pessoa.

Como prato principal escolhi o Risoto all Amatriciana que estava divinamente saboroso..

O prato da Boa Lembrança era o Piccollini di Zucca R$ 57,30, que estava também divino...

O grande destaque é para a maneira como eles servem o queijo ralado... simplesmente eles servem o prato e depois vem com uma maquininha, vamos chamar assim.. e faz o queijo ralado na hora, ali em cima do seu prato... não é demais? E o Luís Gustavo ainda pediu mais depois de um tempo.. rsrsrs Falando nisso, infelizmente mais uma vez não ficamos sabendo o nome do garçom, que aliás foram vários na noite que nos atenderam.. mas o atendimento é ótimo!

Partimos então para a sobremesa... escolhi no menu do Restaurant Week o Babá al rum, que chamou atenção de cara e ainda não parava de sair... mas achamos bem médio.. trata-se de um pão de ló bem molhadinho de calda de laranja + rum...

A sobremesa do Luís Gustavo foi Protiferoles R$ 14,30, que eram carolinas com chocolate e sorvete... o prato era lindo e muito gostoso... só que o chocolate era beemmm amargo, o que agrada a maioria das pessoas, mas não é o nosso caso.

Quando pedimos a conta, a maquininha estava com problemas, e precisamos ir até um local em que estavam as máquinas fixas.. e era bem acoplado à cozinha e eu adorei!!! Acabamos tendo a honra de conhecer a cozinha do Vinheria Percussi.. e o atendimento é tão bom, quem enquanto estávamos contentes por tal fato, eles estavam nos pedindo mil e uma desculpas.

Data da Visita: 10/09/2011

Ambiente: 9,5
Atendimento: 10,0
Bebidas: 8,0 (cervejas)
Banheiro: 9,0
Estacionamento R$ 12,00.
O restaurante fica em uma charmosa casa e a especialidade é comida italiana, da melhor qualidade, diga-se de passagem.Tudo super bem pensado o ambiente é agradável e bem iluminado, perfeito para um almoço relax ou até mesmo um jantarzinho mais elaborado.O cardápio é amplo e conta com varias opções de massas, carnes e risotos. Como eu queria provar um pouco de tudo fui logo na sugestão do dia, e ao invés de escolher um ou outro prato, pedi a opção do menu degustação. Para acompanhar as delicias vindas da cozinha, provamos o vinho da casa, o Percussi.

Logo de cara fomos brindadas com um agradinho vindo da cozinha, um caldinho de funghi, suave e quentinho. Perfeito para o friozinho que fazia.Então era a hora de abrirmos os trabalhos. Para começar uma entradinha pra lá de especial, uma saladinha verde acompanhada de Focaccia allá pancetta e uma Torta de Formaggio e carciofini.

Em seguida um Penne Rigate al Ragu. Garçom, o meu com muito queijo, por favor!Seguimos com um Scaloppine di pollo allá pizzaiola com riso bianco. Confesso que frango nunca é minha opção, mas esse ai estava suculento e saborosíssimo.Na hora da sobremesa eu já não conseguia comer nenhum grama a mais, mas não podia fazer desfeita e me joguei numa Torta di noci & gelato.

A Deni, mais comportada, foi numa Macedônia di frutta. Pense num negocio bom. Vinha com uma farofinha e um creminho por cima das frutas que era dos deuses.No final do nosso almoçinho ligth pagamos os 65 reais cada uma e a Deni me apresentou para os simpáticos proprietários do lugar. Ganhei um livro de receitas da Silvia Percussi chamado Menu di Funghi com 100 receitas, todas elas contendo funghi. Um sucesso!

Vou testar as receitas e depois conto aqui como me sai pilotando o fogão.
São Paulo Restaurant Week 2011: celebração da Itália na Vinheria Percussi

A Vinheria Percussi é uma das boas experiências na 9ª São Paulo Restaurant Week. Estive por lá ontem, com a amiga Carol Fullen, que parte para a Itália no fim da semana, em um delicioso bate-papo sobre dicas de viagem.

Nesta segunda edição da SPRW 2011, o cardápio promocional da casa, disponível somente no jantar (R$ 43,90), começa com o ‘Crespelle al pesto’. Acabei de saber no perfil da @Percussi que o delicioso crepe com creme de manjericão e molho de tomates foi resgatado do cardápio de 25 anos atrás. Outra opção de entrada é a ‘Pizza Pazza’, massinha de pizza crocante com berinjelas, tomate seco e queijo de cabra.

O couvert, vale lembrar, é cobrado à parte, assim como as bebidas e o serviço. A cestinha de pães (italianos e de azeite) com manteiga custa R$ 7,50 por pessoa. Na premiada carta da Vinheria há opções acessíveis em taça como o Montepulciano d’Abruzzo Chronicon DOC 2006 (R$ 12) e em garrafa como o suave Rupestro Cardeto 2009, da Umbria (80% Merlot e 20% Sangiovese), por R$ 55 – dica do simpático maitre Jonas Soares.

Nos pratos principais provei o saboroso e bem servido orecchiette, uma massa artesanal típica da região da Puglia, com leve ragu de costela de boi. A porção de risotto alla matriciana parecia mais modesta. Segundo a Carol, o prato estava gostoso, mas o ponto do arroz ficou bem ‘al dente’.

Na hora da sobremesa, a escolha foi rápida e certeira: Babá al rum. O delicioso e levíssimo pãozinho de ló com calda de laranja ao rum e creme estava perfeito. Eu até comeria mais um.

O café, também cobrado à parte, acompanha docinhos como o cantucci e o macaron de chocolate, que derrete na boca. O serviço da casa, que estava bem movimentada em tempos de SPRW, foi impecável.

Certamente, a Vinheria já preparou o paladar da Carol para suas experiências gastronômicas na Itália. Para mim foi um momento de deliciosas recordações.

(Post publicado originalmente no Braun Café em 7 de setembro de 2011)
O Vinheria Percussi traz a boa combinação da comida italiana com boas opções de vinhos (afinal é uma vinheria, oras).

No ano passado visitei o Vinheria, algumas vezes, aos sábados e até então, divulgava o restaurante para todos como: “o lugar que oferece restaurant week o ano todo”.

Eu sempre saí satisfeita de lá, com aquela sensação de quem fez um ótimo negócio, sabe? Isso porque das vezes que fui jantar pude escolher, dentre as opções que a casa oferecia no dia, uma entrada + prato principal + jantar por menos que R$ 60.

Perfeito, não? Sim ! Até eu voltar este ano e descobrir que essa opção não existe mais.

Foi triste, mas já que estávamos ali, decidimos aproveitar a viagem e jantar por lá mesmo.

Eu tentei o ossobuco di manzo in umido com riso al salto (R$63), mas não tinham essa opção no dia, então escolhi o risotto al limone e ragú di funghi (R$45), que apesar de estar uma delícia não tinha nenhuma – digo NENHUMA – nota de limão. (porque fizeram isso comigo? Justo comigo, tão fã de receitas com limão).

Meu namorado foi de tortelli di vitello al burro e salvia in cartoccio (R$48), uma massa fresca artesanal recheada com carne de vitelo preparada na manteiga e sálvia, em envelope de papel alumínio. O prato era simples, mas saboroso. A única reclamação vai para o tamanho da porção. Pequeníssima! (ok. ok. eu sei que lá não é cantina italiana com aquela fartura, mas não precisava parecer restaurante francês também, com essa petit portion, não é?).

Ou seja, um lugar que poderia ser melhor se voltassem com aquele cardápio do chef (entrada + principal + sobremesa por preço único).
O restaurante é lindo, bem romântico, perfeito para um jantar a dois. O atendimento foi impecável. Eles já apresentam o cardápio e carta de vinhos no ipad, achei muito legal, dá para ver as fotos dos pratos, mas meu pai, por exemplo, não iria conseguir se virar com a modernidade... Pedi uma massa recheada com burrata. Pelo preço fiquei bem decepcionada. A comida estava ótima, apresentação impecável, mas custou 59,00 para comer uma massa recheada com muçarela e para um homem, a quantidade não seria suficiente. Minha irmã pediu um risoto, muito melhor pedida!
A carta de vinhos é bem completa, mas não muito acessível.
Enfim, não achei um bom custo benefício, o ótimo atendimento e o ambiente não compensaram a decepção que foi meu prato...
Primeira opinião do lugar
Fui a o vinheria no Restaurant Week. Achei que valeu a pena, pois o restaurante é caro. A comida estava muito boa, mas o serviço foi ruim. Fui numa quarta-feira e o restaurante estava cheio, mas a espera foi pequena.

Entradas:
Tanto a polenta (super cremosa) com molho de cogumelos e os tomates confitados no azeite com mousse de parmesão servidos como entrada estavam deliciosos.

Pratos Principais:
Como prato principal eu pedi pappardelle com molho de cogumelos e mascarpone que estava simplesmente divino (as massas são o carro-chefe da casa). E a porção, diferente do outro prato principal era muito bem servida.
O cordeiro estava super macio e combinava com o sabor adocicado da cebola caramelizada. O prato não tinha erros, mas achei a porção pequena (é possível que homens fiquem com fome).

Sobremesas:
Na sobremesa, vá de pudim, porque a mil-folhas desconstruída mais parecia um erro do que uma releitura do doce. Estava sem gosto e o pior, sem crocância (acho que o doce ficou montado durante horas, encharcando a massa folhada. Já o pudim estava perfeito, mas pra quem gosta daquele pudim cheio de furinhos, talvez não se encante tanto com essa opção.
A casa capitaneada por Lamberto Percussi é um lugar que recomendo para qualquer ocasião, um lugar em que uma refeição se torna uma experiencia gastronomica, vc é bem atendido da hora que entra até o final.os antepastos, o primeiro prato, o segundo e a sobremesa...são fantasticas e voc~e ainda pode receber uma verdadeira aula sobre vinhos com o proprietário, lugar que blogostoso recomenda sempre
Uma decepção em todos os sentidos. Uma casa cara, aliás, caríssima. Imaginem que se pedirem bruscheta, virá apenas uma fatia de pão com tomates picados ao preço de R$ 9,00!! As porções são rizíveis. Quem estiver com fome passará mal. As porções são ínfimas. E caras.
Não recomendaria essa casa para o meu maior inimigo.
Vade retro!!!!!!!!!
Uma pena que as notas que temos que dar não tem o ítem: Péssimo!
O Cabreúva,já começa com nome de uma arvore brasileira da mata atlântica,chamada a arvore da coruja,pois atrai muitas corujas,porém já que o símbolo da coruja é para pessoas inteligentes,assim é o administrador ou dono do hotel cabreúvas.Este hotel é aconchegante acima de tudo,serviços de primeira,com detalhes românticos,em volta de muito verde,cozinha internacional...sou coruja!!!!!
Conheço este hotel a muitos anos,pois quando trabalhei com turismo,mandava e indicava para os clientes da agência.Nem preciso ganhar nada para elogiá-lo.Esta foi a oportunidade!.Obrigada
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 17

Nota geral Você conhece o Vinheria Percussi? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)