Tietê Plaza Shopping

Endereço: Av Raimundo Pereira de Magalhães, 1465 , Pirituba - São Paulo , SP - Brasil

Telefone:

1132019000

Clique para ver
Categoria:

Shopping Center

  | Rank: 50º de 169

Com um projeto arrojado e moderno, o Tietê Plaza Shopping contará com um amplo mix de lojas e completa infraestrutura. Localizado na Zona Oeste, o shopping oferecerá acesso a partir das duas principais vias da região: Marginal Tietê e Av. Raimundo Pereira Magalhães para melhor conforto de seus...  Ver mais

Primeira opinião
Luana Costa
Detalhes
  • Ar condicionado
  • Estacionamento


Salvar lugar
Como chegar
Reportar problema
Sou dono
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Baixe o app
  • Contatar o local
  • Cadastro

Estabelecimentos dentro de

Tietê Plaza Shopping

Filtrar: Todos A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z 0-9
http://br.kekanto.com/como-chegar/tiete-plaza-shopping-2
Notas específicas:
Ambiente
(7)
Atendimento
(10)
Custo-benefício
(9)
Dicas
Não ir :)
Luana C.
Só vá se não tiver outra opção! Até que abram mais lojas e restaurantes pelo menos.
Ivana G.
Não vá enquanto as estrutura não estiver pronta
Cris R.
Boas opções na parte de alimentação!
Sibely N.
NÃO VÁ!
Luciana R.
Ver mais
Opiniões
Fui pela primeira vez ao Tietê Plaza Shopping num dia de semana. Por conta disso, o ambiente estava bem tranquilo para passear e ver vitrines.

O local tem opções de lojas para todos os gostos, inclusive as maiores de vestuário, como C&A, Renner, Riachuelo e Marisa.

Achei bacana as máquinas que ficam dentro dos banheiros para comprar absorventes e preservativos. Muito prático para quem precisa de algum deles em momentos de emergência.
Inaugurado em dezembro deste ano, o shopping Tietê Plaza está muito bem localizado na Marginal tietê.
Decidi conhecê-lo ontem e posso garantir, que foi uma péssima escolha, pois a impressão que tive foi que o shopping havia sido inaugurado às pressas para pegar a época das compras de final de ano, até por isso não estão cobrando estacionamento no mês de dezembro.
O estacionamento é horrível, com vagas apertadíssimas, onde grande parte dos carros estacionavam pegando 2 vagas e aqueles (como eu) que tentava estacionar direitinho, tinha que fazer todos descerem antes de entrar na vaga e fechar os retrovisores. Como estacionei ao lado de um poste foi fácil descer pelo lado do passageiro, mas se estivesse entre dois carros, teria que sair pelo porta malas (não é brincadeira e também não estou exagerando).
As lojas são o padrão de shoppings como internacional de Guarulhos, Center Norte e Shopping D: C&A, Renner, Riachuelo, Marisa, Barreds, Luigi Bertoli, Colombo... Não espere encontrar lojas de alto padrão lá.
Após muito andar no shopping, chegou a hora do almoço. A praça de alimentação só conta com 6 estabelecimentos: McDonalds, Bobs, Pizza Hut, Gendai, Vivenda do Camarão e se não me engano, Griletto. Ou seja, mesmo não querendo lanche, foi o que fui obrigada a comer, pois estava com muita fome e a fila (fila única) dos restaurantes de comida estava gigantescas (não que os outros não estivessem, mas haviam vários guichês de atendimento).
Após uns 30 minutos de fila no Pizza Hut, consegui ser atendida e aí começam os problemas: Eles não vendiam a pizza inteira, o pedaço era mais caro que em qualquer outro shopping de São Paulo e o Kit com 1 super fatia + um refrigerante + 1 acompanhamento saía a 21,90, quando o preço normal é 19,90 (confirmado por um funcionário que também estranhou essa diferença de preço, quando até nos shoppings mais chiques da cidade, o preço é padrão). Ah sim, o único acompanhamento era bolinho de calabresa com cream cheese, pois os outros estavam em falta e os refrigerantes eram guaraná ou pepsi.
Ok, fiz meu pedido e me direcionei para uma das mesas, que minha irmã havia saído para procurar logo que entrei na fila, pois são em pequenas quantidades, se considerado o tamanho da praça de alimentação e a quantidade de pessoas circulando no shopping (mesmo com a maioria das lojas fechadas e escrito "EM BREVE TAL RESTAURANTE AQUI").
Uns 20 minutos depois, tendo acabado de comer minha pizza, olho para trás e vejo que minha prima ainda estava na fila de atendimento do Bob's (sim, 50 minutos e ela ainda não havia feito o pedido, pode?).
Fui para a fila ver o que estava acontecendo e me deparei com um placa escrito: Não estamos aceitando Sodexo e Ticket Restaurante. Ok, pelo menos estavam aceitando outros cartões... Não! Não estavam! Quando chegou a vez dela, a moça informou que haviam faltado 7 funcionários na loja, que eles só conseguiram abrir às 12hrs e que não era sempre que passava cartão, pois as maquininhas só funcionavam de vez em quando, ABSURDO!
Mesmo assim, tentamos passar o cartão 3x e nenhuma delas deu certo (mesmo a moça ficando com o braço para cima, para tentar pegar sinal). Tivemos que pagar em dinheiro e aí foram mais uns 10 minutos para esperar o lanche. No final não havia ketchup, mostarda, maionese, NADA. O lanche estava sem gracinha e a moça que montava a bandeja não foi nem um pouco educada na hora de fornecer informações.
Terminado o lanche, fomos para a Arezzo e estávamos vendo um sapato, quando adivinhem??? A luz acabou! Fecharam as portas da loja e nós ficamos lá dentro por uns 30 minutos esperando a luz voltar.
E o pior, nós estávamos com uma estrangeira, que achou tudo isso um absurdo, desde as vagas apertadíssimas no estacionamento, a demora no lanche, à falta de energia.
Na hora de pegar o carro no estacionamento, mais um parto: Sair com os retrovisores fechados. Enquanto tirava o carro, um ford Ka esperava desocupar aquela vaga, e quando saí, apareceu um carro pela lateral e tentou colocar, mesmo sendo óbvio para qualquer um, que por aquela brecha o carro não passaria.
Tivemos que informar que já havia gente esperando, mesmo percebendo que o rapaz já sabia e por isso mesmo tentou entrar pela lateral.
De uma forma geral, ODIEI o novo shopping! Péssima idéia terem inaugurado sem nada pronto. Pretendo não voltar.
Inaugurado em dezembro deste ano, o shopping Tietê Plaza está muito bem localizado na Marginal tietê.
Decidi conhecê-lo ontem e posso garantir, que foi uma péssima escolha, pois a impressão que tive foi que o shopping havia sido inaugurado às pressas para pegar a época das compras de final de ano, até por isso não estão cobrando estacionamento no mês de dezembro.
O estacionamento é horrível, com vagas apertadíssimas, onde grande parte dos carros estacionavam pegando 2 vagas e aqueles (como eu) que tentava estacionar direitinho, tinha que fazer todos descerem antes de entrar na vaga e fechar os retrovisores. Como estacionei ao lado de um poste foi fácil descer pelo lado do passageiro, mas se estivesse entre dois carros, teria que sair pelo porta malas (não é brincadeira e também não estou exagerando).
As lojas são o padrão de shoppings como internacional de Guarulhos, Center Norte e Shopping D: C&A, Renner, Riachuelo, Marisa, Barreds, Luigi Bertoli, Colombo... Não espere encontrar lojas de alto padrão lá.
Após muito andar no shopping, chegou a hora do almoço. A praça de alimentação só conta com 6 estabelecimentos: McDonalds, Bobs, Pizza Hut, Gendai, Vivenda do Camarão e se não me engano, Griletto. Ou seja, mesmo não querendo lanche, foi o que fui obrigada a comer, pois estava com muita fome e a fila (fila única) dos restaurantes de comida estava gigantescas (não que os outros não estivessem, mas haviam vários guichês de atendimento).
Após uns 30 minutos de fila no Pizza Hut, consegui ser atendida e aí começam os problemas: Eles não vendiam a pizza inteira, o pedaço era mais caro que em qualquer outro shopping de São Paulo e o Kit com 1 super fatia + um refrigerante + 1 acompanhamento saía a 21,90, quando o preço normal é 19,90 (confirmado por um funcionário que também estranhou essa diferença de preço, quando até nos shoppings mais chiques da cidade, o preço é padrão). Ah sim, o único acompanhamento era bolinho de calabresa com cream cheese, pois os outros estavam em falta e os refrigerantes eram guaraná ou pepsi.
Ok, fiz meu pedido e me direcionei para uma das mesas, que minha irmã havia saído para procurar logo que entrei na fila, pois são em pequenas quantidades, se considerado o tamanho da praça de alimentação e a quantidade de pessoas circulando no shopping (mesmo com a maioria das lojas fechadas e escrito "EM BREVE TAL RESTAURANTE AQUI").
Uns 20 minutos depois, tendo acabado de comer minha pizza, olho para trás e vejo que minha prima ainda estava na fila de atendimento do Bob's (sim, 50 minutos e ela ainda não havia feito o pedido, pode?).
Fui para a fila ver o que estava acontecendo e me deparei com um placa escrito: Não estamos aceitando Sodexo e Ticket Restaurante. Ok, pelo menos estavam aceitando outros cartões... Não! Não estavam! Quando chegou a vez dela, a moça informou que haviam faltado 7 funcionários na loja, que eles só conseguiram abrir às 12hrs e que não era sempre que passava cartão, pois as maquininhas só funcionavam de vez em quando, ABSURDO!
Mesmo assim, tentamos passar o cartão 3x e nenhuma delas deu certo (mesmo a moça ficando com o braço para cima, para tentar pegar sinal). Tivemos que pagar em dinheiro e aí foram mais uns 10 minutos para esperar o lanche. No final não havia ketchup, mostarda, maionese, NADA. O lanche estava sem gracinha e a moça que montava a bandeja não foi nem um pouco educada na hora de fornecer informações.
Terminado o lanche, fomos para a Arezzo e estávamos vendo um sapato, quando adivinhem??? A luz acabou! Fecharam as portas da loja e nós ficamos lá dentro por uns 30 minutos esperando a luz voltar.
E o pior, nós estávamos com uma estrangeira, que achou tudo isso um absurdo, desde as vagas apertadíssimas no estacionamento, a demora no lanche, à falta de energia.
Na hora de pegar o carro no estacionamento, mais um parto: Sair com os retrovisores fechados. Enquanto tirava o carro, um Ford Ka esperava desocupar aquela vaga, e quando saí, apareceu um carro pela lateral e tentou colocar, mesmo sendo óbvio para qualquer um, que por aquela brecha o carro não passaria.
Tivemos que informar que já havia gente esperando, mesmo percebendo que o rapaz já sabia e por isso mesmo tentou entrar pela lateral.
De uma forma geral, ODIEI o novo shopping! Péssima idéia terem inaugurado sem nada pronto. Pretendo não voltar.
Shopping recém inaugurado na cidade de São Paulo. Este shopping fica na Marginal Tietê, um pouco depois da ponte do Piqueri, sentido Castelo Branco. A impressão que eu tive foi que ele foi inaugurado às pressas para aproveitar o movimento do final do ano e atrair mais pessoas. No mês de dezembro o shopping não está cobrando estacionamento, pudera, o shopping ainda tem muita coisa para ser feita.

Logo que chegamos, já no estacionamento, percebemos que o tamanho das vagas são muito apertadas e os carros maiores pegavam 2 vagas ou, se estavam com as rodas em cima da divisória no chão já era o suficiente para outro carro não conseguir estacionar na vaga do lado.

Depois que conseguimos estacionar vimos que existem outras vagas de tamanho maior em alguns cantos, o que pareceu bem estranho pois não eram vagas especiais, ou então eram mas ainda não estavam demarcadas. Entramos no shopping e ele estava brilhando, como qquer lugar novo. Bastante lojas populares mescladas com algumas poucas lojas mais sofisticadas, das quais podemos citar: C&A, Riachulo, Luigi Bertoli, Arezzo, Dunes, Zelo.

Apesar do shopping ter um aspecto de shopping de alto padrão, achei que ele se assemelha bastante ao shopping Center Norte e ao Shopping Internacional de Guarulhos principalmente em relação às lojas.

Visivelmente, a estrutura do Shopping ainda não está pronta, na praça de alimentação havia poucas opções e a maioria era lanche (subway, Bobs, Pizza Hut Express). Vários estabelecimentos ainda estavam com a plaquinha que iriam inaugurar em breve. As filas da praça de alimentação estavam enormes e os funcionários ainda muito perdidos. Às 15h minha prima ficou na fila do Bob's durante 1 hora e, quando chegou, tentou passar 2 cartões diferentes e não conseguiu passar nenhum, e a única opção foi pagar em dinheiro. No Pizza Hut eles estavam vendendo o combo da fatia da pizza + refri + acompanhamento por 21,90, sendo que o valor desse mesmo combo em qualquer outro lugar é de R$19,90, inclusive dava para ver que o valor oficial estava por baixo. As mesas da praça de alimentação estavam lotadas, e muita gente sentada guardando mesas, enquanto os acompanhantes pegavam as filas de uma hora e as pessoas que estavam sozinhas circulavam pela praça de alimentação com o prato na mão.

Depois de tudo isso, a única coisa que faltava era acabar a energia no Shopping. Não, não faltou mais nada pois a energia acabou e ficamos no escuro. Nesse momento estávamos dentro da Arezzo tentando comprar um sapato. Esperamos a energia voltar e finalizamos a compra porém, a nota fiscal não foi emitida pois a moça informou que o sistema demoraria para voltar, então deixei o meu CPF para que ela lançasse depois.

Enfim, o shopping ainda tem muita coisa para ser arrumada, falta funcionários para auxiliar as pessoas, principalmente na praça de alimentação. Pode ser que eu volte depois e mude de opinião, mas no momento o shopping deixou muito a desejar e não deveria ter sido inaugurado ainda. Dependendo do valor do estacionamento pode ser que eu nem chegue a voltar, pois as lojas são as mesmas do Center Norte e do Shopping Internacional de Guarulhos que possuem uma estrutura melhor e contam com supermercados dentro.
Já tinha lido os comentários aqui mas resolvi conferir com meus próprios olhos. Olhando da Marginal Tietê, este shopping é imponente pelo seu tamanho e beleza. No interior o tamanho das lojas e dos corredores também impressiona, ainda mais quando se trata de um ambiente completamente novo. Mas inaugurar um estabelecimento sem que ele esteja realmente preparado para isso tem os seus problemas.

Começando pelo estacionamento: muitas vagas, porém apertadíssimas. Tivemos que descer do carro para estacionar, e o motorista teve que tomar cuidado para não bater a porta no carro ao lado. Para acessar as lojas foi uma saga, pois ainda não há sinalização sobre entradas e saídas, escadas e elevadores. Pedimos informação para uma funcionária da limpeza que nos respondeu grossamente "pra isso existe segurança no shopping, pra dar informação!!!" Ficamos bem assustados.

Finalmente conseguimos entrar pela praça de alimentação, que é bem grande mas nem metade das lojas estavam funcionando. Era umas 13 hrs e havia filas enormes em todos os restaurantes, todos! Com certeza percebemos que não deveríamos almoçar ali.

No mais: os banheiros são bons e a variedade de lojas é excelente, quando elas começarem a funcionar. Há desde lojas sofisticadas até as mais populares como as Casas Bahia. Até o momento, o shopping é confuso e não muito prático. Quando realmente entrar em operação normal, vai ser tão lotado quanto os maiores shoppings da cidade.
Tava esperando a 'novidade' passar pra ir conhecer o shopping pois no final do ano tinha fila pra entrar, então sem chance....

Agora com tudo mais tranquilo aproveitei uma semana bem sossegada e dei um pulo lá a tarde. Foi fácil entrar e fácil encontrar vaga (ainda não tem SemParar, só o ConectCar funcionando).
Sim, o espaço da vaga é pequeno (estilo shopping Móoca) mas dá pra estacionar....

O Shopping é novo, tudo ainda está bonito, brilhando, os corredores são largos, as opções de lojas são legais e estão divididas em dois pisos e mais um acima onde ficam os cinemas e a praça de alimentação.

Muita loja estava em promoção. Uma coisa que me deixou chateada foi que nesse shopping várias lojas vem do lado de fora 'catar' cliente, e eu odeio isso rs.... Até quando parei pra olhar a vitrine da VIvara(!!!) a vendedora foi lá fora me perguntar o que eu queria... uiiii, não curto mesmo, desnecessário, ainda mais pra esse tipo de loja.

Há tapumes indicando que em breve abrirão lojas como Starbucks (um espaço pequeno), um Madero (não gosto de madero, então não liguei) e a coisa mais linda..... vai abrir um Johnny Rockets!!!!!!!!!!!! Gente, aí sim... vou ter que vir bater cartão aqui aheiuaheiuae.

Um shopping novo para uma região onde temos poucos centros de compras foi uma ótima novidade no bairro.

O espaço geral do Shopping é muito bom, muitas lojas das mais sofisticadas às populares, com boas opções de alimentação.

O acesso pra quem vem de carro é complicado pra quem não conhece a região. Não tem acesso pela Marginal Tietê, então quase 1km antes do shopping você tem que sair da Marginal entrando na Av. Raimundo Pereira de Magalhães (que não tem lá muita sinalização que indica seu acesso, então atenção!) seguindo por ela. Após passar pelo shopping você tem que percorrer mais uns 600m até fazer o retorno para estar na via que acessa o shopping.

No demais é um ambiente agradável, possui acesso à deficientes físicos quanto visuais, equipe de atendimento (segurança, recepção e limpeza) muito eficientes.

É uma boa pedido pra estar com os amigos e família!


Vistei o shopping hoje e tive até uma boa impressão. Primeiro o prédio é muito bonito e de fácil acesso visto que está em plena Marginal Pinheiros e sem contar que está localizado a 5 minutos da Estação Piqueri da CPTM, além de várias linhas de ônibus passarem por ali. É um shopping popular, ótimas lojas de departamentos, algumas lojas de grifes mais acessíveis, mas a praça de alimentação é uma das piores que já vi, há pouquíssimas opções, redes de fast food demais, falta um restaurante decente, ou seja, não vá para almoçar neste local no máximo um lanchinho (Grão Expresso e Casa do Pão de queijo são as melhores opções) ou para beber há o novo 2 ótimos bares: Outback, que me surpreendeu já que não curto muito a casa e Bar do Shopping com chope bem-tirado e atendimento impecável.
Shopping inaugurado às pressas no final de 2013 para atender as demandas do Natal. Desnecessário.
O shopping foi aberto sem o término das reformas (já estamos no final de fevereiro e continua inacabado) e há inúmeras lojas que ainda não foram inauguradas.
A verdade é que os visitantes precisam tomar muito cuidado com as demais pessoas que frequentam o local, principalmente durante a noite.
Fui na intenção de conhecer, mas não pretendo voltar. Não vale a pena.
Shopping inaugurado em dezembro/2013.
Ao entrar no estacionamento do Sh após um forte chuva a sensação foi de falta de estrutura e engenharia mal projetada.
Alagado e funcionários empurrando com rodinho para escoar a água, fiquei com receio de estacionar e ter outra forte chuva, o que será que aconteceria ?
Mas enfim... em uma sexta, consegui vaga facilmente porém a sensação de inauguração as pressas persistiu ao ver que grande parte das lojas estão fechadas ainda e metade (Sim! Metade!!) da praça de alimentação ainda não está funcionando.
A única coisa boa foi que o estacionamento até final de janeiro era gratuito.
Moro em frente a este shopping, e sinceramente pelo "tormento" que passamos nos últimos meses com a construção, barulho e trânsito, esperava um pouco mais. O shopping é um desastre em matéria de mobilidade, e para os que a possuem reduzida, então, nem se fala. Estacionamento absolutamente sem noção, vagas apertadas que fazem alguns motoristas não conseguirem abrir as portas. Praça de alimentação com poucos restaurantes, e por isso com filas de 15,20 pessoas para uma baket potato. Lojas Ok, tem âncoras mas nada demais. Banheiros mal cuidados.
Primeira opinião do lugar
Pode escrever sobre um local que nem inaugurou ainda produção??
Pode, principalmente se você é diretamente afetada por ele. Pelas obras, melhor dizendo.
Desisti de sair de casa entre as 06h e as 10h. Rodízio? Não, engarrafamento monstruoso gerado pelas centenas de carros que ocupam a avenida onde é proibido estacionar (sim, os dois lados), o que gera tráfego dentro da minha garagem. Sim, eu fico quase meia hora para conseguir sair do meu prédio.
Não sou contra obras deste porte e tal, mas poxa, planejamento existe para quê mesmo??
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 28

Nota geral Você conhece o Tietê Plaza Shopping? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)