Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Teta Jazz Bar e Restaurante?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
Teta Jazz Bar e Restaurante

Teta Jazz Bar e Restaurante
Estabelecimento fechado

Rua Cardeal Arcoverde, 1265
Vila Madalena - São Paulo , SP - 05407-001

Música ao vivo, Happy hour, Eventos, Chope e cerveja 


Preço por pessoa:

$$$ (De R$51 até R$100)

Categoria:
Jazz / Blues
Ranking: #2 de 12
Site oficial:
tetajazzbar.com.br
Formas de pagamento:
Crédito:
Horário de funcionamento:
Seg. a Dom.: 19h às 5h
Primeira opinião por:
Franco Veludo
Detalhes:
Ar condicionado
Aceita reservas
Inaugurado em 2003
75 lugares
Proibido fumar
Comanda individual
Couvert artístico: R$ 10 a 15
Música: Ao Vivo, Jazz, Blues e Instrumental

Quer receber ofertas do Teta Jazz Bar e Restaurante?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas:
2 estrelas
0
1 estrela
0
Notas específicas:
Ambiente
(10)
Comida
(10)
Público
(10)
Atendimento
(10)
Bebida
(10)
Custo-benefício
(9)
Mostrar:
Dicas  (12)
Gabú Seu Lindo - Soy Loco Por Ti Coxinha
Hamburguer do Guga, VInhos, Chegar cedo....
Gabú ".
Classificar por:
Opiniões   (19)
 
Nesse mesmo espaço a alguns anos funcionou um bar de rock que deu lugar a esse bar de jazz chamado Teta que fica bem em frente ao cemitério na Cardeal Arco Verde, o bar é pequeno mas oferece bons shows intimistas de jazz, é uma das poucas opções para ouvir esse tipo de música na região e ainda degustar uma bruscheta ou um hamburguer de picanha, tem uma extensa carta de vinhos.
É frequentado por um público bem alternativo em busca de algo diferenciado, precisam urgentemente trocar os sofás que estão bem velhinhos e surrados.
Dica: Não tem valet ou estacionamento mas se vc der sorte consegue parar bem na frente
 
Foi amor a primeira vista. Jazz em um lugar intimista, IRADO!

Como moro próximo ao Teta, sempre passei de ônibus por lá via aquele lugar pequeno, vermelho, com nome erótico (ou quase isso), na frente de um cemitério. Logo de cara pensei "cara, essa é a minha goma". Ainda assim, fui só duas vezes na casa.

Na primeira, virei a noite com uma jazz band iradíssima, comi umas bruschettas de tomate, alho e parmesão, bem padrão, mas bem boas, além de uns petiscos de frango, faz um tempo que fui e não foi algo muito marcante, não consigo avaliar. A última vez que fui era domingo, por volta das 22h30, pós parada gay, noite fria e...estava cheio! Tive muita sorte pra conseguir uma mesa no lugar do show.

Fui eu e uma amiga gringa, ela amou o lugar. Pedimos uma garrafa de vinho Carmenère bem honesto, mas era a última garrafa. Essa é a única grande coisa que me deixou um pouco triste, faltou mais vinho numa casa de jazz (quer combinação mais perfeita que essa? É tipo rock com cerveja, perfect match, uma pena que tenha poucas opções).

Mas o que me fez me apaixonar pelo Teta são as seguintes coisas:
- Jazz band realmente fodástica, improviso animal, num espaço pequeno
- Luz vermelha pra dar um ar intimista
- Bruscheta de funghi com queijo brie e uma noz em cima. Cara, WTF! Melhor bruschetta EVER!! É uma daquelas coisas que você conseguiria viver comendo só isso, saca?

O clima do ambiente, tão intimista, com jazz e boa comida, é uma grande ajuda pra potenciais casais. Se você quer impressionar uma menina, esse é um ótimo lugar alternativo, diferente dos restaurantes-clichê. Corre na boca miúda de São Paulo que o Teta é o maior cupido da cidade - quer conquistar alguém? Vá ao Teta!

Comemos a bruschetta, a garrafa de vinho, uma taça de vinho, um conhaque mais a entrada (10r$) e deu 70r$ per capita. Além disso, tem uma decoração daora! A minha amiga gringa se apaixonou por um quadro - inclusive, depois de muita negociação, conseguimos comprar ;-D

Recomendadíssimo para paulistanos, brasileiros, gringos, amantes ou não de jazz.
Dica: Bruschetta de funghi com queijo brie
Bom para: Ir com amigos, Casais, Drinques, Paquerar
Alessandra Ta:
Ah se eu for de táxi, e pagar 25 de ida e 25 de volta já é um valor a menisco de cerveja. Como sou pobrinha 50 reais são 3 cervejas belgas.
Conteúdo inválido
 
O Teta Jazz,Bar se localiza na Rua Cardeal Arcoverde, no bairro de Pinheiros, uma casinha vermelha bem apessoada. Deve-se notar que em um ponto que não há como errar, ele está em frente a entrada do Cemitério São Paulo. Uma localização meio mórbida, mas bem interessante. Esse local, onde hoje é o Teta, foi anteriormente um dos bares mais malucos dos anos 80-90 em São Paulo, o Van Helsing, histórico bar gótico, na mesma linha do também antigo Madame Satã. Agora se justifica a localização....
O Bar existe desde 2003 aproximadamente, e surgiu com uma pegada audaciosa na época, uma casa de Jazz com preços acessíveis, boa música e boa gastronomia. E nesses anos todos vem mostrando que está conseguindo manter-se fiel a essa proposta.
Os donos estão lá diariamente, o Marcelo (normalmente preparando as bebidas e fechando as contas) e o Zaca que até um tempo atras era o cara da social, mas hoje está de volta à cozinha, o que garante a boa comida.
O local é pequeno, pequeno mesmo. cabendo por volta de 75 pessoas. É separado em dois ambientes, uma mais baixo e maior com mesas que de um lado estão as cadeiras e do outro aquele sofazinho na parede, e onde normalmente se juntam as turmas de amigos. Subindo 3 degraus está o balcão com no máximo 4 metros, e uns 4 banquinhos e no final mais um salão com mais umas 5 mesas e onde realmente acontece o espetáculo musical. A casa é pouco iluminada, diria que não é meia luz, mas 1/4 de luz,, o que para casais apaixonados é fundamental e gostoso; o tom vermelho da entrada se mantem lá dentro e as paredes são decoradas com muitos quadros em sua maioria remetentes ao Jazz.
Do bar saem cervejas em lata como Bohemia (R$ 4,50) e Heiniken (R$ 6,00, se não me engano), drinks clássicos (R$ 12 a R$ 29), vinhos e afins. Um detalhe bem interessante é que eles não tem liquidificador na casa, ou seja você curte o som, mesmo, isso é muita delicadeza com os músicos e com os ouvintes. Da cozinha, o Zaca solta diversos acepipes como brusquetas, porção com frios, queijoe e azeitonas, pasteizinhos, etc.. (R$ 29 a 43). As bruschetas sempre valem a pena, a de Brie então, são de comer babando. Saem também pratos como massas, com molhos bem temperados e saborosos, hamburgueres como o Hamburguer do Guga e o Hamburguer com Gorgonzola (que são servidos no prato e com muito bom gosto na apresentação). O valor dos pratos varia entre R$ 24,50 a R$ 67.

Como já tinha contado, na parte de cima é onde o show acontece, cada dia uma banda diferente mandando o melhor do Jazz, Blues, Música Instrumental e improviso. Desde a inauguração o bom gosto musical dos Irmãos se mostrou presente, angariando músicos de primeiríssima qualidade. Um dos melhores guitarristas da década de 70 se apresentava lá, por volta de 2004, Lanny Gorgin. Cada bandinha tem sua peculiaridade, até bandas com contrabaixo acústico já se apresentaram por lá, saxofonistas então perdi as contas... E nunca me decepcionei.

As sextas e sábados é bom chegar cedo, pois lota!!!

Reservas eles fazem, mas só seguram até um certo horário.

Se quiser só jantar ao som de uma boa música, vá mais cedo, pois até as 20:00 eles tem um sonzinho mais tranquilo, normalmente um guitarrista e bum baixista, tocando baixinho.

Em resumo, o Teta Jazz Bar é uma casa excelente, que conseguiu manter a sua essência e ainda garantir a sua excelência no que faz, pelo simples fato de fazê-lo bem feito.

Recomendo muito, muito mesmo, como cliente antigo, que desde 2003-2004 nunca deixou de frequentar o lugar, e não deixarei.

Couvert Artístico: R$ 10 a R$ 15
Dica: Hamburguer do Guga, VInhos, Chegar cedo....
Bom para: Ir com amigos, Casais, Vinho, Happy hour, Paquerar
Enviado
via Android
 
Fazia muito tempo que queria conhecer este lugar, porque um amigo meu cai de amores por este cantinho muito peculiar para ouvir um bom jazz. Bom, depois de conhecer o Teta, entendi o motivo.

O lugar é "simplesmente sensacional", no sentido mais literal que estas duas palavras podem tomar. O Teta é uma casa bem simples, pequena, escurinha, de madeira e mega rústica. Vários quadros por toda a parede, mesas e sofás espalhados em uma das salas - você pode sentar até em um quebrado, e tudo tem seu charme -, um piano ao fundo com espaço bem pequenino para os músicos. Na frente, o balcão e, lá fora, um povo muito bacana com altas conversas. Sim, um bar com um ambiente mega humilde, se esta seria a palavra certa para definir, mas é isso que o torna sensacional. Não dá pra imaginar que um cantinho tão aconchegante como este está escondido atrás de uma porta escura bem na frente da entrada principal do cemitério.

E onde iria imaginar que esta casa esconde, atrás daquelas paredes vermelhas, de madeira (que formam uma acústica perfeita), um jazz de altíssima qualidade. Hipnotizada, foi assim que fiquei ao ouvir todos aqueles acordes dissonantes, que formam uma harmonia perfeita. E quase em transe, ao entrar naquele mundo tão único do Teta.

Se você chegou mais tarde (os shows costumam começar 23h30), os músicos fazem questão de apresentarem-se para você, novamente. É como se estivesse na sala de casa, entre amigos, pois tanto ambiente quanto atendimento te fazem se sentir assim.

Quanto você paga para viver tudo isso? Entrada custa R$ 15 ou R$ 20. E a carta de drinques é bem variada, com preços em torno de R$ 13 a 20. Valores acessíveis demais.

Independente disso, não há preço que consiga pagar a sensação de ouvir bom jazz e tomar um vinho neste lugar único e especial.

Virou também meu cantinho. Sem mais.
 
Demais... Demais mesmo, como já diziam.
Depois de tempos ensaiando fui conferir.
Já começou bem pela localização. Foi tranquilo chegar e estacionar bem na porta sem problemas. O bom atendimento já começou aí, nos receberam bem, super educadas as pessoas que nos atenderam e falaram sobre a casa. Entramos e já sentimos o clima do lugar aconchegante, com luz baixa e som agradável tocando. Pedimos um lugar perto da banda, que fica bem lá no fundo e na caminhada até lá você já se impressiona com a decoração. Não é aquela coisinha bonitinha, fofinha e lindinha não. É roots mesmo..rs é Jazz mesmo.. rs Vários quadros com fotos legais das lendas do Jazz.
Nos sentamos e fiquei batendo aquele papo com a galera e já provando os ótimos drinks que eles oferecem. Todos estavam ótimos. As comidas são melhores ainda.. Pedimos o famoso filé ao molho de gorgonzola... e.. Muito bom mesmo.
A banda começou a tocar e o ambiente que estava bom ficou ainda melhor. bom demais num volume bem bacana que permite vc curtir e continuar conversando, namorando e tudo mais... Não dá pra ir naquela galera super grande pra sentar junto que não vai rolar..
 
A primeira vez, acabei indo com um grupo de amigos.

A princípio olhando de fora você fica meio cabreiro, mas essa impressão some totalmente quando você chega na porta e é super bem atendido, acredito que pelo dono. A partir daí você fica com uma vontade imensa de entrar e relaxar.

O clima intimista e quase caseiro transforma o lugar em um ambiente que te convida a ficar horas e horas conversando, ouvindo a boa música e petiscando, sem vontade de ir embora.

Essa experiência me fez querer voltar, só que dessa vez com a garota que gostaria de ficar alguns momentos tranquilos.

O ambiente propicia e muito a interação do casal! Aconchegante, escuro, confortável, com uma boa música e comida, atendimento educado, atencioso e eficiente!

Estou até com saudades, já faz um tempo que não apareço!

Recomendo!
Dica: Bruschettas
 
Ambiente bem agradável, pequeno, meio escuro, combinando bastante com o ar mais intimista que o som pede. A banda toca bem perto das mesas no ambiente de cima e é muito boa. Muitos casais frequentam o bar, ou pequenos grupos de amigos, enche cedo, então não se pode deixar pra ir muito tarde, até umas 21h acho que ainda dá para pegar uma boa mesa, sem precisar esperar e você consegue também parar o carro na rua. Quanto ao cardápio, as bruschettas são muito boas, um bom vinho cai muito bem também para o lugar e o petit gateau deles é maravilhoso! Bom, isso pra mim que estou sempre de olho nas sobremesas...
Bom para: Ir com amigos, Casais, Vinho
 
O Teta Jazz Bar é um local aconchegante, em que você vai se sentir em casa. No caso do Teta, este aconchego se deu através de um espaço pequeno, com mesas muito coladas uma às outras, iluminação baixa, serviço de alta qualidade. Some-se a isso, uma casa com som de alta qualidade. Para os amante de jazz, o Teta Bar é uma boa opção em Pinheiros, com preços muito acessíveis.

Ao chegar no Teta, se você quiser beber vinho, a casa oferece uma carta modesta, com preços legais. Possível pedir apenas uma taça, caso não queira ter complicações com a Lei Seca (bastante recomendável se estiver dirigindo). Caso queira cerveja, o Teta possui cerveja de garrafa, 600 ml, com opções nacionais.

Para comer, recomendo pedir as bruschetas, feitas com diversos tipos de queijo e excelentes molhos.

O Teta Bar é uma boa opção de programa para quem quer curtir um programa a dois ou um grupo pequeno de amigos. Sugiro chegar cedo, pois a casa lota. Em frente ao bar existe um estacionamento, que da ultima vez parei, deixei a chave com o valet e foi cortesia da casa.
Dica: Jazz, lugar aconchegante, vinho
Bom para: Ir com amigos, Casais, Vinho
 
excelente ambiente, lugar sem frescuras, musica de otima qualidade, a comida nao é barato que nem pastel de feira, mas pela qualidade o preço ta otimo, a cerveja estupidamente gelada, mto bom mes
Bom para: Ir com amigos, Happy hour, Cerveja, Drinques, Gastar pouco
Borbas Azarite:
Eu sou da guitarra...toco guita, então fico vidrado quando tem um bom guita. Esses dias eu fui e tinha uma mina na guita arrebentando tudo!! FODA!
Conteúdo inválido
 
Não esperava em um dia comum durante a semana com uma noite de garoa fina terminar o dia em uma noite tão prazerosa, como quando conheci o Teta Jazz Bar. Foram dois casais. Chegamos cedo, por volta de 20:00as, mas já estava praticamente todas as mesas ocupadas, a maioria casais. Conseguimos uma mesa pequena, mas pedimos que assim que desocupasse uma maior para nos avisar, não demorou e já chamaram para a troca, e ficamos mais bem acomodados. Luz baixa, nas mesas pequenas velas, um ambiente aconchegante.

O atendimento bem eficiente, educado, bastante atencioso. As meninas tomaram vinho (tem adega climatizada), e os meninos whisky e cerveja, e pedimos uma porção de bruschetta, que por sinal é maravilhosa, muito bem feita, bem temperada, estava tudo ótimo, sobre valores acredito que seja a média dos lugares de São Paulo. A conta ficou algo em torno de $150,00 os dois casais, mais ou menos $75,00 por casal. Este valor com o couvert já incluso, meio caro, mas valeu à pena pagar. (a partir das 22h ($10 à $15 reais, depende do dia da semana).

A localização (R. Cardeal Arcoverde, nº1265 | Pinheiros), de fácil acesso, tem alguns estacionamentos por perto, mas deixamos o carro na rua mesmo, conseguimos vaga bem próxima ao bar. Ficamos por volta de 05:00 hrs no bar.

O bar tem uma decoração simples, porém de muito bom gosto, e não é um espaço muito grande, é importante fazer reserva antes ou chegar cedo para conseguir uma mesa. (11 3031.1641). Mas se você não der sorte terá que ficar na fila de espera, mas vale à pena, pois o bar proporciona o som ambiente muito agradável, logo no começo da noite é algo mais calmo, a partir das 22:00 hrs tem uma banda tocando jazz que é algo incrível, um som perfeito.
Dica: Leve seu namorado!
Bom para: Ouvir boa música, degustar!
 
Quem gosta de Whisky e Jazz, esse é o lugar !
 
Possui mais de um ambiente e rola muito jazz e brazuca.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Ir sozinho, Jantar, Ir de madrugada, Vinho, Cerveja, Drinques, Realizar conferências, Realizar eventos pessoais, Relaxar
 
Muito bom! Breja gelada, ambiente agradável, bons beliscos e música de excelente qualidade.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 19

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
14
Seus check-ins aqui
0