Santa Gula

Endereço: Rua da Consolação, 3288 , Cerqueira César - São Paulo , SP - Brasil - 05432-000

Telefone:

(11) 2737-...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes Contemporâneo

  | Rank: 10º de 129

Um restaurante super romantico iluminado a luz de velas, com um cardapio variado com toques multiculturais!! A decoração remete as casas do interior de Minas Gerais, bem rústica, reciclada e aconchegante!! É como se sentir na casa da Vó!! 

Preço por pessoa

Site oficial
stagula.com.br
Redes sociais
stagula
stagula

Primeira opinião
Claudio Kawano
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
20h - 23:45
Ter.
12h - 16h e 20h - 0:45
Qua.
12h - 16h e 20h - 0:45
Qui.
12h - 16h e 20h - 0:45
Sex.
12h - 16h e 20h - 1:45
Sáb.
12h - 16:45 e 20h - 1:45
Dom.
12h - 17:30


Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas
  • Mesas ao ar livre
  • Inaugurado em 1998
  • 120 lugares
  • Proibido fumar
  • Wi-fi
  • Couvert: R$11,00
  • Menu executivo: R$32,00
  • Estacionamento: R$18,00 manobrista

 Informações Conferidas em Out/2014


Como chegar
Favorito
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/santa-gula
Notas específicas:
Ambiente
(23)
Comida
(23)
Atendimento
(25)
Bebida
(20)
Custo-benefício
(20)
Dicas Ver mais
Opiniões
Comprei no início de fevereiro um cupom para ir ao restaurante Santa Gula no site Groupon. Aproveitei um dia que estava pela região com o meu marido e fomos para almoçar, não precisei fazer reserva. Deixamos o carro num estacionamento que fica ao lado do restaurante e pagamos R$ 15,00.
Seguimos pelo longo corredor até chegar ao restaurante. O hall de entrada é muito bonito, há lindas flores amarelas e vermelhas que caem pelo pergolado, mais tarde descobri que se chamam Sapatinho de Judia, são lindas! :)
O restaurante me lembra uma grande loja de artesanato de MG! Há muitos itens espalhados pelo ambiente. Os pratos e copos, assim como as cadeiras, são diferentes uns dos outros e misturados. Achei bem legal!
O garçom que nos atendeu foi muito simpático, se chama Célio. Nos sentamos na parte de fora e infelizmente fui vítima de pernilongos, meu pé ficou todo mordido! :(
O menu que compramos pelo site de compras coletivas por R$ 79,90 para duas pessoas, chega a custar no restaurante R$ 224,00. Vi no cardápio! Ir com o cupom vale muito a pena!
Pedimos de entrada um mix de salgadinhos do bar (pastel, coxinha e croquete de carne) e bruschettas à carbonara com presunto cru e ovo de codorna. Estavam ótimos!
Escolhemos o vinho branco espanhol Artero 2011 da região de La Mancha. Ótima pedida para o dia quente! R$ 70,00. Obs: vinhos a partir de R$ 60,00, mas a maioria fica na faixa dos R$ 100,00.
Para harmonizar com o vinho, pedimos os seguintes pratos: espaguete apimentado ao pesto de rúcula com lula e camarão oriental com curry e leite de coco. Eu fiquei com este último e fui bem surpreendida! O camarão estava ótimo e os acompanhamentos eram arroz com passas e coco fresco ralado e uma pastinha de doce de banana. O coco ralado deu uma outra textura ao prato! Só não comi a uva passa, não curto, então separei.
O espaguete do Alvaro estava com uma aparência ótima, pena que a porção era bem pequena. Ele me disse que estava ótimo, o pesto tinha um sabor muito bom!
O conceito do restaurante não é de fast food e sim slow food, você precisa de pelo menos 1h30 para degustar tudo e sair de lá mais feliz e satisfeito! rs
De sobremesa escolhi o sorvete de papaia com frutas vermelhas e o Alvaro o souflé de goiabada com calda de mascarpone! Juro que quando chegou e experimentei a sobremesa do Alvaro, até esqueci da minha! :) O souflé é muito bom! O meu sorvete era apenas OK se comparado ao souflé! rs
Pedimos a conta e pagamos uma diferença de R$ 90,00 referente ao vinho, café, água e serviço. Na hora de pedir a NF, o garçom me disse que só emitiam o valor que foi consumido a parte do cupom de desconto. Falei que estava errado e que queria uma NF integral. O garçom conversou com o gerente e depois de alguns minutos a NF chegou com o valor total. Problema resolvido.
Gostei muito da comida e do atendimento, com certeza voltarei!
Como boa admiradora de coxinha que sou, fui ao Santa só para experimentar os diferentes sabores. O espaço se parece com uma lanchonete grande mas se destaca pela exposição de alguns enfeites bem autênticos, como garrafas de Coca-Cola da época da minha avó e placas engraçadas. Na porta também tem uma coxinha gigante que você pode tirar foto junto a ela. Quando fui experimentei coxinha de espinafre, bacon, carne seca (é a melhor) e também com massa de mandioca. Mas vá preparado, as coxinhas custam 5R$. Lá também têm lanches gigantes com nomes engraçados e preços de pizza, o que mais gostei foi de tomar suco de tamarindo, lá tem.
Minimalista!
Na minha opinião essa palavra descreve esse restaurante tão especial. A começar pela entrada misteriosa e refrescante por conta da vegetação. Os detalhes da decoração me encantaram, tudo muito caprichado, ameeeeeeei!.
Quanto a comida, hum, maravilhosa! Tidos os pratos que pedimos estavam muito gostosos. Tomei um caldinho de mandioquinha de lamber os beiços, até minha filha que nao gosta provou e aprovou. O risoto de frutos do mar e a lula recheada estavam divinos.
Voltarei sempre que puder, o Santa Gula passou a ser um dos meus restaurantes preferidos na Vila Madalena.
Restaurante digno de grandes comemorações, como pedir alguém em casamento!
Um ambiente super agradável, como o quintal de vovó! A entrada é um grande corredor coberto cmo plantas, bananeiras.. Uma graça!
Uma pena que para ter acesso a essa deliciosa comida ou você tem muito dinheiro, ou então apela pro Groupon!
Tínhamos direito a entrada, prato principal e sobremesa no menu degustação (custa uns R$120 pra cada um!).
Fomos de brusquetta com presunto e casquinha de siri! Que delícia, o pão crocante e a casquinha tinha apenas o siri!

Esperamos um pouco e nos chega o principal. Camarão ao molho curry e arroz com damasco!!! Nossa fui ao céu e voltei! A mistura do doce e curry estava fantástica!
Também pedimos um bife argentino com mostarda e um belo pratinho de provolone com batatas! Só gostaríamos que eles tivessem perguntado o ponto do bife, pois seria melhor ter vindo menos bem passado.

Eis que chega a sobremesa! Suflê de goiaba com queijo mascarpone e sorvete de papaia de licor de cassis!! O suflê cheirava a kilometros!! Uma delícia!

No geral o restaurante é perfeito! Uma bela comida, pratos que nunca tínhamos pensado em experimentar mas infelizmente só podemos entrar com ajuda de groupon e cortes no mês...

Uma pena que tal divertimento só possa ser a poucos...

fotos em: www.facebook.com/rolesculinaristicos
Foi a primeira vez que visitei o lugar! O restaurante já me encantou pela entrada!! Iluminaçao a luz de velas com plantas e arvores de pequeno e grande porte te deixa mais curioso para saber o que te espera lá dentro!

Tinha uma lista de reservas e fila de espera! Porém nao demorou muito para sentar na mesa! Tudo isso porque 21:45hs a lista de reservas expira e as mesas sao destinadas aos que estao na fila de espera! Chegamos as 20:40hs e aguardamos em um banco de mandeira um pouco duro mas o ambiente (luzes, plantas) nos deixou super relaxados e descontraídos!

O atendimento foi ótimo, desde a recepçao até o jantar! Todos muito atenciosos! Os pratos demoram para chegar!

A comida! Entradas: Salada Thai (pra mim) e um coquetel de camarão (pra ele - namorado)! A salada Thai estava deliciosa! Composta por Alface, pedaços de queijo gorgonzola, nozes e molho levemente doce (acho que tinha um pouco de mel!!). A combinaçao ficou otima!!!!
O coquetel de camarão tambem estava gostoso! Mas o molho estava com gosto puxado ao extrato de tomate (Se nao era extrato, estava muito parecido. Nao só pelo gosto mas pela coloraçao)! O camarao estava no ponto (isso é muito importante)!

Prato principal: Risoto de frutos do mar (pra mim) e Entrecote ao molho mostarda e batatas crocantes (pra ele)! O risoto estava uma delicia! Os Marisco, camarao e lula estavam no ponto e o tempero super suave! O entrecote tambem estava muito bom! A carne no ponto (portanto um pouco vermelho por dentro) e ficou super saboroso com a mostarda! As batatas são crocantes por vem com uma camada de queijo parmesão gratinado!

Sobremesa: Sufle de goiabada (pra mim) e alpino cremoso (pra ele)! O sufle de goiabada estava passou do ponto por isso ficou meio borrachudo! Ele acompanhava um queijo, que na minha opiniao era um requeijao cremoso. Nao achei que ficou boa essa combinaçao! Esse "queijo" poderia ser substituido por fatias de queijo branco! O alpino cremoso estava bom! As raspas de chocolate meio amargo fizeram toda diferença!

Restaurante rústico todo iluminado por luz de velas e que me fez sentir em casa!!
Como demora para chegar os pratos, indico o restaurante para casais sem filhos e que nao estao com pressa, ou seja, que querem sair para conversar e descontrair em um ambiente rústico!
PARTICIPAÇÃO NO 9ª SPRW

GERAL:
O restaurante é uma casa antiga composta por seus vários ambientes internos: a varanda foi transformada em uma pequena sala de espera e os vários antigos cômodos formam transformados em pequenos ambientes com mesas. O restaurante todo é decorado com itens do artesanato brasileiro que podem ser comprados pelos clientes. Ao iniciarmos a refeição percebemos que as louças eram todas diferentes umas das outras e antigas e os copos eram também um de cada tipo e todos em estilo retrô: uma graça! O atendimento é excelente, todos os garçons são jovens e muito simpáticos e o gerente da casa, o Fábio, é a simpatia e competência em pessoa... ajudou muito a sairmos de lá tendo nossa primeira 'experiência razoável' na tão aclamada SPRW. Lembrando: o almoço da Restaurante Week custa R$ 29,90 com direito a entrada, prato principal e sobremesa.


SABORES:

Entradas e Bebidas: Diante do oferecimento, aceitamos o Couvert da Casa (R$11,00 para cada pessoa) que não estava incluso no cardápio da Restaurat Week, que consistia numa grande cesta de pães variados (mini pães de queijo, pão recheado com frutas vermelhas, pão recheado com presunto e queijo, crissinis fininhos e pãezinhos caseiros tradicionais) acompanhados de manteiga temperada, crem cheese com alho crocante e um molho de tomate picante... tudo bem gostosoPara beber: Água com e sem gás (R$3,50), Schwepp Citrus da Skhin (R$5,50 – caro heim?) e Coca-Cola (R$4,50). Entradas (todas dentro do cardápio da Restaurant Week): Salada de alface com camarão, castanhas de caju e favas brancas, que estava fresquinha , mas com pouco tempero (tive que colocar bastante sal e azeite pra ficar realmente boa). Achei que a taça em que ela foi servida não era apropriada (apesar de bonita), pois dificultou a degustação... eu tinha que ficar caçando as coisinhas lá no fundo...meio esquisito e incômodo. A outra entrada que pedimos foi a 'Friturinhas do Santa' (mini pastel de queijo e de carne e dois mini croquetes), que estavam gostosos como toda fritura é... o croquete estava bem macio e bem temperadinho e o pastelzinho de queijo estava bem cremoso e forte... delicias!


Prato Principal: (todos do cardápio da Restaurant Week). Pra mim Sfogliati recheado com carne desfiada: gostosinho, mas nada demais... estava morno, a massa era insossa e veio quase sem molho (ficou seco)... achei meio decepcionante! Para a Claudia Sobrecoxa de Frango recheada com farofa de pistache e nhoque de semolina grelhado... a Claudia disse que o nhoque estava sem gosto e ambos vieram frios, apesar da sobrecoxa estar com um delicioso sabor. Mas ela não gostou não! Para o André: Salmão em tiras com purê de mandioquinha, molho de maracujá e farofinha de castanha de caju: definitivamente o melhor dos 3 pratos, um peixe tenro e macio, cozido na medida certa, um molho exótico e gostoso e o purê de mandioquinha gostoso!!! Aí sim, os sabores todos agradaram,como deve ser! Ainda tinha uma quarta opção de prato vegetariano que se tratava da ‘panelinha de abobrinha’, mas não pedimos.
Sobremesa: (todas do cardápio da Restaurant Week). A Claudia pediu "3 brigadeiros" (que eram: um de côco queimado, um de limão e um tradicional) que vieram num prato bonito em forma de 3 colheradas... todos ruins: parecia que tinha maizena na composição, o gosto não agradou em nada e olha que é muito difícil brigadeiro não agradar heim? Ela deixou quase tudo no prato. Vixi! Pra mim Creme Brullé de Pistache: não gostei... parecia feito com maizena também. Não comi quase nada, apenas duas colheradas! Para o André: Delícia Cremosa de Frutas Vermelhas com Açaí.. que também não agradou.. gosto de maisena novamente no creme!!!. Também foi largado na mesa quase intocado. Todas as sobremesas foram provadas somente uma colherada e deixadas pra trás. Que pena!


DISSABORES:
1. As sobremesas estavam bem ruins, mas acredito que era por causa da Restaurant Week.

2. A Claudia pediu uma Coca-Cola zero e estava "choca”. Tivemos que pedir para trocar e o gerente o fez prontamente e na maior solicitude. Coisinhas assim acontecem!

GRAN FINALE:
Apesar de alguns contratempos (dissabores), finalmentepodemos dizer que das experiências que tivemos na SPRW, essa foi a 'menos pior', ou seja, como escrevi: razoável. Acho que o restaurante merece uma segunda visita em dias normais após a SPRW.
A conta: 55 reais para cada um, degustando couvert, cardápio completo da RestauranteWeek e bebidas não alcoólicas.
Fui ao restaurante sábado passado e fiquei bem decepcionada, o atendimento estava super lento e o restaurante nem estava lotado...
Pedi duas entradas, primeiro uma salada verde com tomate cereja, servida numa mini taça, veio uma folha de alface e 1 tomate!! rsrsrsr..nunca vi tanta economia juro! o pior custo benefício da história..
Pedi também um steak tartar que estava muito bem feito.. de prato principal pedi uma massa com tomates e legumes, meu prato demorou mais de 40min para chegar e estava sem gosto nenhum..
De sobremesa pedi um sorvete com frutas vermelhas, estava OK!
O ambiente também não me agradou, estava tão escuro que eu quase não conseguia ver o que tinha no meu prato.. fora o piso, totalmente desnivelado e cheio de irregularidades..
Enfim, minha experiência não foi nada agradável infelizmente..
Não pretendo voltar lá!
A convite dos proprietários, fomos na semana passada pela primeira vez ao Santa Gula Arte & Gastronomia, restaurante encravado desde 1998 no quarteirão mais movimentado da rua Fidalga, na Vila Madalena. Para ter acesso é preciso percorrer um corredor repleto de bananeiras, belíssimo cartão de visitas. Era noite e, lá dentro, as luzes que predominavam vinham das velas nas mesas, tudo bem agradável e aconchegante.

Pra beber, pedimos suco de frutas vermelhas e a Eisenbahn Pale Ale, uma das opções da carta de cervejas, composta pelas três marcas especiais de propriedade da Schincariol: Baden Baden, Devassa, além da marca de Blumenau.

Gostamos bastante do couvert (R$ 11 por pessoa), composto por pães fresquinhos – entre os quais um pão de queijo bem gostoso –, manteiga com ervas, uma espécie de chutney de tomate e outro molho com um sabor interessante de pimenta rosa, pelo que identificamos.

De entrada, nossa escolha foi a porção de Guioza picante de frango com geléia de ameixa preta. Combinação deliciosa, mas foi pura gulodice, pois os pratos principais são muito bem servidos.

Por falar neles, um dos pedidos foi o Peito de frango em crosta de gergelim recheado com presunto cru e queijo Gruyère ao molho de manjericão. Tudo isso ainda acompanhado de risoto milanês (R$ 39). É um prato saboroso e seria ainda melhor se o frango não estivesse um pouco ressecado, talvez por ter ficado pronto antes do risoto.

Mas o destaque do jantar foi o Sfogliati de brie com molho de tomates frescos (R$ 42). Massa “al dente”, recheio farto e um molho muito bem feito!

Ainda é preciso destacar que o cliente pode alterar o prato e até criar novas combinações, sempre tendo como base os ingredientes que compõem as opções da casa. Essa preciosa dica não consta no cardápio, mas deveria, afinal pouquíssimos restaurantes possibilitam tais intervenções.

Encerramos com um Creme brulée de pistache (R$ 18) bem saboroso e com textura perfeita.

Tão bom quanto a Surpresa de berries (R$ 20), sobremesa servida numa taça com frutas vermelhas cobertas por merengue.

Agradecemos o convite para conhecer o Santa Gula. Tivemos um jantar caprichado que superou positivamente as nossas expectativas, já que boa parte dos restaurantes contemporâneos não apresenta refeições com porções tão generosas. Vai ver esse é um dos motivos que faz o estabelecimento, já lotado, ainda receber novos clientes por volta das dez da noite de uma quinta-feira.

Brincando de Chef – www.brincandodechef.com.br
Seguindo nosso tour por Sampa, resolvemos dar um pulo na Vila Madalena pra conferir o Santa Gula, um bistrôzinho muito show para qualquer hora do dia. Sente a chegada ao lugar como foi, em meio a um corredor de árvores.O Santa Gula tem aquele conceito que tá super na moda hoje do “gostou-da-decoração-pode-levar-o-que-quiser”.

Eu calculei que se pudesse, iria gastar muito mais do que ganho só com a decoração.Antes mesmo de fazer o pedido, fui dar uma volta pra conhecer os outros ambientes do restaurante e me deparei com essa parede um tanto musical. Curti muito.Em outro ambiente, bati o olho nesse quadrão hiper tropical.E o que dizer dessas velas coloridas que estão espalhadas por todo o lugar. Me disse um garçom que no jantar o ambiente fica todo à luz de velas.

Só fiquei na imaginação do que seria.Tá, chega! Vamos comer! Tava morrendo de fome e me atraquei no couvert que tinha uns pãezinhos e um casquinha não-tem-ninguém salgada, além de uns molinhos bem bons.

Depois disso, optamos pelo menu executivo, que oferecia três tipos de entrada, prato principal e sobremesa. O primeiro prato foi unânime: Creme de Mandioquinha. Show!No prato principal, cada um foi pra um lado. O Diogo foi num Hambúrguer de Salmão com Cuscuz Marroquino e Shitake.

A cara dele né.Eu me joguei num Picadinho ao Molho Mostarda com Batatas Laminadas. Foi na medida pra deixar espaço para a sobremesa.Sobremesa esta que eu bati o olho e escolhi de cara: Crumble de Maçã com Canela. Eu me apaixonei por esse prato uma vez que vi a Flavia Quaresma preparando no programa dela. O aroma e o sabor que a canela dá ao prato é inexplicável.

A pedida do Diogo foi casca também. Ganhou disparado da minha no quesito apresentação. Era um Alpino Cremoso, uma espécie de mousse com o alpino derretido dentro. Não pude deixar passar em branco né.O Santa Gula tinha nos fisgado de jeito. Nossa vontade era de ficar ali bebendo expresso até anoitecer, mas o dever nos chamava e tínhamos que picar a mula. Bora pagar os 48 reais per capita e seguir desbravando essa Sampa maravilhosa.
O Santa Gula é um restaurante pra saborear uns pratos um pouco mais refinados com um ambiente bem rústico, mas beeem rústico mesmo. São mesinhas de madeira rústica, chão meio irregular, paredes idem, decoração até um pouco estranha, com panelas de cobre e bonecos de galinha espalhados pelos cantos. Mas não deixa de ser limpo e organizado! ;)

À noite, fica iluminado em meia-luz, com velas nas mesas. É bom para ir em casal, mas não para juntar uma galera, provavelmente não dá pra sentar mais que cinco numa mesa.

O atendimento é ótimo, uma pessoa fica designada para atender a mesa, e ela está sempre à disposição para dúvidas e pedidos (se bem que ela sumiu em alguns momentos e demorou pra aparecer).

Os pratos são muito bons! Fui duas vezes para comer pelo Restaurant Week e uma com cupom de desconto de R$55,00 (por uns R$20,00). Os pratos variam entre R$40 e $60. Com bebida, sobremesa e um cafezinho, se gasta em torno de R$80. É um valor um pouco alto, mas o custo-benefício é bom. ;)

Tem as bebidas tradicionais e algumas cervejas importadas (Eisenbahn de trigo é ótimo!).

O vallet custa R$15 (ou R$12, não lembro bem), e existem estacionamentos na região que custam esse valor também. Estacionar na rua é válido, mas a região (Fidalga, Fradique, Aspicuelta) é totalmente lotada à noite, então fica beeeem complicado achar uma vaga.
* restaurante Week *

Sábado nunca passa incolume no meio de um Restaurant Week. Mesmo que ninguém me chame, eu vou num dos restaurantes participantes nem que seja sozinha! Mas dessa vez escolhemos juntas, no meio de uma sessão de vinhos e petiscos, eu e minha roommie, que iriamos num restaurante perto de casa. Escolhemos pela sobremesa: Santa Gula.

O Santa Gula fica nos fundos do Soteropolitano, no meio da Vila Madalena. Quase não enxergamos a entrada, que é meio escura e cheia de plantas. No fundo, uma casa com cara de vilazinha, uma coisa bem brasileira! Tem bananeiras, plantas e uma decoração muito típica. O ambiente é ótimo, arejado, coloridinho, com mesas dentro e fora.

Chegamos com bastante fome. Logo um garçom veio tirar nossas bebidas e outro veio ver o que escolhemos pro almoço. Aparentemente a maioria das pessoas estava lá pelo Restaurant Week também. O garçom disse que o preferido dele era o pernil, mas acabamos com outras opções.

De entrada, pedimos a salada com camarão. Adoro camarão, e essa salada estava ótima. Só não estava perfeita porque por mim podia vir só camarão na taça! Também tinha uns tomatinhos picados e algo que eu não identifiquei, tinha textura de palmito, mas não sei se era. Mas era excelente! Até a folhagem ficou boa com o caldo do camarão.

De prato principal, resolvi ficar com o salmão, já que estava comendo coisas que nadam. Tinha ainda mais TRÊS opções: nhoque de mandioquinha com carne desfiada, creme de palmito com arroz preto e o pernil desfiado.

O salmão estava bem tenro, delicioso. Até os legumes, nos quais nem sou chegada, estavam deliciosos! O palmito em especial, que textura sensacional! Desmanchava na boca…

Fondue de chocolate! Com bolinho de chuva! Sensacional! A calda de chocolate não estava quente, porque o dia já estava quente o suficiente, mas estava ótima. O bolinho é fantástico, sequinho, crocante por fora, absorvendo o chocolate. As frutas estavam bem gostosas também. No fim, com a colher, pudemos raspar toda a tigela, hehe.

No fim, minha roommie ainda achou muito espaço para um Petit Gateau. Veio lindo, com decoração de caldo e morango, muito bem servido. Diz ela que é o melhor Petit Gateau que ela comeu até agora aqui em Sampa.

Esqueci de ver o preço normal do cardápio, mas o lugar vale muito a pena. Como tem essa temática brasileira, o lugar é cheio de estrangeiro. A atmosfera é bem gostosa e a comida é uma delicia, muito bem feita. O atendimento é de casa, bem atencioso e simpático, mas nada forçado. O nome já diz tudo: Santa Gula. Pra se acabar no melhor dos pecados capitais!
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 50

Nota geral Você conhece o Santa Gula? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)