Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Saj?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
Saj

Saj

Rua Girassol, 523
Vila Madalena - São Paulo , SP

Telefone: 11 3032-5939

Serve chacrie (fraldinha cozida na coalhada) 


Preço por pessoa:

$$ (De R$26 até R$50)

Categoria:
Restaurante Árabe
Ranking: #4 de 183
Site oficial:
sajrestaurante.com.br
Formas de pagamento:
Crédito:
Débito:
Outras formas:
Horário de funcionamento:
Seg. a Qui.: 12h às 16h e 19h às 23h
Sex.: 12h às 16h e 19h às 0h
Sab.: 12h às 0h
Dom.: 12:30 às 22:30
Primeira opinião por:
Paula Th
Detalhes:
Ar condicionado
Aceita reservas
Proibido fumar
Wi-fi: Acesso grátis
Faz entregas
Estacionamento: R$ 10, 00 (é valet)
Metrô/trem próximo: Vila Madalena (824 m)

Quer receber ofertas do Saj?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas:
1 estrela
0
Notas específicas:
Ambiente
(25)
Comida
(28)
Custo-benefício
(26)
Atendimento
(27)
Bebida
(24)
Mostrar:
Dicas  (32)
Talita Di Giorgio Torres
A entrega é rapida e a comida chega direitinho
Talita D.
LaisD
Reserve antes a mesa especial árabe!
LaisD
Classificar por:
Opiniões   (42)
 
Pedimos o combinado de pães e o trio que vem com Homus, Babaganouch e Coalhada. Gostei bastante da combinação. Acho que só com isso eu já teria ficado satisfeito, mas como eu vim para conhecer um menu completo, ainda pedimos lombo de cordeiro (R$54,90) e arroz califa (R$26,80).

O lombo é grelhado, depois marinado em vinho branco e ervas e achei muito gostoso. A parte chata é que vem bem pouco. Pra mim não foi o suficiente pelo preço do prato. Ficou aquele gosto de "quero mais, mas não peço mais".

Já o arroz estava bem gostoso, vinha carne moída, peito de frango desfiado, castanha de caju e uvas passas. Esses eu recomendo a todos.

O ambiente escuro, como sempre, dá um ar intimista ao local e por ser uma casinha bem decorada, pequena e com garçons atenciosos, isso fez com que a experiência de estar lá fosse muito boa.

Faltou experimentar o charuto de folha de uvas que conhecerei da próxima vez que eu for.

Aceitam VR's e tem estacionamento bem pequeno ao lado do restaurante.
 
Então... no inicio de 2013 eu morava em outro bairro, na Vila Madalena... eu dividia apartamento com um amigo... e como nossos horários nunca batiam era como se nós dois morássemos sozinhos, ou quase isso: porque eu sempre via os pacotes de comida delivery que ele pedia...

E tinha um restaurante que pela quantidade de pedidos parecia ser o favorito dele: o Saj.

Eu devo admitir que a embalagem do delivery já chamava atenção... com desenhos bonitos que deixam bem claro o tipo de comida que tinha dentro. O cheiro também era muito bom...
Em uma das pouquíssimas vezes que comemos juntos ele sugeriu que pedíssemos lá, pois a chuva estava MUITO forte... O M G!! como a comida é deliciosa!!!

Eu imitei o pedido dele e honestamente não lembro o que comi naquele dia... mas a partir daí pedir comida no Saj ficou quase rotina para mim! Sempre experimentei coisas novas e até pedi sugestão para quem me atendia no telefone. Nunca fiquei decepcionada!

A entrega é rapida e a comida chega direitinho. MAs não sei até onde eles entregam.... Ainda preciso ir lá no restaurante mesmo.
Dica: A entrega é rapida e a comida chega direitinho
 
O Saj se denomina como um restaurante de culinária libanesa, embora eu tenha percebido as maiores influências gastronômicas sendo árabes. Outra característica marcante que se fala muito por aí é que ele é aquele famoso BBB, ou seja, bom, bonito e barato. Mas temos que convir que essas 3 qualidades juntas está bem complicado de se encontrar atualmente na nossa capital.

Vamos começar pegando leve e falando dos bebes. A variedade não é vasta, mas o Suco de Tangerina Natural estava delicioso. E caro: R$8,30.

O ambiente é belíssimo e extremamente aconchegante. O atendimento também é bastante satisfatório. Exceto pelo fato da garçonete ter dado a entender que a Combinado de Pães (R$10,90) fazia parte do Trio de Pastas (R$21,90), quando, na verdade, é cobrado à parte.

O bom é que estava tudo muito gostoso. Fazia tempo que não comia um pão macio como esse e uma coalhada tão saborosa. Tamanho deleite me fez até esquecer um pouco da minha dieta semanal.

Partindo para o prato principal, pedimos o Pintado Grelhado com Molho de Gergelim e Pinoli (R$41,50, indicado para 2 pessoas no cardápio). O peixe apresentou-se saboroso, úmido por dentro e crocante por fora. A decepção ficou por conta pela porção deverás diminuta, como vocês podem observar na foto abaixo.

Conclusão: o restaurante é realmente muito bonito e igualmente bom. Entretanto, é barato até a página 2. Ou seja, o custo é econômico para aquelas pessoas que, como diz meu pai, comem que nem passarinho, bem pouquinho mesmo.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Famílias, Almoçar
 
Na minha opinião, é o melhor restaurante árabe de São Paulo.

Um dos carros chefes do lugar é o pão sírio, que é preparado na hora e servido como entrada com algumas pastas típicas da culinária libanesa.

Meus pratos preferidos do lugar são: Esfiha Zaatar, Arroz Califa (arroz branco, carne moída, peito de frango desfiado, uva passa e castanha de caju), Chacrie (fraldinha cozida na coalhada, ceola frita, pimenta doce e arroz), Ataif (doce de nozes e nata).

Na saída, disponibilizam alguns produtos importados, que vale a pena comprar até como lembrança, por exemplo, Trident do Líbano.

Não possui preços baixos, mas nada muito exorbitante, sendo ideal para almoços nos finais de semana.

Oferece serviço de valet cortesia, o que é uma grande vantagem, considerando que os estacionamentos da região são bem caros.
Dica: Chacrie e Ataif
Bom para: Experiências gastronômicas, Cerveja, Casais, Famílias, Ir com amigos, Jantar, Almoçar
 
Fui lá no domingo à noite. Estava com movimento, mas tranquilo.

O lugar é bastante arrumado e bem decorado, o atendimento foi atencioso e a comida estava excelente.

A (senhora) entrada foi o trio de pastas tradicional (homus, coalhada e mhamara) e um combinado de pães, que é um cestinho que vêm pães árabes e saj, este último temperado com zaatar. Muito bom!

Como prato, um combinado Saj de filé, que tinha (o que eles chamam de) arroz califa, tabule e um filé mignon assado na chapa, muito bem preparado e de tamanho respeitável.

Saí bastante satisfeito após ter comido um dos jantares árabes mais gostosos que já provei.
Dica: trio de pastas + combinado de pães
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Jantar, Comer muito
 
O saj tem sido, ultimamente, minha opção favorita de restaurante árabe. O cardápio traz alguns pratos que fogem do convencional e a comida é muito boa. Os garçons são atenciosos e o ambiente é temático. Tem até uma mesa no estilo árabe, de nível mais baixo, onde se senta em almofadas no chão para comer. Muito legal para ir em grupo, mas é necessário reservar essa mesa antes.

De entrada, gosto muito de pedir a esfiha com coalhada e o pão saj com alguns antepastos. Esse pão, feito por eles, é preparado numa grande "almofada" que infla a massa e a deixa fininha (dá para ver o preparo por uma janelinha voltada para o salão). Para salada, recomendo o fatouche, vem bem temperado e tem um tom agridoce. De prato principal são muitas as opções. Gosto das carnes, que vem sempre no ponto e bem temperadas, mas existem também opções interessantes não tão usuais, como o CHACRIE: trata-se de fraldinha cozida ao molho de coalhada, que resulta numa carne macia de gosto muito curioso e também saboroso.

A sobremesa também surpreende e vale a pena pedir. Minha favorita é a moka, sorvete de creme com café, farofa e chocolate :)

Recomendo uma visita para quem procura experimentar novas iguarias da cozinha árabe. De noite, o lugar é iluminado à luz de velas, ambiente ideal para um encontro mais romântico.
Dica: Reserve antes a mesa especial árabe!
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Famílias, Jantar, Almoçar, Drinques, Realizar eventos pessoais, Paquerar, Relaxar
 
A minha melhor lembrança deste restaurante é o pão folha! Experimente!
Tbm me lembro da esfiha de queijo ser mto boa.

Fui numa sexta de noite, umas 21h, e tive que esperar uns 30-40minutos. O restaurante é apertado e a "sala de espera" fica mto próxima a algumas mesas, o que causa um barulho chato pra quem senta perto.

Eles tiveram uma postura impecável ao não cobrar um prato depois que relatamos que o filet mignon estava duro. Apesar do prato não estar excelente, eu voltaria lá.
Dica: Peça o pão folha.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Almoçar, Famílias
 
As vezes vou pessoalmente as vezes peço delivery. É um bom restaurante árabe, dando destaque para os pães que eles fazem, realmente muito saborosos.
As pastas iniciais como o babbaganouch e o homus e as esfihas são boas. O kibe cru não acho nada demais, parece que falta uns temperinhos.
Os pratos quentes como o charuto de uva são gostosos.
Vale a pena conhecer, sem muitas expectativas já que nesse ramo existem restaurantes mais saborosos.
Dica: pão com zaatar
 
Gostei bastante do Saj, mas conheço pouquíssimos restaurantes árabes.

Os combinados são uma boa pedida, acompanham pão sírio, um pão da casa bem fino com zatar, uma pasta (homus, coalhada ou mhamara) além de algumas opções de prato principal + um tipo de arroz.

Provei o kafta com arroz com lentilhas e uma saladinha. Não está entre minhas temáticas para restaurante preferidas, mas gostei! Em especial, o pão sírio estava animal!!!

O ambiente é aconchegante e mais ou menos espaçoso, acredito que dê para ir em até 12 pessoas.

Atendimento muito bom, explicam gentilmente do que são feitos os pratos.

O combinado, pelo que me lembro, custava em torno de R$35.
Dica: Peça pão sírio!
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Almoçar, Famílias
 
Para mim, o destaque do Saj são os pães: eles servem o melhor pão árabe que já comi na vida! É muito macio e muito quentinho, e o pão-folha recheado com zhatar também é super bom. Para acompanhar essas delícias, vale a pena pedir o trio de pastas, onde escolhe-se 3 dentre as opções de homus, babaganuch, coalhada seca e mhamara (de pimentão). Tão bom que dá vontade de ficar só na entrada.

Mas os pratos e salgados também não decepcionam e há também opções de combinados (michui ou kafta com algum tipo de arroz) que também acompanham dois pães e uma opção de pasta. Os combinados são uma ótima opção com bom preço (cerca de R$30), e apesar das combinações do cardápio, é possível trocar o arroz e/ou a pasta que acompanham o grelhado. Recomendo o michui de filé (o de frango vem meio alto e branco demais) acompanhado do arroz "califa" (com frango desfiado, passas e castanhas).

Em casa, costumamos pedir do delivery do Saj, que no começo sempre vinha errado. Era impossível fazer um pedido que viesse sem trocar ou faltar nada. De uns tempos pra cá e com muitas recomendações, eles melhoraram bastante (a única ressalva é que demora um pouco para mandarem, mas costuma vir bem quente e conservado).

Para reuniõezinhas em casa, eles fazem os salgados em tamanho coquetel, encomendando com antecedência (quibes, esfihas, charutinhos, etc). É tudo gostoso mas o mini quibe é um micro quibe, bem pequeno mesmo.

Para comer no local (que tem decoração típica e bonitinha) ou fazer um gostoso jantar temático em casa, o Saj é uma excelente opção com ótimo custo benefício.
Dica: O serviço de manobrista é cortesia.
 
Um restaurante libanês no meio da Vila Madalena, uma casinha branca com a porta sempre lotada. Ali é o Saj, o melhor restaurante árabe do mundo, na minha humilde opinião.

Primeiramente, peça o combinado de pães. Se vai querer Homus, Babaganouch, Coalhada… sei lá, mas peça o combinado. Os pães são todos feitos na hora. Além do tradicional pão sírio, vem também o famoso pão folha temperado com zathar. Aliás, é divertido sentar na parte de trás do restaurante para ficar vendo o cozinheiro fazer o pão na hora, pelo vidro que mostra a cozinha.

Para acompanhar a entrada, recomendo o Chancliche, um queijo árabe parecido com ricota, temperado e misturado com tomate, salsa e mais algumas coisas. Muito bom!

Sim, o Saj tem esfihas. Minha preferida é a de ricota. Fechada, com a massa bem gostosa, e muita ricota – nada de mixaria! Mas tem de escarola e de zathar também.

Outra comida sem carne muito boa é a Coalhada com Pepino. Nada a ver com coalhada seca, ok? É uma grande sopa fria, temperada com zathar, e com pedaços de pepino dentro. Acho muito gostosa, e olha que não gosto de coalhada!

Para os vegetarianos, temos também Charutos Vegetarianos de grão de bico e tomate na folha de couve manteiga – particularmente, não gostei – e entre os que eu ainda não provei, estão o kibe de abóbora e o falafel.

Para finalizar, a melhor sobremesa é o Chocolamour: sorvete de chocolate, calda quente, uma farofa bem fininha (parece leite ninho, até) e chantilly. Tem também a versão com café e sorvete de creme, o Moka.

O Saj não é barato (quer esfiha barata, vai pro Habib’s), mas também não é nenhum absurdo. Dá para dividir pratos, e se não ficar só na esfiha e kibe frito, dá pra gastar uns R$ 40 e comer muito bem.
Dica: Esfirra de ricota, uma delicia vegetariana!
Bom para: Ir com amigos, Jantar, Almoçar, Vegetarianos, Famílias
 
Pra quem gosta de comer uma boa comida Árabe, o Saj é uma ótima opção. O restaurante fica localizado na Vila Madalena e tem vallet. O atendimento é muito bom e o ambiente é super descolado. Um detalhe que pode parecer desapercebido é que as todas as cadeiras das mesas são umas diferentes das outras. Na parte final do restaurante tem uma mesa estilo tatame para umas 10 pessoas. Uma outra curiosidade da casa é que a cozinha tem paredes de vidro, portanto você pode ver tudo aquilo que é feito pelos cozinheiros da casa.

Eu sempre costumo começar coma as esfihas de carne e de queijo e também peço o trio de pastas (babaganuch, coalhada e homus) acompanhados dos delicioso pães que eles fazem ali mesmo. De prato principal eu gosto muito do combinado 523. Um suco de tangerina ou um bom vinho acompanham muito bem os pratos.

Os deliverys do Saj são uma excelente pedida também.
Dica: O suco de tangerina é uma delícia e combina com os pratos.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Almoçar, Vinho, Comer muito, Vegetarianos, Almoço rápido
Enviado
via iPhone
 
Não fui ao Saj pessoalmente, então não posso opinar sobre o ambiente e o serviço, mas de passar na frente, parece ser bem aconchegante e ter uma decoração bacana.

Agora sim, quanto a comida… Pedi delivery de lá, nunca tinha comido, mas já tinha ouvido falar várias vezes como sendo um ótimo restaurante árabe, é do lado de casa, e quando descobri que tinha delivery resolvi testar!

A comida é ótima! Super saborosa! A esfiha de carne é muito gostosa, pedi também um Beirute de Kafta. Bem temperado e delicioso, o fato de ser de Kafta dá um gostinho especial ao Beirute, justamente por ter um gostinho diferente, talvez principalmente graças ao tempero Zaatar. Experimentei um falafel do meu namorado, estava bom, mas já comi melhores (embora nenhum no Brasil ainda). Meus pais pediram Kafta e Arroz Califa para dividir e também gostaram muito.
A única ressalva que eu deveria fazer é que o Kafta e o Arroz Califa no cardápio dizia servirem duas pessoas, pedimos os 2 para os meus pais de qualquer jeito porque eles queriam comer os dois juntos e não se importavam se sobrasse, ainda bem que o fizemos, pois foi uma quantidade boa para os dois. Se não me engano o falafel também dizia ser pra dois, e não é muito grande… Então não confiem muito na descrição de quantas pessoas servem os pratos… A não ser que a idéia deles é justamente que as pessoas peçam dois pratos para dividir, porque todo o arroz pra uma pessoa talvez fosse muito mesmo, e comer só carne pura não é todo mundo que gosta, então talvez até tenha lógica a descrição deles, mas de qualquer jeito é meio confuso, não confie cegamente nisso.

Com certeza repetirei a experiência, ou quem sabe até pessoalmente um dia? Aí edito aqui com minhas impressões do ambiente! Recomendo! Um dos melhores árabes de São Paulo com certeza!
 
Eu gosto muito de comida árabe. Por isso, conheço vários restaurantes árabes em São Paulo. Para mim, o Saj representa perfeitamente o prêmio de “Bom e Barato” recebido em 2009 pela revista Veja Comer & Beber.
A comida é de fato muito saborosa. O cardápio é repleto de opções que dificultam a escolha e dão água na boca. Para a entrada, pode-se escolher entre diversos tipos de esfiha: carne, queijo, escarola com passas e zátar (todas na faixa de R$ 3,00), trio de pastas, composto de homus, babaganuche e coalhada seca, com acidez no ponto certo (R$12,00), kibe cru (R$9,00), entre outros. Mas o destaque vai para os pães árabes, que são o grande diferencial da casa. O pão folha é o grande astro, e o tempero de azeite e zátar o torna irresistível. Ele é assado na hora sobra uma grande chapa metálica côncava, chamada Saj (Sim, é o que dá o nome ao restaurante!). A cozinha é envidraçada e do salão do restaurante pode-se observar o pão sendo produzido.
Os pratos principais (que custam em média R$30,00) vão dos mais tradicionais – kibe assado, charuto de folha de uva, arroz com lentilhas, até os mais elaborados – o maravilhoso chacrie (fraldinha cozida na coalhada com cebola na manteiga e pimenta doce), e o vegetariano kibe de abóbora (recheado com ervilha torta, alho poro, cenoura e queijo cottage).
No Saj a refeição pode ser típica de ponta a ponta. O restaurante oferece ótimos sucos especiais – tâmara, tamarindo, damasco, romã e rosas. Vale à pena experimentar.
As refeições no Saj são sempre tão fartas que nunca consegui chegar na parte da sobremesa. Mas todas são também muito apetitosas para quem aprecia os doces típicos – malabie (creme de miski coberto com compota de damasco), e a nova torta caseura de ricota com pistache.
O ambiente também não deixa a desejar. O restaurante é composto por dois salões. O primeiro, logo na entrada, fica em torno de um bar, que também dispõe de um balcão para os mais descontraídos. O do fundo é maior, mais tranquilo, e a iluminação natural o torna muito agradável. A decoração completa com bonitos objetos e fotos do Líbano.
No corredor entre os dois salões há uma prateleira repleta de produtos típicos árabes, como pistache, zátar, folha de uva, tahine, frutas secas, xarope de romã, etc. Perfeito para quem quer começar a se aventurar na culinária árabe.
Dica: Não deixe de provar o pão Saj
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 42

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
35
Seus check-ins aqui
0