Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Ruella (Vila Olímpia)?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
Ruella (Vila Olímpia)

Ruella (Vila Olímpia)

Rua João Cachoeira, 1507
Itaim Bibi - São Paulo , SP - 04535-015

Telefone: 11 3846-6720

O Ruella é Bistrô localizado no bairro do Itaim Bibi, conhecido por seu charme e seu ambiente romântico. Além disso, o restaurante chama a atenção por seus pratos sofisticados, tradicionais e outros criados pela própria chefe. 


Preço por pessoa:

$$ (De R$26 até R$50)

Categoria:
Restaurante Francês
Ranking: #1 de 98
Site oficial:
ruella.com.br
Formas de pagamento:
Crédito:
Débito:
Horário de funcionamento:
Seg. a Sab.: 20h às 1h
Dom.: 13h às 17h
Primeira opinião por:
Bruno Yoshimura
Detalhes:
Mesas ao ar livre
Inaugurado em 1996
Estacionamento: Valet pago R$15,00

Quer receber ofertas do Ruella (Vila Olímpia)?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas:
3 estrelas
0
1 estrela
0
Notas específicas:
Ambiente
(19)
Comida
(18)
Atendimento
(19)
Bebida
(18)
Custo-benefício
(19)
Mostrar:
Dicas  (12)
Ana Hirata
Faça reserva e vá para um jantar bem especial! Perfeito para uma noite hot, hot, hot!
Ana H.
Classificar por:
Opiniões   (45)
 
Ahhh a primeira opinião de um lugar romantico !! rss

O Ruela esta localizado no meio do itaim, do tumultuado itaim, entre a Rua João Cachoeira e Avenida Santo Amaro.

E acreditem ele esta no meio de uma viela calma, conta com algumas mesas nesta viela que são iluminadas a velas na mesa. Seu interior também traz este clima romantico
simples mas cheio de charme.

O lugar é frequentado na sua maioria por casais, mas há alguns "solteiros" que se arriscam para jantar algo.

Os pratos são deliciosos e a grande dica é um bom vinho para acompanhar o jantar !!

Se esta a procura de uma lugar para levar a namorada(o), esposa(o) e paqueras este é o lugar !!

Um jantar sai por volta de $160 para o casal sem grandes estrapulias..rss
 
O lugar é para casais, definitivamente. Fui com dois amigos e ficamos muito sem graça com a quantidade de casais!
O lugar é um achado em meio a cidade! Fica numa pequena ruela, bem estilo francês!
Fazer reserva é uma boa idéia, fui numa Quinta e precisei esperar 40 minutos por uma mesa. Na comanda com o número da espera vem um recado bem charmoso: "não gosta de esperar, RESERVE!".
A sala de espera fica em um mezanino, a la sala da vovô, bem aconchegante e cheia de estilo!
Você pode pedir um vinho e apreciá-lo enquanto aguarda uma mesa.
Os pratos são ótimos, porções não muito grandes, bem preparados e ótima apresentação.
O preço é salgado, bem salgado.
Pedi meu favorito clássico francês, o steak tartare! Estava fresco, bem temperado e acompanhado de belas batatas fritas! De sobremesa? Profiterole de Nutella com sorvete de creme. Os profiteroles vieram bem recheados mas poderiam estar mais sequinhos e crocantes.
Um jantar com entrada, prato principal, sobremesa e vinho não sai por menos de R$120,00 por pessoa.
Dica: Faça reserva e vá para um jantar bem especial! Perfeito para uma noite hot, hot, hot!
Bom para: Casais, Jantar, Vinho
 
Nada melhor do que comemorar o dia dos namorados atrasado, pois ninguém merece as filas e estresse do dia 12 de junho.

O local escolhido foi o Ruelle, fortemente recomendado pela Alice Singer, gastrônoma que recebeu o prêmio de melhor resenha de Maio/2010.

Quase passei a entrada do restaurante, pois parece bem simples. Você só percebe a magia do lugar quando entra na ruazinha (ruella) estreitinha e bonita que dá acesso ao restaurante. Duas mesas colocadas do lado de fora da ruazinha e o cheiro ótimo da cozinha nos convidam a entrar.

O ambiente é super agradável, aconchegante e romântico. Meia luz no ambiente e velas em todas as mesas (tem também giz de cera para colorir a mesa... =) ). A hostess nos recebeu e nos levou para a mesa reservada (reserva apenas até as 21h).

De entrada aceitamos o couvert (R$ 11,00 por pessoa), que veio com 4 "patês" e 2 tipos de pães. O couvert não tinha nada de exepcional, bem simples e bom para matar a ansiedade.

Os drinks variam de R$ 14 à R$ 25,00. Pedimos um drink de frutas vermelhas não-alcoólico que estava bom.

De prato principal, escolhi o filet mignon ao molho roquefort com batata doce. A apresentação estavam mutio bonita com a montagem no centro de um prato quadrado. O filet estava macio e com o molho bem suave, apesar de ser de roqueforte. As batatas doces, para minha surpresa, são laminadas. Apesar de ser "doce", o acompanhamento combinou com a carne. A maioria dos pratos fica em torno de R$ 50,00.

Da próxima vez vou pedir alguma entrada ao invés do couvert, acho que pelo preço deve compensar.

Uma crítica construtiva é que a música poderia ser um pouco mais baixo para que as pessoas pudessem conversar mais calmamente e deixar o clima ainda mais gostoso. Um Jazz também combinaria bem com o lugar.
Dica: Reserve antes das 21h00
Bom para: Casais
 
Assim como o Bruno no comentário anterior, eu também fui ao Ruella para comemorar o dia dos namorados atrasado.

Reservamos uma mesa, mas não precisava, pois a casa estava com apenas metade das mesas ocupadas.
O atendimento foi impecável, com garçons bem educados e bem humorados.

Rejeitamos o couvert e pedimos uma entrada, Tartines de Sortidas, que são como mini bruschettas de diversos sabores, um melhor que o outro.
Como prato principal, pedimos massas: penne com alcachofra e alho (incrível! mas só peça se não se importar com um alho um pouco forte) e penne ao pesto com queijo de cabra, azeitonas pretas, presunto cru e tomates cereja (divino também).
Eles oferecem meio prato para massas. Como não estávamos com tanta fome e já havíamos comido a entrada, pedimos apenas meio prato cada um. Foi na medida.
Para acompanhar, pedimos também um vinho rosé.
De sobremesa, pedimos um gateau de chocolate (diferente, meio cremosinho, e muito gostoso) e profiterólis de Nutella (muito bom!).

Vale ressaltar que a escolha de todos os pratos foi muito difícil, pois o cardápio oferece inúmeras delícias.

Já o ambiente é um assunto à parte. O lugar é lindo, pequeno, aconchegante, charmoso, com pouca luz e muitas velas. Há música ambiente agradável.
No andar superior há uma espécie de sala de espera (onde alguns casais tomam um drink antes do jantar ou comem a sobremesa) que, segundo o garçom, é muito "perigosa", pois já pegou vários casais "no flagra" ali. O local se parece com uma sala de estar de avó, com sofás estampados e estantes de livros velhos. Tudo muito confortável.

Resumindo, tudo muito romântico e perfeito para ir a dois. Eu não voltaria lá com amigos ou com família, mas com o meu namorado pretendo voltar muitas vezes!
Bom para: ir a dois
 
Os restaurantes franceses nunca me apeteceram muito, mas ouvi falar muito bem deste e, quando entrei no site, fui contagiado pela música gostosa que toca, o que só fez minha vontade de conhecê-lo aumentar.

Não tenho muito a acrescentar ao perfeito review da minha namorada Rita, a não ser que eu acho que, apesar de não ser muito barato, é um lugar que vc deve conhecer, se puder. A comida ainda me dá água na boca (apesar de eu não ter gostado tanto das tais Tartines, o prato principal seria o suficiente pra eu voltar lá várias vezes - e a sobremesa é um plus).

Quando fui, parei o carro na rua mesmo, quase na frente do restaurante - se for um dia de semana, parece que é fácil.

Confira as fotos (são do andar de cima, onde se pode comer uma sobremesa ou tomar um drink), o site, e vá conhecer!
Dica: Se for pedir um vinho, pense na hipótese de pegar uma garrafa, que pode valer mais a pena.
Bom para: Jantar romântico
 
Estava super afim de comer bem naquela noite. Era o último dia de uma semana de trabalho em Sampa e a Jú e a Carol me convidaram para conhecer um o Ruella, um bistrôzinho francês super charmoso.Eu tinha passado pela frente de tarde, mas a entrada não me chamou muito atenção.

Mas à noite… nossa! Todo o cenário tinha mudado. Parecia que estávamos numa pequena via de alguma cidadezinha da Provence! Nunca imaginei que em um bairro movimentado como o Itaim poderia abrigar um espaço como esse.Existem umas mesinhas ao ar livre, que são praticamente um convite irrecusável para ficar do lado externo. Mas como estávamos com muita fome, optamos pela área interna e assim não tivemos que esperar por uma mesa.

O local é muito aconchegante, as mesas são iluminadas por velas e tem giz de cera para desenhar. Adoro! O restaurante está sob o comando da chef pernambucana Danielle Dahoui, também proprietária do moderninho À Cote.

De cara pedimos um vinhozinho branco bem gelado, e como entrada pedimos endives com carpaccio de mignon, alcaparras parmesão e folhas ao molho Dijon. Um espetáculo!Chegou a hora de escolhermos os pratos: eu pedi um ravióli de pato ao molho de funghi e alecrim.

Sem exageros, eu diria que estava simplesmente inacreditável! Repara a decoração com a flor no centro, que linda.A Ju preferiu ficar na salada e pediu uma de camarões grelhados no óleo e sementes de gergelim com fetuticcine de palmito, fatias de manga, lascas de gengibre e folhas ao molho da chefe. Já a Carol pediu escalopes ao molho emmental com penne na manteiga de sálvia.

A sobremesa… bom, não poderíamos deixar de fora e por isso decidimos dividi-la. A escolha foi unânime: profiteroles de nutella com sorvete de creme. Nossa!O jantar custou 80 reais por pessoa e redundou nessa noite agradabilíssima. Uma experiência gastronômica surpreendente!
 
Se você está em São Paulo, mas gostaria mesmo era de estar na Provance, reserve uma mesa no restaurante Ruella no Itaim. Peça a mesa que fica do lado de fora, numa simpática ruela batizada de Rue du Rivoli, como na capital francesa.
Com uma noite agradável, você pode se deliciar com os vinhos da casa enquanto aguarda os pratos da casa, que oferece opções da cozinha internacional ao lado de pratos tipicamente construídos como no interior da França. Eu optei pelo medallion au roquefort, com a carne no ponto exato que pedi, molho suave e uma deliciosa galete de batata doce acompanhando.
Outras opções da mesa foram o risoto de camarão com curry indiano, que trouxe um chutney de banana para completar o casamento ítalo-indiano, a salada com perfume oriental que traz shitake e camarões e o mais pedido da casa: escalopes ao molho de emmental com brócolis e penne salteado na sálvia.
Para completar a noite, se dê de presente o Café Gourmand, um trio de mini sobremesas que culmina num café cremoso. Começa com um bolo de três leches que, quando você acha que não pode ficar melhor, encontra uma banana caramelada no fundo. Continuei com o brownie na calda de framboesa, e chocolate nunca é demais né? Finalizando, uma mousse de goiaba que derrete na boca, leve, leve, com um fundo de queijo cremoso. Se você adora sobremesas como eu, é literalmente um prato cheio para sair de lá com um sorriso no rosto.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar
 
O restaurante Ruella é um charme e isso já vale a visita hehheh!!! Sério, ele fica, literalmente, numa ruela que sai da João Cachoeira, no Itaim. Nem parece que você está numa rua super movimentada!!! Tem vasinhos na parede e uma linda porta azul para receber os clientes. Nos dias mais quentes dá pra sentar em uma das mesas do lado de fora, mas a parte interna do restaurante também é bem gostosa. E como se não bastasse, a comida francesa, com um toque do Brasil, é MARAVILHOSA!!! Super vale a pena para um almoço com as amigas ou um jantarzinho romântico. Fica a dica pessoal
Bom para: Casais, Jantar, Almoçar, Vinho
 
Visitei o Ruella há um tempo atrás, na companhia de um amigo, o mesmo que me acompanhara no Ají da outra vez. O Daniel é uma pessoa que de semelhança comigo não tem nada, mas se tiver que parecer, talvez seja de produzir iguais efeitos na hora da fome. Marcamos de jantar, mas até o momento de sentarmos à mesa, parecíamos dois “desjejuados”. Acho que estou precisando treinar minha pança. Diz Charles Monselet, um romancista francês, que um verdadeiro gastrônomo deve estar sempre pronto pra comer, assim como um soldado deve estar sempre pronto pra lutar. Haja estômago.
O ambiente é envolvente, com luzes postas à acolher, misturando-se aos quadros coloridos espalhados pela parede.

Couvert (R$12,50): brioche de alecrim com sal grosso e pão 100% integral de castanha do pará, nozes e passas, com azeite de manjericão e manteiga de gengibre. Simples e educado, eu diria.

Pedimos uma entrada para dividir, o Pout-pourri Salée (R$42,00), que vinha com blinis de salmão com wasabi, pastéis de fromage com molho barbecue, mini kaftas de cordeiro com geléia de hortelã de petrópolis e tartines de shiitake. Gostamos do que comemos.

Antes de mais nada, gostaria de pedir desculpas tanto para os leitores quanto para o restaurante em relação ao próximo prato a ser mostrado. Eu explico: como o Daniel não estava com muita fome, resolvemos em nome do blog fugir dos satisfatórios belisquetes da entrada. Pedi UM prato e comentei ao Daniel que poderíamos dividi-lo. A atendente acabou ouvindo isso sem querer, mas com toda boa vontade possível. Por fim, recebemos o prato já dividido em dois, explicando o tamanho da porção que se observa na foto. Por imaginação, então, tentem dobrar a porção da imagem! Me desculpem, eu queria tirar a foto do prato íntegro. Eis o Badejo ao Azeite de Endro-dill (R$56,00), com risoto de limão, abobrinha e crumble de pão. Delicioso. O Risoto, al dente, tinha o azedinho especial do limão e a abobrinha estava crocante. O peixe exalava o vapor de recém saído do fogo.

O restaurante fica escondido dentro de uma pequena e estreita ruela em meio a João Cachoeira. Sintam-se à vontade para descobrir.
Bom para: Casais, Jantar
 
Lugar maravilhoso, muito gostoso. O espaço combina uma gastronomia deliciosa com um espaço único em uma cidade como São Paulo, calmo e aconchegante.
Recomendo fortemente os vinhos que são deliciosos.
O único problema é que os pratos são pequenos, aconselho comer alguma coisa antes do jantar para os esfomeados.
 
Já fui 2 vezes, achei que o atendimento deixou a desejar
A primeira vez que fui cheguei umas 21:30, lá pelas 23h começaram a nos apressar para pedir a conta, achei extremamente deselegante..
A comida é boa e bem feita, mas poderia surpreender mais!
Uma vez pedi o tartar que não tinha nada demais.. da segunda pedi Medalhão ao Roquefort, estava bem gostoso!
A sobremesa estava ótima: Pavlova de Amendoas!
 
Já tinham me falado há muito tempo desse restaurante. Em diversas conversas a respeito de comida, o ruella sempre aparecia. Depois de tantas resenhas boas a respeito fiquei mais do que convicto que essa seria daquelas escolhas com nota alta. Dito e feito!
O ambiente do ruella é muito charmoso. Tu entras por uma passagem que parece o início de uma vila ou mais precisamente uma "rua pequena".
Dada a introdução vamos aos pratos. Pedimos de entrada as tartines sortidas gratinadas que estavam bem boas (parecem bruschetta se não for a mesma coisa com outro nome...). Para molhar a garganta as meninas foram no dry ruella (saquê, lichia e manjericão limão).
Como estávamos em 6 pessoas pedimos vários pratos e melhor, diferentes!
Medallion au Molho Roquefort juntamente com Confit de Pato ao Molho Roisin.
O Arroz de Bacalhau de 8 Grãos estava bem salgado e tivemos que trocar o prato mas os atendentes foram bastante atenciosos e trouxeram logo outro prato que tinhamos escolhido para substituir. Eu fui no hamburguer de cordeiro com queijo de cabra que tava muito bom também e o queijo de cabra deu uma apresentação diferenciada para o prato.
Para sobremesa pedimos a Pavlova de Amêndoas e o Caffé Gourmand. Esse último é a melhor pedida se tu quiseres provar um pouco de cada. Se tu gostas de doce, pode ir na Pavlova...é bem doce!
Resumindo a comida é muito boa e o ambiente, tanto dentro quanto fora, é bastante agradável! Voltaremos com certeza.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar
 
Sensacional!!!
Atendimento ótimo, pois os garçons conhecem os pratos e vinhos.
Achei a comida deliciosa e os preços honestos.
Comemos:
Entrada --> Tartines sortidas, que estavam muito boas
Principal --> Eu comi badejo com risoto de limão c/ abobrinha e minha namorada comeu migon de cordeiro, que também estava uma delícia.
Sobremesa --> Tarde de maça
Bebida --> Vinho meio seco italiano "Primitivo"

Tudo muito bom, com tempero ótimo!
O ambiente bem aconchegante e decoração de bom gosto.

Voltaremos lá para experimentar os outros pratos!
Bom para: Casais, Jantar, Vinho
 
Um dos mais aconchegantes restaurantes de São Paulo.
Fica, como o próprio nome já diz, numa ruazinha que não passa nada além de pessoas que estão indo ao restaurante.
O charme fica também do lado de fora, no que seria a calçada, com cadeirinhas e mesinhas de ferro para aguardar ou para as refeições mesmo.
Vale a pena cogitar uma festa nesse lugar!
Dica: Penne com brócolis
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Ir de madrugada, Vinho, Vegetarianos
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 45

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
15
Seus check-ins aqui
0