Rua José Paulino

Endereço: Rua José Paulino , Bom Retiro - São Paulo , SP - Brasil

A antiga rua dos Imigrantes fica localizada no bairro do Bom Retiro, região central da cidade de São Paulo, no Brasil. A rua é famosa por atrair "sacoleiras" de todo o Brasil que vão ao Bom Retiro atrás das inúmeras lojas de vestuário feminino, essas últimas são, em sua maioria, controladas por c...  Ver mais

Primeira opinião
Alessandra C.

Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/rua-jose-paulino
Notas específicas:
Ambiente
(22)
Atendimento
(24)
Custo-benefício
(28)
Dicas Ver mais
Opiniões
Eu gosto mto de dar um pulo no bom retiro quando vou a são paulo. Algumas vezes vou ate sampa apenas pra ir no bom retiro.

A principal rua de lá e a josé paulino..e ta sempre cheio!! As ruas do bom retiro tem como foco principal as lojas de confecção..em geral feminina, mas eh possível encontrar coisas boas pra homens tbm, embora vc não veja mtos deles por lá.

Eu geralmente fico pela rua principal mesmo, ate porque as paralelas e transversais tem mais lojas que vendem exclusivamente no atacado.

Os preços no bom retiro geralmente são bons, mais baratos do que nas lojas que vemos em Campinas por exemplo. Mas nem sempre da pra contar com isso.

Estive la semana passada por exemplo, e não sei se eh por causa da copa ou inflacionou td mesmo, mas os preços não estavam compensando nem um pouco. Pretendo voltar depois da copa pra confirmar minha hipótese...rsrsrs...

Na rua Jose Paulino tem muuuuitas lojas e a maioria vende atacado e varejo, mas eh bom dar uma conferida antes de entrar, porque o forte lé é o atacado mesmo.

Mas quando a gte fala atacado, num é necessariamente aquela comora gigantesca pra revenda. Tem lojas que vendem acima de 4 ou 6 peças no preço de atacado. E se vc, como eu, vai la com mais alguém, dá pra comprar na maioria das lojas com sua amiga.. mãe.. irmã e conseguir pegar o preço de atacado. Tem lojas que estabelecem valor pra esse tipo de venda. Tipo, acima de 300,00 já não pe mais preço de varejo...mais ou menos isso. Achoque vale a pena dar uma conferida.

Uma coisa que não é mto legal, é que muitas lojas não tem provador e aí não tem como vc experimentar a roupa. Algumas lojas deixam vc provar a roupa por cima da sua, mas nem todas e isso dificulta um pouco. Outro ponto é o banheiro, lá é comércio de rua mesmo..como o centro aqui em campinas ou em qqr outro lugar, então não é fácil encontrar banheiro por lá. E porque eu falo de banheiro, porque quando a gte vai lá acaba passando o dia e não da pra ficar o dia td sem ir ao banheiro.
Tem algumas galerias que tem banheiro e vc paga ate 1,00 pra usar, mas não tem jeito. Ou é assim ou vc segura até voltar pra casa..o que é meio difícil.

Comer lá tbm não é fácil. Eu conheci um restaurante mto bom que fica numa das galerias, mas não lembro o nome, e sempre que vou pra la como nesse restaurante. É bem limpinho e a comida mto boa. Mas vou ficar devendo o nome pra próxima vez que eu for lá ver e editar. No mais, tem algumas lanchonetes não mto suspeitas e se vc é corajoso/a e/ou tem um estômago bom, pode tentar alguma comida de rua, das barraquinhas por lá.

Ah, e não espere sossego quando estiver andando, lá está sempre cheio e vc tem que ficar espero nas suas bolsas e sacolas!
A Rua José Paulino é o paraíso de compras de fast fashion, algumas lojas de jeans, lingerie, bijus, bolsas e moda festa. Aliás essa é uma ótima opção pra quem procura por roupas de festa, pois vc vai encontrar vestidos muito bonitos e por preços bem abaixo do que os praticados nos shoppings o que vale apena, afinal é o tipo de roupa que será usada uma ou duas vezes então pra que gastar os tubos se vc pode gastar menos?
Os inconvenientes são a grande muvuca principalmente aos sábados, pois neste dia quase todas as lojas funcionam em sistema de varejo, dificil pra estacionar, pra quem vai de metrô tem que tomar muito cuidado entre o curto percurso entre a estação da Luz e a rua por conta dos craqueiros que perambulam por esse caminho e podem te assustar e principalmente te roubar. As lojas em sua maioria não tem provadores, então vc tem que provar a roupa em cima da que estiver usando (vá com uma roupa mais justinha) e tem lojas que nem isso deixam vc fazer, o atendimento também não é dos melhores e muitas lojas só aceitam dinheiro.
Sempre que vou lá procuro ir durante a semana, é super tranquilo dá pra parar o carro na rua e colocar uma folhinha de zona azul, procuro combinar com amigas ai conseguimos comprar no atacado que na maioria 6 peças já entram no atacado ai vc leva uma boa vantagem, as lojas estão tranquilas e dá pra garimpar as peças com calma, vc vai encontrar lojas muito bonitas com vitrines como as de shoppings só que com preços bem mais convidativos, mas é preciso ter paciencia e não ligar para os inconvenientes que no final as compras acabam compensando.
È uma muvuca modal! Algumas vezes tive de levar a família para compras nesta meca oriental, uma vez que a maiorias das confecções pertencem aos coreanos que dominam o antigo bairro judeu, daí a existência de autêntica comida coreana na região e também karaokês coreanos porque muitos deles trabalham e moram na região.
Este não é um fenômeno no Brasil, no mundo todo é assim, e já tem grife coreana que vende muito nos Estados Unidos que vão pousar por aqui, li esta notícia esta semana no jornal O Estado de São Paulo.
Houve uma vez que em pleno verão brasileiro, fui procurar um sobretudo pesadão porque fui pro hemisfério norte com um frio danado, menos que atualmente, que bate todos os recordes, mas não gostei nem do preço e acabei comprando na região central, próximo a rua Direita, só que muito pesadão, ocupou espaço demais na bagagem. O negócio é comprar roupa térmica bem levinho e que realmente esquenta, esse negócio de vestir roupa pesada, te dá elegância e movimentos robóticos, aliás, eles estão mais ágeis agora.
Ao mesmo tempo que tem muita roupa, principalmente para o público feminino, é uma rua das luluzinhas, tem muito pouco espaço pro bolão, e o clube da esquina é feminino e homem não entra.
Quando as mulheres de casa querem que dê uma carona, tanto faz se aqui ou na rua Miler no Brás, as deixo próximo, volto pra busca-las quando telefonam, aí tenho tempo para lavar o carro, tomar um bom café da manhã num sábado sonolento, mas tenho de fazer algum sacrifício pela felicidade delas, até acho que um chocolate sai bem mais barato!
A Rua José Paulino e região é o paraíso quando o assunto é roupa de festas, principalmente para as mulheres. Claro que existem outros tipos de lojas, mas o forte são os vestidos e eu como madrinha de casamento, resolvi dar uma analisada no local.
A rua é extensa e conta com grande variedade de lojas, porém muitas vendem produtos repetidos e você acaba cansando de ver os mesmos modelos em todas as lojas. Mas claro, existem modelos que são específicos de determinadas lojas, só que você terá de pagar o preço deles.
Aqui você encontra todas as cores, modelos, tamanhos, comprimentos e gostos, porém tem que ter paciência, principalmente se for um sábado, pois a região fica lotada de mulheres à procura de pechincha, rs.
Outra dica é: Vá vestindo leggin e regata, tudo bem justo, mesmo que você tenha que colocar um jeans e uma jaqueta por cima, pois muitas lojas não possuem provador e a solução é colocar o vestido por cima da roupa.
Além de roupas, você encontra ainda lojas de bijoux, bolsas, acessórios de festa, sapatos, lanchonetes, restaurantes e produtos indianos.
Vale muito a pena conhecer e aproveitar os preços.
Ame ou odeie, mas CONHEÇA a José Paulino, em São Paulo. Embora eu não seja a pessoa mais consumista do mundo, sempre que vou a Sampa dou um pulinho na José Paulino.
Posso dizer que já gostei mais, pois as opções para o varejo já foram mais variadas.... Hoje, quando você olha uma peça bonita de verdade, das duas uma: ou só vende no atacado ou só tem numeração pequena (o 44 deles é o nosso 40... é sério!).
Também, a maioria das lojas não te deixa mais experimentar, nem mesmo por cima da roupa o que dificulta demais a escolha.
Não se esqueça de passar pelas ruas paralelas e transversais. Reserve pelo menos duas horas para o passeio.
Mas, não é por isso que eu posso dizer que não vou mais, rs.... Quem sabe da próxima dou outra passadinha por lá?
A José Paulino é uma boa opção para quem procura vestidos de festas, pois quase todos os vestidos que vão para os shoppings saem da José Paulino (e isso eu comprovei pessoalmente depois de uma saga atrás de um vestido para ser madrinha). Nessa rua você encontra muitas, mas muitas opções de vestidos de diferentes modelos e preços. O problema é que, na maioria das lojas não tem provador, mas eles deixam colocar por cima. Vá com blusinha de alcinha e calça legging para provar melhor. Algumas lojas só vendem em atacado, e outras poucas praticam valores diferentes nas peças do varejo, mas ainda assim vale a pena.

Aos sábados essa rua fica bem movimentada, pois muitas lojas que não vendem no varejo durante a semana, abrem exceção aos finais de semana. Além das lojas, existem várias galerias onde é possível encontrar peças incríveis (haja perna e paciência para andar e procurar). Também é possível encontrar outros acessórios de festas, como bolsas e echarpes.

Além de roupas de festas o lugar possui lojas de roupas sociais, casacos, acessórios para o dia a dia e muitas outras coisas. O problema é que a maioria das lojas não deixam provar as peças (pouquíssimas lojas possuem provadores), e outras poucas permitem colocar por cima. No geral, a qualidade é boa.
A famosa rua de comércio da colônia judaica de São Paulo!

Já teve os seus dias de glória, mas ainda mantém um nome, uma reputação, uma tradição!

Hoje o comércio é dividido com os coreanos que também atuam no comércio atacadista e

varejista de confecções em geral!

Mas ainda é uma boa opção para quem quer comprar produtos de confecção com bons

preços e roupas bem feitas, com bom acabamento!
GENTE, que maravilha! =DDDD Adorei esse lugar.

Uma rua, com várias outras que se cruzam a esta, inteirinha com lojas de roupas (a maioria realmente é de moda feminina) e algumas de bijouterias, acessórios e calçados. Aí, entenda, é preciso persistência e vontade. Eu adoro xeretar e entrar em todas as lojas e olhar todas as peças de todas as araras. Se você fizer isso, garanto que encontrará maravilhas perdidas por lá, só esperando por você. Entre mesmo em todas as lojas, mesmo naquelas que aparentemente não há nada de interessante.

Há muita coisa de baixa qualidade, com preço de varejo e de atacado, mas mesmo assim bem mais baratas que em qualquer lugar, principalmente em Brasília. É possível encontrar roupa para todos os gostos. Algumas destas lojas vendem roupas de marca.
A Rua José Paulino é um rua cheia de lojas para compras em atacado e varejo.
A rua é longa e você encontra lojas de roupas, calçados, bijouterias e até peças para festas.
Não achei os preços super em conta: o jeito é bater muito a perna pra procurar preços baixos e pechinchar. A variedade de roupas é boa, tem para todos os tipos.
A rua conta estacionamentos e restaurantes.
Diferente das lojas do Brás, que vendem roupas baratas mas de qualidade duvidosa, a Rua José Paulino e seus arredores abriga estabelecimentos muito bons quando o quando o quesito é vestuário, feminino principalmente.

A infinidade de opções, preços e ofertas é de deixar qualquer pessoa confusa. Sempre quando procuro algo específico por lá, ando até o fim da rua pesquisando preços e depois volto analisando quais são as melhores opções.

A dica perfeita aqui são as lojas de vestidos de festa; enquanto a maioria custa acima dos 300 reais nos shoppings mais comuns, na José Paulino é possível encontrar lindos vestidos (até melhores que os dos shoppings) por preços entre R$ 100 e R$ 200. Outra dica importantíssima: vá de metrô. A Estação da Luz fica super perto, não tem como errar. A região é perigosa, mesmo durante o dia, circular de carro e estacioná-lo por ali é arriscado.

Ponto negativo 1: algumas lojas só vendem a atacado (a partir de 10 ou 15 peças, geralmente).
Ponto negativo 2: nem sempre é possível experimentar as roupas, principalmente aquelas que estão na promoção.
Me lembro de há muuuitos anos ter ido na rua José Paulino com a minha mãe comprar algumas coisas. Mas desde essa vez guardada na memória nunca mais tinha ido lá. Recentemente fui com o namorado que buscava uma camisa social nova e aproveitei pra dar uma procurada numa roupa pro ano novo.
Não só a José Paulino em si como as ruas em volta são cheias de lojas de roupas.. De todos os tipos que você pode imaginar. Existem muitas opções de roupas de gala, acho que lá é o melhor lugar pra se procurar um vestido de baile, formatura, etc. Os preços variam mas tem muita roupa muito em conta por la.
O ponto ruim é que, principalmente nessa época, as lojas e a rua estão abarrotadas de gente você quase não consegue andar e muito menos olhar com calma as opções. Sem contar que em muitas lojas o atendimento é horrivel.
Outro fator ruim é a impossibilidade de provar as roupas em muitas das lojas, mesmo que por cima da roupa. Não costumo comprar nada sem experimentar antes. E o namorado achou ruim também que a grande maioria das lojas é voltada pro publico feminino, faltam mais opções pros homens!
Resumindo: é um bom lugar pra vocÊ se procura por roupas baratas e não liga pra grande quantidade de gente e pro fato de não poder provar a roupa
A Rua José Paulino é o paraíso das compras de qualquer sacoleira! Ou de qualquer mulher econômica como eu...
Lá você encontra de tudo! Saias, shorts, bermudas, vestidos de festa, roupas infantis, calças jeans... Enfim... Uma infinidade de produtos a preços amigáveis.
Claro, há lojas que tem preços mais altos ou similares às lojas dos grandes shoppings, mas o segredo na Zepa (apelido gentil para "José Paulino") é garimpar! Os preços nas vitrines são como os de qualquer loja, mas entrando e vasculhando as araras sempre é possível encontrar itens baratos e de qualidade.
Vale muito a pena ir com paciência para entrar e pechinchar!
Recomendo a ida aos sábados, pois a maioria das lojas vende no varejo aos finais de semana. E vá cedo, pois aos sábados as lojas fecham às 14h!
Adorei a rua.
Otima opcao para comprar roupas de bom preco e boa qualidade em São Paulo.
A maior parte das lojas seguem as roupas da moda , incluindo cores e tecidos.

As lojas de bijoux- corram- vendem as mesmas peças da 25 de marco, mas o dobro do preco.
As galerias São desorganizadas e feias- recomendo se manter nas lojas de rua
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 41

Nota geral Você conhece o Rua José Paulino? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)