Restaurante Chakras

Estabelecimento fechado

Endereço: Rua Dr. Melo Alves, 294 , Jardim Paulista - São Paulo , SP - Brasil - 01417-010

Categoria:

Restaurantes Contemporâneo

 

Restaurante de cozinha contemporânea,o Chakras é um espaço aconchegante e inspirador. Seus ambientes vivazes são um equilíbrio perfeito entre cores, ritmos e luzes, tudo temperado aos sabores refinados de sua gastronomia. 

Preço por pessoa
$$$$ (De R$51 até R$100)

Bom para
Relaxar, Paquerar

Primeira opinião
Fernando O.
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
19h - 23:59
Ter.
12:30 - 16h e 19h - 2h
Qua.
12:30 - 16h e 19h - 2h
Qui.
12:30 - 16h e 19h - 2h
Sex.
12:30 - 16h e 19h - 2h
Sáb.
13h - 17:30 e 19h - 2h
Dom.
13h - 17:30 e 19h - 2h


Detalhes
  • Aceita reservas
  • Mesas ao ar livre
  • Wi-fi
  • Estacionamento: manobrista


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/restaurante-chakras
Notas específicas:
Ambiente
(23)
Comida
(23)
Atendimento
(23)
Bebida
(21)
Custo-benefício
(22)
Dicas Ver mais
Opiniões
Sempre ouvi muito falar sobre o Chakras e morria de vontade de conhecer... ainda mais quando um amigo me disse que o lugar era um tanto "afrodisíaco", ai que a curiosidade de conhecer aumentou ainda mais.

Uma noite nós passamos em frente ao Chakras, para ir até "A Chapa" que fica ali ao lado e tivemos uma bela visão noturna do local ... ficamos enlouquecidos... e aí que com o evento do Restaurant Week tudo ficou ainda mais fácil... fora isso recebemos uma visita bastante especial em casa, a mineira Claúdia que também adora conhecer lugares novos, principalmente em Sampa: não tive dúvidas, levei ela até lá! E como o restaurante só participava do evento no almoço, o Luís Gustavo não foi dessa vez :(

Ao entrar as mesas surpreendem.. ambiente lindo de viver, com várias tendas, sofás confortáveis, tudo reforçando sempre o clima oriental... decoração impecável.

De entrada, fiquei com a salada de pupunha com tomate cereja e vinagrete de manjericão.

Como prato principal, nós duas escolhemos o mesmo: medalhão de salmão ao forno com risotto de laranja e páprica... estava divino!!

Para acompanhar pedimos uma Norteña R$ 16,50 que veio em baldinho que ficou ao lado da mesa... o garçom não deixava a gente se servir jamais.. atendimento excelente!

Embora maravilhoso, o prato era pequeno!... Talvez seja por ser o almoço, pois se compararmos essa opção com o La Vecchia Cucina por exemplo, que tinha até primo prato além do principal....nossa!

Escolhi como sobremesa mousseline de chocolate branco e preto com calda de maracujá. Perfect!

Mas deu para perceber que as sobremesas também eram pequenas... mas não podemos negar que eram muito saborosas.

Na hora de pedir a conta.. surpresa! A conta vem em uma caixinha linda de madeira...

E após pagar a conta, saímos para ir ao banheiro, que é no andar de cima na parte externa e nos deparamos com a parte mais linda do restaurante... é possível ver várias tendas com camas mesmo - clima oriental fortíssimo em uma decoração impagável! Acho que nunca vi algo igual!

E a gente ainda não sabia o que estava por vir....não teve como não notar logo ali após fonte marroquina com pétalas, uma bela entrada para o que mais iria me surpreender:

O La Suíte - Dorming Restaurant.. foi o primeiro lançado na América Latina!!!

Lembra uma balada ( ou é!) - luxuosa balada, aliás... penso que matei a charada daquela musiquinha baladinha que estava no ambiente durante todo o tempo que estivemos por lá e fora o site que é um arraso!

A diferença? As tendas e camas também presentes ali em harmonia com a decoração surreal, espalhadas principalmente no que eu julgo ser camarote.

E o bar do local? Lindo!!!

Ficamos enlouquecidas!!! Acho que agora entendi o porquê meu amigo disse ser afrodisíaco... rsrs Agora tanto a Claúdia quanto eu estamos doidas querendo voltar com nossos maridos para conferir uma noitada na La Suíte! Assim que tiver a oportunidade, conto tudo aqui!!! E espero que seja muito em breve!
Escolhi a dedo um local que reunisse uma atmosfera aconchegante, culinária de alto padrão. O mistério tomou conta desde o momento que entramos no hall, até a ida da mesa reservada.
Comida e carta etílica nota 8. Pequeno deslize no momento que foi pedido a sobremesa. Demorou cerca de 35 minutos. Mesmo diante deste pequeno deslize, o garçom não decepcionou. Pediu desculpas pelo restaurante e não nos foi cobrado a sobremesa.
Restaurante muito bom, atendimento maravilhoso. A decoração é incrível, é aquele restaurante para ir em datas especiais..

Meu namorado me levou para um jantar de aniversário e eu amei!

Pedi um ravioli de bacalhau e achei maravilhoso, para beber pedi um suco de melancia com gengibre, que estava muito bom.

Adorei a experiência e super recomendo! (Olha que é dificil eu dar 5 estrelas rs)
O Chakras é um dos restaurantes que eu tinha conhecido aqui no Kekanto e tinha muita vontade de conhecer. Liguei na quarta-feira para reservar uma das mesas, pois sei que são bem disputadas. Infelizmente não conseguimos reserva nas tendas na parte de fora, mas pegamos uma mesa muito bacana na parte de dentro.

O ambiente é único. Na parte interna existem véus que separam as mesas, uma luz bem branda e uma música ambiente agradável. Algumas mesas tem sofás bem confortáveis para sentar.

O atendimento também é excelente. Logo na entrada tem uma hostess para recepcionar a chegada. Os garçons usam traje branco para combinar com a casa e são bem minuciosos. Reparei que um deles ficava com a lanterna checando a organização e limpeza das mesas ainda vazias.

Para escolher um vinho, ficamos algum tempo folheando o extenso cardápio, até que o sommelier da casa veio nos dar um auxílio (Daniel Santos do http://sommelierdan.blogspot.com/
. Reparei que ele ajudou todas as mesas ao nosso redor e todos pediram vinho. No final acabamos optando pelo Ontañon Crianza, que estava muito agradável. Deu para perceber que o vinho estava na temperatura certa, cerca de 16~18 graus.

De entrada, pedimos um mini-crioche de presunto de parma com lâminas de parmesão e geléia de pimenta. Na realidade o fundo era uma torradinha e ficou muito gostoso. A geléia de pimenta é muito suave. Também havia a opção de couvert com pães feitos na casa.

Para o prato principal pedi um salmão com ervas aromáticas e massa folheada com alho-poró. Vieram 3 fatias boas de salmão e o prato estava de bom tamanho. O tempero eu achei normal.

De sobremesa, optamos por uma opção que compõe o cardápio comemorativo de 7 anos de Chakras: um suflê de chocolate Maya com sorvete de menta. O suflê era quentinho e muito gostoso e o sorvete de menta era tradicional. Para finalizar, café ristretto bem forte que acompanha 3 bolachinhas.

As entradas custam cerca de R$ 20, os pratos principais de R$ 50 a 70 e a sobremesa de R$ 15,00 a R$ 20,00. Já o vinho fica entre 45 reais a meia garrafa até 5 mil reais (uau).

A minha critica para o estabelecimento é que durante a primeira metade do jantar estava bem quente.
Há pelo menos duas edições tento sem sucesso ir ao Chakras. Finalmente, com a semana para quem tem Master, consegui conhecer sábado o restaurante. Valeu muito a pena esperar. De todos os menus que já provei, de todas as edições, o local está entre os meus preferidos.

Ano passado o restaurante revelação foi o Caroline e em 2009 o Eñe (que não participa desta edição).

Antes do menu do SPRW pedimos o couvert:

R$ 12 reais por pães variados (e gostosos) com patês de atum e alcachofra, além da manteiga. Curti!

Entrada: creme de tomate com sorvete de manjericão. A aparência assustou um pouco. O sabor era confuso, havia muito mais o gosto do tomate e nada do manjericão, em sorvete. É bom.

Entrada 2: salada de papaya com mix de folhas variadas e vinagrete de mostarda. Não sei se o namorado aprovou… mas não sobrou uma folha sequer no prato!

Prato principal 1: medalhão de galinha (medalhão???) caipira com couscus de frutas cristalizadas ao molho gengibre. Não provei. Explico o motivo já já

Prato principal 2: risoto de lula com ervilhas tortas. Se eu precisasse dar uma de Ana Maria Braga, passaria pela mesa, mandaria soltar os cachorros e todos no restaurante iam escutar um sonoro: hummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm!

De tão gostoso o risoto eu nem quis provar o frango.

Sobremesa 1: sopa de cupuaçu com sorvete de limoncello e aroma de jasmim. Provei uma colherada e achei diferente. Um pouco azedo, um pouco doce. Um pouco doce, um pouco azedinho…

Sobremesa 2: mousseline (é mousse!) de chocolate com coulis de framboesa. Adoro mousse de chocolate e ponto final. Apesar do menu dizer que é mousseline de chocolate com framboesa, o coulis era de morango, como é visível pela foto.

Durante a semana pré-evento escutei um funcionário dizer que a casa já parecia uma churrascaria! Achei o restaurante calmo, a não ser pelo vai e vem de alguns garçons mais afobados em entregar o prato correndo.

Até o final do evento, na semana que vem, pretendo conhecer mais uns 2, quem sabe até lá alguém supera o Chakras…

Chakras
Rua Dr. Melo Alves, 294
Telefone: 11 3062-8813
Ao entrar no restaurante é impossível não se impressionar com o bom gosto da decoração, de característica oriental. O lugar é lindo!

Prontamente os garçons, todos muito atenciosos, nos trouxeram o cardápio. E não foi fácil selecionar apenas uma das quatro combinações criadas especialmente para a SPRW.
Como entrada escolhemos Tartine de avocado com queijo brie e aroma de especiarias. A quantidade de queijo foi generosa e como ele estava levemente gratinado, ficou com a textura ainda mais interessante.

Para o prato principal o Fernando foi de Trittico di Gnocchi, uma degustação de três tipos de gnocchi (abóbora com molho de tomate, espinafre com molho de noz moscada e batata ao molho de queijo). Todos muito diferentes, leves e saborosos.

Eu preferi Confit de galinha da Índia ao molho poivre e risoto de lentilha. O prato estava excelente, a combinação do risoto apimentado com a carne de galinha foi perfeita.

Na hora das sobremesas nos dividimos novamente. O Fernando gostou da torta Mousse aos três chocolates. Um doce bem leve que destacou com clareza o sabor de cada tipo de chocolate (branco, ao leite e amargo).

Eu resolvi arriscar uma sobremesa que, para agradar de verdade, precisa ser bem executada: Mille Foglie (mil folhas) com recheio de creme de baunilha e fricassé de morangos.
Não me decepcionei. Estava muito bem feita, assim como tudo o que provamos por lá.

Pelos R$ 25 cobrados por pessoa para o menu do almoço (entrada, prato principal e sobremesa), o Chakras ainda incluiu o couvert, que trazia irresistíveis lascas de pão temperado e molho chutney.

Sem dúvida escolhemos muito bem o primeiro restaurante para o aproveitar a SPRW. E depois da gastronomia apresentada no Chakras, superamos completamente a decepção com a “meia participação” do Eñe no evento.

Brincando de Chef – www.brincandodechef.com.br
Bem, como não estou a muito tempo em São Paulo o que não falta são lugares bacanas para conhecer e com o Restaurant Week rolando to aproveitando para conhecer vários restaurantes... alguns estão sendo surpresas beeeeem agradáveis, que compartilharei aqui com vocês...
Hoje vou contar do Chakras...

O astral do lugar é muito bacana parece que tudo foi projetado pra você se sentir bem e entretido, são vários objetos de decoração, cores e ao lado da mesa que estava reservada para mim tinha uma fonte de água linda com várias pétalas de rosa.

O lugar é cheio de tendas, tem um teto retrátil e também achei que o andar de cima deve ser bem bacana para vir em uma noite quente e estrelada curtir uma boa gastronomia e um ambiente bacana. Pelo que li sobre o lugar a noite rola DJ e o restaurante vira meio que um lounge.

Desta vez provei o menu preparado para o Restaurant Week, mas na espiada básica do cardápio vi que eles tem menu executivo parecido com o do RW e vários drinkes.

Então vamos a comida.
A entrada, mil desculpas, mas esqueci de tirar a foto...
Era uma salada de pupunha com tomate cereja, folhas e vinagrete de manjericão, bem simples, mas estava saborosa.

Os pratos principais:
Eu fui de Steak Tartare grelhado com batata rústica e molho de grão de mostarda.
Eu achei super saboroso, mesmo parecendo ser pouca comida na composição com entrada e sobremesa fiquei satisfeita.

Claro que eu também dei uma garfadinha no prato do meu amigo (Erik) que também estava super saboroso e era um medalhão de salmão ao forno com risoto de laranja e páprica. Ele adorou!

Para encerrar a sobremesa estava muito, muito boa, mas confesso que eu queria mais. Pecado da gula!
A porção veio muito pequenininha, mas valeu! Pela foto talvez não dê pra ter noção, mas ela não era maior que a colher de sopa.

Outra coisa que me chamou atenção em relação ao cuidado nos detalhes do restaurante foi a forma que eles entregam a conta. É em uma espécie de mini baú, que me remeteu a um pequeno tesouro. Mas, não era o caso da nossa conta. Amo o Restaurant Week, no caso o meu trabalho. ; )

Uma certeza: quero voltar lá com minhas amigas e sentar na tenda do andar de cima ; )
Até o próximo post!
Se não quiser gastar muito, você tem duas oportunidades no ano para economizar. Já que o local é habitué do São Paulo Restaurant Week.

Adorei o Creme de zucca com queijo chevres e azeite de manjericão. O prato principal bife de ancho com batata ao forno e molho de ervas aromatica é divino e de sobremesa peça os Morangos flambados no limoncello e sorvete de baunilha.

Se tiver sorte é capaz de encontrar os pratos que provei no menu do SPRW ou pelo menos um dos itens.


Além disso, o Chakras lança novos aperitivos, que podem ser servidos antes do almoço e do jantar, e entram no cardápio tradicional da casa (ou seja, não está incluso no valor do SPRW). O Crocante de pistache com camarão e bernaise sauce custa R$ 32; já o Harumaki de salmão defumado com rúcula e manga custa R$ 28. Para quem prefere uma opção mais contemporânea, o Mini-brioche de presunto de Parma, lâminas de parmesão e geléia de pimenta, por R$ 26, pode agradar.
O Chakras é maravilhoso:#fato. Agora o Chakras no Restaurante Week, melhor ainda , certo? Bom, depende...rs...Não me xinguem por favor, eu explico. Eu adoro a proposta do RW. Podemos conhecer restaurantes legais, badalados, chiques e pagar bem pouco por isso. Porém, e sempre tem um porém, temos que estar preparados para : muita espera (1h a 1h30 no minimo..), locais lotados, garçons meio lentos, afinal, eles ficam meio perdidinhos com tanta gente...rs...E com o chakras não foi diferente. Mas o restaurante continua lindo, a comida excelente...
Vamos ao que interessa: pedidos!
Fomos no almoço e como estávamos em 4 pedimos quase tudo...só não pedimos o Fettuccini.
Entrada: Um creme e uma salada...os dois estavam maravilhosos.
Prato principal: Peito de vitela com risoto e truta com fricassé. Maravilhosos tbm.
Sobremesa: Profiteroles e Tarte Tartin. Muito bons.

So fiquei hiper chateada com uma coisa: Os profiteroles eles dizem ser rechedos com Nutela, mas não da pra enganar quem conhece a maravilhosa Nutela: Não era Nutella...eu fico furiosa quando isso acontece. Mas não deixou de estar maravilhoso. Só que não era Nutella...rs

Acho que é isso..Tem uma fotinhus dos pratos...da sobremesa não deu pra tirar...rs
Primeira opinião do lugar
O Chakras é um dos meus restaurantes preferidos em São Paulo. O ambiente é muito agradável (sobretudo em uma noite mais clara e quente, quando se pode aproveitar as mesas/tendas ao lar livre no andar superior) e a comida é realmente muito boa. O cardápio é extenso e varidado: carnes, aves, risottos, massas, peixes e pratos leves; enfim, há uma opção para todos os gostos e todos os pratos que provei eram ótimos. Recomendo o risoto trufado de lagosta. O serviço é cortês e eficiente. Há ainda um lounge nos fundos se você quiser reunir amigos.

O restaurante também um bom lugar para fazer eventos. É possível reservar uma mesa para um grupo maior de pessoas e elaborar um menu fixo com algumas escolhas de entradas, prato principal e sobremesa. Fizemos um evento para 20 pessoas com salada, creme pamonha com brie, entrecot, trutas, massa, profiteroles e frutas da estação. Os pratos estavam bons e não houve supresas.
Gente, o restaurante Chakras é delicioso!!!! Sério, a comida, o ambiente, o atendimento, tudo é muito bom mesmo!!! O cardápio tem de tudo, massas, saladas, risotos, peixes, carnes e até um menu com baixo teor calórico!!! Me diz se é ou não é uma maravilha???? Durante o dia, se o tempo estiver bom, eles abrem o teto e você pode ter um delicioso almoço ao ar livre ehhehehe. A noite, o ambiente é todo iluminado com velas e fica ideal para um jantarzinho romântico. Ah!!! Vá preparado, porque ele não é dos mais baratinhos não, mas vale muito a pena!!! Super recomendo!!!
Um restaurante místico, exótico, intimista e lindo! Reservar antes, vc consegue escolher pelo segundo andar, onde há confortáveis camas junto à mesa, além de contarem com véus para a sua divisão. Sentimo- nos como em Marrocos.... Eh romântico,e as mesas não são tão coladas como os demais restaurantes, dando p conversar o q quiser com a sua cia! Rs Após o jantar, se quiser curtir uma baladinha com gente bonita, é só ir ao fundo do restaurante. Tem um prato de peixe com pedaços de abacaxi q eh excelente! Se optar por sentar-se px às paredes no primeiro andar, cuidado pois sempre tem um lesado (q está no segundo andar), q deixa cair alguma coisa na sua mesa, como por ex uma latinha vazia. Esse é um ponto fraco. Mas eh lindo, vale a pena!
Até agora acho que foi uma das minhas melhores experiências em RW. O ambiente é de encher os olhos (fui de dia, mas acho que a noite deve ser bem romântico). Sentei numa mesa grande com sofás, que aparentemente era super confortável (e era, de fato, para bater papo, mas não para comer), mas foi difícil achar uma posição na hora que a comida chegou.

As opções de entrada eram creme de tomate com sorvete de manjerição e picante de pepperoni ou salada de papaya com folhas verdes. Todos da mesa (estávamos em 6) pediram o creme de tomate e metade amou, metade odiou o prato. Eu amei, o sabor era intenso sem ser ácido demais e nem picante demais, mas não achei que o sorvete tinha gosto de manjericão (estava bem doce).
Como prato principal, pedi o medalhão (!) de galinha caipira com couscous de frutas cristalizadas e molho de gengibre. Esse prato era similar ao que pedi no O Pote do Rei e achei que o frango estava mais saboroso no Chakras, porém o couscous estava melhor no O Pote do Rei. O gosto de gengibre era bem sutil no molho, mas etava muito gostoso.
As outras opções de prato principal eram Entrecôte grelhado com batata sauté (que, segundo meu amigo, estava muito bom) e Risoto de Lula, que aparentemente era um risoto gostoso, porém com poucas lulas.
A sobremesa estava divina: Mousseline de chocolate no crocante de avelâs com coulis de framboesa. A mousseline foi preparada com chocolate de qualidade e não estava nem doce demais nem amarga demais. A textura da sobremesa (entre um mousse e um creme) estava perfeita.
Durante o evento eles não fizeram reservas. Chegamos para almoçar no sábado as 13h e sentamos assim que chegamos. No entanto, imagino que a casa deva encher para o jantar. Recomendo que ligue antes de sair.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 41

Nota geral Você conhece o Restaurante Chakras? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)