Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Rancho da Traíra?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
Rancho da Traíra

Rancho da Traíra

Rua Machado de Assis, 556
Vila Mariana - São Paulo , SP - 04106-001

Telefone: 11 5571-3051

Serve peixes brasileiros, fritos e grelhados. 


Preço por pessoa:

$$ (De R$26 até R$50)

Categoria:
Restaurante
Ranking: #114 de 4195
Site oficial:
ranchodatraira.com.br
Formas de pagamento:
Crédito:
Débito:
Outras formas:
Horário de funcionamento:
Seg.: 12h às 15h
Ter. a Qui.: 12h às 15h e 18h às 23h
Sex.: 12h às 15h e 19h às 0h
Sab.: 12h às 16h e 19h às 0h
Dom.: 12h às 17h
Primeira opinião por:
Bruno Yoshimura
Detalhes:
Acesso para deficientes
Ar condicionado
Aceita reservas
96 lugares
Couvert
Estacionamento: R$7,00 com valet

Quer receber ofertas do Rancho da Traíra?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas específicas:
Ambiente
(21)
Comida
(21)
Atendimento
(20)
Bebida
(19)
Custo-benefício
(20)
Mostrar:
Dicas  (19)
Renato Figueiredo Moedas
Deem uma olhada na parte de combinados dos pratos, são bons e valem a pena. Uma Traíra pequena dá para 5 a 6 pessoas que comerem muito bem.
Renato F.
Cleide Hosotani
Aos finais de semana melhor chegar cedo para o almoco..
Cleide H.
Classificar por:
Opiniões   (36)
 
Conheci o Rancho da Traíra à convite dos tios da Yasmim, que decidiram almoçar aqui na segunda-feira de Carnaval. O lugar fica razoavelmente perto do metrô Ana Rosa, tem vallet de 7,00$ que recomendo porque é um tanto difícil encontrar uma vaga nas imediações, vale atentar as placas de "proibido estacionar" e as garagens para os espertinhos que tentarem a curva.

A fachada do restaurante engana pela simplicidade: é bem simples, tem uma parede de tijolinhos, um quadro negro indicando a "promoção do dia" e uma portinha vermelha que mais lembra a de uma residência, não fosse o letreiro superior. Logo na primeira parede é possível ver os quadros de indicações de revistas e mesmo do jornal japonês - que meu avô lia - "São Paulo Shinbun" que confirmam a idéia de que você está num lugar bem recomendado.

O ambiente interno é singular, com luminárias em formato esférico com iluminação confortável e panos pendurados ao teto completavam o efeito de tranquilidade do ambiente. Há ventiladores pelo salão e a temperatura é amena, confortável o suficiente para não esfriar os pratos. Se você parar para observar, a impressão é de que o restaurante é uma adaptação de uma residência e há vários enfeites por todo lugar, com destaque para a réplica da traíra em cima do armário.

Conseguimos uma mesa sem muita dificuldade em virtude do horário, mas garanto que o estabelecimento chega a ficar lotado. Quem nos conduziu à mesa foi o próprio dono do lugar, Koji Sakaguchi, muito disposto a nos atender.

O cardápio do Rancho é bem completo e há pratos para atender até os que não gostam de peixe. Mas para os fãs de carteirinha, aqui é o lugar porque tanto nas entradas e porções, como nos pratos principais, os aquáticos têm a sua vez: pintados, pirarucu, pacu, truta e a própria traíra são as iguarias da casa.

Passamos o couvert e como entrada, pedimos uma porção de camarões empanados (24,50$) e de rã (30$). Nunca tinha provado o anfíbio e até fiquei com receio, mas não é que é bom? Uma surpresa muito agradável! O camarão também estava no ponto, crocante e com limão ficou melhor ainda. O garçom foi gentil e trouxe o molho tártaro que foi um dos melhores que já provei.

Para o prato principal, escolhemos o carro-chefe da casa: a traíra. Os preços estão de acordo com o peso do peixe e o garçom sabe dimensionar o tamanho que melhor serve o cliente. Os preços são divididos entre pequeno (35 a 56$), médio (56 a 84$) e grande (de acordo com a disponibilidade). Ficamos com uma de tamanho médio para 6 pessoas e foi na medida. Ainda escolhemos um pintado para completar a refeição (100 gramas sai por 6$) e como acompanhamentos, o arroz (8,50$) e o pirão (16,50$). A comida demorou a chegar - creio que em virtude da demanda, o restaurante já estava bem cheio - mas estava uma delícia. Mesmo a Yasmim, que não é fã, provou e gostou.

Uma dica que dou é para os que gostam de comidas mais picantes: o restaurante oferece uma pimenta mexicana muito saborosa, que engana pois no começo só é possível sentir o aroma (depois a coisa esquenta!).

Indico o site do estabelecimento para conferir as fotos - bem melhores que as minhas - e demais informações, está bem atualizado e conta um pouco mais da história e dos peixes aqui servidos. Coloquei fotos do cardápio para que vocês confiram os preços, acho que ajuda bastante.

Uma promoção que está em vigência é a do "Volte Sempre": para quem gastar mais de 70$, um cupom que garante uma traíra pequena (até 35$) é concedido, lembro que só pode ser gasto de segunda à sexta. Vale a pena!

Para quem gosta mesmo de peixe e sabe como é difícil encontrar um restaurante como esse na capital, fica a recomendação de um lugar gostoso, com uma boa variedade e que preza pelos seus pratos.
Dica: Peça a pimenta mexicana: agrega aroma e abre o apetite, só tome cuidado na dose!
Bom para: Ir com amigos, Casais, Almoçar, Comer muito, Famílias
 
Fui pela terceira vez no Rancho da Traíra, desta vez para gastar um cupom de compra coletiva e com a idéia de experimentar algo novo. Fiquei com vontade de comer o pirarucú e o pintado, mas acabei optando pelo "combo" da truta salmonada.

O prato veio com uma bela salada "mogiana" muito gostosa e bem servida, comemos quase tudo. Logo depois chegou uma casquinha de traíra, que é parecido com uma casquinha de siri, mas é feita com o peixe da casa e servida na própria cabeça frita. O gosto estava excelente, foi a melhor casquinha que já comi.

Logo em seguida chegou a truta salmonada. Este peixe é da família do salmão e o gosto é bem parecido. O peixe vem totalmente desossado e acompanha pirão e arroz.

O preço do combo era aproximadamente 70 reais. O atendimento foi nota 10 e na saída ainda ganhei um exemplar novinho da revista Pesca & Cia. Não sei como ele descobriu, mas pesca é meu hobby favorito!
Bom para: Ir com amigos, Jantar, Famílias
 
Fui jantar uma sexta com familiares neste restaurante, como já tinha experimentado a da av. Bandeirantes, comprei um cupom para jantar na da Machado de Assis. As franquias não tem o mesmo cardápio, sendo assim o Menu bem diferente de uma casa para outra. Pedimos a salada mogiana e a traíra frita. Achei o preço mais caro que o da Bandeirantes, e a traíra que me serviram menor. Mas a casa é muito bonita, bem localizada com garçons atenciosos, estacionamento no local com manobrista, e brinde no final, uma revista de pesca.
 
Gostei do custo-benefício do local, não está entre os mais caros e a qualidade da comida é muito boa.
O atendimento dos garçons é muito bom, eles explicam todos os pratos e o principal, conhecem o cardápio.
O couvert não é muito bom, pães sem graça e os acompanhamentos nada demais, não pediria de novo.
Pedimos de entrada Iscas de Tilápia que estava muito saborosa e Sashimi de Tilápia também bastante elogiado pelos presentes.
Os pratos principais escolhidos foram um combinado que não me lembro o nome, mas tinha Truta Salmonada grelhada, arroz branco, pirão e salada simples, estava muito saboroso e foi bastante apreciado por todos, o pirão eu achei excelente. Pedimos também o carro chefe da casa a Traíra, para acompanhar batatas fritas e dois risotos, a traíra estava gostosa, o molhinho da casa que acompanham os pratos é maravilhoso, um dos risotos era de Cury com camarão e abacaxi, eu achei um pouco com gosto de miojo, porém todos adoraram e o outro risoto era de camarão, também muito elogiado.
É uma excelente opção para comer um peixe gostoso a um preço que cabe no bolso.
Dica: Deem uma olhada na parte de combinados dos pratos, são bons e valem a pena. Uma Traíra pequena dá para 5 a 6 pessoas que comerem muito bem.
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Jantar, Almoçar, Comer muito, Happy hour, Famílias
 
Para quem gosta de peixes e quer desfrutar deste momento em um ambiente tranquilo, agradável e com um bom atendimento, o Rancho é ideal.
Pratos saborosos, cuidadosamente preparados. Espeto de pintado, caldo de piranha e a atração principal, a traíra frita sem espinhos.
Cheguem cedo nos finais de semana pois o local é pequeno, mas não deixem de ir.
Dica: Chegue cedo nos finais de semana
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Famílias, Almoçar, Cerveja, Experiências gastronômicas
 
Peixes fritos vem super sequinhos. A porção "Asinha" é muito boa. Há também sashimis de pirarucu e de outras espécies de peixes. No almoço, há os executivos que saem bem mais em conta. Estacionamento com manobrista, pagos à parte, mas não é difícil achar lugarzinho nas ruas próximas. O proprietário está sempre presente, supervisionando o serviço dos funcionários. Não é barato o suficiente para ir no dia a dia (pelo menos para o meu bolso), mas vale a pena fazer visitas.
Bom para: Ir com amigos, Famílias, Jantar, Almoçar
 
Hummm, p/ quem gosta de um bom peixe... Nossa, que traíra deliciosa!!!

Vale muito a pena conhecer esse restaurante.

Recomendo!

abs
Bom para: Ir com amigos, Famílias, Jantar, Almoçar, Cerveja, Drinques
 
Bem que tentamos consumir mais peixe, mas aqui em São Paulo não é tão simples achar bons lugares dedicados à especialidade com preços acessíveis. Ou somos nós que desconhecemos as opções?
Pra nossa sorte outro dia estávamos na Vila Mariana e resolvemos conhecer o Rancho da Traíra, especializado em peixes de água doce.

No couvert (R$ 8,50 o preço total), gostamos tanto da tilápia marinada que quase não tocamos na manteiga e no molhinho à base de tomate.

Em seguida pedimos de entrada uma boa porção mista de Onigiri recheado (bolinho de arroz japonês) com três unidades (R$ 8,50).

Como prato principal, decidimos pelo Transh de Pirarucu. Custa R$ 38 e traz, além do ótimo peixe grelhado, pirão (muito bom) e uma enorme porção de arroz.

Serve bem duas pessoas e olha que, segundo o garçom que nos atendeu, é o menor do restaurante!

Brincando de Chef – www.brincandodechef.com.br
Dica: O cardápio é dedicado aos peixes de rio. Ao contrário do prato que pedimos, na maioria dos demais o cliente deve escolher entre três opções de tamanho. O preço é cobrado conforme o peso.
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Jantar, Almoçar, Famílias
 
Que lugar lindo!! E que escondido! Estas foram as minhas duas primeiras impressões sobre o local que estava bem cheio (+-13h30, durante a semana), mas por sorte conseguimos uma mesa sem necessidade de esperar.

O garçom foi muito solicito e simpático, sendo que pedimos um prato que infelizmente não me lembro do nome, composto por 1/2 salada mogiana, arroz com camarão e a traira, é claro!

A salada veio primeiro, e já era um ótimo sinal do que nos esperava, pois estava tudo muito fresco, nada de tomates meio estranhos, ou folhas de alface murchas, tampouco palmitos duríssimos e intragáveis.

O arroz também estava bom, mas nada que marcasse, apenas executava bem o seu papel de acompanhar a estrela: a Traíra! Que delícia! Muito bem feito, sequinho, bem temperado, ótimo! E o mais importante, sem nenhuma espinha, nenhuma mesmo! Ou seja, para quem tem traumas de espinhas de peixe engasgadas durante uma semana na garganta é absolutamente lindo!

Detalhe: ao final ganhamos um vale traíra pequena para utilizarmos num período de 30 dias. Ótima maneira de fidelizar clientes, e se com certeza já voltaria, apenas anteciparei o retorno! *-*

Ao lado há um estacionamento, no entanto não encontramos dificuldade em parar na rua, no entanto acredito que durante a noite as ruas no entorno não devam ser muito movimentadas, então deve valer a pena.
 
Como nem so de cafe se vive, que tal um peixe frito bem sequinho?? Pois e, la no Rancho da Traira voce vai encontrar isso, e o bufe no horario do almoco e bem variado, tem tambem isca de peixe que vale a pena experimentar, alem da costelinha de Pacu, e como todo bom oriental que tal experimentar tambem o oniguiri (sugiro o recheado). Aviso que o restaurante nao e barato, e tambem tem o ambiente pequeno, mas algumas das porcoes sao grandes e da para dividir legal.. Ahhh.. importante.. (pelo menos para mim..)... tem estacionamento na porta com manobrista!!...
Dica: Aos finais de semana melhor chegar cedo para o almoco..
Bom para: Ir com amigos, Famílias, Jantar, Almoçar, Cerveja, Realizar eventos pessoais, Experiências gastronômicas
Lucas Nobre:
Pena que no Brasil os pescados são de custo alto, né? Eu adoro ir em cidades litorâneas onde há comunidades de pescadores comercializando o seu trabalho.Mais pelo preço, né... porque cozinhar peixe é uma arte que eu ainda não domino.
Conteúdo inválido
 
Fui conhecer o Rancho da Traíra! O restaurante é especializado em peixes de água doce.

Provei a traíra frita, o pintado grelhado e o caldo de piranha, mas tive a oportunidade de provar uns dias antes a costelinha de pacu e a asinha de pintado, e garanto pra vocês que vale a pena experimentar!!

O restaurante tem um ambiente super agradável e o atendimento também é de primeira!

Fica a dica!
 
Fomos almoçar no Rancho da Traíra domingo.
Estava bom, mas nada de mais.

Pedimos uma traíra frita, que estava gostosa.
O Acompanhamento era um risoto de camarão, que era de arroz normal com molho de tomate e camaroezinhos pequenos.... sem gosto de nada!!! Nao comemos.

Conclusão: a traira estava boa, mas não sei se eu voltaria!
Dica: Não pedir o "risoto" de camarão.
 
Este lugar é bem especial! Muito simples e bem à vontade, comida deliciosa, peixes fresquíssimos!!!!! Eles tem uma promoção bem interessante: A cada R$ 70 consumidos, você ganha um vale traíra P de R$ 35,00 para utilizar na sua próxima visita ao Rancho, dentro de 30 dias, vejam no site http://www.ranchodatraira.com.br/mariana/promocoes.php?cdpro=1,
Dica: Prove o Caldo de Piranha!
 
O prato tradicional da casa (a traíra desossada) me surpreendeu muito quando comi pela primeira vez. Por se tratar de um peixe feio e geralmente descartado pelos pescadores, não esperava muito. Eles fazem a parte mais difícil, que é limpar bem o peixe.

Ele vem aberto e frito. Acompanha um molho muito gostoso. Ainda falta experimentar a costelinha de pacu, que me disseram ser muito boa.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 36

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
19
Seus check-ins aqui
0