Parque do Ibirapuera

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº - portão 9a , São Paulo , SP - Brasil

Telefone:

(11) 5574-...

Clique para ver
Categoria:

Parque

  | Rank: 1º de 93

O Ibirapuera como conhecemos hoje, foi entregue a São paulo em 21 de agosto de 1954. Atualmente, ele é o parque mais freqüentado de São Paulo e com o maior número de atrações. O visitante pode escolher entre o Planetário, o Museu de Arte Moderna, o Pavilhão da Bienal, o Pavilhão Japonês e o Vivei...  Ver mais

Bom para
Famílias, Ir sozinho, Relaxar

Primeira opinião
Marcia Marino
Horário de funcionamento
Seg.
5h - 23:59
Ter.
5h - 23:59
Qua.
5h - 23:59
Qui.
5h - 23:59
Sex.
5h - 23:59
Sáb.
5h - 23:59
Dom.
5h - 23:59


Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Inaugurado em 1954
  • Estacionamento: http://www.parquedoibirapuera.com/sobre-o-parque/estacionamento/


Enviar foto
Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Lugares parecidos
  • Cadastro

Estabelecimentos dentro de

Parque do Ibirapuera

Filtrar: Todos A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z 0-9
http://br.kekanto.com/como-chegar/parque-do-ibirapuera
Notas específicas:
Ambiente
(362)
Produto/Serviço
(271)
Custo-benefício
(178)
Atendimento
(45)
Dicas
Bom para fazer caminhada, andar de Bike, Skate, Patins,fazer exercicos fisicos, etc...
Carlos R.
Durante a semana é mais tranquilo, domingo fica muito cheio!
Felipe G.
Leve sua água, e alguns lanches também, pois a lanchonete do parque não é boa.
Matheus P.
Em dezembro além da arvore e o show das fontes que valem a visita.
Rodrigo M.
É muito recomendável como passeio, desde o individual reflexivo ao “paquerativo”, do familiar ao da “turchma”.
Moacir C.
Ver mais
Opiniões

via Android

Hoje o tempo tá lindo pra irem a parques, lá pelas onze decidi ir conhecer o ibirapuera.
Ótimo dia pra ir de moto ,não precisa comprar cartão pra estacionar de moto,pode ficar até o horário que quiser.
Quem vai de carro tem que comprar cartão que dá para ficar duas horas, se quiser ficar mais tem que comprar mais um cartão.
Pena que fui tarde pois não deu tempo de conhecer nem a metade.
Fui caminhar,tem pista separada para ciclista ,área para skaytistas, restaurante,lanchonete,vários vendedores de água de coco e salgadinhos chips, etc.
Tinham vários patinhos ou cisnes?!
Ótimos lugares para fazer um piquenique e dar uma descansada no gramado.
Visitar os museus, só fui em uma,queria ter ido do afro e outros que tem por lá.
O planetário está fechado.
Estava tendo uma apresentação sobre a cultura árabe,entrada franca,na entrada deram tamaras para comer e folders e cd sobre a arábia ,provei um café árabe dei uma goladinha mas não consegui tomar tem um aroma e sabor que não me agradou o paladar.
Produtos de artesanato de lá, camisetas brancas que davam de graça com desenhos da arquitetura árabe ,tem só amanhã,tatuagem de henna de graça,fiz com o meu nome mais esqueci e acabei borrando e ficou feio ,fiquei com a mão toda manchada o pior e a cor horrível que tem(rsrsrs) cor de diarréia de bebê.
Show com danças e sobre a cultura num telão no palco ,ganhei dois pôsteres um de meca e outro de medina.
Ganhei duas águas do deserto,bebi um pouco num copinho tava geladinho muito bom!!! Comprei um vasinho para colocar velas aromáticas paguei 20,00 e um abanador 10,00.
Quando vi o horário já estava ficando tarde pra almoçar.
No fim não deu pra conhecer quase nada!!
Ah !!acho que esta tendo uma feira de artesanato bem na entrada do parque num salão.
Pena que já estava indo embora ,mas do pouco que vi , já adorei conhecer o pessoal que trabalha lá, são pessoas atenciosas ,adorei as dicas e informações que me deram pena que não deu pra ir nos lugares que eles me indicaram .
Na próxima vou mais cedo e almoço por lá mesmo.
Vale a pena ir conhecer!!!!
Tá cheio de carro!! dependendo do horário eh difícil de encontrar vaga ,mais sempre tem alguém saindo.

Que parque gostoso. E gigante. Fui em família e achei uma delicia, e para ajudar o dia estava lindo. Andamos, corremos, tiramos fotos e alugamos bicicleta, o mais gostoso. Se não me engano é cinco reais por uma hora, vale super a pena, você faz um cadastro rapidinho lá na hora e pronto. A única coisa ruim é que só dá para pegar e devolver a bicicleta em um lugar, mas ainda assim é muito bom. Uma delícia de parque para ir sozinho, em casal, com a família e com crianças.
Nem tem muito o que falar de lá! As milhares de opiniões sobre o parque já dizem tudo.

Gosto de ir aos finais de semana correr lá,
Ou fazer um piquenique com os amigos.

Sentar na beira do lago e dar uma descansada tambem é sensacional.

Vale a pena dar uma pesquisada pra ver se tá rolando algum evento ou exposição na oca.

Cuidado que a noite pode ser meio perigoso.

Estacionamento no local, mas prefiro deixar ali mais pra cima na vila mariana e ir andando até o parque.
Um dos parque que frequentei a minha vida toda, ele sem dúvidas nenhuma, faz parte da minha história de vida, com os meus esportes que sempre fiz, com as corridas de rua que participo nele, e/ou em volta dele, nos show, a árvore de Natal que todo ano é montada, as fontes dançantes, enfim, sempre fui ao parque, e já participei de muitas coisas que ele proporciona aos moradores da cidade, e aos turistas que vem conhecer.

Um lugar tranquilo desde que tenham atenção nos filhos e nos seus pertences, como em qualquer outro lugar, pois é muito movimentado, muitas pessoas indo e vindo, um ótimo lugar para passar um dia, tirar um pouco do stress de SP, relaxar mesmo, super recomendo.
O parque mais legal, bonito, bem estruturado e bacana que já fui!
Lá sempre tem muitos eventos, muito espaço e é no meio de uma das maiores cidades do mundo, vale muito a pena ir lá conhecer!
Lá tem natureza, cultura, show, paisagens, artes, quadras e pistas de esportes, nossa, adorei esse lugar, ele é único!
Lugar projetado pelo Oscar Niemeyer.
O mais famoso parque de São Paulo é um lugar muito bacana para passear, fazer caminhada, andar de bicicleta e curtir as atrações como o lago e o Planetário.
Se estivem em São Paulo o ideal é ir no Sábado ou Domingo quando sempre há algum evento de música ou lazer, algo que o Ibirapuera para mim é uma referência.
Merece ser visitado pelo menos uma vez!
Lugar lindo demais visitei no feriado depois faço o upload das fotos, poxa incrível e maravilhoso, muito grande, muito lindo, bem cuidado os banheiros, muito movimentado, local realmente lindo uma grande riqueza de São Paulo, bastante árvores, espaço para andar de skate seja qual for o tipo, patins, bikes ainda tem um grande numero de bikes para aluguel com ciclovia dentro do parque, um bebedouro legal também logo próximo a entrada, enfim um local que gostei demais e super recomendo para qualquer um q for a SP
Adoro o Parque do Ibirapuera!
Apesar de ser longe de fácil mesmo só indo de carro (o que não é uma boa opção) eu costumo frequentar o local por vários motivos.

Primeiro é um espaço lindo, arborizado, cheio de opção cultural, atividades, gente bonita e ótimo pra ir com crianças.
Adoro também me reunir por lá com as amigas e fazemos piqueniques!
Gosto demais de ir aos finais de semana quando estou em SP e ficar patinando por lá com o maridão.

Enfim, opções não faltam, recomendo!
Bom, fazia tempo que eu não ia no Parque do Ibirapuera, fui no domingo passado e gostei muito. O Parque do Ibirapuera tem estacionamento próprio, porém é zona azul. O parque é super organizado, tem espaço para todo mundo, desde àquelas pessoas que querem andar de skate, patins, bicicleta, até para aquelas pessoas que querem fazer uma caminhada ou simplesmente um pic-nic. O parque é super organizado, com pistas para bicicletas bem demarcadas, etc. Aos domingos, o MAM (Museu de Arte Moderna), que fica dentro do parque, é gratuito.

Quando fui, o parque estava lindo, com as cerejeiras floridas, um lugar muito gostoso para se caminhar e ter contato com a natureza. Também estava acontecendo a virada ambiental e estava tendo distribuição gratuita de mudas de algumas plantas.

A única coisa chata que achei, foi que, quando fui comprar uma água de coco, perguntei para uma mulher que estava vendendo se ela poderia me vender um coco inteiro e ela me disse que não, que o parque havia proibido pois uma pessoa havia caído por causa de um coco que estava jogado e foi reclamar na administração (infelizmente, apesar das inúmeras lixeiras espalhadas pelo parque tem muita gente que larga o lixo em qualquer lugar). Como eu estava com um prima da Europa, que estava no Brasil pela primeira vez e nunca tinha tomado água de coco, ela ficou com vontade de experimentar, pois sempre via fotos de pessoas bebendo água de coco direto do coco, porém, não foi possível e tivemos que nos contentar com a água na garrafinha :(
Projeto arquitetônico liderado por Oscar Niemeyer que completara 60 anos em 2014, com esse pedigree, tinha de ser essa maravilha, lá funcionam Pista de Cooper, parque infantil, lanchonetes, áreas de estar, ciclofaixa, bicicletário com aluguel de bicicleta, fonte multimídia, quadras poliesportivas, campos de futebol, aparelhos de ginástica e Praça Burle Marx.
Funcionam também na área do parque: Escola de Jardinagem, Divisão Fauna, Viveiro Manequinho Lopes, Planetário e Escola Municipal de Astrofísica, UMAPAZ, Herbário, Museu Afro-Brasil, CECCO (SMS), Pavilhão das Culturas Brasileiras, OCA e Bosque da Leitura (SMC), Fundação Bienal, Auditório Ibirapuera, MAC, MAM e Pavilhão Japonês.
Quando comecei a frequentar esse parque, era permitido entrar de carro por toda a extensão, mas é claro que o volume de público que frequentava, era em torno de 10% não havia cobrança de estacionamento, e instalaram um pista de cooper, bem no início dos cuidados com sua saúde, não era como agora, que cada vez mais as academias se sofisticam para tratar o corpo, ponto para a modernidade.
Veja site: www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/regiao_sul/index.php?p=14062 para ver programação mensal do parque, portões de acesso, enfim acesso a informações para quem quer curtir o parque.
É o parque do lazer típico paulistano.

Tem tudo o que precisa pra se divertir e se sentir bem. Uma boa pista de corrida, uma ciclovia pra gastar bastante calorias pedalando, um lago pra você apreciar sentado na grama fazendo um picnick. Passear com o cachorro, conversar à sombra de uma das árvores do local e namorar olhando as belas paisagens.

Sempre que posso estou lá. É o mais completo dos parques paulistanos, sempre tem um grande volume de pessoas, mas isso não tira a beleza das atrações desse lugar.

A caminhada é a atividade mais realizada no parque, é convidativa a sair do sedentárismo e dar longos passos.
Gigantesco é o mínimo que podemos falar desse espaço.

Ele reúne área verde ideal para caminhar, se exercitar, relaxar, fazer picnic ou o que quiser, ciclovia, um grande vão livre usado por skatistas e patinadores, além do mam, da fundação bienal, da oca e do auditório.

Agrupar isso tudo, torna o parque um lugar ultra democrático na cidade, aonde encontramos diversas “tribos” convivendo em harmonia e aproveitando na sua os momentos de lazer que fazem qualquer um esquecer da confusão da cidade la fora!
Meu Parque favorito de toda São Paulo.
Grande, cheio de atrações diversas com frequência, para toda a família e todos os públicos, infelizmente não é muito adequado para quem gosta de patins.
Muito Arborizado, por tanto é com frequência ameno.
Recomendo ir em todas as estações, para ver as mudanças no parque, no Pavilhão japonês onde tem um valor simbólico para entrar e em outros lugares dentro do parque se possível! :D
Não tem o que dizer do Ibirapuera, que não tenha sido dito em todas as opiniões...Mas, sim, dou 05 estrelas por tudo que este parque gigaaante e lindo oferece.

Lá, você nem se sente dentro de uma das maiores cidades do mundo. Não sente cheiro de poluição, nem barulho de carro. Você sente um paz mesmo, tranquilidade, apesar de aos finais de semana ser lotado.

O bacana do Ibirapuera é atrair todos os tipos de público, e todos os gostos. A começar por sediar o MAM, onde acontece a Bienal de São Paulo e várias outras importantes exposições artísticas. Se você não curte arte, mas ciências, pode visitar o Planetário. Sem contar que o parque recebe os principais eventos esportivos, principalmente corridas.

Foi no Ibirapuera também que pude participar do meu primeiro flash-mob! E também aprendi um pouquinho de slack line: há um espaço reservado somente para os amantes deste esporte, com os quais você pode trocar ideias e aprender. Falando em aprender, aos domingos de manhã, você pode fazer Tai Chi Chuan com um grupo que sempre se encontra por lá.

Se você não quer fazer nada disso, que tal um piquenique? Ou andar de patins? Ou correr? Ou bike? Ou tomar uma água de coco, comer uma besteirinha, parar em um dos vários quiosques espalhados pelo parque. Ou simplesmente sentar e ficar olhando o grande lago que corta o Ibira.

Enfim, um lugar maravilhoso. Pena que eu me esqueço que o Ibirapuera existe e frequento tão pouco. Mal de quem deixa de "turistear" pela cidade. Mas, é bom contar com este lugar ;-)
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 1594

Nota geral Você conhece o Parque do Ibirapuera? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)