Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Palaphita Kitch?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
Palaphita Kitch

Palaphita Kitch

Av. Epitácio Pessoa, s/n - Quiosque 20 - Parque do Cantagalo
Rio de Janeiro , RJ

Telefone: 21 2227-0837 /9688-9286

Preço por pessoa:

$$$$ (Mais que R$100)

Categoria:
Bares e Botecos
Site oficial:
palaphitakitch.com.br
Formas de pagamento:
Crédito:
Débito:
Horário de funcionamento:
Seg. a Dom.: 18h às 0h
Primeira opinião por:
Manuela Souza De ...
Detalhes:
Animais permitidos
Aceita reservas
Mesas ao ar livre
Área para fumantes
Música

Quer receber ofertas do Palaphita Kitch?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas:
2 estrelas
0
Notas específicas:
Ambiente
(14)
Comida
(11)
Atendimento
(13)
Bebida
(11)
Custo-benefício
(14)
Público
(1)
Dicas  (11)
Juliana Maria Gonçalves de Souza
Tentar ir para ver o por do sol, acompanhando de um drinque de frutas.
Juliana M.
André Barbosa
Experimentem o Arrombado - belisquete feito com queijo camembert, tucunaré, pimenta de cheiro, banana frita e abacaxi. Vale a pena, garanto.
André B.
Classificar por:
Opiniões   (22)
Lu
 

Dane-se a comida, dane-se os preços, dane-se o trânsito, dane-se a política, dane-se tudo! Aqui, o que importa é que você está na <a href='http://br.kekanto.com/rj/rio-de-janeiro/lagoa'>Lagoa</a>, sem sapatos, refastelado nas almofadas do Palaphita, olhando o por do sol e tomando uma cerveja! e comendo um queijo recheado com picadinho de tucunaré ou um queijo coalho flambado na cachaça...

A proposta do Quiosque é: "ser um lugar simples e primitivo, onde urbanos se sintam sofisticadamente em paz!". Eu diria um pouquinho mais. Diria "sofisticada e confortavelmente em paz!"

É um quiosque nas margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, na altura do corte de cantagalo, O projeto paisagístico é do fodástico Fernando Acylino. Melhor do que falar sobre o projeto arquitetônico e paisagístico, é mostrar as fotos, porque as palavras não vão conseguir transmitir a atmosfera. Mas uma coisa precisa ser dita: Existe uma área acessível a cadeirantes pela parte de trás do quiosque. E não é pra mandar os cadeirantes pro fundão não. É porque a entrada pelo estacionamento fica na parte de trás. E tem uma rampa pras cadeiras de rodas subirem ao "lounge" e poderem apreciar toda a vista da lagoa. Só por isso já merece todo o meu respeito e admiração.

Certamente vão me chamar de bairrista, mas o lugar tem vista pras paisagens mais lindas do mundo: Lagoa, Dois Irmãos, Pedra da Gávea, Corcovado... A música, eu juro, é perfeita! No estilo e volume certo pra te acarinhar e te fazer sentir bem e relaxado(a). O por-do-sol visto dali é uma experiência inesquecível. E depois que o sol se põe, velas e tocheiros são acesos.

Ah é... Acho que não precisava dizer mais nada, mas vou falar: O Palaphita não é um Spa. É um quiosque de comida típica amazonense. Ok... Meio amazonense meio contemporânea.

O prato mais pedido é o Arrombado: Um queijinho camembert recheado com picadinho de Tucunaré e banana pacovan (R$43). Você pode trocar o picadinho de tucunaré por chutney do dia (abacaxi e mangarataia, açaí ou cupuaçu).

O quarteto de antepastos custa R$ 45 e você pode escolher 4 opções entre Mix de cogumelos com alho poró, berinjela à adelaide, Queijo do norte com tomate seco, patê com chutney do dia, pastinah do dia ou salsa picante

Apeku (R$ 59) é uma cuia de cabaça com frutos do mar e legumes orgânicos. Sanduiches de Peito de Peru com lâminas de maçã, queijo brie, folhas orgânicas e manteiga de alho no pão australiano (meu predileto) por R$ 32. Tem também o sanduiche de rosbife com lâminas de gruyere, pelo mesmo preço.

Mas eu aconselho você a, se estiver com amigos, evitar as porções individuais e pedir porções pra dividir, pra tornar a experiência de estar ali mais legal. Mais ou menos como um cachimbo da paz, compartilhado por pessoas que estão na mesma energia.

O encontro das águas (R$35) faz menção ao ao encontro das águas escuras do Rio Negro com as águas barrentas do Solimões, é uma terrine de tambaqui com alfavaca sobre molho negro de chutney de açaí e o amarelo do chutney de cupuaçu.

Pai d´égua (R$ 23) é um queijo coalho com folhas de manjericão, flambado na cachaça, na hora.

Para a noite, a casa tem Fondues (R$106) de queijo, chocolate, ou fondue tropical de Cupuaçu (creme gelado de cupuaçu servido com frutas frescas).

A cerveja custa R$12 (stella long neck) e as caipirinhas (aqui chamadas de caipivaras ou caipiranhas) custam em média R$26, e aqui podem ser feitas com whisky escocês 8 anos também (R$27).

Eu vou muito lá sozinha, depois de uma caminhada na lagoa, ou quando eu simplesmente quero ficar sozinha numa onda de contemplação. Mas também é o lugar perfeito pra se ir com amigos, com namorado(a), com cachorro...

O Quiosque abre todos os dias as 18h. Mas se você chegar antes, não se preocupe. Os bancos estarão ali (infelizmente sem as almofadas, porque afinal isso ainda é Brasil), mas você pode se sentar, aproveitar a sombra e desfrutar do mesmo visual. Pegue um milho no quiosque, uma água de coco e aproveite a sombra do Palaphita. E depois, óbvio, leve seu lixo com você até a lata mais próxima.

Bom para: Experiências gastronômicas, Realizar eventos pessoais, Ir com amigos, Ir sozinho, Casais, Happy hour, Jantar, Ponto turístico
Clau VB:
Lu, você falou tudo! O lugar é sensacional! Queria ficar por lá pra sempre. Uma pena ter que voltar pra realidade.
Conteúdo inválido
 

Mais uma resenha do turista babão que ficou <a href='http://br.kekanto.com/rj/rio-de-janeiro/encantado'>encantado</a> por essa cidade. Antes mesmo de chegar ao Rio, já tinha lido sobre o Palaphita naqueles sites de dicas de turismo. As imagens impressionavam e tínhamos decidido colocar uma visitinha ao local em nossa programação.

Fomos andar de bicicleta pela lagoa, com as famosas laranjinhas do Itaú (serviço de aluguel de bicicletas) e após quase 1 hora de pedalada (percorremos toda a lagoa), o sol já estava começando a se despedir.

O pôr-do-sol e o Palaphita Kitch foram feitos um para o outro, não podíamos ter escolhido uma hora melhor para sentar ali.

Ao "entrar" no restaurante (coloco entrar entre aspas porque o ambiente é bem aberto, o que não dá a impressão de que você está de fato entrando em algum lugar), sua estrutura e móveis nos lembraram muito um restaurante daqui de Salvador, chamado Coco Bahia. Mas a semelhança se limitou até aí, todo o resto nós nunca tínhamos experimentado igual.

Fomos bem recebidos pelo garçom, que no momento não possuía cliente algum. Ele nos deu diversas opções de mesas e acabamos escolhendo um banco um pouco diferente para sentar. Era uma estrutura de madeira e palha um pouco elevada, que dá pra ficar mais a vontade, observar melhor a paisagem e inclusive dispor os pratos sobre ela. Veja a foto para entender melhor.

Logo de cara, fomos cortejados com uma entrada por conta da casa. Especializados em comida amazonense, o garçom nos ofereceu uma porção de torradinhas artesanais, cuja forma e textura se assemelha com bordas de pizza, acompanhadas de um molho regional picante. Achamos a torrada um pouco mole e crua, mas o molho tornou a combinação gostosa.

Depois de apreciar toda a beleza que aquele pôr-do-sol na lagoa nos podia proporcionar, resolvemos pedir um prato para consumir alguma coisa no local (afinal de contas, não queríamos passar de turistas pão-duros). Pedimos um Jaú, que é um sanduíche na baguete com rosbif, queijo e molho chutney (feito com frutas do dia). O prato é individual, mas acabamos dividindo pois não tínhamos a intenção de jantar ali.

Como não consumimos muito, nossa conta saiu em torno de 25 reais, mas lembro que achamos os preços no cardápio um pouco salgados. E como os pratos de lá também não me encheram muito os olhos, recomendo o Palaphita para ser visitado da forma que nós visitamos, com maior foco nas belezas naturais e no clima tranquilo.

Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Happy hour, Drinques
 

Não dá pra comparar uma opinião a tantas outras completas sobre esse lugar mas, acho que posso falar de um outro olhar. Tirando que o Palaphita tem uma cozinha amazônica renomada, é super famoso pela sua charmosa estrutura, e por estar localizado em um dos pontos turísticos com a vista mais privilegiada, mesmo que não seja olhando de cima, ainda sim tem mais utilidades do que se imagina. Pra quem não sabe, andar pela manhã na <a href='http://br.kekanto.com/rj/rio-de-janeiro/lagoa'>lagoa</a> pode ser mais interessante do que se imagina. Sentar no Palaphita ainda fechado para almoço, e paneas degustar de uma água de coco e do visual que são as duas araras adestradas que moram na árvore da casa é simplesmente sensacional. Além de estar coberta por várias árvores, as mesinhas garantem frescor, paz, um visu incrível. Lugar excelente pra ler, sentar com o dog, relaxar após uma corridinha, conversar, namorar e nossa, ter um passeio simples e inesquecível. Gastando pouco e aproveitando muito é possível sentar no restaurante e curtir momentos bem agradáveis, sem necessariamente degustar. Isso é que é um restaurante para agradar gregos e troianos, do luxo ao "lixo", o "lixo" realmente só para completar a piada. Mas o sentido do lixo, é o econômico. #ficaadica

Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Famílias, Ir sozinho, Ponto turístico
Lu
 

Dane-se a comida, dane-se os preços, dane-se o trânsito, dane-se a política, dane-se tudo! Aqui, o que importa é que você está na <a href='http://br.kekanto.com/rj/rio-de-janeiro/lagoa'>Lagoa</a>, sem sapatos, refastelado nas almofadas do Palaphita, olhando o por do sol e tomando uma cerveja! e comendo um queijo recheado com picadinho de tucunaré ou um queijo coalho flambado na cachaça...

A proposta do Quiosque é: "ser um lugar simples e primitivo, onde urbanos se sintam sofisticadamente em paz!". Eu diria um pouquinho mais. Diria "sofisticada e confortavelmente em paz!"

É um quiosque nas margens da Lagoa Rodrigo de Freitas, na altura do corte de cantagalo, O projeto paisagístico é do fodástico Fernando Acylino. Melhor do que falar sobre o projeto arquitetônico e paisagístico, é mostrar as fotos, porque as palavras não vão conseguir transmitir a atmosfera. Mas uma coisa precisa ser dita: Existe uma área acessível a cadeirantes pela parte de trás do quiosque. E não é pra mandar os cadeirantes pro fundão não. É porque a entrada pelo estacionamento fica na parte de trás. E tem uma rampa pras cadeiras de rodas subirem ao "lounge" e poderem apreciar toda a vista da lagoa. Só por isso já merece todo o meu respeito e admiração.

Certamente vão me chamar de bairrista, mas o lugar tem vista pras paisagens mais lindas do mundo: Lagoa, Dois Irmãos, Pedra da Gávea, Corcovado... A música, eu juro, é perfeita! No estilo e volume certo pra te acarinhar e te fazer sentir bem e relaxado(a). O por-do-sol visto dali é uma experiência inesquecível. E depois que o sol se põe, velas e tocheiros são acesos.

Ah é... Acho que não precisava dizer mais nada, mas vou falar: O Palaphita não é um Spa. É um quiosque de comida típica amazonense. Ok... Meio amazonense meio contemporânea.

O prato mais pedido é o Arrombado: Um queijinho camembert recheado com picadinho de Tucunaré e banana pacovan (R$43). Você pode trocar o picadinho de tucunaré por chutney do dia (abacaxi e mangarataia, açaí ou cupuaçu).

O quarteto de antepastos custa R$ 45 e você pode escolher 4 opções entre Mix de cogumelos com alho poró, berinjela à adelaide, Queijo do norte com tomate seco, patê com chutney do dia, pastinah do dia ou salsa picante

Apeku (R$ 59) é uma cuia de cabaça com frutos do mar e legumes orgânicos. Sanduiches de Peito de Peru com lâminas de maçã, queijo brie, folhas orgânicas e manteiga de alho no pão australiano (meu predileto) por R$ 32. Tem também o sanduiche de rosbife com lâminas de gruyere, pelo mesmo preço.

Mas eu aconselho você a, se estiver com amigos, evitar as porções individuais e pedir porções pra dividir, pra tornar a experiência de estar ali mais legal. Mais ou menos como um cachimbo da paz, compartilhado por pessoas que estão na mesma energia.

O encontro das águas (R$35) faz menção ao ao encontro das águas escuras do Rio Negro com as águas barrentas do Solimões, é uma terrine de tambaqui com alfavaca sobre molho negro de chutney de açaí e o amarelo do chutney de cupuaçu.

Pai d´égua (R$ 23) é um queijo coalho com folhas de manjericão, flambado na cachaça, na hora.

Para a noite, a casa tem Fondues (R$106) de queijo, chocolate, ou fondue tropical de Cupuaçu (creme gelado de cupuaçu servido com frutas frescas).

A cerveja custa R$12 (stella long neck) e as caipirinhas (aqui chamadas de caipivaras ou caipiranhas) custam em média R$26, e aqui podem ser feitas com whisky escocês 8 anos também (R$27).

Eu vou muito lá sozinha, depois de uma caminhada na lagoa, ou quando eu simplesmente quero ficar sozinha numa onda de contemplação. Mas também é o lugar perfeito pra se ir com amigos, com namorado(a), com cachorro...

O Quiosque abre todos os dias as 18h. Mas se você chegar antes, não se preocupe. Os bancos estarão ali (infelizmente sem as almofadas, porque afinal isso ainda é Brasil), mas você pode se sentar, aproveitar a sombra e desfrutar do mesmo visual. Pegue um milho no quiosque, uma água de coco e aproveite a sombra do Palaphita. E depois, óbvio, leve seu lixo com você até a lata mais próxima.

Bom para: Experiências gastronômicas, Realizar eventos pessoais, Ir com amigos, Ir sozinho, Casais, Happy hour, Jantar, Ponto turístico
Clau VB:
Lu, você falou tudo! O lugar é sensacional! Queria ficar por lá pra sempre. Uma pena ter que voltar pra realidade.
Conteúdo inválido
 

Tem coisas que o bom Deus reservou para a cidade do Rio de Janeiro: a Lagoa Rodrigo de Freitas emoldurada pelo Morro Dois Irmãos e a Pedra da Gávea é uma visão privilegiada. Agora, pode melhorar muito, se for durante o por do sol e ainda pode ficar espetacular se vc estiver instalado em boa companhia nas mesas altas do Palaphita Kitch. Aí então meu amigo, peça uma caipirinha de cachaça artesanal de Mangarataia e relaxe enquanto a noitinha vai chegando. Música bastante pertinente ao ambiente maravilhoso. Gastronomia amazônica do amigo Mario Andrade. Programa imperdível !

Bom para: Ir com amigos, Casais, Happy hour
 

É um dos restaurantes com a vista mais aprazível do Rio de Janeiro.

Um deleite andar pela Lagoa e depois parar para uma pausa e descanso no Palaphita e observar as belezas da natureza.

O entardecer, fazendo reluzir nas águas do entorno da lagoa, em seu lindo espelho d'água, é incomparável.

A vista da Pedra da Gávea, Cristo Redentor, do morro Dois Irmãos, dos pedalinhos, é dádiva dos cariocas.

O quiosque oferece sucos nativos (frutas tropicais brasileiras) diversos, fiquei com o de maracujá, ótimo.

Era final de tarde, então optamos por belisquetes, apenas e pedimos o duo de antepastos, de shitake com alho poro e Berinjela à Adelaide (com cogumelos, cebola roxa, pimentões vermelhos e amarelos e passas). Acompanha torrada artesanal.

O garçon, atencioso, ofereceu a opção de dois molhos exóticos, o negro chutney de açaí e o amarelo chutney de abacaxi com mangarataia, ficamos com o primeiro, divino!

O forte da casa são os sabores marcantes dos frutos da terra, da Amazônia, mais especificamente, como o cupuaçú, açaí, tambaqui, jacaré, queijo coalho, entre outros.

Excelente gastronomia regional.

Dica: Estacionamento com vaga certa.
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Jantar, Almoçar, Tomar café-da-manhã, Happy hour
 

Fui ao Palaphita Kich, em um aniversário o ano passado de uma amiga minha. A Barbara e mais uma amiga fecharam o local para um evento exclusivo e inesquecível.

Bom inesquecível pelas pessoas que estavam no evento e pela vista do local que é simplesmente maravilhosa. Você consegue ver o cristo, a lagoa, os pedalinhos,o morro dois irmãos, a pedra da gávea, ufa, sem palavras...

O Ambiente do quiosque, sim porque é uma espécie de quiosque chic, é agradabilíssimo, com cenário paisagístico com coqueiros espalhados em pontos estratégicos. A decoração é em tons rústicos, as mesas, sofás, bancos e banquetas são feitas de eucalipto de reflorestamento. Um máximo não?

No aniversário que eu fui, a pista de dança ficou animadíssima, e a galera além de se divertir, se esbaldou nas caipirinhas que são atrações a parte do quiosque, tem as caipirinhas que eles chamam de basicas, com as frutas tradicionais e as nativas que vai do umbu ao maracuja do mato.

Os petiscos também são deliciosos, e tem uma variedade muito boa.

De qualquer forma você pode também visitar o Palaphita sem ser em aniversários, o quiosque abre todos os dias a partir da 18:00 horas e se você preferir eles aceitam reservas.

Dica: Caipirinhas nativas
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Happy hour
 

Ao menos quando fui, em 2011, havia poucas opções de comidas.

Achamos bem caro, inclusive as bebidas que não são nada de especial!

A vista da Lagoa Rodrigo de Freitas sim é linda! Mas para apreciá-la não precisamos ir ao Palaphita Chic, pagar caro.

O atendimento também não foi elogiável.

Há outros restaurantes aconchegantes, com a mesma vista e um preço justo!

Dica: Caro
Bom para: Drinques, Ir com amigos, Casais, Happy hour, Jantar
 

O Palaphita Kitch, localizado aos pés da Lagoa, é um ambiente ideal para reunir alguns amigos para uma conversa ou curtir a dois. O local apresenta luz baixa, música ambiente e decoração rústica. Minha pedida de bebida é sempre a combinação vodka vanilla, coco e rapadura. Não tem drink mais gostoso e, recomendo para quem gosta de bebidas mais doces. O queijo caolho flambado na cachaça, com folhas de manjericão é um aperitivo que comi e aprovei. Recomendo também o fondue.

Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Happy hour, Drinques, Realizar eventos pessoais, Paquerar, Relaxar
 

Meu namorado e eu chegamos ao Palaphita exatamente às 21:47hs. Pedi o sanduíche Ninja e um Mad Mario`s, após um tempo de espera, informaram que não tinham ingredientes para fazer o sanduíche. Pedi um outro chamado Rosbife, após mais um tempo de espera fui informada que também não poderiam fornecer o sanduíche. Optei pelo Jaú de rosbife que o garçom garantiu que haveria. Esperamos bastante tempo e quando questionei sobre a demora, tanto do sanduiche quanto da bebida, fui informada mais uma vez que não haveria ingredientes para fazer o sanduíche e preferi deixar os sanduiches de lado e pedir uma tábua de carpaccio. Após mais de 1:30hr no restaurante chamamos o garçom que veio até nós dizendo que optaram por fechar a cozinha dado a falta de ingredientes para a maioria dos pratos tradicionais do estabelecimento. Detalhe: fecharam a cozinha sem concluir nosso pedido e nem sequer nos avisaram!!!! Obviamente, meu namorado e eu ficamos revoltados com tamanho descaso!! Estávamos havia mais de uma hora e meia no restaurante sem nenhum pedido atendido e sem nenhum garçom vir até nós para explicar a situação! Pedimos para falar com o gerente e, após mais um tempo de espera, o garçom informou que nenhum dos 3 gerentes poderiam nos atender porque estavam resolvendo um problema com a tubulação do banheiro. Exigimos falar com um deles e após mais um tempo de espera, veio um gerente a nossa mesa se lamentando pelo inconveniente e dizendo que essa foi a política adotada pelo restaurante, que não poderia fazer nada por nós e que a cozinha já estava fechada! Após questionarmos todo o ocorrido, ele propôs entregar o carpaccio com a bebida e já fechar a conta porque o restaurante não estava com estrutura para nos dar mais atenção. Eu, e digo também pelo meu namorado, nunca havíamos passado por uma situação tão grande de descaso com o cliente!! Nunca mais voltaremos ao Palaphita!!! Se não tinham estrutura para atender os clientes... NÃO ABRISSEM!!!! A pessoa que teve o olho grande em abrir o restaurante e em fechar a cozinha sem nos atender, não teve a menor consideração com seus clientes... lembro-me do gerente dizendo: "vocês nos ajudam e nós ajudamos vocês" (tsc) essa não era a frase que eu esperava ouvir para terminar meu dia 2 de janeiro! LAMENTÁVEL!!!

Fernanda Nunes:
Nossa Maira, que chato! =/ Nunca passei por essa situação, mas meu sanduíche já demorou um pouco pra chegar na unidade do Jockey. Ah, você é nova aqui no Kekanto né? Seja bem-vinda! :) Já sabe como funciona? Todo mês fazemos vários eventos em alguns lugares da cidade como restaurante, bares, até albergues e caminhadas. É gratuito o convite e pra ganhar é só participar com opiniões sobre lugares que você conhece assim como já fez! Confere a agenda e se animar, clica em "solicitar convite" no botão verde desse link: http://br.kekanto.com/eventos/rj/rio-de-janeiro
Conteúdo inválido
 

Comida boa e exótica, ambiente maravilhoso, vista maravilhosa!!

 

Incrivel! Uma comida (cardapio amazonense) maravilhosa acompanhada de drinks super criativos e deliciosos!

Ambiente tranquilo, ótimo para um jantar ou comemorar aniversário, e a vista da Lagoa para complementar.

Experimentei algumas comidas: Pai dágua (queijo do norte com folhas de manjericao, flambado na cachaca - o garcom flamba na hora de servir - R$19,20); Arrombado (queijo camembert rechedao com picadinho de peixe típico, pimenta de cheiro e banana - R$39,80); Bruscheta pulcheri (pao artesanal com molho de tomate organico, mussarela de búfula derretida e manjericao fresco - R$22,90).

Os drinks podem ser de vodka (lá servem vodka preta!), caipirinha, saque, combinados com uma variedade de frutas, na medida certa!!

Eles fazem reserva. O restaurante costuma abrir as 17h, perfeito para um por-do-sol e happy hour! Vale dá uma liagda antes, pois eles já preparam a casa para receber-lo.

Dica: Tentar ir para ver o por do sol, acompanhando de um drinque de frutas.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Happy hour
 

Fui na nova unidade do Jockey, muito bom! Decoração excelente! Música! Ambiente acolhedor!

Bom para: Ir com amigos, Casais
 

Fui muito mal atendida pelos garçons, os valores dos cardapios estavam menores do que foram cobrados na comanda, me trouxeram uma bebida com álcool sendo que eu pedi sem e ainda fui obrigada a pagar por essa bebida, tiveram coragem de acrescentar os 10% de um péssimo atendimento. NÃO RECOMENDO!!! E fiquem de olho em suas comandas!!! Desonestidade e péssimo serviço!!!

Dica: FUJA!!!
Fernanda Nunes:
Mayra tudo beleza? Poxa você tomou um chá de sumiço do kekanto heim! rsrs Mas olha, vim te atualizar das novidades por aqui ;) Nas próximas semanas vai rolar Spaday relaxante, degustação de cerveja, festa de aquecimento para Copa e até tour no Santa Marta. Bacana né? Tem pra todos os gostos, idades, dia e horários da semana. Não tem desculpa pra perder, então se anima e volta pra participar conosco =) Qualquer coisa conta comigo! Bjs
Conteúdo inválido
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 22

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
8
Seus check-ins aqui
0