Oliva

Endereço: Av Nova Independência, 98 , Itaim Bibi - São Paulo , SP - Brasil - 04570-000

Telefone:

11 5505-47...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes Contemporâneo

  | Rank: 36º de 129
Preço por pessoa
$$$$ (De R$51 até R$100)

Redes sociais
Oliva-Restaurante

Primeira opinião
Jorge kaminsky
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
12h - 15h
Ter.
12h - 15h e 19h - 23:30
Qua.
12h - 15h e 19h - 23:30
Qui.
12h - 15h e 19h - 23:30
Sex.
12h - 15h e 19h - 23:59
Sáb.
12h - 16:30 e 20h - 23:59
Dom.
12h - 16:30


Detalhes
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas
  • Mesas ao ar livre
  • Estacionamento


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/oliva
Notas específicas:
Ambiente
(4)
Comida
(4)
Atendimento
(4)
Bebida
(4)
Custo-benefício
(4)
Dicas
Opiniões
Este restaurante é maravilhoso para um jantar romântico! Mas, se você não tem namo, vai com os seus amigos mesmo para ter uma ótima experiência gastronômica.

Antes de falar da comida, preciso começar pelo ambiente. Super lindo, aconchegante e tranquiiiilo. Tem uma cascatinha aos fundos pra você ficar ouvindo o som da água - por isso é tão relaxante! O restaurante apresenta dois ambientes internos e um deck externo, super bem decorado e cheio de flores. Aliás, os mimos começam pela própria mesa enfeitada com flores colhidas há pouco.

Mas, vamos às comidas. Aliás, primeiro temos que falar da "beleza da comida". Cada prato é praticamente uma obra de arte e cheio de detalhes: desde o tipo de louça escolhida (redondo, quadrado, retangular, etc) e a combinação de cores.

Eu fui de risoto com abobrinha, mussarela de cabra, limão siciliano (R$ 35)... Nossa, simplesmente delicioso e muito bem servido. Recomendadíssimo. Outro maravilhoso é o nhoque de mandioquinha!

Para sobremesa, se você pagar uns R$ 18 pode experimentar uma degustação de sorvetes com vários tipos de azeite. Ah, uma dica: se você está em 2 ou 3, pegue apenas uma degustação e divida com a galera! Senão vai morrer comendo sorvete depois do almoço/janta.

Essa degustação merece um capítulo à parte. chocolate com azeite de pimenta malagueta e cardamomo: bom! mas você mal sente o gosto da pimenta malagueta, pois o chocolate amargo quebra a ardência. Creme com azeite de oliva: gostosinho, mas nada de mais. Agora, o de morando com azeite de baunilha é mara!! Na verdade, mais próximo do meu paladar e super combina!

Agora, você pode até se perguntar: por que apenas 4 estrelas e não 5, se até agora foram só elogios? Isso porque a minha segunda experiência lá não foi tããão maravilhosa assim. =(
Fui em uma sexta-feira, quando estava rolando Restaurant Week e pedi um prato fora do festival. Infelizmente, eles ofereciam poucas opções e massa que escolhi estava insossa. Poxa, sei que tem Restaurant Week, mas, sei lá, é sexta-feira à noite, né?

Bom, apesar dos pesares, certamente voltarei neste lugar e super recomendo: ainda mais na região do Brooklin, onde não existem tantas opções assim...
O lugar é muito tranquilo, bonito e passa aquele ar mediterrâneo.O chef proprietário Julio Medeiros apresenta uma cozinha mediterrânea saborosa e com bons ingredientes, tudo isso num ambiente extremamente relaxante e confortável.

Até uma fonte tem por lá.Começamos com um belo couvert formado com Tzatiziki (pasta grega), pasta italiana de berinjelas, manteiga com gergelim e azeitonas temperadas. E em seguida, já fomos para os principais: a Dé e o Lucas pediram um tagliatelle com linguiça. O molho apimentado com toque adocicado deram um toque irresistível ao prato.Eu fui de pernil de cordeiro com arroz a la huerta azafranado. O pernil é cozido lentamente em panela de barro e o arroz é ao açafrão com legumes crocantes, além da coalhada bem sequinha.

A Regina foi de gnochi de mandioquinha, extremamente leve como todo o bom gnochi deve ser.Já o Mingão foi de medalhão de filé ao molho de mostarda dijon. Foi o menos brilhante de todos, mas a menção é válida já que o Mingão sempre escolhe um desses.Com um friozinho reinante, nada como um Alamos Malbec 2008 pra aquecer.

Tudo isso mostra que, apesar de não ser muito badalado e estar fora do eixo gastronômico da cidade, o Oliva cumpre o que promete, que é entregar uma comida honesta, muito bem feita e com um ambiente ideal para conversar.Certamente essa foi a primeira de muitas refeições que faremos por lá. Ah, e o preço? 60 reais por cabeça (ou boca). Justo, justíssimo!
Aproveitei o Restaurant Week para conhecer o Oliva e a experiência foi ótima. O ambiente é super acolhedor, amplo e ótimo tanto para mesas grandes como para casais, por exemplo.

De entrada, optei pela "Bruscheta de queijo de cabra morno com mix de folhas e aspargos frescos". Aspargos modo de dizer, porque veio um só. Mas para o meu paladar, tudo o que tem queijo de cabra é divino, então, aprovado!

Prato Principal: "Tournedo de mignon ao molho de ervas provençais com risoto de queijo Brie, abobrinhas e pinõlis". E fazia tempo que eu não comia um tournedo tão ao ponto como este, crocante por fora e extremamente macio por dentro. Aprovado²! Mas confesso que fiquei com vontade de experimentar o "Robalo a La Catalana: Lombo de robalo grelhado com tapanade de azeitonas pretas, purê de batatas e sautée de espinafres e uvas passas brancas". Quem sabe ainda dá tempo de voltar? Isso porque conferi o cardápio da casa e vi que, de todas as opções do RW, apenas uma das sobremesas (sorvete de iogurte) consta do cardápio habitual...

E o gran finale com o "Duo de chocolate branco e nero com Praliné de castanhas do Pará", uma mousse de chocolate preto e branco dos deuses. Tinha também a opção da "Taça de sorvete de iogurte com calda de frutas, framboesas e mirtilos, Chantilly e muitillos", mas deixei pra próxima, pois esta é certeza de encontrar no cardápio!

Nota geral Você conhece o Oliva? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)