Ofner

Endereço: Av Pedroso de Morais, 1099 , Vila Madalena - São Paulo , SP - Brasil

Telefone:

11 3034-51...

Clique para ver
Categoria:

Docerias

  | Rank: 22º de 861 ● Aberto agora
Preço por pessoa

Site oficial
ofner.com.br
Primeira opinião
Bruno Yoshimura
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Detalhes
  • Aberto 24h
  • Acesso para deficientes
  • Mesas ao ar livre
  • Área para fumantes
  • Wi-fi
  • Estacionamento: Valet na porta


Favorito
Como chegar
Reportar problema
Sou dono
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Baixe o app
  • Lugares parecidos
  • Cadastro
              
Baixe o app grátis

http://br.kekanto.com/como-chegar/ofner-5
Notas específicas:
Ambiente
(33)
Comida
(32)
Atendimento
(32)
Custo-benefício
(32)
Bebida
(18)
Dicas
A loja fica aberta 24 horas
Simone C.
Camafeu é sempre o meu eleito.
Malu M.
Nas noites frias peça o ótimo chocolate quente, simplesmente delicioso
Soraia M.
Bom para tomar um café a qualquer hora!
Ana C.
Experimente qualquer coisa, menos a coxinha!
Luciana R.
Ver mais
Opiniões
A segunda parada do coxinha Tour Edição Zona Oeste foi aqui. E antes mesmo de chegarmos, já havia sido revelado este destino surpresa. Fiquei animadíssima, afinal desde a primeira edição do coxinha tour que participei, há uns 7 meses, uma amiga sempre falava que eu precisava experimentar a coxinha da Ofner, para saber o que é bom.
Acredito que a animação foi geral, pois a Ofner tem uma ótima fama.
Chegamos ao local e nos acomodamos em mesinhas e cadeiras de vime na varanda do restaurante. O ambiente interno da lanchonete também era bonito e bem iluminado.
Alguns minutos depois, as coxinhas estavam servidas e todos prontos para degustar seu quitute.
E lá vamos nós... Primeira mordida e... Que decepção!
A tão famosa coxinha, nem de longe chega a ser a melhor do bairro, quanto mais da cidade.
A massa era macia e leve, mas extremamente fina (um ponto super negativo, para quem gosta de massa grossa). A casquinha estava murcha, parecendo uma borracha, como se tivesse sido requentada no microondas, mas mesmo assim, estava sequinha e não deixou o guardanapo transparente.
O recheio era bom, saboroso, com frango triturado e salsinha. SÓ! Nenhum diferencial, nenhum toque especial, nada.
E para completar a decepção, estava fria.
O atendimento, apesar de não ter sido levado em consideração na minha nota, também não foi bom, pois não apareceu nenhuma garçonete para anotar pedidos de bebidas (e olha que era uma coisa extremamente necessária para conseguir empurrar aquele salgado) e as moças que ficaram no interior da loja, nos olhavam com ar de negação, como se fossemos crianças e estivéssemos fazendo bagunça.
Esperava mais (muito mais) da coxinha da Ofner.
E o valor também é completamente fora da realidade: 6,00 uma coxinha horrível, que não vale o preço.
Não recomendo!
Essa é uma das várias lojas de rua da Ofner, localizada na esquina da Pedroso de Moraes com a Rua dos Coropés, de frente para o Instituto Tomie Ohtake. É uma das unidades que possui atendimento 24 h, juntamente com as do Itaim (Av. Nove de Julho), de Moema (Av. Ibirapuera) e da Alameda Campinas. Possui um ambiente externo bem gostosinho, com algumas plantas e mesinhas – sendo que o número de mesas extrapola um pouquinho a capacidade do ambiente e algumas cadeiras ficam beeem difíceis de entrar! rs!

O estabelecimento foi a segunda parada do V Coxinha Tour. Infelizmente não conseguimos comer uma coxinha inteira cada, o que prejudicou a minha avaliação (afinal, tem coisa mais gostosa que comer aquele biquinho de uma vez só? hehe).

Sempre me disseram que a coxinha da Ofner era muito boa, então acho que fui com as expectativas altas demais. Mesmo assim, é impossível dizer que a coxinha é ruim: tanto a massa quanto o recheio são muito bem temperados, e ela não é oleosa. Ajuda ainda na apresentação do recheio a utilização de algum tempero verdinho, que dá uma “alegrada” na coxinha! Os únicos pontos baixos foram a total falta de crocância e o formato meio tortinho.

Minha nota para a coxinha foi 8, mas se fosse levar em conta o fator custo X benefício, com certeza a nota cairia: afinal, são R$ 6 para uma coxinha que não enche estômago.

Além do salgado, não pude avaliar mais nenhum fator, já que os atendentes nem levaram as coxinhas até as nossas mesas =/

O local é com certeza uma boa opção para um cafezinho ou para comer uma besteirinha após o teatro (já que há um teatro dentro do Instituto Tomie Ohtake), mas eu não o indicaria como uma boa opção de coxinha! ;)
Mais conhecida pelo doces, a segunda parada do 5. Coxinha Tour foi na Ofner! ;) O estabelecimento é bem bonito e espaçoso. Na parte interna é bem iluminado, mas possui uma varanda na frente do estabelecimento que estava pouco iluminada. Digo isso porque nos sentamos nas mesas da varanda e precisei acionar o flash em algumas fotos.

Assim como no primeiro estabelecimento, as coxinhas chegaram rapidamente às mesas, mas não havia quantidade suficiente para todos, então tivemos que dividi-las. A atendente prontamente nos trouxe garfo e faca para dividirmos. O formato era de coxinha mesmo! rs Arredondado de um lado e com biquinho do outro. Estava com uma cara boa! :) A casquinha era levemente crocante, estava mais para macia, o frango estava bem temperado. O problema é que a massa era difícil de engolir, se enroscava na garganta!

A coxinha custa R$ 6,00 e é de tamanho pequeno. Vê-se claramente que o luxo da marca está incluído no preço da coxinha. O salgado servido não vale o preço, melhor comer coxinha em outro lugar. A classificaria em terceiro lugar no ranking do 5. Coxinha Tour.
Participando do Coxinha Tour Zona Oeste, nossa segunda parada foi essa unidade da Ofner que é uma das minhas preferidas, está localizada bem na frente do prédio do Instituto Tomie Ohtake, além do salão interno possui uma gostosa e ampla varanda com vista para a Avenida Pedroso de Morais.
Rapidamente foram servidas as coxinhas, mas infelizmente cada dupla teve que dividir uma coxinha, mas isso não tira o mérito da mesma, que apesar de não estar quente é uma coxinha de tamanho médio, feita com catupiry na massa, recheio farto e bem temperado. Gostei porque a mesma não é oleosa, não é do tipo de coxinha de casquinha crocante, ela é toda "molinha", derrete na boca. Seu preço é um pouco salgado R$ 6,00 para uma iguaria tão simples, neste caso se paga também a marca, mas vale a pena, principalmente aos finais de semana dar uma paradinha lá e degustar a excelente coxinha e demais quitutes do estabelecimento que são muito bons.
Dando uma resumida bem rápida, a coxinha que experimentamos, não condiz com o peso que o nome Ofner tem no mercado, na minha opinião ficou muito a desejar, quando fiquei sabendo que o 2º estabelecimento era a Ofner, fiquei super empolgado mesmo, pois conheço a coxinha, mas a que vem no palito (ótima esta), mas sabia que seria uma mais básica, só que por já conhecer um outro tipo, achei que seria bem gostosa também, mas ela é bem básica mesmo, tem um tamanho médio, um tempero gostoso, frango bem desfiadinho, a massa bem feita, mas o defeito que encontrei, é que o recheio parecia ter passado um pouco do ponto sabe, ficou meio seca, e isso acabou influenciando na nota que dei, resumindo, há outros produtos da Ofner que serão muito mais apreciados do que a coxinha.
Muito barulho para muita normalidade. Sim a coxinha era boa, mas nada que você não encontre em qualquer padaria e pagar R$ 6,00 por uma coxinha média com nenhum diferencial master especial eu não pago.
A coxinha, estava bem temperada, a massa chegava estar até meio amarelinha, o frango meio desfiado meio quebrado mas bem soltinho e com uma cor bonita. Mas não estava crocante, parecia até que tinha sido esquentada no microondas, quanto a aparência "modéstia a parte" a minha fica mais bonita, rs e foi servida ali direto no prato sem nenhum guardanapo ou alguma decoração para dar um toque especial..
O local é aconchegante e sofisticado, com certeza voltaria outras vezes, mas apenas para tomar um café e comer um pedaço de bolo, nada de coxinhas!
Nossa segunda parada do 5º e último coxinha Tour foi nesta Ofner. A loja é bem legal, espaçosa e com bastante mesinhas do lado de fora e de dentro.
Quanto às coxinhas, eu já havia ouvido falar muito delas e já estava com grande expectativa o que talvez tenha gerado uma maior decepção.
O pessoal do coxinha tour se acomodou nas mesinhas do lado de fora e prontamente nos foram servidas as coxinhas, porém não havia coxinha para todo mundo, sendo necessário dividir entre as duplas.
A Coxinha não é muito grande e possui o preço mais alto dos três estabelecimentos visitados: R$6,00. A aparência não estava crocante, além de estar oleosa e molenga, dando a impressão que foi esquentada no micro-ondas. A massa da coxinha é fina, e o recheio é pouco temperado, mas gostoso. Esperava mais de uma coxinha que ouvia tanta propagando.

via iPhone

Esta foi a segunda parada do Coxinha Tour.
Como todas as lojas da Ofner, um local bonito, agradável, ótimo para tomar um café lendo algo ou conversando.
Sobre a coxinha, muito saborosa, não tenho contras sobre o tempero, mas porém, como a primeira não tinha aquela casquinha crocante tão esperada por mim rsrs e estava meio fria (de morna para fria). O fato é que o valor é um pouco salgado R$ 6,00 e o atendimento deixa um a desejar (não levaram nem catchup nas mesas), ou seja não acretido ser um bom custo benefício a não ser que você procure um local um pouco mais sofisticado para comer coxinha.
Gosto dessa loja da rede por estar mais perto da minha casa e pela sua área externa muito gostosa, tem uma boa variedade de itens, mas nem sempre tem alguns doces que estão em outras lojas da rede, o atendimento não é muito atencioso, as vezes vc está lá a algum tempo no balcão e não aparece ninguém pra te atender, os manobristas são bastante atenciosos e rápidos, mas acho que o estacionamento deveria ser cortesia, pois muitas vezes seu carro fica apenas parado na rua na frente do pequeno estacionamento que lota no im de tarde,
Eu particularmente sou fã dos doces da Ofner. E o melhor é quando pode comê-los a qualquer hora, o que é o caso dessa unidade que é 24h. Um lugar bem gostoso para dar uma relaxada, passar um tempinho de boa, apreciando doces e tomando um belo café. Tem uma varanda com mesinhas, dá para apreciar a rua.
Além dos doces, tem cafés, sorvetes e salgados.
E pelo salgados, mas especificamente, pela coxinha, que fomos lá no V Coxinha Tour Zona Oeste. Já havia experimentado essa a coxinha da Ofner, mas não dessa unidade, foi na da Cardoso de Almeida, achei a coxinha da Cardoso melhor do que essa daí.
A coxinha veio morna, estava meio oleosa. A massa não tinha a crosta crocante, mas pelo menos não grudava no dente. Gosto particularmente do recheio deles, pois acho bem molhadinho. Eu prefiro assim, do que o recheio mais seco.
O preço da coxinha é bem salgado pelo que a coxinha é: R$ 6,00.
Recomendo a Ofner, mas com certeza, não pela coxinha, mas pelos doces, são MA-RA-VI-LHO-SOS!
De final de semana o estabelecimento possui valet.
Segunda parada do Coxinha tour V (The Last Edition) e saímos direto do pequenino Stilus burguer para a gigante Ofner, se fôssemos fazer uma metáfora geográfica seria como sair da charmosa ilha de Cuba direto para o Poderoso EUA! Ok, chegamos, nos instalamos e lá vieram "las coxitas" , cá entre nós não vieram muito quentinhas, estavam menos oleosas do que as primeiras, mas é compreensível, já que a Ofner, sendo a Ofner não tem, creio eu, pretensões de oferecer uma coxinha com dna botequeiro, mas algo mais gourmet. Pois elas vieram mais franzinas no tamanho e mais robustas no preço do que as da primeira parada, mas estavam como já disse, menos oleosas, estavam com um sabor gostoso, massa e recheio bem temperadinhos e gostosos, a massa também era na linha molinha, nada de crocância. Resumindo: na Ofner a coxinha é gostosa na massa e no recheio, não é crocante é bem macia, o tamanho é médio, o ambiente é bastante confortável e bonito (e você paga por isso) porque a coxinha lá sai pela "bagatela" de R$ 6,00, faz parte do mundo dos negócios, a beleza do ambiente é valor agregado e isso é normal, para quem quer degustar uma coxinha sem pressa, batendo um papo, "numas" de petiscar algo e dar uma relaxada, é uma boa opção.
Participei do Coxinha Tour do Kekanto ontem e essa foi a segunda loja que visitamos para avaliação da qualidade da coxinha. Por conhecer o padrão de qualidade Ofner, confesso que fiquei um tanto quanto decepcionada com a coxinha que nos serviram. Primeiro, achei que uma loja desse porte pudesse oferecer uma coxinha para cada avaliador e não metade como nos foi oferecido. A coxinha não tinha aparência convidativa, isto é, não tinha a fundamental crocância externa, não estava muito quente e estava ligeiramente gordurosa. A massa e o recheio tinham boa qualidade. Ficamos na área externa, local limpo e agradável. A loja é muito bonita, possui linda vitrine de produtos, é bem iluminada e está num local privilegiado de Pinheiros. O preço da unidade é de R$ 6,00, valor que não justifica a qualidade.
Diria que a Ofner ganha você pelos olhos. Se olhar a vitrine de salgados, e principalmente dos doces (vide fotos), vai enlouquecer. Tudo muito lindo, colorido, bem feito, bem tudo...se não fosse o precinho (acima da média) e, principalmente, o sabor. É que o negócio é tão bem feito que parece tão bom quanto, mas é...normal.

De salgado, eu pedi uma coxinha porque fizeram a maior propaganda, que era excelente, famosa, blablablá. Tsc, tsc tsc... Achei normal, apenas. Depois experimentei quiche. Diria o mesmo. Os doces são melhores, mas não tão bons quanto o próprio visual.

O atendimento foi super cordial, mas os pedidos demoraram um cadinho. Eu curti mesmoo ambiente: bem iluminado, com um deck externo, aconchegante, lindinho. É 24h, então realmente te salva em qualquer momento de gula súbita.

Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 48

Nota geral Você conhece o Ofner? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)