Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do O Gato que Ri?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
O Gato que Ri

O Gato que Ri

Largo do Arouche - 41
República - São Paulo , SP - 01219-011

Telefone: 11 3331-0089 / 3221-2577 / 3221-2699

Almoço, Jantar, Massas, Pizzas 


Preço por pessoa:

$$$ (De R$51 até R$100)

Categoria:
Restaurante Italiano
Ranking: #12 de 386
Site oficial:
ogatoqueri.com.br
Formas de pagamento:
Crédito:
Débito:
Outras formas:
Horário de funcionamento:
Seg. a Qui.: 11h às 0h
Sex. e Sab.: 11h às 1h
Dom.: 11h às 0h
Primeira opinião por:
Sheila A.
Detalhes:
Acesso para deficientes
Ar condicionado
Aceita reservas
Inaugurado em 1951
Proibido fumar
Couvert: R$ 8,00
Menu executivo
Música
Faz entregas
Estacionamento
Metrô/trem próximo: República (396 m)

Quer receber ofertas do O Gato que Ri?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas específicas:
Ambiente
(25)
Comida
(24)
Atendimento
(25)
Bebida
(23)
Custo-benefício
(25)
Mostrar:
Dicas  (23)
Martin
Excelente opção no centro da cidade.
Martin
Classificar por:
Opiniões   (49)
 
Uns dizem que é restaurante brasileiro, mas a classificação é italiano, fabrica massas caseiras, servem pizzas, mas tem pratos brasileiros e paulistas para servir seus clientes.
Um clássico da gastronomia paulista, que teve seus momentos de glória por ocasião da sua inauguração em 1951, esse sexagenário estabelecimento ainda tem fôlego, e já participa do restaurante Week para diversificar sua clientela, porque ainda hoje, tem famílias que passam para matar saudades da época de ouro do centro da cidade.
A feijoada é oferecida duas vezes na semana, as quartas e sábados, e dia 29 o tão afamado nhoque da fortuna, para aqueles que residem próximos ao centro da cidade, existe o delivery,
Faz algum tempo que lá estive pela última vez, e os preços não podemos dizer que são acessíveis, mas as porções são bem servidas
Dica: Excelente opção no centro da cidade.
Bom para: Experiências gastronômicas, Cerveja, Vinho, Casais, Famílias, Ir com amigos, Ir sozinho, Almoçar, Happy hour, Jantar
 
Você já participou do Restaurant Week (RW)? Até pouco tempo atrás eu achava que todo mundo sabia o que era o RW, mas ultimamente quando eu falo sobre o evento, eu percebo que muita gente nunca ouviu falar a respeito. Resumidamente, o RW é a chance de conhecer um puta restaurante com direito a entrada, prato principal e sobremesa por um preço fixo. Almoço: R$ 34,90 / Jantar: R$ 47,90 (Valores de MARÇO/2013)

O evento acontece semestralmente e esse ano escolhemos 2 Restaurantes para conhecer / comer. Essa escolha (O GATO QUE RI) foi bem especial, pois se trata de um belo restaurante italiano em um dos lugares mais tradicionais de São Paulo, o Largo do Arouche.

Começamos com um Mix Especial - Folhas verdes com mussarela de búfala e tomate temperado sobre massa crocante ao molho de mostarda Dijon. Light??? Sim, mas em grande quantidade...

Ainda de entrada, um apresentável Creme de espinafre com queijo gorgonzola e crisps de mandioquinha... hummmm Quentinho e saboroso...

Não há grande variedade de cervejas na casa, mas achamos essa gelaaaaaada Therezópolis dando sopa no cardápio. Apesar da chuvinha que caia em SP nesse dia, a cerveja estava na temperatura certa...

Prato Principal: Paillard de Filé Mignon à milanesa recheado com tomate seco e mussarela acompanhado de talharim verde na manteiga de ervas - DIVINO!!! Nota 10

Prato Principal: Saint Peter grelhado ao molho de açafrão acompanhado de arroz de camarão com castanha de cajú - MUITO BOM - Nota 9,7

Sobremesa: Torta mesclada gelada: mousse de chocolate com creme e cobertura de cacau em pó - Nota 6 - Preferimos as tortas artesanais do tipo da mamãe.

Pudim de leite condensado - Levemente com gostinho de queimado - Nota 6

O GATO QUE RI é um restaurante grande com um estilo "CANTINÃO REQUINTADO". Tudo ali parece ser feito com muito cuidado, além disso o público da casa é "maiores de 40", ou seja, exigente. Tem estacionamento ao lado e a dica é não pare na rua, principalmente depois das 18h. Gostamos dessa experiência gastronômica e recomendamos aos que curtem bons e tradicionais restaurantes.

Data da Visita: 17/03/2013

Simulação de gastos para 2 Pessoas:
R$ 13,00 (Cerveja Therezópolis)
R$ 7,00 (Suco de Laranja)
R$ 69,80 (Pratos do Menu Restaurant Week x 2 = R$ 34,90)
R$ 10,98 (11%)
TOTAL R$ 100,78

Tira Gosto: 10,0 (PRATOS PRINCIPAIS)
Atendimento: 10,0
Temperatura da Bebida: 10,0
Higiene do Local: 9,0
Dica: Não estacione o carro na rua
Bom para: Casais, Famílias, Almoçar
 
Restaurante antigão (abriu em 1951) no Largo do Arouche. O cardápio atira para todos os lados, mas o mais seguro é apostar nos clássicos brasileiros. É um bom lugar, por exemplo, para experimentar um virado à paulista. Couve e principalmente tutu de feijão perfeitos, filé de porco e linguiça de primeira, ovo no ponto e torresmos bem crocantes. A feijoada também tem seus fãs, mas para mim perde na comparação com o Star City, outro antigão a algumas quadras dali. Serviço atento e simpático.
Dica: Virado à paulista
Augusto Gomes:
Eu já classificaria como brasileiro, porque lá sempre como feijoada, virado à paulista ou picanha com arroz biro biro. Tenho que experimentar as massas um dia :)
Conteúdo inválido
 
Que nome diferente!!! Quero conhecer! =D

Almoço de domingo, 14h30, e o restaurante estava LOTADO, com fila de espera e tudo mais. Ficamos ali tomando uma batida de suco com pinga e sei lá mais o que e comendo umas torradinhas enquanto esperávamos. Foi bem rápido.

O restaurante é simples, mas bem bonitinho. Paredes laranja, panelas de cor cobre penduradas são parte da decoração e, claro, o gato que ri! O banheiro é razoável e o atendimento foi excelente. Haviam me recomendado a lasanha a bolonhesa com massa verde, mas quando vi o cardápio acabei pedindo risoto quatro queijos com filé. Gostoso e muito bem servido! Preço razoável.
Bom para: Casais, Famílias, Ir com amigos, Jantar, Almoçar
 
Terminando minhas andanças pelo centro velho da cidade, finalmente é chagada a hora de reabastecer (comer) e quando percebi que estava na região da Santa Cecília, rapidamente me lembrei deste restaurante que há anos queria conhecer, sempre me perguntei porque o gato que ri, será que servem carne de gato, ah não esta prática não é muito aclamada aqui em nosso país, então porque raios alguém colocaria este nome num restaurante, fui então conferir. Ao chegar ao local, primeiro que quase não me aguentei, não sei o porquê, mas quem riu fui eu daquela foto de um gatinho na entrada, acho que era fome ou o forte sol que tinha feito mal à cuca, kkkk, logo que adentrei me espantei com o tamanho do salão e logo me acomodei para escolher o que comeria, enquanto pensava decidi pedi o Couvert, veio Pão italiano, torrada de alho, manteiga e patê, achei bem bacana e ótimo para forrar o estomâgo, vi que aos sábados servem buffet de feijoada, mas estava muito calor para encarar a iguaria, queria algo mais leve (não confundam com light,
kkk pois a fome que estava tinha que ser algo para "encher o bucho" mesmo), optei pelo Galeto Desossado com arroz à grega e purê de batatas e para acompanhar pedi uma guarnição (brócolis ao alho e óleo), a comida estava muito boa, como diria minha avó: "É de comer rezando meu filho", mas ainda havia um buraco no meu estomâgo e cabia mais alguma coisinha, me decidi por uma salada, pois não queria ser apontado no resturante como o comilão, pedi uma salada que se chama Brasil ( folhas, palmito, tomate-cereja, cenoura ralada e molho rosé), pronto agora sim estava satisfeito, para digerir toda esta comida contei com a ajuda de umas taças de um vinho Malbec argentino, se não me engano, fabricado em Mendonza, muito bom.
Vi que eles vendem massas prontas e molhos também, achei bem bacana esse detalhe
Dica: Salada Brasil e Galeto Desossado
Bom para: Ir com amigos, Almoçar, Vinho
Erika Rocha:
Nossa o edgard falando lembrei dos meus pais que iam na juventude e depois quando eramos criança (eu e minha irmã)...tempo ir passear no centro e comer uma bela comida e hoje virou um point de classe media alta...qdo falo que é antigo alguns nem sabem.
Conteúdo inválido
 
Restaurante bastante tradicional da Região, muito indicado, com um público misto porém não chega a ser popular.

Eu estava buscando restaurantes diferenciados na região da República, para receber o Vice-Presidente da empresa. Achei bastante interessante as opções de mesas que acomodam mais de 8 pessoas, em especial um mesa redonda, que proporciona mais harmonia na mesa. O ambiente é bastante agradável, muito aconchegante e acolhedor. O cardápio é a la Cartee bastante variado, com opções que vão de 25,00 a 60,00 aproximadamente. O site tem ótimas fotos, e considero essencial a visita pelo alto valor de cultura e tradição.

Distância: menos de 350 metros do Metro República.
 
O GATO (fofo) QUE RI!

Eu A-M-O gatos! Mesmo. Acho este animaizinhos lindos, fofos, inteligentes e com personalidade. Sei que muita gente deve estar me odiando neste momento, por não gostar de gatos. Mas, não se preocupem, não vai ser nenhum post sobre gatinhos nem pet shops!

Decidi dar umas bandas por São Paulo e voltar a uma pizzaria que gostei muito, quando vim para cá no ano passado. Tenho que concordar que realmente as melhores pizzas são feitas em Sampa. E eu pude comprovar tal fato conhecendo uma única pizzaria. Óbvio que esta pizzaria eu já amei de cara: chama-se “O Gato que Ri”, localizada no Largo do Arouche.

A decoração do local é repleta por bibelôs de gatos e, de cara, vemos um grande quadro ao fundo do restaurante, com um gatinho sorridente. Tem até grife própria com camisetas, toalhas, canecas, entre outros. Eu até quis comprar alguma coisa mas, apesar de amar gatos, gastar R$ 17 em uma caneca com um gatinho simpático não era meu objetivo. Além dos gatos e tudo mais, a decoração do local é cheia de quadros com fotos saudosas da São Paulo de antigamente.

Os garçons são muito atenciosos. Em especial, um nordestino sorridente que nos atendeu com prontidão. E vamos à pizza! Pedimos Quatro Estações (com manjericão, tomante, mussarela e calabresa moída) e Dom Barrios (lombo, catupiry, mussarela e escarola). Durante os menos de 15 minutos que a pizza levou para ficar pronta, nos fartamos de pãezinhos servidos como couvert. O ruim foi perceber que tivemos de pagar R$ 9 por este serviço pois, ao nos oferecerem, parecia que era cortesia do restaurante. Fique p... da vida ao ver a conta.

Mas, tudo bem, vamos retornar à pizza. Simplesmente MARAVILHOSA. Com uma massa sequinha, farta em cobertura e queijo super cremoso. No entanto, fiquei mais p... da vida ainda - comigo mesma, desta vez! - por ter me fartado com aqueles pães malditos e ter deixado pouco “espaço” para a pizza.

No entanto, o local não é dos mais baratos. A pizza grande, com 8 pedaços, custou R$ 45. E você só tem a opção de escolher pequena (4 pedaços) ou grande. Como os ditos pãezinhos ocuparam parte de nosso estômago, o negócio foi levar o restante para “viagem”. Mas, saí felizona de lá ao pensar que seria meu café da manhã.

Pensar, não é? Pois, ao sairmos do restaurante, fomos parados por um rapaz que queria cigarro. Meu namorado apenas disse: “este é meu último cigarro, mas, você quer pizza?”. No momento, achei uma atitude digna, afinal, iríamos dar comida a alguém que parecia estar faminto. Ao entregar a pizza, ele agradeceu, mas acrescentou: “eu também quero cigarro”. Ah, não pode ser! Ele ficou com a pizza, porém que se dane a fome!, o negócio mesmo era fumar. Fiquei mais p...da vida ao saber que meu namorado tinha o dito cigarro, mas não quis dar. Ok, sem café-da-manhã. Vou ter que voltar lá de novo para me fartar de pizza – e, desta vez, sem pãezinhos!
Dica: Não se farte de pãezinhos!
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Jantar, Almoçar, Comer muito, Reuniões de negócios
 
O gato ri, mas e o cliente? Veremos!

Dei uma passadinha para jantar na casa tradicional no Arouche pela culinária italiana. A fachada bem bonita em nada lembra o interior da casa que apesar de grande é bem caído e nada bonito, bem simples, não é feio, mas esperava mais do que aquelas arquinhos nas paredes e as mesas de cantina.

O atendimento é impecável e extremamente atencioso. O cardápio é variado e contempla de pizzas à massas.

Na minha visita pedi uma pizza meia pepperoni, meia rúcula, ambas muito, muito boas. Molho no ponto, massa perfeita, queijo bom, tempero na medida, mas bem cara (50$ uma pizza de 4 fatias, a de 8 custa uns 60$).

As bebidas, sucos e cervejas estavam boas, mas achei que o preço/ambiente/localização, não condizem com algo que consigo em outras cantinas e pizzarias por um preço bem mais condizente com a proposta atual da casa.
Dica: pizza
Bom para: Ir com amigos, Casais, Famílias, Jantar, Almoçar, Cerveja, Reuniões de negócios, Realizar eventos pessoais
 
Bem, a comida é realmente excelente, mas creio que eles mantêm um preço muito acima da média para "filtrar" o público já que se trata de uma cantina muito tradicional, e certamente eles têm um público muito fiel e cativo. Logo, não há necessidade de prender novos clientes. O atendimento também é muito atencioso e educado. Mas eu particularmente prefiro restaurantes em que o preço seja justo.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Almoçar, Happy hour, Vinho, Cerveja, Drinques, Reuniões de negócios, Experiências gastronômicas
 
Esse sábado fui no Gato que Ri, nunca tinha ido de sábado, e não sabia que eles tinham feijoada, foi uma surpresa boa. Tinha uma fila de espera de uns 10 minutos, mas enquanto isso podíamos ficar tomando caldinho de feijão que por sinal estava uma delicia. Bom pra quem não sabe o Gato que Ri é um restaurante Italiano bem tradicional aqui de Sao Paulo, por isso a maioria das vezes que fui la eu comi massa, todos os pratos que já provei estavam deliciosos, o esquema deles é a La Carte, mas o cardápio é bem variado. Mas na verdade, esse sábado nós fomos aproveitar a ultima semana do Restaurant week, meu marido e cunhada não resistiram, acabaram indo de feijoada, estava 47 por pessoa, um precinho camarada, eu sempre gulosa experimentei um pouquinho do prato deles, também pra poder contar pra vocês, a feijoada é no sistema de buffet você se serve à vontade, eles têm de tudo, banana, couve, bisteca e todas as carnes de porco cozidas em panelas diferentes, vale a pena conhecer. Eu e meu cunhado acabamos indo nas opções do Restaurante Week, que ficava por 37,90, comemos uma salada com raspas de coco, nozes e mostarda, um contra filet bem macio, com purê de batata e tomate assado, e de sobremesa também incluso fomos no pudim. Tivemos uma experiência super agradável, com certeza voltaremos mais vezes.
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Famílias, Jantar, Almoçar, Vinho, Relaxar, Experiências gastronômicas
 
Cantina super fofa no coração do Arouche. Frequentei o lugar em diferentes décadas e aparentemente nada muda..desde funcionários ao cardápio...tudo contínua igual...o que não é algo ruim pois a comida é de excelente qualidade e o atendimento impecável. Apesar dos altos preços nos pratos de massa eles são bem servidos e dá prá dividir com outra pessoa tranquilamente.
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Famílias, Ir sozinho, Jantar, Vinho, Cerveja, Drinques, Realizar eventos pessoais, Experiências gastronômicas, Ponto turístico
 
Conheci o restaurante por causa desta última edição do Restaurant Week. Era a única opção no Centro da cidade.

Por sorte gostei muito do cardápio que ofereceram no almoço. Escolhi experimentar de entrada o Mix de folhas com tomate seco, torradas de alho e lascas de parmesão ao molho vinagrete especial.

Como opção de prato principal, fiquei com o Polpetone recheado com mussarela de búfala acompanhado de Talharim ao sugo. O prato é muito bem servido e estava uma delícia!

De sobremesa, optei pela Torta Surprise de chocolate com castanha-do-Pará, coberta com sorvete e chocolate.

A comida estava excelente, principalmente o polpetone, que estava muito saboroso, e a torta de chocolate, que encerrou com chave de ouro meu almoço.

Dei uma bisbilhotada no site do restaurante e nenhum dos pratos acima estão disponíveis no cardápio, com exceção do talharim ao sugo, que é servido sem o polpetone.

O restaurante não aceitava reserva e estava extremamente cheio, mas tive muita sorte e em pouco tempo consegui uma mesa. O atendimento, apesar da grande correria, não foi dos piores. Confesso qu e estava esperando algo muito pior.
Dica: O talharim ao sugo é muito bom.
Bom para: Ir com amigos, Almoçar
 
Das muitas vezes que fui não tenho nada a reclamar da parte de massas; spaghetti, lasanha... enfim... comida muito boa embora o preço seja bem alto. Pizzas também muito boas, mas já conheci lugares tão bons quanto, e mais baratos também.
O atendimento excelente, nada a reclamar, sempre fui tratado com educação, profissionalismo e até com um pouco de bom humor.
O único problema é que, já me aconteceu mais de uma vez (isso faz um ano mais ou menos, depois nunca mais ocorreu... especialmente quando já havia bebido um vinho ou outra bebida alcóolica), era cobrado um cover a mais sem ter consumido ou água a mais.
Mas quando questionava com o maître ele corrigia o valor sem qualquer problema.
Enfim, vale a pena ir de vez em quando. Recomendo.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Ir sozinho, Jantar, Vinho, Cerveja, Reuniões de negócios, Relaxar, Experiências gastronômicas
 
Ótimo lugar para apreciar uma massa.
O serviço é padrão e os preços não são baixos, mas também, nada alarmante para o lugar. Experimentei risoto, lasanha e caneloni. Caaaaaalma, não pedi tudo isso não... É que sai beliscando do prato dos amigos! ;)
Não lembro mais dos preços com certeza, mas acho que era em torno de R$ 30,00 o prato trivial.
A decoração é uma graça! E os amantes dos felinos se sentem em casa.
Bom para: Experiências gastronômicas, Reuniões de negócios, Realizar eventos pessoais, Vinho, Famílias, Ir com amigos, Ir sozinho, Ir com crianças, Casais, Jantar
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 49

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
27
Seus check-ins aqui
0