Nobre Espeto

Endereço: Rua Comendador Macedo, 566 , Centro - Curitiba , PR - Brasil

Telefone:

41 3019-11...

Clique para ver
Categoria:

Churrascarias

  | Rank: 10º de 138
Preço por pessoa

Redes sociais
Nobre-Espeto

Bom para
Encontros românticos, Famílias

Primeira opinião
Sheila A.
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Detalhes
  • Aceita reservas
  • Proibido fumar
  • Wi-fi
  • Estacionamento


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/nobre-espeto
Notas específicas:
Ambiente
(13)
Comida
(13)
Atendimento
(13)
Bebida
(12)
Custo-benefício
(14)
Dicas
O atendimento é de terça a sábado, no almoço e jantar. Domingos e feriados, apenas no almoço.
Sheila A.
Peça a parte o carré de carneiro!
Alexandre B.
Se levar muita gente, acerte a quantidade com o maître
TiN™ D.
Carneiro
Thiago B.
Se preferir faça reserva. a alcatra é enorme!!!!
Flavia D.
Ver mais
Opiniões
A minha dica é o "carro chefe" que é um espeto com um corte único de maminha, mignon, alcatra e picanha, com acompanhamento polenta frita, salada, maionese, feijão, arroz e farofa por R$65,00 super em conta, local bem organizado e decorado e o atendimento e de se adimirar eu pelo menos gostei e voltarei muitas vezes.
Muito bom. Peguei a recomendação aqui pelo Kekanto e adorei. Fui com minha namorada e pedimos o que segundo eles é o "carro chefe" do restaurante, que é a alcatra no espeto. O sistema tem estilo de algunas churrascarias que fui no interior do estado, o espeto é deixado na mesa e a pessoa vai se servindo. Os acompanhamentos são a vontade e vem na mesa também, polenta frita, arroz branco e carreteiro, feijão, maionese, alface, tomate, agrião, cebola e cebola roxa. No espeto vem uma peça grande de carne contendo picanha, alcatra, mignon e maminha, muito bem temperado. O atendimento é excelente, chegamos lá cedo e estava bem vazio, a todo instante alguém ia na mesa perguntar se queria algo mais e se estava tudo certo. Gastei aproximadamente R$ 85,00 para nós dois com uma jarra de suco de laranja, e dois sorvetes, num sábado a noite.
Pela primeira vez que irei editar minha critica.Na anterior , eu tinha dado três estrelas, agora , depois de repetidas idas lá, minha opinião melhorou muito.E por incrível que pareça, eu dei nota total para o Nobre Espeto.
Para o que se propōe ele é a melhor de Curitiba. Ou seja, lugar tranquilo, espeto fixo( ao contrario do espeto corrido) e acompanhamentos quentinhos e constantemente restabelecidos.
Fica em um casarão com três ambientes.Os donos são antigos sócios da matriz da Churrascaria Zancanaro de Ponta Grossa.Agora eles não tem mais esta parceria e mudaram o nome, mas a qualidade se mantêm ou até esta melhor.A maioria dos atendentes são de Ponta Grossa e vem para Curitiba para manterem este restaurante.
Os donos são muito simpáticos, principalmente a dona que se chama Giovana. Ela além de se dividir com o esposo, filha no caixa também ajuda na cozinha e no atendimento nas mesas.
Indico o alcatrão, que vem em um grande peça, saborosas e com gostinho de carvão( quem gosta de churrasco, sabe da importância disto), e tem acompanhamentos incluidos e a vontade na reposição: arroz, feijão, deliciosa polenta frita, salada, cebola e farofa.
Eles tem um pequeno estacionamento no lugar.Aproveite o almoço ali e vá a pé conhecer o museu do Expedicionário que fica na próxima esquina.
Um almoco para três pessoas, sem bebidas, fica $80.
Já na entrada as colunas largas de pedras chamam a atenção, a mesa que reservamos fica a esquerda em um deck, lugar para 08 pessoas em uma mesa redonda de granito com um suporte menor também redondo ao centro, linda, o lugar parece que foi uma casa no passado onde agora tiraram as paredes divisórias e ficaram somente as colunas o que deu um ar charmoso de vários ambientes.

O único espeto fixo do Paraná segundo eles mesmos e eu acredito que seja em cada uma das mesas tem um suporte de granito onde se fixa o espeto inteiro e os clientes vão cortando seus próprios pedaços o espeto de alcatra serve 03 pessoas, os acompanhamentos, salada, maionese, arroz, polenta frita e farofa vem na mesa.

O atendimento é ótimo repõem os acompanhamentos a todo o momento e são bem atenciosos. Como estávamos em um grupo grande 08 pessoas, pedimos 02 espetos e bebidas o preço R$32,00/ pessoa.
Primeira opinião do lugar
FILHA DE GAÚCHO? GAUCHINHA (NÃO) É..

Eu posso dizer que sou filha de um gaúcho atípico. Meu pai nunca soube me fazer gostar de chimarrão e, pior, sempre queima qualquer churrasco que prepara em sua casa. É sério! Ele diz que detesta perder tempo com churrasqueira. Resumidamente: peguei um trauma tão grande de churrasco - e chimarrão, e música gaúcha e etc - que, quando era criança, não podia ouvir nada sobre cultura do Rio Grande do Sul e, aos domingos, não conseguia comer nem um pedacinho daquela “carne queimada”. Pode? - pode sim, lembre-se de que era queimada!

Gradativamente, meu apreço ao churrasco voltou ao “normal” e o trauma em relação à cultura gaúcha foi passando. Hoje, freqüento muitas churrascarias e uma, em especial, chamou a minha atenção: a Zancanaro. O ambiente lembrou aqueles almoços de domingo, com a carne no espeto e música gaúcha. Tudo que eu detestava. Com um detalhe importante: sem a presença da carne queimada, lógico.

A Churrascaria Zancanaro apresenta uma maneira bem diferente em atender: não existem aqueles inúmeros garçons oferecendo vários tipos de carne. Não sou contra rodízios, porém, me incomodava o fato de ser interrompida em uma conversa interessante.

O restaurante funciona através do espeto fixo: a carne vai à mesa em um espeto, fixado na pedra. A especialidade da casa é o corte de carne chamado “alcatra completo”: com o mignon, a picanha, o alcatra e a maminha, em uma única peça. Tornou-se um prato típico de Ponta Grossa, cidade do interior do Paraná e, em Curitiba, é uma exclusividade. E uma delícia! O valor para duas pessoas é R$ 46,90. Uma delícia maior ainda!

Sem contar os complementos: dois tipos de salada de cebola, alface, tomate, radite com bacon. Estão achando muito light? Então, vamos às “sustâncias”: feijão, arroz, arroz-carretero, pães, maionese e uma polentinha pra lá de crocante. Como sempre digo aqui, comi até rolar. Você pode pedir porções de outros tipos de carne, à parte, mas recomendo: só o espeto fixo já está de bom tamanho. Pude levar o que sobrou para casa e garantir o almoço do dia seguinte – é, minha gente, economia...

O atendimento? Nota dez. A comida chegou super rápido e os garçons eram muito atenciosos: volta e meia perguntavam se estava tudo bem e se era necessário aquecer a carne ou algum complemento.

Uma dica: peça ao gerente - a simpatia em pessoa! – para experimentar a cachaçinha do Tio Zanca. É de virar os olhos... De boa que é! Não, gente, não fiquei bêbada.O Tio Zanca é o avô do proprietário do restaurante e foi ele quem fundou a churrascaria em Ponta Grossa. Como tinha um alambique, o neto decidiu registrar a marca da cachaça.

Para completar: o ambiente. Um casarão com várias “salas”, porta-retratos com fotos antigas, detalhes em madeira e aquele ar de “estou em casa”! Sem um detalhe básico que me perseguiu durante toda a infância e adolescência: não era meu pai quem estava no comando da churrasqueira – ainda bem!
Boa opção para quem gosta de carne e não quer enfrentar a loucura de uma grande churrascaria.
Você tem algumas opções de peça de carne e o espeto é colocado na sua mesa, com a peça inteira, pra você mesmo cortar. Além disso, vem uma série de acompanhamentos (arroz, salada, polenta, etc) que podem ser respostos caso você deseje.
O preço é cobrado por peça+pessoa. No nosso exemplo: a carne era 49.90 para a duas pessoas + 12,90 por cada pessoa extra (no nosso caso +2 pessoas).
O restaurante fica em uma rua de fácil acesso e, se não me engano, tem estacionamento atrás (deixamos o carro na frente pois era final de semana). É uma casa grande, cheia de árvores em volta, fato que até me gerou dúvida se estava no lugar certo.
A carne estava exatamente como pedimos (no ponto) e os acompanhamentos estavam bons. A linguiça oferecida, que pedimos para experimentar, é boa mas não tem nada de especial.
Com certeza voltarei lá com alguem que não conheça essa forma de comer.
AH, detalhe importante.. o restaurante possui outro nome.. agora chama-se Nobre Espeto!
Para quem é de Ponta Grossa, não é novidade na maneira de servir a carne (o espeto fixo), onde o alcatrão é teu, só teu. Os garçons sempre perguntam se precisa dar uma esquentadinha.

Enquanto você espera, vem uma polentinha frita, e: salada de tomate, de rúcula com bacon, cebola roxa e cebola branca e de alface, maionese, farofa, risoto, feijão e arroz carreteiro, arroz branco e pãezinhos. A maionese... uhmm... delícia, bem caseira e fresquinha, o espeto tem, mas tem muita carne mesmo! E é mais do que suficiente para duas pessoas. A carne é temperada no ponto certo e é deliciosa, além de ser bem macia.
Depois do relato da Sheila elogiando tanto a churrascaria eu resolvi conhece-la... Foi uma boa surpresa.
Chegando lá fiquei preocupado, pois achei que os garçons se bateram um pouco para me atender e me conseguir uma mesa... tinham 4 batendo cabeças tentando me atender, mas nenhum conseguiu me achar uma mesa até que de repente as coisas se acertaram e eles decidiram quem ia me atender.
Na mesa ainda estava preocupado pois constatei que o chão estava bem engordurado e o plástico (de gosto duvidoso) que cobre as mesas também não estava muito limpo...
Mas a partir daí as coisas começaram a entrar nos trilhos... logo tiraram meu pedido e em alguns minutos tínhamos em nossa mesa as bebidas e um monte de comida, que incluia uma alcatra (pendurada no espeto), arroz (branco e carreteiro), farofa, cebola, maionese, tomate, cebola, polenta e feijão.
A partir daí não vi mais problemas... a comida ótima, o atendimento engrenou e até o dono esteve na nossa mesa para ver se tudo ía bem.
A comida servia muito bem três pessoas e o que faltasse, excluíndo a carne, poderia ser substituido.
Tudo é bastante simples, mas muito bem temperado e saboroso!
A conta ficou em 58 reais, sem sobremesas.
O ambiente é bastante aconchegante - antigamente ali foi um restaurante alemão ou suiço cujo nome estou tentando lembrar. O único senão fica por conta das toalhas que podiam ser de pano, mais agradáveis e mais limpas, ao piso que não pode ficar engordurado e aos pratos em que se serve a comida, era um de cada colônia... O cuidado com estes detalhes mostra capricho e atenção com o cliente.
Tem um estacionamento na rua lateral, mas nós paramos na rua, que é tranquila nos fins de semana.
Jordão, meu priomogênito, me ligou ontem convidando para um almoço no restaurante de Ponta Grossa, em plena cidade sorriso. Gostei -- Rua Comendador Macedo, 566 - Curitiba.

Alison e Edison --eta dupla de arrasar-- nos informaram que a sociedade transformou a Razão Social em Nobre Espeto... a qualidade é a mesma... o preço salgou um pouquinho, hehe...

Não é mais novidade a maneira de servir a carne, espeto fixo, onde o alcatrão é posto na mesa e você decide qual pedaço comer. Os garçons sempre perguntam se precisa dar uma esquentadinha.

Enquanto você espera, vem uma polentinha frita, e: salada de tomate, de rúcula com bacon, cebola roxa e cebola branca e de alface, maionese, farofa, risoto, feijão e arroz carreteiro, arroz branco e pãezinhos. A maionese... uhmm... delícia, bem caseira e fresquinha, o espeto tem, mas tem muita carne mesmo! E é mais do que suficiente para duas pessoas. A carne é temperada no ponto certo e é deliciosa, além de ser bem macia.
Já havia ido na Zancanaro em Ponta Grossa, ha tempos atras. Mas esses dias, em busca de uma churrascaria, acompanhado da De e Titi, e dos meus pais e irmãos, fomos conhecer a Zancanaro em Curitiba. Chegamos perto das 14:00 hs, num dia frio e chuvoso, mas adorei.
Não tinha muita gente, chegamos e já sentamos, próximo a churrasqueira, o que deixou o clima um pouco mais quentinho. O espeto fixo, é o carro chefe da casa, como estávamos em sete pessoas, já pedimos logo dois, para três pessoas. Os acompanhamentos são bons e em grande quantidade. Junto a duas porções de carre de carneiro, e linguiças, foi o suficiente para todo mundo sair satisfeito. O ambiente eu achei muito bom, o atendimento também, pois saímos de la quase 17:00 hs, e não nos mandaram embora. Tem estacionamento próprio. E pela quantidade de carne e a companhia, o preço não foi caro. As sobremesas deixam a desejar, sendo em potinhos prontos da Maria&Maria, uma empresa de sobremesas que vende em vários restaurantes.
Não resisti e fui almoçar pela segunda vez no domingo, só que desta vez eu e minha esposa levamos os meus sogros, pensei se ele não gostar desisto de levar ele almoçar comigo outra vez.
E lá veio aquele espeto enorme e rizoto, arroz, maionese, polenta frita, farofa, salada de tomate, salada de alface, rucula com bacon, salada de cebola e cebola com vinagre de vinho.
Fiz agentileza de cortar a carne para todos e claro tentei achar a parte mais mole para meus sogros mas acredite não precisou a carne estáva em todas as partes muito moles.
No fim a surpressa o meu sogro adorou e me perguntou quando eu ó levaria lá devolta, então resumindo por mais que pareça uma comida simples é muito saborosa bem temperada, é barato em 4 pessoas mais 4 refrigerantes só paguei R$88,90
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 20

Nota geral Você conhece o Nobre Espeto? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)