Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Museu do Ipiranga?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
Museu do Ipiranga

Museu do Ipiranga
Estabelecimento fechado

Parque da Independência
São Paulo , SP

O Museu Paulista da USP (Museu do Ipiranga) está fechado para visitas devido a problemas na sua estrutura. Não há previsão de reabertura. Mais informações no site oficial www.mp.usp.br 


Categoria:
Museu de História
Ranking: #5 de 6
Site oficial:
mp.usp.br
Horário de funcionamento:
Seg.: Fechado
Ter. a Dom.: 9h às 17h
Primeira opinião por:
Bruno Prazeres
Detalhes:
Acesso para deficientes
Animais permitidos
Ar condicionado
Proibido fumar
Área para fumantes
Local para comer
Visita monitorada
Estacionamento

Quer receber ofertas do Museu do Ipiranga?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas específicas:
Ambiente
(50)
Atendimento
(40)
Custo-benefício
(30)
Dicas  (37)
Mara Jo
Ir no primeiro domingo do mês porque a entrada é gratuita para todos
Mara J.
Aline de Camargo
Ideal para ir com familia, e amigos
Aline C.
Anderson Gelo
Passe o dia no parque, visite o museu, faça um pique-nique!!!
Anderson G.
Classificar por:
Opiniões   (95)
 
Tive a sorte de conhecer o Museu do Ipiranga pouco antes de fechar no dia 3 de agosto de 2013. Fui trolado pela atendente da recepção que me disse que podia tirar fotos sem flash. Mal comecei a dar meu primeiros clicks com o celular, veio alguns dos vigias do lugar me advertir que não era permitido. Caipirices à parte, relevei e nem quis entrar em discussão. Então, o lugar era amplo, daqueles que não se fazem mais nos dias de hoje... porém, a gente se sente meio perdido com algumas obras por não haver nenhuma explicação ao lado do objeto, nem um monitor qualificado que se disponha a ajudar.

Para quem curte pintura, o Museu do Ipiranga - que tem o nome oficial de Museu Paulista - é um achado de obras nacionais e algumas estrangeiras que retratam a realidade de um Brasil antigo naquele espaço inaugurado em 7 de setembro de 1895.

Pelo que entendi, aqui jamais foi moradia ou acomodação de qualquer pessoa representativa da nossa história. Pelo contrário. O lugar foi construído especialmente para o fim que conhecemos: para visitação a determinados acervos cujo primeiro foi uma coleção do Coronel Joaquim Sertório quando ainda era um Museu de História Natural.

O que mais me chamava a atenção era toda e qualquer alusão da evolução de São Paulo - mais capital do que o estado em si - de lugar pacato e agrário para uma poderosa metrópole de importância mundial. Emocionante até você conferir uma reprodução de como era São Paulo no século XVIII em maquete. Dá vontade de se transformar em miniatura só para circular por aquele tempo.

Outro fato que me chamou atenção foi perceber na parte relativa à construção do Museu: o que conhecemos hoje é apenas 2/3 do projeto original. Atrasos, falta de verba y otras coisitas más não permitiram a conclusão da obra. Até hoje. Ou seja: essa realidade que vemos hoje com as edificações e melhorias de infraestrutura para a Copa 2014 vem dos tempos do Arili Pistola (muito antes até do lançamento do primeiro guaraná em garrafa, que vinha com rolha!)

Vale a visita sim no dia de sabe-se lá Deus quando e que a USP execute as obras de melhorias do local o mais rápido possível. Pois trata-se da nossa história, nossa memória, nosso patrimônio. Não apenas dos paulistanos, mas de toda uma nação (toca o Hino Nacional).
Bom para: Casais, Famílias, Ir com amigos, Ir sozinho, Ir com crianças, Ponto turístico
 
Um museu muito bonito em São Paulo. Ele é gigante, e você consegue passar o dia inteiro ali tranquilamente.
O ingresso custa R$ 6,00. Dá pra tirar MUITAAS fotos no jardim, que é maravilhoso. Vale a pena uma visita ;)
 
Passeio muito legal para fazer com a Família, principalmente com as crianças, ver e sentir um pouco de História de nosso País, o Museu é bem bacana, com uma arquitetura difícil de se ver nos dias atuais trás muitas relíquias em seu interior, surpresas e memorias aos mais velhos, possui um jardim muito bonito em frente , não deixe de visitar a cripta onde esta´depositado o corpo de D. Pedro, muito legal.
Dica: Para quem gosta de andar se Skate, não deixe de levar o seu, pois a galera bota para agitar no espaço reservado.
 
Acho que fui duas vezes neste museu e estava planejando uma nova visita pouco antes de anunciarem, com urgência, o seu fechamento para realização de obras, no último mês de Agosto.
Um museu suntuoso, com uma arquitetura maravilhosa, jardins lindos e um acervo considerável, principalmente com muitas peças relacionadas a Independência do nosso país e também ressaltando a importância de SP na história do Brasil.
Uma das coisas que sempre me impressionou nesse museu era sua escadaria principal e o enorme quadro retratando a Independência do Brasil, intitulado Independência ou Morte, do artista Pedro Américo.
Uma pena saber que nem tão cedo será possível uma nova visita ao local, pois se estiver correta a informação que li num jornal, a previsão de reabertura é no ano de 2044 !!! (Pasmem!!!)
 
simbolo historico da cidades e com objetos rarissimos, sempre presente nas excursões chatas da escola, vale a pena ir pra aprender um pouco de historia e se divertir com os amigos, em casais e em familia tb é mto bom, tem um parque otimo na frente, passeio pra durar o dia todo.
Dica: em familia, casais ou com a escola
 
O Museu Paulista da universidade de São Paulo é uma joia que tem de ser visitado porque preserva a memória deste estado glorioso, que se fosse um país, certamente seria de primeiro mundo, mas de qualquer forma, ele alavanca o progresso de toda a nação.
Este ano ele completa 120 anos de sua fundação e 50 anos de incorporação a USP e terá sua fachada restaurada ao custo inicial de R$722 mil, só Deus sabe quanto será o total.
Nos dias atuais, o Museu Paulista possui um acervo de 125 mil peças, entre objetos, iconografia e documentação, que iluminam períodos da História do Brasil do século XVII até meados do século XX, centralizadas na História de São Paulo. A biblioteca tem mais de 100 mil volumes e o Centro de Documentação Histórica, 40 mil manuscritos.
Um dos principais objetivos do museu é mostrar aos visitantes a participação do povo paulista na História do Brasil.
Bom para: Famílias, Ir com amigos, Ir sozinho, Ir com crianças, Casais, Ponto turístico
 
O jardim dele vai além de perfeição e o prédio então, dispensa comentários!!! Deve ser um dos atrativos turísticos mais lindos da cidade - todo mundo tem que conhecer! Chega a impressionar de tão belo.

Quanto ao museu, à visitação - chegamos e após passarmos a catraca avistamos uma placa que dizia: "visita monitorada horários: XXXXX", por coincidência faltavam menos de cinco minutos para o próximo horário... aí é claro que na hora resolvemos esperar e para nossa surpresa só nós nos atentamos a isso. Conclusão: a menina veio e saímos nós três ( Luís Gustavo, a educadora e eu) andando pelo Museu.

A visita guiada é interessante: as meninas estão treinadas para dar instruções num modelo novo da educação, que é ao invés de despejar as informações prontas aos aprendizes,consiste em instigar fazendo perguntas e ensinando a partir do que já sabemos. Ok, a ideia é ótima.. mas quando se está com pressa, acaba não sendo tão bom, porque tudo a menina pergunta: O que você acha, o que você vê.. e assim vai.

Claro que eu concordo: errado somos nós de ir a um museu com pressa ( rsss), mas na verdade o jardim do museu é tão grande, mas tão grande e já havíamos andando por tudo e estávamos exaustos quando entramos :(

Mas vamos lá, voltando a visita guiada: a educadora nos acompanhou num pequeno trecho: a explicação começa ali embaixo com alguns quadros e estátuas dos bandeirantes, depois passamos pela escada onde descobri que cada vidro daqueles com água, na verdade é uma amostra da água de vários rios do Brasil ( Uia!!!!) e ai passamos para uma sala com um quadro enorme da Independência do Brasil e aí a visita guiada acaba ali - o restante você faz sozinho.

E só para enfatizar: o museu é grande! A visita acaba sendo demorada, mas muito bacana.

No final descemos e paramos para assistir o vídeo que tem disponível no andar térreo do museu e para surpresa tudo que foi falado no vídeo, é exatamente o que a educadora nos passou, ou seja - se a visita monitorada não estiver disponível naquele dia ou naquele horário, a dica é assistir os vídeos!

Uma coisa que batem muito na tecla é a questão que o Museu trata da história contada do ponto de vista de uma pessoa e que a mesma situação poderia ser contada de outra maneira por outro autor e também que muitas coisas ali são obras que podem não representar certinho a realidade... achei que eles pegam até muito pesado nessa questão, porque fica parecendo que nada é certo e que eles sabem disso, mas nos mostram. Bom, sei lá! rss

Ao ir ao banheiro, descobri um piso cheio de coisas para se ver também como uma coleção de ferros de várias épocas! Há uma lojinha no Museu.
Mauro Renzi Ferreira:
Bom, sou museólogo, portanto... Essa É a minha área... Não caberia aqui explicar um pouco desse "revisionismo histórico" que o Museu Paulista, assim como outros, vem aplicando atualmente. Resta lembrar uma outra curiosidade. Na época, o prédio foi erguido APENAS para servir como um MONUMENTO e não se pretendia que o mesmo fosse ocupado...
Conteúdo inválido
 
O museu do Ipiranga é sem dúvida o lugar mais didático além de belíssimo de São Paulo, por isso é considerado um dos pontos turísticos da cidade. Apropriado para uma excursão escolar e também para um passeio familiar no fim de semana.
Um lugar cheio de histórias, que surpreende tanto por seu acervo quanto por sua arquitetura interna e externa que é composta por seu formoso jardim. Nas proximidades ainda é possível visitar a casa do grito, composta por diversos quadros com pinturas retratando a época da independência e documentos.
Dica: Não deixem de visitar a casa do Grito, fica bem próxima ao museu.
 
Tive a felicidade de ir visitar antes que fechasse para reforma (de novo). Sensação incrível e cheia de história por lá. O interessante que é de graça para quem quer ficar apenas passeando pelo vasto campo aberto e seu jardim tão bonito. Contudo, para quem quer conhecer o museu não é nada um sacrifício, a inteira é $6 e ainda tem meia =D. Os guias explicam tudo- por mais que ali não tenha sido uma moradia de alguém que teve representação da nossa história, mesmo assim é responsável por um grande acervo de objetos, mobiliário e obras de arte com importância histórica, especialmente aquelas que possuem alguma relação com a Independência do Brasil e isso é o que deixa tudo mais grandioso naquele museu.

Recomendo um dia todo de passeio e conhecimento por esse museu. Vale a pena conhecer a história, principalmente quem não quis prestar atenção nas aulas do ensino médio rsrs
Dica: Quando der, vá no porão do museu - sensacional!
 
Amo o jardim e a bela arquitetura do museu!! Faço caminhadas semanalmente na pista de cooper. Aproveito e aprecio as belas árvores e flores! Há alguns bebedouros espalhados pelo local. Evite frequentar a pista de cooper em horários pouco convencionais (15h/16h) pois é muito vazia e dá um certo medo, geralmente não há policiais na pista.
Não me canso de tirar fotos! rs
 
Um dos museus mais bonitos do Brasil. Trata-se de uma construção imponente, parecendo um palácio renascentista, com jardins realmente bem cuidados em toda sua volta, mas principalmente na parte da frente. Todo o conjunto é conhecido como Parque da independência e merece uma calma e demorada visita.
Embora pareça um palácio, a construção, ao contrario de alguns outros grandes museus do mundo, já nasceu para ser museu. Seu amplo acervo inclui livros, documentos móveis, armas e munições, objetos indígenas, esculturas, cerâmicas, pinturas, utensílios e ferramentas e artigos de uso pessoal de várias coleções particulares e do estado que datam desde antes da instituição da colônia, em especial da região do estado de São Paulo.
Um dos destaques são os utensílios de Dom Pedro I e também a sala dedicada a Santos Dumont, com bela miniaturas de alguns de seus projetos e alguns objetos trazidas da “Encantada”, sua casa em Petrópolis.
Infelizmente a vizinhança do museu e do parque não faz juz a beleza do parque, com casas e ruas mal cuidadas. Assim de modo geral o passeio ali se limita ao parque e ao museu.
Preste atenção, como a maioria dos museus e fortes do Brasil este também não abre as segundas... Como se turista só viajasse de terça à domingo. Absurdo. Museu tem de abrir todo dia! Outra coisa que faz falta são boas lembranças... Qualquer museu do mundo tem lembranças legais, mas aqui é sempre carente neste sentido. Um bom restaurante ali ia bem também. Nos dias de sol almoçar de frente para aqueles jardins tão bem cuidados seria fantástico.
O acesso ao museu é pago, mas circular pelos belos jardins é grátis e é um ótimo espaço para deixar as crianças correrem e o tempo passar, sem compromisso. O monumento à Independência merece um post por sí só... é um dos mais belos monumentos do Brasil.

Para estacionar procure as vias laterais... são muitas vagas com flanelinhas monitorando tudo... pra variar. Não vi nenhum estacionamento regular por ali.
Dica: Não deixe de visitar o monumento à independência!
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Gastar pouco
 
Antigamente você entrava e sempre se surpreendia, atualmente, está fechado, caindo aos pedaços, mesmo sendo um grande patrimônio histórico, precisa de restaurações urgentes, mas a prefeitura não autoriza e contrata profissionais para restaurar o local, que pode agora desabar a qualquer momento!
Dica: Já foi um ótimo museu, hoje, está interditado, mas, é bom pra tirar fotos da fachada ainda, como ponto turístico!
Henry Takimoto Jasa:
Dizem que uma hora volta a abrir, mas, pelo que vejo, vai demorar uns 4 ou 5 anos pra ser autorizada a reforma e restauração... Tudo por causa da Copa, que todo mundo tá focando no futebol! E é um ponto turístico importante pro país.
Conteúdo inválido
 
Museu fantástico, com todo tipo de relíquias expostas. Muito interessante e educativo.
Dica: O parque do lado de fora é delicioso para passeios e piquiniques
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Famílias, Ir sozinho, Ponto turístico
Enviado
via iPhone
 
Gente, este lugar está FECHADO POR TEMPO INDETERMINADO!! Não consigo reportar depois que o app foi atualizado. Só dá erro!!
Verônica Leme:
Caraca...não sabia que era tão tenso assim o problema. Já fui lá, na época que trabalhava lá perto, o prédio e o museu são fantásticos. Mas queria ir novamente para ver como anda. Pena que vá demorar tanto tempo pra reabrir =/
Conteúdo inválido
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 95

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
24
Seus check-ins aqui
0