Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Maria Brigadeiro?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
Maria Brigadeiro

Maria Brigadeiro

Rua Capote Valente, 68
Jardim Paulista - São Paulo , SP - 05409-000

Telefone: 11 3085-3687 /3687-3687

Preço por pessoa:

$$ (Médio padrão)

Categoria:
Doceria
Ranking: #10 de 750
Site oficial:
mariabrigadeiro.com.br
Formas de pagamento:
Crédito:
Horário de funcionamento:
Seg. a Sab.: 9h às 19h
Dom.: 11h às 17h
Primeira opinião por:
Flavia Venturoli ...
Detalhes:
Ar condicionado
Mesas ao ar livre
Estacionamento: 6,00
Metrô/trem próximo: Clínicas (751 m)

Quer receber ofertas do Maria Brigadeiro?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas:
2 estrelas
0
Notas específicas:
Ambiente
(11)
Comida
(11)
Atendimento
(11)
Custo-benefício
(19)
Bebida
(6)
Dicas  (11)
Joana Pires
Marmita com 15 brigadeiros de sabores diversos
Joana P.
Claudia Midori
As marmitas podem ser cheias de novo, é só levar e pagar pelos brigadeiros
Claudia M.
Barbara Freitag
Levar um presente para alguém especial. É um agrado certo!
Barbara F.
Classificar por:
Opiniões   (33)
 
A Maria brigadeiro é a primeira doceria especializada em brigadeiros gourmet. Conheci a loja no Sweet Flavor Tour, da Savor São Paulo, e a moça que nos recebeu nos contou que a doceira Juliana Motter era jornalista e acabou trocando a profissão pela paixão pelos brigadeiros.

A loja é pequena, mas é uma graça!! Grande parte do espaço é ocupado pelo ateliê onde as funcionárias fazem os doces. Tem um vidro ao redor, então é possível ver toda a produção. Fui num sábado e a loja estava bem cheia! Lá elas fazem mais de 30 sabores de brigadeiros!! Eu experimentei o tradicional, o de cachaça e o de castanha do pará. Difícil dizer o melhor! Todos muuuito gostosos!

Além do sabor incrível, a Maria Brigadeiro se destaca pelo capricho com que tudo é feito. Há embalagens mega fofas e também brigadeiro de colher em panelinhas, potinhos, tudo muito bonitinho! Tem uma embalagem com oito brigadeiros que imita uma caixinha de remédio e chama TPM alívio! Homens, fica a dica! rs
 
Definitivamente sou casado com uma brigadeirólatra!!! Mas quem não é? Quem nunca viu sua mulher, esposa, mãe, filha ou irmã com um desejo incontrolável para comer brigadeiro? Minha cunhada veio de Floripa para fazer um curso de "brigadeiro gourmet" e conhecer algumas casas que vendem a iguaria nacional com total destaque para a Maria Brigadeiro.

Maria Brigadeiro é um lindo "ateliê de brigadeiro gourmet" especializado no doce, com a cozinha estilo aquário onde o brigadeiro é feito na hora em mais de 40 opções de sabores.

A doceira Juliana Motter conta em suas entrevistas que o brigadeiro teve seu início no Rio Grande do Sul e era chamado de negrinho. Na verdade até hoje os gaúchos chamam o doce assim que se torrnou brigadeiro em 1945 durante a campanha presidencial em homenagem a patente do Brigadeiro Eduardo Gomes, apaixonado pelo doce. O Brigadeiro perdeu as eleições mas popularizou esse que é o doce nacional.

A Loja é pequena mas muito charmosa. A maioria das pessoas compra os brigadeiros para levar, mas existe um balcão com algumas cadeiras onde você pode degustar alguns docinhos.... para beber a casa oferece apenas agua mineiral.

As embalagens também são um destaque, de excelente qualidade e feitas com muita originalidade como as marmitas de brigadeiro enroladas em toalhas de piquenique ou estas panelinhas esmaltadas com brigadeiro de colher.

Os preços não são baratos, o tamanho dos brigadeiros é menor que a maioria das lojas e o melhor valor por cada bolinha é R$ 3,50, mas com a grande maioria dos sabores exclusivos e a notória qualidade nos ingredientes e embalagens isso se justifica.

Compramos este pote pequeno de brigadeiro de colher para provar a diferença e ele é bem mais líquido e menos doce que o brigadeiro tradicional, parecia mais uma calda de chocolate.

Além do brigadeiro de colher compramos uma caixa de brigadeiros mistos onde achamos alguns maravilhosos e outros nem tanto.
O sabor de leite ninho é espetacular, a massa fica mais concentrada intensificando o sabor.

O de cocada também. De sabor intenso e marcante o coco na cobertura também é sensacional!!!

Não gostamos do brigadeiro branco nem o de colher como já dissemos, mas gosto cada um tem o seu...

Em compensação, na última vez que estivemos lá comemos um brigadeiro que ganhou o prêmio de melhor brigadeiro do Brasil pela Nestlê, no sabor de baunilha com cookie de chocolate...espetacular!!!

Vale a pena conhecer esta linda loja especializada em um doce até então marginalizado pelos patisseries do Brasil.
Bom para: Vegetarianos
Cezira:
final de semana, durante, rss qquer hora vamos ao brigadeiro. Ainda bem q sou magrela eheheheh posso detonar nessas delícias.
Conteúdo inválido
 
Boa tarde Kekanteiros.

como um bom gordinho eu preciso entender bem de doces, e não tem como saber de doces se não os comer, não é verdade?? como já diziam os antigos "A prática leva a perfeição".

Um lugar onde da pra ver que a arte de fazer doces é muito bem cultivada.

Os brigadeiros são grandes e simplesmente derretem na boca, e não são caros.

Lembro-me até hoje que a última vez em que fui comer um brigadeiro eu não quis nem escovar os dentes para não perder o gosto da boca, rsrsrsrsrsrs
Dica: vá preparado pq só o cheiro mata.
 
A Maria brigadeiro é a primeira doceria especializada em brigadeiros gourmet. Conheci a loja no Sweet Flavor Tour, da Savor São Paulo, e a moça que nos recebeu nos contou que a doceira Juliana Motter era jornalista e acabou trocando a profissão pela paixão pelos brigadeiros.

A loja é pequena, mas é uma graça!! Grande parte do espaço é ocupado pelo ateliê onde as funcionárias fazem os doces. Tem um vidro ao redor, então é possível ver toda a produção. Fui num sábado e a loja estava bem cheia! Lá elas fazem mais de 30 sabores de brigadeiros!! Eu experimentei o tradicional, o de cachaça e o de castanha do pará. Difícil dizer o melhor! Todos muuuito gostosos!

Além do sabor incrível, a Maria Brigadeiro se destaca pelo capricho com que tudo é feito. Há embalagens mega fofas e também brigadeiro de colher em panelinhas, potinhos, tudo muito bonitinho! Tem uma embalagem com oito brigadeiros que imita uma caixinha de remédio e chama TPM alívio! Homens, fica a dica! rs
 
Brigadeiro para presente

Hoje em dia é bacana dar brigadeiros de presente. Nosso tentador docinho caseiro ganhou status, atelier e lojas nos shoppings. Nessa linha, sou fã da Maria Brigadeiro, que inaugurou uma pequena loja em Pinheiros, no ano passado, onde é possível assistir à preparação dos deliciosos quitutes na hora.

Entre os mimos para presente estão a panelinha com brigadeiro tradicional (R$ 19), a marmita com 15 brigadeiros à escolha do freguês embrulhada em um charmoso lencinho (R$ 50) e uma ideia genial: o TPM Alívio, uma caixinha imitando remédio com oito brigadeiros (R$ 30) – a receita da felicidade.

A Maria Brigadeiro é tão chique que tem ‘Carta de Brigadeiros‘ com mais de 30 sabores. Entre os poucos que conheço indico o noir (meio-amargo com chocolate 70% cacau) e o de pistache. Eles já tem novidade para a Páscoa: ovos de chocolate ao leite recheados com oito bombons de brigadeiro “nos sabores favoritos do ateliê: tradicional (ao leite), pistache, noir (70% cacau) e chocolate branco”, diz a confeitaria. Os preços são ‘chiques’ também: R$ 70 o ovo de 300 gramas e R$ 98 o de 500 gramas.

Na linha ‘brigadeiro gourmet’, a Brigaderia oferece 27 versões do amado docinho (incluindo sabores com selo kosher) por R$ 3 a unidade. A confeitaria conta com lojas em três shoppings de São Paulo (Market Place, Pátio Higienópolis e Pátio Paulista), além de aceitar encomendas online. Na correria, pode ser uma ótima opção para garantir um delicioso presente. Mas neste quesito gourmet ainda prefiro os sabores da Maria Brigadeiro.

Brigadeiros recheados em lindas caixinhas artesanais são os destaques da Quitutes cor-de-rosa. Entre os docinhos envoltos em confeitos coloridos estão o brigadeiro de chocolate com recheio de cereja ao rum e o de chocolate branco recheado de damasco. Ganhei uma caixinha do amigo Alê Moreno e fiquei encantada.

Os preços da Quitutes também são cor-de-rosa: na caixinha para presente decorada os preços variam de R$ 8 (4 docinhos) a R$ 17 (12 docinhos) e as caixas para presente de madeira custam a partir de R$ 20, com 9 doces. A Claudia também criou brigadeiros com sabores bem bacanas como gengibre, limão siciliano, trufado, Sonho de Valsa e caféééé!

E não posso deixar de citar o ‘power’ brigadeiro da Eni, que alegra a redação do Valor com bolos, doces e salgados feitos pelas mãos de confeiteira dela e da irmã. São cerca de 90 gramas de puro brigadeiro cremoso, com sabor de infância para fazer a festa (R$ 3). A Eni também faz diversos quitutes para eventos.

Quitutes cor-de-rosa - Claudia Pereira (11) 9415-1457. E-mail: quitutes_corderosa@hotmail.com

(Post publicado originalmente no Braun Café em 24 de fevereiro de 2011)
 
Já faz um tempo que São Paulo entrou na nova moda das brigaderias, casas especializadas na fabricação gourmet e na venda exclusivamente do doce mais popular do país, que até onde eu sei, já está virando tendência no restante do Brasil. O bom de morar em SP é que aqui é a terra onde se acha de tudo e no caso do brigadeiro são várias as lojinhas que se multiplicam pela cidade. Como  eu amo doces, inclusive este docinho maravilhoso foi uma tarefa bastante prazeirosa conhecer algumas brigadeirias de SP. Listo por enquanto 3 casas que preparam o quitute: a Brigaderia, a Brigadeiro Bistrô e a Maria Brigadeiro.O post de hoje é sobre a Maria Brigadeiro, que dentre as 3 opções citadas, se mostrou a melhor na nossa humilde opinião.

A loja (e única até agora) fica na rua Capote Valente, 68 - Pinheiros. Fomos num sábado de tarde (na hora do jogo do Brasil pela copa américa) e para o meu espanto, a casa, que é bem pequena, estava super lotada. Na mesma hora pensei: nossa, o que tem de tão bom este brigadeiro para tanta gente (como a gente) num sábado de jogo da seleção vir experimentá-lo?

A loja é bem bonitinha, por fora a fachada antigona toda pintada num azul bebê (ou azul calcinha rsrsss). Dentro, umas 20 pessoas se espremiam entre ficar na fila para pagar ou na espera pelos docinhos. Muitos estavam lá para degustar outras como, a gente, para viagem.Escolhi 2 marmitinhas de 15 brigadeiros cada (sim sim foi um exagero e quase me arrependi, digo, quase, porque os brigadeiros renderam por 3 dias e comi sem culpa e até fiquei triste quando acabaram). Na hora de pagar, outro susto: a marmitinha custa 60 reais!!! A unidade custa 4 reais e são variados os sabores.

Nunca paguei tão caro pra comer brigadeiro! Pelas fotos dá pra ver que a marmitinha é uma graça e escolhi todos os sabores disponíveis para compor o meu kit. Chegando em casa, provamos todos os sabores, o meu preferido foi o de Limão Siciliano, levemente azedinho, delicioso e saboroso. Gostamos também do Baleys, Vinho do Porto, chocolate branco e cachaça artesanal, a bebida dá um toque gostoso e um cheiro maravilhoso no doce sem ser forte.

Outro muito bom era o de pasta de amedoim e o de marsala com sabor super diferente. O mais surpreedente foi o brigadeiro sucre et sale, na primeira mordida já senti de cara o gosto de sal e pensei que não fosse gostar mas após alguns segundos o sabor doce predominava dando uma sensação bem estranha no paladar, ainda tô na dúvida se gostei ou não.A conclusão que tiramos é que realmente não é qualquer brigadeiro e cada sabor foi interessante. O bom tb é que não era muito doce, e sim suave, o que permitiu que provassemos de todos sem ficar enjoados como acontece na maioria das vezes.

Meu preferido, claro, continua sendo o tradicional, que por sinal, o da Maria Brigadeiro é maravilhoso e leva uma pequena vantagem sobre o dos concorrentes.

Uma crítica: como o doce é feito na hora, os pedidos demoram para sair. Assim como outras pessoas, esperamos 30 minutos para minhas marmitinhas ficarem prontas mas o brigadeiro da Maria realmente é delicioso e valeu cada real gasto.
 
O brigadeiro faz jus a fama.
 
Fiquei com vontade de comparar os brigadeiros gourmet cariocas e paulistas. Uma amiga tinha me falado para ir no ateliê da Maria Brigadeiro, que fica em uma vila charmosinha e tals, mas como era mais perto e consequentemente mais prático ir na loja nova, (e ainda não precisava agendar horário), eu preferi.

A lojinha é uma graça. Livros, embalagens, uma geladeirinha vintage azul bebê e objetos fofos fazem da decoração uma fofura só. Grande parte do ambiente é a cozinha aparente, fechada por vidro. Lá estavam algumas funcionárias com a mão na massa, fazendo os brigadeiros, enrolando, arrumando nas bandejas expositoras. Só de ver a boca encheu d’água! :)

As embalagens são legais e você pode escolher entre as caixas azuis de vários tamanhos ou as marmitinhas, que vem embaladas em tecidos graciosos que o cliente escolhe na hora. Há ainda os potinhos (brigadeiro de colher) e panelinhas, pequenos e grandes. Nem todos os sabores são disponíveis em pronta entrega, para alguns mais diferentes, como ovo maltine e bebidas alcóolicas é preciso encomendar.

Escolhi de nozes, doce de leite, ao leite, crocante e branco. Na loja provei de pistache, noir (70% cacau) e o de colher tradicional. Agora vou falar, não gostei do brigadeiro de colher, o ponto não estava certo e o sabor me pareceu açúcar puro. Os que eu mais gostei foram pistache e doce de leite, este último, Nossa Senhora, gamei!

Isso aqui não é uma disputa, nem nada disso, mas minha opinião final é que os brigadeiros gourmet Sweet Dreams, do Rio, são melhores que os Maria Brigadeiro, de Sampa.
 
A Maria Brigadeiro foi o meu primeiro contato com as grifes desse docinho que todo mundo adora de paixão. Estava em São Paulo a passeio, e dentre um dos vários lugares da minha sempre enorme lista, que eu precisava conhecer, era a Maria Brigadeiro. Isso já tem algum tempo, e na época elas ainda não haviam dominando o território carioca. Depois vou postar sobre algumas cariocas.

Meu encontro se daria depois de dar aqueles bordejos pelas Oscar Freire. Aquela rua bacanézima, cheia de lojas com vitrines lindas, badalação, pessoas bonitas. Ponto alto para a loja das Havaianas, enorme, cheirosa, iluminada, música ótima, clima de balada, vendedores simpáticos e bonitos. Tudo na Oscar Freire é muito chic e ostentador! E por ali perto, quase despercebida, está a Maria Brigadeiro. Á tempos eu já paquerava essa loja em outros blogs e no próprio site. E pelas imagens nem preciso dizer o quão fofa é tudo na Maria Brigadeiro.

Óbvio, que provei todos os sabores que eu pude, e ainda levei uma caixinha com vidrinhos com brigadeiro de colher em vários sabores para degustar em casa. Além de deliciosos, as embalagens são um charme. A Maria Brigadeiro vale a visita, é muito mais que uma loja de brigadeiro, é uma loja de presente. E quem não adoraria ganhar um presente desses?
Dica: Levar um presente para alguém especial. É um agrado certo!
 
Bem gostoso o ambiente, mas pequeno. A melhor opção mesmo é para levar os produtos... ponto fraco? Muiiiitoo caro para um brigadeirinho... não acho que valha Taranto a pena assim..mas vale conhecer...
 
Semana passada fui na Maria Brigadeiro comprar uns docinhos para mim. A ideia era comprar a marmita redonda com brigadeiros de limão – o sabor que eu mais gosto – só que fiquei sabendo que ele só é comercializado no verão… ou seja, não comprei a marmita e acabei levando para casa o “remédio para TPM” e uma caixa média (30 reais) com 9 brigadeiros.
O que eu não sabia é que existe refil na Maria Brigadeiro! Você pode levar sua marmita e pagar apenas pelos brigadeiros (3 reais cada).
 
Quem não gostaria de ter sempre uma prescrição médica com o santo remédio abaixo?

A caixa com 8 brigadeiros da Maria Brigadeiro custa R$ 30. Apesar de achar um pouco caro pagar 6 reais pela caixa – cada brigadeiro custa 3 reais – a ideia é simpática.

Melhor seria ganhar uma caixa todo mês sem precisar desembolsar 30 pilas pelos brigadeiros!

Ah, se alguém quiser mandar para mim, os sabores que mais gosto: limão, tradicional, chocolate branco e baileys
Dica: Cura a TPM
 
Se prepare para ficar perdido ao entrar na Maria Brigadeiro. São tantos sabores, tantas embalagens lindas, tudo é tão fofo, que você fica um pouco perdido na hora da escolha.

Levei meia hora, no mínimo, para decidir quais sabores pedia. Provei alguns sabores: ao leite, limão, noir e crocante.

Você pode degustar os brigadeiros e ainda ser atendido pela própria Maria Brigadeiro – a Juliana Motter, super simpática. Não tenha vergonha de perguntar, pedir água, todos na loja são atenciosos. O único probleminha do local é para aquelas pessoas que esperam que o local tenha mesas e cadeiras para que as pessoas possam degustar e bater papo no local.
 
O brigadeiro não é barato mesmo, mas continuo fã das bolinhas de chocolate cobertas com chocolate belga. Se tiver a oportunidade de ir na loja durante o verão, peça os de limão, que vem numa marmita redonda com um tecido diferente. Além desses, para o Dia dos Pais a Maria Brigadeiro trouxe vários sabores com bebidas, o de vinho do porto é o melhor.
Dica: As marmitas podem ser cheias de novo, é só levar e pagar pelos brigadeiros
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 33

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
8
Seus check-ins aqui
0