Lago Negro

Endereço: Rua A. J. Renner - s/n , Planalto - Gramado , RS - Brasil - 95670-000

Bom para
Famílias, Encontros românticos, Relaxar, Ir sozinho

Primeira opinião
Ester Sias

 Informações Conferidas em Out/2014


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Pedir orçamento
* Por favor, preencha seu nome
* Por favor, preencha seu email válido
* Por favor, descreva seu pedido de orçamento

http://br.kekanto.com/como-chegar/lago-negro
Notas específicas:
Ambiente
(8)
Atendimento
(5)
Limpeza
(7)
Custo-benefício
(26)
Produto/Serviço
(1)
Dicas Ver mais
Opiniões
Que lugar lindo. Digno de cena de novela onde o casal romântico vai passear no final de tarde.
É muito agradável poder ter um lugar assim tão bem cuidado e tão próximo da cidade. É possível você se sentir parte da natureza. Te transmite uma paz muito grande e te ajuda a relaxar de um passeio cansativo ou carregar as baterias para um dia longo.
Lá é possível andar de pedalinho, o que torna o passeio ainda mais divertido, sem falar que para os amantes de fotografia, esse é um lugar que transforma qualquer foto recordação em um cartão postal.
O Lago Negro é o ponto turístico mais visitado de Gramado. Sua beleza, tranquilidade e bucolismo atraem turistas do mundo inteiro. E até eu, que não sou fã de parques e lugares abertos, fiquei encantada com esse lugar. Não parece que faz parte do Brasil, parece que um pedaço da Europa foi retirada e trazida pra cá, haha!!

O Lago ganhou esse nome após um incêndio, quando seu reflorestamento foi feito com árvores importadas da Floresta Negra, localizada na Alemanha, e está sempre envolto por uma trilha de hortênsias e azaleias. O local é perfeito para encontros românticos e o acesso é gratuito. Mas se você resolver andar de pedalinho (ou de caravelas, haha), ou decidir contornar o parque de carrinho, é cobrado uma pequena taxa.

No Parque também acontece uma feirinha de artesanato, onde são vendidos brincos, pulseiras e colares produzidos pelos artesãos da própria cidade, que vale a pena dar uma paradinha para conferir. Mas se estiver como fome, não recomendo o Paradouro, pois lá é tudo muito caro e o atendimento é péssimo.
O ambiente é lindo, com arvores vindas diretamente da floresta negra na Alemanha. Um lago de porte mediano, permite com que os turistas possam dar uma volta ao seu redor em 10 minutos. Pode-se andar de pedalinhos, pagando de 10 a vinte reais por família dependendo do barquinho que é escolhido. Um lugar ótimo para quem gosta de estar em contato direto com a natureza. Tem um restaurante na entrada do lago, que serve ótimos lanches e com uma vista deslumbrante para o lago.
O Lago Negro é lindo, perfeito para fotos e uma boa caminhada. E o pedalinho - 20 reais o casal/20 minutos - é especial. O cisne mais tradicional é para duas pessoas, já em mais integrantes você pode escolher entre o cisne maior ou um barquinho pirata.
Em volta do lago há várias barraquinhas de comida e artesanato, que também é encontrado na Casa do Artesão. É um ponto turístico indispensável em uma visita a Gramado!
Um dos lugares mais lindos e bucólicos de Gramado, trata-se de um parque com árvores nativas da floresta negra da Alemanha, daí o seu nome ser Lago Negro, um lindo lago com 6 metros de profundidade onde vc pode andar de pedalinho R$ 20,00 ou caravela R$ 30,00, muitos patos, cisnes e gansos mansos e acostumados com os visitantes, vale a visita!
Um locar muito romântico.
Ideal para passar um belo fim de semana a dois.
A vista de alguns pontos é deslumbrante, a vegetação ajuda a não deixar o clima quente demais.Os restaurante na proximidade são muito bons para quem gosta de comida colonial. Mas falando em comida nada como um bom cafe colonias. É simplesmente fantástico variedade de tudo o que voce vai ver a sua disposição. Vale a pena conhecer.
O Lago Negro é lindo! Seria mais lindo se fosse natural, mas como tudo em Gramado é construído a ponto de se parecer a uma cidade cinematográfica de tão certinha, está valendo. A história conta que este lago foi construído em 1953, após um grande incêndio que devastou a região; e ganhou este nome por suas margens estarem decoradas com árvores importadas da Floresta Negra da Alemanha.

Ao redor do lago você pode passear tranquilamente (uma caminhada de 15-20min), tirando fotos das azaleias (no inverno-primavera) ou hortênsias (outono-verão). Há pessoas que tem mais dificuldades de locomoção e alugam um carro (como aqueles de golfe), com motorista, para dar a volta ao lago.

Há também pedalinho, lojas de artesanato, restaurantes e lanchonetes - aliás, compre uma pipoca no Kauê, que tem uma barraquinha em frente ao Lago. Além de uma boa pipoca você ainda terá grandes papos e dicas de onde ir na cidade.

Para quem não é turista, o Lago vale também para descansar, relaxar, ler um livro, enfim...a paisagem faz bem ao corpo e à mente =)
Maravilhoso é a primeira palavra que me vem a cabeça.
Recebi do guia turístico toda uma explicação sobre a origem do lago e que ele foi reflorestado com sementes de arvores vindas da Alemanha para recriar o ambiente que os imigrantes tinham por la.
O lugar é muito lindo um brinde a natureza.
Você pode andar de pedalinho e assim se integrar mais ainda com o cenário magnífico.
Comprei lembranças nas barracas que tinham com.artesanato local. Acho que foi um dos melhores passeios pra desestressar.
A maior atração do lago são pedalinhos em formato de cisnes,e barcos velejadores é um ambiente publico e muito bem preservado, não se paga entrada e nem por isso esta mal cuidado.
Suas águas são verde escuro , refletindo o alto dos pinheiros .
Como fomos no outono não vimos as flores,que se alternam com o colorido das azaléias no inverno e o azul das hortênsias no verão, no outono elas estavam todas marrons, não tirando a beleza do lugar.
Um caminho contorna o lago e serve de trilha para caminhadas.
Eu fui a pé do Centro de Gramado ao Lago Negro, porque no mapa parecia tranquilo, rs. Se você não tiver disposição, não recomendo. Se for aventureiro, como eu, vale cada subida para chegar e descansar no fresco do parque. O cenário é lindo, tudo bonitinho e moldado para encantar os turistas. Aliás, Gramado parecer se totalmente cenográfica.

É bom sentar na grama e observar a marcha dos patos, pegar um sol ou sentir a brisa soprar no seu rosto. Eu estive lá durante o verão e estava lotado de pessoas deitadas e sentada na grama. Dei uma volta completa nas margens do lago e tirei algumas fotos. Não entrei no lago para andar de pedalinho ou caravela, porque já estava demasiadamente cansada da minha caminhada.

Do mesmo jeito que eu fui, voltei caminhando para o Centro. É realmente um local relaxante para passear com a família, fazer um piquenique ou namorar. Se fosse mais perto do centro, teria ido mais vezes.
Lugar muito agradável pra relaxar. A entrada é gratuita, mas há restaurante e pedalinho pago. Se preferir, dê uma volta por ele andando ou de bicicleta, pois não é longo. Ao redor é possível ver alguns cisnes e se encantar com as flores por toda parte
Curiosidade: O lago foi criado em forma de ferradura para dar a sensação de longitude porque nunca vemos o final dele. Além disso, é cercado por hortênsias no verão e azaleias no inverno, ficando florido o ano inteiro.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 68

Nota geral Você conhece o Lago Negro? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)