Kozaka

Endereço: Av Imperatriz Leopoldina , 1695 , Vila Leopoldina - São Paulo , SP - Brasil - 05305-007

Telefone:

11 3832-08...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes Japonês

  | Rank: 14º de 807

Fundado em 1998, o Kozaka é especialista no rodízio de sushi. Porém, a casa também oferece diversas opções de prato à la carte. 

Preço por pessoa
$$$$ (De R$26 até R$50)

Bom para
Famílias, Comer muito

Primeira opinião
Bruno Yoshimura
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
11:30 - 14:15 e 18:30 - 22h
Ter.
11:30 - 14:15 e 18:30 - 22h
Qua.
11:30 - 14:15 e 18:30 - 22h
Qui.
11:30 - 14:15 e 18:30 - 22h
Sex.
11:30 - 14:15 e 18:30 - 22:30
Sáb.
18:30 - 22:30


Detalhes
  • Ar condicionado
  • Inaugurado em 1988
  • 150 lugares
  • Estacionamento


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/kozaka
Notas específicas:
Ambiente
(29)
Comida
(28)
Atendimento
(29)
Bebida
(26)
Custo-benefício
(24)
Dicas Ver mais
Opiniões
Falou em almoço com o meu pai, pensou em Kozaka.

Meu pai me apresentou esse restaurante faz uns 5 anos, desde então somos frequentadores assíduos. Em termos de a la carte, não posso assegurar muita coisa, nunca provei. Mas o rodízio é muito bom.

Primeiramente, é um rodízio que segue as regras do rodízio, ou seja, pessoas passam com bandejas e perguntam quantos de certo item você gostaria. Isso é bom porque você tem um controle maior do que come e não desperdiça; por outro lado as opções que eles tem são reduzidas, mas são um dos poucos restaurantes japoneses visitados que oferecem sushi de ovas, niguiri de camarão ou algumas opções com peixe branco. Todas deliciosas.

Minha única tristeza é que o número de sashimis é limitado, são 5 fatias por pessoa, mas de resto o ambiente é muito bom e limpo, os funcionários são super atenciosos e as donas estão lá quase sempre (dá aquela sensação de proximidade com a clientela ;] ) e o melhor de tudo: estacionamento do lado e de GRAÇA (coro de aleluias).

Com isso dito, vale uma visita, duvido que você se arrependerá.
Um ambiente simples, mas tem um sistema de atendimento literal de rodizio, onde as bandejas são passadas de mesa em mesa e você escolhe o que irá comer, e isso é um diferencial, já que você tem a oportunidade de comer só aquilo que gostou mais, não tudo o que geralmente é "empurrado" nos rodízios normais. Achei o atendimento bom. A rua é um pouco perigosa para estacionar, devido ao movimento, prefira as ruas paralelas
Como todos já disseram o rodízio de sushi é feito em bandejas, isso evita muito o desperdício.Os atendentes foram todos muito educados, solícitos e sorridentes.Costumo visitar restaurantes japoneses em São Paulo, porém, esse foi o único que me surpreendeu.O temaki tem um tamanho bom e com muito recheio, nada de só arroz como é de costume em vários rodízios. A variedade de sushis com certeza é muito maior que em outros restaurantes do gênero, e com ingredientes que fazem encarecer os custos do local como por exemplo ovas. O yakysoba é um item que voce pode escolher no rodízio.Por tudo isso acredito que o preço de 55 reais na sexta feira a noite vale muito a pena.Qual local voce pede uma barca a esse preço e come muito??pelo menos para os amantes de comida japonesa esse local tem um custo benefício muito bom.
Fui conhecer esse restaurante japonês que na Av. Imperatriz Leopoldina. Esse restaurante é grande e não possui estacionamento, mas você consegue estacionar nas ruas próximas.

Como fui de noite, achei que o lugar fica meio escondido. Tive que passar duas vezes no lugar para achar. Olhando o cardápio, o local oferece rodízio e pratos a la carte. O rodízio durante o almoço custa R$ 38,50 e na janta por volta de R$ 49,50.

Depois de observar um pouco como era o rodízio, resolvi pedi prato a la carte mesmo. Pedi um tirashi (R$ 54,00) e um ban-chá. Enquanto eu esperava o meu prato ficar pronto, eles deixaram um amendoim com pedaços de alga, que estava muito salgado e acabei ganhando um missoshiru. O missoshiru estava muito bom e veio com tofu e ceblinha.

O tirashi veio com 3 peixes: atum, salmão e tainha. Além disso veio kani, um pouco de ovas e um camarão que deixei de lado. O prato estava bom e fiquei bastante satisfeito. O ban-chá estava ok. E o atendimento deles é ok.
Muito ruim o sistema de rodizio para um restaurante Japonês. .. passam com bandejas oferecendo de forma grosseira oq há nelas, com extrema má vontade de dizer oq era. .. sashimis limitados por pessoas. ..os peixes chegam ainda congelados na mesa.. e é mais mal tratado ainda quando se recusa a pagar os 10% do atendimento. ..
Ou seja, preço caro, mau atendimento e comida mais ou menos!
Fui na sexta-feira e gostei muito, casa com decoração bacana no estilo oriental, estacionamento próprio e atendimento cordial.
Achei muito bacana o diferenciado sistema de rodízio, funciona no estilo churrascaria, no lugar de você fazer o pedido do tradicional barco os garçons passam com as bandejas e você pega somente as peças que quer, evitando assim desperdício e que você coma algo que não esta muito afim.
O preço é na media do mercado, por volta dos R$40.

Existem três pontos fracos:
1 – sashimi limitado a 5 fatias - você escolhe o tipo de peixe e o garçom traz uma porção individual e única para cada um da mesa, provei 2 tipos, peixe prego e tainha, quanto a qualidade não o que dizer, estava fresquinho e muito bom.

2 – shimeji branco - Pelo que eu percebi pelas outras avaliações, o shimeji era limitado anteriormente, agora não é mais, porém trocaram pelo branco que é muito mais barato e tem o sabor muito diferente.

3 – Variedade dos sushis - Achei bem fraco nesse ponto, pelo que eu me lembro passaram apenas uns 5 tipos.

Tirando esse problema da variedade, os que passaram tinham

Na média gostei e voltaria.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 61

Nota geral Você conhece o Kozaka? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)