Irori

Endereço: Alameda Jaú, 487 , Jardim Paulista - São Paulo , SP - Brasil - 01420-000

Telefone:

11 3285-12...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes Japonês

  | Rank: 332º de 824

A la carte, Buffet, Rodízio, Almoço 

Bom para
Comer muito

Primeira opinião
Lucas Grilo de No...
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Detalhes
  • Faz entregas
  • Estacionamento


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/irori
Notas específicas:
Ambiente
(3)
Comida
(3)
Atendimento
(3)
Bebida
(2)
Custo-benefício
(3)
Opiniões
Ambiente bem tradicional e bonito, com um lago dentro do restaurante fazendo barulho de água.

Optamos por rodízio (R$ 62,90 por pessoa) que inclui:
- shimeiji
- missoshiru
- yakissoba
- pratos fritos: ebishin (trouxinha de salmão), guiozá, harumaki, lula à milanesa e tempurá
- grelhados: anchova e salmão
- sushi e sashimi
- temaki

A comida realmente era bem saborosas, principalmente o shimeiji e a trouxinha. Os sushis também são bem preparados. Porém acho que há outros restaurantes da mesma qualidade com custo-benefício melhor.
Ao longo dos anos, este tradicional restaurante japonês já experimentou diversas mudanças em seu sistema: la carte, rodízio, somente la carte, rodízio com refrigerante incluso, etc. Atualmente, há três opções: almoço por kilo, comida à vontade, ou à la carte.

Para mim compensa mais o sistema por kilo, pois eu já não como tanto quanto antigamente. Mas se você não tem ideia do que vai compensar financeiramente, pode servir-se no buffet, verificar o peso do prato na balança, e daí decidir se vai querer por kilo ou por pessoa. Vale lembrar que tanto para comida por kilo quanto para comida à vontade, o buffet é o mesmo. Em ambos os sistemas não há sashimi, que só poderá ser encontrado nos pratos à la carte.

O restaurante tem uma variedade boa de pratos, e houve uma época em que serviam até feijoada (pois é!). Hoje, o mais comum é encontrar sushis variados, saladas, yakisoba, curry, legumes cozidos, gyozá, harumaki e tempurá. Tem também yakimeshi, que seria o arroz à grega oriental (seria um arroz greco-oriental?), e o tradicional arroz branco.

Um ponto negativo deste restaurante é a certa demora em repor alguns dos pratos no buffet. Da última vez, por exemplo, havia pastéis de queijo. Quando chegou a minha vez, não havia mais nenhum, e o recipiente continuou vazio por vários minutos. Pelo menos uma dúzia de pessoas passou por ali depois do recipiente ter se esvaziado, e certamente nenhuma delas comeu pastel.

De qualquer forma, vale o custo-benefício, se levarmos em conta que hoje a comida japonesa é sinônimo de preços altos (o que é incoerente, pois são ingredientes relativamente simples, além do fato de metade dos pratos ser cru).

De sobremesa, é oferecida uma unidade de banana caramelada como cortesia. Se você der sorte, poderá encontrar no buffet algum sushi mais exótico, como por exemplo o de goiabada com cream cheese (com pedaços generosos de goiabada), que também pode ser uma ótima opção de sobremesa. Ou então rolinhos-primavera de queijo com goiabada, mas como estes nunca estão identificados, a tarefa de encontrá-los torna-se uma missão para o mais audaz dos samurais.
O Irori é um restaurante situado no Jardins, especializado em comida japonesa, "com uma variada combinação de gosto e requinte", como o próprio site do restaurante descreve. Com a opção de pratos prontos ou self-service, o que realmente experimentei, serve o tradicional sushi e sashimi, mas conta com pratos quentes também como yakissoba e um lombo preparado de uma forma lá que agora não sei o nome... hihihi

O que dá um toque diferente para o restaurante é que ele possui três ambientes. Um mais aberto e outros dois mais tradicionais, mais a cara de japonês mesmo, separados por um lago no meio do restaurante, com peixes que para mim eram carpas, mas minha mãe disse que não. O barulho da água correndo nos faz esquecer que duas ruas acima encontra-se a Av. Paulista e ainda tem um espaço costumizado para quem gosta de comer no chão, tirando sapato, bem coisa de japonês mesmo.


Você pode optar por pedir a la carte ou rodízio. O atendimento é bom, os garçons são super educados e estão sempre prontos para tirar o prato da mesa, caso você queira trocar. Acho isso muito bom. Experimentem!
Estive só uma vez no Irori, para um almoço rápido no intervalo entre compromissos.
Os pratos do buffet, especialmente os sushis, estavam tão ruins que chegava a ser constrangedor! A impressão é de que o cozinheiro havia faltado e colocaram outro funcionário para cozinhar!
Os sushis estavam moles, com o arroz azedo demais, encharcado de tempero. Os pratos quentes estavam moles também, com muito molho, ao contrário do que se espera de comida japonesa. Os harumakis, adivinhem: moles! Com massa grossa e muita gordura.
Além disso, os salões aparentemente já foram bonitos um dia, decorados por alguém que se lembrava de uma casa japonesa de verdade. Mas isso deve ter sido há muitos anos, e desde então o restaurante não deve ter visto uma reforma. Tecidos puídos e desbotados, estofados com espumas gastas...
Olha... dá dó. Parece ter sido um restaurante bom no passado, mas que perdeu o rumo.
Li os outros comentários, e cheguei a duvidar que falávamos do mesmo restaurante. Só escrevei depois de confirmar no GoogleMaps. Será que eu dei tanto azar assim?
Estive no Irori em 02/06/2012
Fazia muito anos que nao ia a um restaurante tão RUIM. Aliás, para ser ruim eles precisam melhorar muito, pois estava PÉSSIMO mesmo.
Os temakis vieram com a alga murcha e borrachenta. Os sushis com arroz com gosto estragado. O shimeji sem cor e gosto azedo.
Não acredito nos comentários que falam bem deste restaurante. Só podem ser de familiares do dono deste restaurante.

Nota geral Você conhece o Irori? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)