Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Hospital Pasteur?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
Hospital Pasteur

Hospital Pasteur

Av Amaro Cavalcânti, 495
Méier - Rio de Janeiro , RJ - 20735-040

Telefone: 21 2104-4400

Hospital localizado no Méier. Entre em contato pelo telefone 21 2104-4400. 


Categoria:
Hospitais e Maternidades
Ranking: #13 de 90
Primeira opinião por:
lauro sodre
Publicidade
Notas:
5 estrelas
0
2 estrelas
0
Notas específicas:
Ambiente
(3)
Atendimento
(3)
Custo-benefício
(2)
Dicas  (3)
lauro sodre
De acordo com seu caso vale a pena ir a uma clínica pois a demora é considerável
lauro s.
Classificar por:
Opiniões   (6)
 
Estive no local há uns dias como acompanhante.
Causa uma boa impressão logo ao chegar. Está super bem cuidado e o projeto parece ser muito bem desenvolvido. Há serviço de valet na entrada, o que ajuda muito e é uma tranquilidade a mais, pois quando sua atenção está voltada para questões de saúde é complicado ficar procurando lugar para estacionar.
No setor de emergência, inicialmente ocorre uma impressão de que o processo é lento. O paciente pega uma senha, espera ser chamado para triagem, passa pela triagem, aguarda ser chamado no balcão, faz a ficha, aguarda ser chamado para atendimento. São várias etapas, mas acabam funcionando com relativa rapidez. No dia que fui estava bem cheio e todo o processo até o atendimento levou menos de meia hora. Quando chegamos e vi que tinhas uma 30 pessoas pelo menos, imaginei que fosse levar horas até o atendimento ocorrer, pois tinha como referência os outros hospitais que conheço.
O fato é que o sistema de triagem acaba funcionando bem, principalmente para os casos mais graves e que necessitam de atenção mais rápido. Na triagem, eles classificam o paciente em 5 níveis, representados por cores, que vão desde o vermelho com risco de morte até o azul sem qualquer risco e em condições de esperar para ser atendido. O caso que acompanhava era de crise nos rins. Foi classificado no nível 3 e como não havia casos mais graves no momento, o atendimento acabou sendo prioritário.
Foi dada a medicação, foram feitos alguns exames e 2:30h depois saímos de lá com tudo sob controle.
No fim achei que o atendimento foi muito bom, possivelmente pelo sistema de triagem. Imagino que as pessoas com casos mais simples esperaram muito aquele dia, mas penso que tal sistema é justo, dando prioridade a quem tem mais necessidade no momento.
Alerto apenas quanto ao estacionamento que falei no início. É um ótimo conforto, mas custa caro. Paguei R$20 por menos de 3 horas de permanência e acho importante destacar que não aceitam cartões, nem débito nem crédito.
 
Já fui algumas vezes na emergência do hospital, que por sinal vive bem cheia. O atendimento é feito por uma breve triagem na recepção, onde posteriormente é verificada e reavaliada pelo médico antes de encaminhar para internação, observação ou medicação.
O hospital tem uma estrutura e capacidade muito boa, mas em relação a atendimento comete algumas falhas. Em minha última visita (11/01/13) passei um pouco de sufoco. Recorri à emergência por volta das 3h30 de uma sexta-feira. Eu estava como crise renal (não sabia), e cheguei carregada, chorando de dor e vomitando. Por incrível que pareça a sala de espera estava absolutamente vazia, mas isso não contribuiu que o meu atendimento fosse instantâneo. Esperei cerca de 10 minutos (o suficiente para eu entrar em pânico de tanta dor e mal estar) por uma cadeira de rodas e para entrar na sala médica, pois era necessário aguardar toda a burocracia.

Entendo os processos do hospital, mas vejo essa atitude uma falta de sensibilidade e de preparo dos funcionários, ou uma instrução mal passada pela gestão do hospital em "não quebrar o protocolo" em nenhuma situação mesmo que atípica.
 
Os médicos são educados e competentes no atendimento, entretanto o procedimento para a emergência deixa a desejar.
Ontem estive lá para rever um atendimento pós acidente. Como tenho direito ao atendimento prioritário, optei por ele. Não foi uma boa escolha. Esperei por 40 minutos, e vi duas pessoas que chegaram depois de mim ( estavam andado normalmente e certamente não corriam risco de morte) e foram atendidas antes. Ao procurar a recepção a resposta não foi agradável:"pode ser que a prioridade deles seja mais urgente que a sua". Aguardei a "minha vez"; fui bem atendido pelo médico. Depois quis ser ouvido pela ouvidoria. Uma nova odisséia se apresentou:onde é que está a pessoa responsável?.
Bem eis que ela se apresenta. pós ouvir a minha reclamação pediu que eu deixasse o telefone ou o email. Eu respondi que já estavam no sistema e que eu gostaria de ter um protocolo ou algo que provasse que eu tivesse feito tal reclamação. Nenhum dos meus argumentos convenceu a Sra. Jaqueline. Quando eu já estava indo embora a recepcionista ironizou desejando-me um "Vá com Deus" (pelo seu tom de voz,não era bem isso que ela desejava. De modo educado ( é bom que se diga isso: em momento algum eu alterei a minha voz ou desrespeitei qualquer dos funcionários) eu me voltei para ela e lhe disse: você não precisava ter dito isso. Ela simplesmente respondeu: "Eu sou evangélica".
Pelo que eu entendi o sistema do atendimento tem que ser revisado, e com toda certeza. os funcionários precisam ser treinados.
O meu plano de saúde é caro. O hospital é particular. Eu merecia um atendimento melhor e mais respeito.
Pr. Gerson Britto
 
Estive no local há uns dias como acompanhante.
Causa uma boa impressão logo ao chegar. Está super bem cuidado e o projeto parece ser muito bem desenvolvido. Há serviço de valet na entrada, o que ajuda muito e é uma tranquilidade a mais, pois quando sua atenção está voltada para questões de saúde é complicado ficar procurando lugar para estacionar.
No setor de emergência, inicialmente ocorre uma impressão de que o processo é lento. O paciente pega uma senha, espera ser chamado para triagem, passa pela triagem, aguarda ser chamado no balcão, faz a ficha, aguarda ser chamado para atendimento. São várias etapas, mas acabam funcionando com relativa rapidez. No dia que fui estava bem cheio e todo o processo até o atendimento levou menos de meia hora. Quando chegamos e vi que tinhas uma 30 pessoas pelo menos, imaginei que fosse levar horas até o atendimento ocorrer, pois tinha como referência os outros hospitais que conheço.
O fato é que o sistema de triagem acaba funcionando bem, principalmente para os casos mais graves e que necessitam de atenção mais rápido. Na triagem, eles classificam o paciente em 5 níveis, representados por cores, que vão desde o vermelho com risco de morte até o azul sem qualquer risco e em condições de esperar para ser atendido. O caso que acompanhava era de crise nos rins. Foi classificado no nível 3 e como não havia casos mais graves no momento, o atendimento acabou sendo prioritário.
Foi dada a medicação, foram feitos alguns exames e 2:30h depois saímos de lá com tudo sob controle.
No fim achei que o atendimento foi muito bom, possivelmente pelo sistema de triagem. Imagino que as pessoas com casos mais simples esperaram muito aquele dia, mas penso que tal sistema é justo, dando prioridade a quem tem mais necessidade no momento.
Alerto apenas quanto ao estacionamento que falei no início. É um ótimo conforto, mas custa caro. Paguei R$20 por menos de 3 horas de permanência e acho importante destacar que não aceitam cartões, nem débito nem crédito.
 
O atendimento consiste na chegada a recepção com alguns atendentes onde é feito a triagem, e marcado o caso em 3 graduações, a verde para sintomas e problemas leves como gripes, a amarela para sintomas que requerem atenção como hipertensão, dengue e vermelho pra atendimento de urgência e internação. O primeiro pavimento além da recepção e da cantina nos fundos do hospital junto a entrada do estacionamento com manobrista conta com consultórios, ambulatório, sala de aplicações e nebulização, coleta de sangue, setor de raio X e CTI ao fundo.
Dica: de acordo com seu caso vale a pena ir a uma clínica pois a demora é considerável
 
A emergência do Pasteur é válido para casos simples (hidratação e analgésicos na veia). Os médicos são inexperientes. Já peguei também médica usando Iphone para consultar bula de remédio como Plasil. Quando vejo que a situação é mais grave corro para outro hospital.
 
fiz uma cirurgia no dia 31/08/2013 , atendimento excelente. Por parte de toda equipe ,desde de o maqueiro até as enfermeiras ,nutricionistas pessoal da limpeza ,muito showwwww de bola .parabéns a toda equipe, os quartos são maravilhosamente bem cuidados me senti em casa. não vou dizer que voltaria novamente pois pretendo não ter que voltar mais num centro cirúrgico na minha vidaaaa..... mais adorei.
Exibindo de 1 a 6
Total de opiniões: 6

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
4
Seus check-ins aqui
0