Hideki Sushi

Endereço: Rua Treze de Maio, 1050 , Bela Vista - São Paulo , SP - Brasil

Telefone:

11 3283-18...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes Japonês

  | Rank: 109º de 802

Horário de Funcionamento: Segunda à sexta, das 12:00 às 15:00 e das 19:00 às 0:00  Sábado, das 12:00 às 16:00 e das 19:00 às 0:00 Domingo, das 12:00 às 16:00 e das 19:00 às 23:00 

Preço por pessoa
$$$$ (De R$51 até R$100)
Bom para
Famílias
Horário de funcionamento
Seg.
12h - 15h e 19h - 23:59
Ter.
12h - 15h e 19h - 23:59
Qua.
12h - 15h e 19h - 23:59
Qui.
12h - 15h e 19h - 23:59
Sex.
12h - 15h e 19h - 23:59
Sáb.
12h - 16h e 19h - 23:59
Dom.
12h - 16h e 19h - 23h

Formas de pagamento
Crédito:
Débito:
cash, credit card, debit card
Primeira opinião
Koji Onodera
Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Aceita reservas
  • 100 lugares
  • Wi-fi
  • Estacionamento

Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Sou dono
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Lugares parecidos
  • Contato
  • Cadastro
  • Reservar mesa (grátis)
  • Pedir delivery

http://br.kekanto.com/como-chegar/hideki-sushi
Notas específicas:
Ambiente
(8)
Comida
(8)
Atendimento
(8)
Bebida
(6)
Custo-benefício
(8)
Dicas
Se tem estomago de aço, prove os sushis de ouriço que são uma delicia!
Rodrigo M.
Aceite sempre a sugestão do Chef. Veja a foto que eu postei (Sashimi do Festival Premium)
Dr C.
Opiniões
Entrada discreta, ambiente super tradicional e amplo, o que foi uma surpresa.
Optamos pelo festival que custa 80 e poucos reais.
Nos serviram 7 tipos de sashimi, camarões empanados de ótimo tamanho, ostras, alguns niguiris e outras porções.
Gostei bastante, mas senti falta de mais camarões, ovas e peixes um pouco mais diferenciados.
Voltaria, mas não ganhou meu coração.
O que mais me incomoda é a irregularidade de tratamento. Não passam informações, não dizem sobre o que realmente faz parte do festival....e o cliente fica meio sem saber o que esperar.
Fui durante a semana week e experimentei o cardápio, para resumir, o meio combinado, tinha bom tamanho e boa aparencia, mas só, o sashimi estava um pouco quente, o salmão no final deixava um gosto estranho, meio acre na boca, a gorupoa estava muito fibrosa,e o atum sem graça, sei lá, acho que dei azar.

As bebidas são caras e não tem nada especial, ums poucos sake e ainda por cima nacioanal.

O cardapio da semana week é plenamente dispensável, peça a la carte.

O atendimento foi muito ruim, fomos esquecidos no balcão, mesmo que o restaurante esteja cheio, não há desculpa para tratar o cliente como peça de mobilia.
Meu amigo sempre falou bem do Hideki e aproveitando o Restaurant Week, resolvi ir conhecer.

Sobre o ambiente, é o que s outros usuários já contaram nas opiniões, entrada discreta, mas o interior é amplo. Eles possuem salas privativas, onde você come sentado num zabuton (almofada japonesa) e naquelas mesas baixas típicas japonesas.

Fomos à noite e pegamos o cardápio da janta. Diferente de alguns outros restaurantes, eles servem não apenas os cardápios do RW, mas também os pratos rotineiros deles. De entrada, pedi a porção de shumai, um bolinho recheado com com carne suína e alguns legumes. Lembra bastante o conhecido gyoza. Vem acompanhado com uma porçãozinha de sunomono (pepino em conserva em molho agridoce e picado fininho). Estava gostoso, pena que vieram só duas unidades de shumai.

Como prato principal pedi o sashimi misto com 12 cortes variados. Estava muito gostoso. O corte estava muito bem feito e o salmão, peixe branco e o atum pareciam derreter na boca! o melhor sashimi que já comi. Como sobremesa pedi a rabanada no estilo da casa, que acompanha uma porçãozinha de salada de fruta. Estava ok. Nada demais.

Outros amigos meus pediram o outro cardápio, como entrada, a porção de hossomaki estava generosa. 6 unidades que era acompanhado por um pouco de wassabi e shoga. O outro prato principal, Risoto de cogumelo Shimeji acompanhado de Teppan de Peixe estava gostoso também. O risoto vale a pena experimentar (acabei pegando um pouco dos meus amigos. hehehe), mas o peixe achei um pouco sem gosto.

O ponto negativo que me faz dar 4 estrelas foi o antendimento. Muito ruim! Demoraram pra vir nos atender inicialmente. O chá que pedi veio morno. O garçom parece que não prestava atenção nos pedidos e sempre perguntava mais de 3 vezes o q agente gostaria de comer, além de esquecer em vários casos nossa comida.

O local possui wi-fi, basta perguntar a senha pro garçom.
Sabado de chuva na capital, acabei indo conheçer o tão falado Hedeki, já escutei muitos amigos falar que lá era um restaurante super tradicional, com pratos e cortes feitos com muita perfeição...

Chegando na casa ( bem pequena na entrada mais super grande com 2 andares, com salas privativas para excolher), como era final do almoço (15:30)Hs, estava super vazia, assim acabei tendo um atendimento super atencioso e rapido, lá funciona de três formas, tem a opção de pratos a la carte, tem a opção de buffet (69,50)no 2 andar e tem a opção de rodizio (89,50) por pessoal, acabei eu e a namorada escolhendo o rodizio já que queria aproveitar o maximo todos os pratos da casa...

De entrada veio shimeji, para mim o melhor que eu comi, ele estava super cocrante e macio por dentro, bem suave o sabor, claro pedi cebolinha para dar um toque especial no prato, já que adoro cebolinha e acho que combina super bem...
logo chegou tempura de camarão, quantidade boa, camarões grandes, massa sequinha e levinha..Hummmm (adorei esse camarão)
logo chegou guioza e haromaki, todos quentes , crocantes e super saborosos...

Bom logo veio a seleção do chef hideki, veio um mix de cortes, do mais tradicional as partes e peixes mais especias disponivel no mercado, eles vem em uma cama de gelo(gelo filetado) para manter a temperatura fria, ideal para saborear um peixe super fresco!!!

Logo veio os temakis(já provei melhores, esse estava borrachudo, ou seja a nori estava igual chiclete) uma pena...

Veio também uma seleção de sushis especial, sushi com "" ouriço "", com ovas de salmão, lula, camarão, Ostras frescas entre outros, todos bem fresquinhos com quantidade boa de peixe, e bem pouco gohan, ou seja da para comer muito!

para finalizar, provamos o a sopa de misso, que é feita na casa com uma receita milenar, dentro vem futros do mar, acho que para dar um tempero melhor ao missô!

E claro ainda no rodizio tem sobremesa gratis, mais nem pedimos já que não ia cair bem um sorvete após comer tanta coisa diferente(medo de passar mal)rsrs
Não se deixe enganar pela entrada: o lugar é enorme e tem dois andares cheios de mesas. Quando chegamos (inicio do horário do almoço, as always baby) estava vazio e escolhemos uma mesa no canto e perto das janelas - embora a vista não fosse lá aquela belezura. Ah sim, a decoração era muito bonita.

Fomos atendidos por uma senhorinha muito simpática que não deveria ter nem 1,40m de altura. Explicou-nos tudo muito bem e sempre aparecia para retirar os pratos vazios. Foi surpreendente porque achei que, isolados como estávamos, seríamos ignorados. Ela inclusive falava vez ou outra em japonês com a gente, haha!

O cardápio RW começava com uma porção simples e feliz de tofu. Não tem muito o que comentar sobre tofu, não é mesmo? A maioria das pessoas nem sente o gosto dele! Mas eu curto muito, só não gostei mesmo do pedacinho de gengibre que peguei de uma vez quando já estava acabando de comê-lo.

O prato principal era um teishoku com salada oriental feliz (que eu nunca como), conservas, peixe grelhado (mas nesse caso parecia estar cozido mesmo), 3 sushis, 3 hossomakis e kakiague (ou tempurá, nem sei a diferença). Fora do quadrado ainda tinha uma tigela de missoshiru com ostrinhas, uma de gohan (ou arroz-japonês-grudento-e-sem-tempero) e 7 sashimis.

Eu achei tudo muito bom. Só sofri mesmo para comer os sushis porque eles tinham wasabi entre o peixe e o gohan. Os kakiagues estavam bem crocantes e o sashimi... minha nossa, que belezinhas! Segundo a minha irmã, eles foram cortados na parte certa do peixe, por isso estavam tão bons, e que isso é coisa rara de ser ver em restaurantes japoneses por aqui. Outra observação profissional dela, e que eu jamais notaria, é que o wasabi parecia ser feito por eles mesmo - eu só notei que estava forte no sushi, ela reparou que a cor dele não era aquele verde abacate-alienígena.

No entanto, ela não curtiu muito o teishoku. O problema foi que as expectativas dela estavam bem altas e com certeza eles não fizeram o melhor que podiam para este menu do RW. Percebemos isso (também) porque na casa há um sistema de buffet, onde cada um pega o que quer em uma mesa gigante cheia de coisas gostosas, e a diferença era clara.

De sobremesa comemos salada de frutas com uma bola de sorvete de creme. Nada de mais aqui, estavam bons. Os pedacinhos de melão estavam congelantes, mas tudo bem. 

Depois que cheguei em casa vi que o cardápio oferecido não foi exatamente o mesmo que estava disponível no site. Mesmo assim gostei muito de lá! Geralmente não vou em restaurantes japoneses no RW porque oferecem um cardápio ridículo pelo preço estipulado, mas deste aqui eu curti e fiquei satisfeita. Logo cumpriram muito bem o propósito do evento: sai satisfeita e querendo voltar para experimentar mais! Minha carteira só precisa de um tempinho para se preparar... 
Primeira opinião do lugar
Estive neste restaurante para comemorar o aniversário de um amigo.

Só havia um detalhe: ele não sabia disso.

Mas não se assustem, ele não esqueceu do próprio aniversário, nós é que faríamos uma festa surpresa.

Pesquisando sobre o restaurante, descobri que o chef da casa não era um sushiman qualquer. Ele havia ido ao Japão aperfeiçoar-se em suas técnicas culinárias, e por lá ficou durante mais de 10 anos. "Hum, interessante", pensei. Só o aniversário já era uma excelente desculpa para conhecer a casa, mas taí mais um bom motivo. Provar os pratos de um sushiman com experiência internacional também não seria nada ruim. O restaurante possui três unidades, mas o chef costuma ficar na unidade da Bela Vista, que foi a unidade em que nós fomos.

Chegando lá, fiquei surpreso com o ambiente: amplo, organizado e bem decorado.

Como era uma festa de aniversário, optamos por ficar numa das salas privativas do restaurante, onde há tatames. Você tira os sapatos para entrar na sala, mas há chinelinhos caso queira sair da mesma e ir ao toalete, por exemplo. Apesar de ser tatame, você não fica desconfortável, sentado com as pernas cruzadas, pois há espaço embaixo da mesa para as pernas. Além disso, ainda há pequenas almofadas com encosto. Portanto, mesmo sendo tatame, não é necessário ficar sentado "à moda japonesa", e depois reclamar de dores nas costas, pernas, juntas, cotovelos ou orelhas. Aqui o conforto é garantido.

Além de confortável, a sala é espaçosa e a mesa é bastante ampla. Cada um tem o seu espaço, e ninguém precisa ficar apertado, tampouco se acotovelando. Só para ter uma ideia, estávamos em 13 pessoas. Pegamos uma sala com capacidade para 12 pessoas, e mesmo assim sobrou bastante espaço. Calculando por cima, acho que caberia por volta de 20 pessoas, tranquilamente.

De entrada, são servidas pequenas porções de legumes em conserva: pepino, berinjela, tofu, shimeji, harussame (macarrão de batata) e até mariscos.

Tem também o chawamushi (seria uma espécie de "pudim" de clara de ovo, com pedaços de shimeji e frango), que é cortesia da casa. Estava muito bom!

A casa oferece rodízio completo, mas como o preço do buffet não era muito em conta (R$68,50), achei que não compensava (no meu caso, logicamente, que não como muito) e acabei optando pelo prato à la carte.

Pedi o teppan-yaki de teriyaki de pato. Como eu nunca tinha comido carne de pato, não tenho muitas referências para fazer uma avaliação mais embasada, mas posso dizer que a carne estava macia e bem temperada. O pato veio com shimeji e cebolinha (ótima combinação!), e acompanhava também arroz branco e missoshiru. À primeira vista, parecia um prato um pouco "compacto", mas afirmo que veio numa quantidade muito boa. No fim das contas, gostei bastante, é um prato que eu pediria novamente.

Os preços não são muito em conta, mas a qualidade da comida acaba compensando. Dei uma olhada no buffet, e a quantidade e variedade de sushis e sashimis era bem grande. Meus amigos que optaram pelo buffet disseram que valeu muito a pena, mas eles não precisavam nem ter dito isso, era evidente em suas feições que eles estavam estufados e felizes.

No final, já estávamos completamente cheios, mas mesmo assim cantamos parabéns pro aniversariante e ainda comemos o bolo, claro!

Vale ressaltar também o atendimento da casa: a garçonete que nos atendeu na sala do tatame era muito educada e bastante atenciosa. Além disso, todos colaboraram de muito bom grado com o nosso plano para surpreender o aniversariante. A sala privativa era de fato privativa, por isso pudemos comemorar o aniversário tranquilos e bastante à vontade por ali.
é um restaurante japonês muito tradicional. Grande parte dos frequentadores são japoneses. Tem um buffet pequeno, poucas opções de temakis.

É um restaurante para quem gosta do peixe sem muitas churumelas..rs... Se esse é seu caso, vai fazer bom proveito, já o contrário....

Particularmente eu não gostei, gosto do cream cheese e dos sushis abrasileirados, mas isso não é culpa do restaurante, é gosto.

Só achei o restaurante caro para o que oferece! O buffet é pequeno. Tbm gosto de ser servida na mesa, ficar levantando acho pouco cômodo.

Ah algo curioso. A cerveja estava bem quente e veio com uma pedra de gelo no copo!!! O garçom disse que era o copo gelado, mas coincidentemente vieram os dois copos com bolas de gelo..rs
Das 3 casas, esta com certeza é a melhor de todas, claro, a mais nova, a mais ampla, e a mais bem decorada. E se isto nao bastasse, ainda, na maioria das vezes, o Chef Hideki, está por lá. A dica é o Festival Premium, de valor um pouco maior. Mas valor é algo relativo. Para quem realmente é apreciador, nem irá se importar. Siga a ordem : comece com Sashimi variado, passado pelos Sushi's e só depois os pratos quentes. Assim como "manda" a etiqueta japonesa. No caso dos peixes, sempre comece pelos mais claros, deixando os mais escuro por último, exceto se for Torô.
Já fui nos 3 estabelecimentos Hideki e dos 3 esse é pior. Achei caro demais pra ter poucos pratos no buffet que é à vontade e não havia reposição da comida, o que acabava não era substituído, a gente tinha que ficar pedindo e não quiseram nem dar o shari (que é o bolinho de arroz que vai no sushi sem o peixe) pro meu filho e que se a gente quisesse pedir, tinha que pagar. O restaurante é amplo mas fica num lugar meu feinho do bairro. Tivemos que pagar estacionamento porque não é confiável parar na rua por perto.

Nota geral Você conhece o Hideki Sushi? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)