Hashi Art Cuisine

Endereço: Rua Desembargador Augusto Loureiro Lima, 151 , Petrópolis - Porto Alegre , RS - Brasil - 90470-120

Telefone:

(51) 33280...

Clique para ver

Restaurante de comida contemporânea localizado em um dos bairros mais nobres da cidade. O ambiente é sofisticado e a carta de vinhos merece destaque. 

Preço por pessoa

Site oficial
hashi.com.br
Bom para
Encontros românticos, Vinho

Primeira opinião
Joyce K
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Detalhes
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas
  • Proibido fumar
  • Estacionamento


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/hashi-art-cuisine
Notas específicas:
Ambiente
(9)
Comida
(9)
Atendimento
(9)
Bebida
(9)
Custo-benefício
(8)
Dicas
Bom para ir a dois.
Joyce K.
Aconselhavel fazer reserva, principalmente nos finais de semana.
Marineusa M.
Faça reserva
Gicele P.
Caso opte pelo menu degustação, faça reserva!
Rafaela E.
ótimo para levar namorada
Rodrigo D.
Ver mais
Opiniões
Antes de mais nada, diz-se Hashí, com acento agudo no “i”. Não sei o motivo, até porque sempre chamei os pauzinhos do sushi de hashi, e não de hashi. Oi? Mas enfim, dia desses fui lá com a Rê provar o que todos chamam de Art Cuisine.É o que serve o Hashi aqui de Porto Alegre. O de Garopaba é japfood. Não que não tenha sushi no daqui também. Tem sim senhor, mas não fica só aí.


E fiquei bem animado com isso, pois adoro novidades. Abre parênteses: sempre que tento inovar e peço um prato mucholoco, me dou mal, mas não pelo prato em si, e sim pela quantidade, na maioria das vezes, reduzidíssima. Saio no prejú em todas. Fecha parênteses.

O Hashi fica num casão bem legal, e tem um ar meio NYC de ser, todo contemporâneo e com iluminação indireta. Bem legal o clima.O chef veio na mesa nos receber e foi muito gentil. Valorizo bastante quando o chef vem na mesa apresentar-se. Pô, basicamente vai-se a restaurantes querendo provar as delícias deles, que por vezes são até endeusados, e os caras ficam escondidos atrás do fogão!? Por isso que eu achei bem legal.

Notei que ele foi em todas as mesas, fazendo recomendações de pratos e tudo.Falei que ia inovar. Pois é. Inovei mesmo. Sente só a entrada: vieiras com figos e foie gras, em redução de balsâmico com purê de cará. Bem diferente e exótico. Eu gosto desse contraste do doce com o salgado.Pausa para as invencionices, já que a Rê é megaconservadora. Mandou ver num linguado recheado com palha de batata doce, na crosta de ervas ao molho de chardonnay, camarão e cogumelo paris.

Meldels do céu, que prato é esse!Tira do pause agora e volta pra parte das invencionices exóticas. Anota aí um cordeiro teryiaki na telha de amêndoas com risoto negro de gorgonzola. Me puxei, porque é bem exótico. E maravilhoso.De sobremesa, uma lichia basket, flambadas no conhaque em calda de frutas vermelhas. Apresentação e sabor nota dez. Eu já fiquei louco pra comer a cestinha com a mão, como se fora uma casquinha de sorvete.

Mas me segurei. Facilitaria abessa, já que é bem complicado de comê-la.Final da art couisine experience do chef Carlos Kristensen. Um sucesso. Recomendo. E como tudo tem seu preço, com uma garrafa de vinho branco, custou 110 reais por pessoa.
Tem restaurante mais romântico do que o Hashi em Porto Alegre? Eu, sinceramente, acho que não. O ambiente do restaurante é maravilhoso! E a comida? Divina. No cardápio, criado pelo celebrado chef Carlos Kristensen, encontramos uma união entre as gastronomias asiática, francesa e brasileira, criando uma combinação de pratos contemporâneos que agrada até o mais exigente dos paladares.

O atendimento, sempre cortês e atencioso, é digno de menção honrosa. Os garçons estão sempre prontos ao primeiro olhar do cliente, mas sempre mantendo a distância e respeitando a privacidade dos convidados.

A carta de vinhos também merece destaque. Além de possuir uma seleção de vinhos importados maravilhosos, o cardápio é entregue ao cliente na versão digital, em um tablet de touchsreen super moderno, que contém todas as informações dos vinhos selecionados. Quer algo mais VIP do que isso?

Mas, vamos ao que interessa: a comida! Maravilhosa, sensacional, deliciosa. Na última vez em que fui ao restaurante pedi Medalhões de Filé Mignon com cebola roxa confitada ao molho gorgonzola, arroz e crisps de alho poro e recomendo! Eu lembro que todo mundo que estava na mesa fez alguns minutos de silêncio involuntário para apreciar o seu prato. Outro que vale ser mencionado é o Avestruz ao Molho de Amora com pimenta-rosa, mandioquinha e os super inusitados crisps de raiz de lótus.

Não dá pra perder a sobremesa! O Hashi oferece uma variedade bem interessante de sobremesas exóticas. A minha preferida é a de lichia, minha fruta preferida, mas dizem que o Creme Brulee é o carro-chefe do restaurante.

Para estacionar a rua é bem tranquila, mas para os que gostam de mordomia o restaurante também oferece serviço de manobrista na entrada.
Excelente restaurante de comida contemporânea e certamente um dos melhores em Porto Alegre.

O cardápio é bem variado tanto nas opções de base (carnes, aves, peixes, frutos do mar, sushi, salada e sobremesas) com nas alternativas exóticas dentro de cada um dos tipos de comida. Alguns exemplos: Entrada: há mil folhas de brie, foi gras grelha com telhas de enguia e isca de avestruz com farofa de amendoas. Peixes e frutos do mar: Vieiras com figo e foi gras, camarão ao curry, robalo recheado com brie e pintado com pirão de banana (esses 2 ultimo sao bem populares). Carnes: cordeiro recheado com queijo colonial (prato bolado em Sabores da Mesa) e mignon com crosta de funghi.

O atendimento impressionou pelo profissionalismo, os garçons são muito bem treinados. Foi curioso que até mesmo para servir a cerveja eles oferecem uma degustação (como se fosse vinho) - os mestres cervejeiros devem gostar. O ambiente é muito bem decorado, mas clean; há uma iluminação indireta na medida e uma boa decoração com folhes nas mesas.

Provamos o sushi, o camarão ao curry, o pintado e o cordeiro com queijo. Tudo estava muito muito bom. Apesar de não termos tomado vinho, demos uma olhada no cardápio e a adega é uma das melhores da cidade. Fomos em 3 e a conta ficou em ~ R$122/pessoa (sem vinho e sem sobremesa).

Fizemos reseva, e não tivemos que esperar.

Bom restaurante. Vale a pena conhecer.
O Hashi é considerado um dos melhores restaurantes de Porto Alegre. Merecimento do Chef Carlos Kristensen.
Adoro a história dele. Badalou um tempo pelas cozinhas da Tailândia, do Nepal, da Índia. Abriu o restaurante Hashi em Garopaba e foi em 2005, que o Hashi Art Cuisine estreou em Porto Alegre.
Hashi Art Cuisine chegou para tremer com a gastronomia Gaúcha.
A adega da casa é deslumbrante. Dá vontade de ter uma igual em casa. A carta de vinhos foi elaborada por Adolfo Lona.
O Bar oferece uma boa variedade de coquetéis.
A comida é contemporânea e o Chef é mega descolado. Sua criatividade fez unir as cozinhas brasileira, asiática e francesa em um único lugar.
Sempre que vou no Hashi opto por pratos diferentes. Gosto da surpresa. Gosto do novo.
Pra começar, um agradinho da casa. Tartelete de Anchova Negra com Molho de Laranja.
Camarão Harumaki. Camarões ao sake envoltos em massa crocante e molho de pimenta agridoce.
Tartar Frio. Atum com foie gras na redução de balsâmico, peixe branco no perfume de limão com molho cítrico, salmão no azeite de shissô e ervas. Um espetáculo!
Medalhões de Filé Mignon com cebola roxa confitada ao molho de gorgonzola, arroz e crisps de alho poró.
Filé de Linguado ao molho de laranja com leite de coco, alecrim e mel, cogumelos e batatas confitadas em azeite de sálvia.
Cordeiro Teriyaki e Foie Gras na telha de amêndoas com risotinho de arroz negro.
É chegada a hora das sobremesas. Crème Brûlée de Goiaba com sorvete de queijo e Mil folhas de Chocolate.
Das entradas às sobremesas... sorrisos, suspiros, surpresas!
Não posso deixar de mencionar a simpatia do Chef Carlos Kristensen. Ele visitou nossa mesa e foi muito atencioso.
Hoje falo sem dúvida de um dos melhores restaurantes de Porto Alegre, o Hashi Art Cuisine. A ideia do restaurante é um fusion de várias cozinhas com um ar bem contemporâneo.

De cara ao entrar achei o ambiente bem sofisticado, decoração cheia de classe. Já tinha uma reserva e lá fui eu para minha mesa. O chef Carlos Kristensen (premiado como melhor do ano) foi super simpático nos (estava eu e minha prima Simone) guiou falando do cardápio. De fato cheio de delícias e difícil de escolher. Mas vamos lá aos escolhidos:

Primeiro para começar a beber segui a dica e fui de Sakeroska (Cairpira de Sakê) com Lichia, super exótica e deliciosa. Fui secando o sakê e saboreando os pedaços da fruta, bem bom mesmo!

Para começar a parte food fomos com a seguinte entrada: Atum na crosta de gergelim e pimenta da aroeira com mandioquinha e cebola confitada. O prato veio tão lindo e apetitoso, que ataquei antes da foto, desculpem! Vai a foto "atacada" mesmo, mas da pra ter uma ideia.
Bem, não agradou apenas a visão. O paladar também foi super aprovado.

Vamos aos pratos, minha prima foi de Linguado recheado com palha de batata doce ao molho de chardonay, camarão e cogumelo paris. Claro que eu dei umas garfadas no prato dela também. Adoro essas palhas, acho que da uma textura interessante para os pratos. Também não posso deixar de falar que achei a apresentação do prato divina, dava até pena de comer.

Eu fui de Robalo recheado com brie e cogumelo paris ao molho de damascos e chipz de raiz de lotus, que também estava uma delícia. Detalhe na foto para a minha Sakeroska que não fiz uma foto só dela.

Bem, depois destas delícias e muito, muito papo, afinal eram anos de conversa para colocar em dia. Vamos a escolha da sobremesa afinal adoçar a vida é sempre muito bom e bem vindo. Para o pecado da gula não ser tão grande decidimos dividir um gateau de chocolate, que sempre é uma ótima pedida e não foi diferente no Hashi.

Feito! Mais um jantar maravilhoso para guardar na memória e claro dividir com vocês...
Quer satisfação gastronômica e visual ao mesmo tempo o Hashi é o lugar para você.

Um dos melhores Chefs de Porto Alegre, com um cardápio para todos os gostos, com um atendimento de qualidade excepcional junto com uma localização super acessível, formam do Hashi um dos melhores restaurantes da cidade.

E eles não brincam quando dizem art cuisine. Realmente é uma arte o que o Chef Carlos Kristensen faz, os pratos são pura elegância.

É o lugar perfeito para levar alguém no primeiro encontro e impressionar, ou claro para fazer alguma celebração de relacionamento. O ambiente é super romântico, e a carta de vinhos é soberba.

O down side? o preço... é bem caro, não digo que não vale a pena, mas é bem caro mesmo.
Primeira opinião do lugar
O restaurante Hashi Art Cuisine é difícil de classificar. Tem peixes e frutos do mar, aves e carnes. Todos com um toque japonesoide ou meio thai. Se lá. O fato é que são muitoooooo bons!!! O ambiente é simples, mas elegante com meia iluminação - ideal para casais. Gosto mais do peixes e frutos do mar, sendo o camarao ao curry o meu predileto; acompanha legumes e arroz.

Nota geral Você conhece o Hashi Art Cuisine? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)