Galeria do Rock

Endereço: Rua Vinte e Quatro de Maio, 62 , República - São Paulo , SP - Brasil

Categoria:

Shopping Center

  | Rank: 2º de 158
Preço por pessoa
$$$$ (Médio padrão)
Bom para
Ir com amigos, Ir sozinho, Casais, Famílias
Horário de funcionamento
Seg.
8h - 19:30
Ter.
8h - 19:30
Qua.
8h - 19:30
Qui.
8h - 19:30
Sex.
8h - 19:30
Sáb.
8h - 18h

cash
Primeira opinião
Kadu

Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Sou dono
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Contatar o local
  • Lugares parecidos
  • Cadastro
* Por favor, preencha seu nome
* Por favor, preencha seu email válido
* Por favor, descreva seu pedido de orçamento

Estabelecimentos dentro de

Galeria do Rock

Filtrar: Todos A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z 0-9
http://br.kekanto.com/como-chegar/galeria-do-rock-2
Notas específicas:
Custo-benefício
(137)
Atendimento
(140)
Ambiente
(120)
Dicas
Ainda acho um lugar obrigatório de visita em São Paulo,principalmente para quem gosta de música.
Simone C.
Por se trartar da região central da cidade cuidado com os arredores, pode ser um tanto perigoso. Outra dica é a galeria que fica ao lado, conhecida como galeria do Reggae
Rafa S.
Tatuagem Pircing
Edna B.
Aos fins de semana é extremamente cheio mas vale a pena de qualquer jeito.
Jefferson G.
De lá, siga até a Praça da República, depois caminhe até o Teatro Municipal.
Celia A.
Ver mais
Opiniões
A Galeria do Rock de hoje se tornou não somente um lugar para rock, como antigamente: mistura cultura hip hop, underground, estúdios de tattoo, lojas alternativas e, claro, ROCK. Pode estar localizado em uma região não tão segura de São Paulo, pode ter passado por situações bem vergonhosas (como brigas e até um assassinato lá dentro), mas, apesar de tudo isso, não podemos deixar de valorizar o que a Galeria do Rock representa para Sampa! É por isso que dou 5 estrelas.

Na primeira vez em que entrei na Galeria fique encantada com toda aquela diversidade de mundos em um só espaço, sem preconceitos nem amarras. Seus vastos corredores com centenas de lojinhas (mais de 450!) de muita "personalidade", aquelas escadarias antigas em espiral (ok, há as rolantes), enfim, tudo inspira o contato do presente e passado, desde o retrô dos anos 60, a psicodelia dos 70, o rock de garagem dos 80 e os dias atuais, misturando vários tipos de cultura.

Não é à toa que o cenário inspirou séries como Aline e novelas como Tempos Modernos - ambas da Globo. Mesmo que você não se interesse pelos tipos de lojas que existem na Galeria, vale pela visita, pela história e pelo que a Galeria do Rock representa dentro da diversidade de São Paulo.
A galeriiiia cara, certo, eu não sou nenhum frequentador antigo do lugar, que fica (leia com voz de deboche) "ai a galeria era mais legal antes" "ai a galeria ja foi mais legal" "ai a galeria mudou muito", mas mano é daora, eu curto pra caramba os produtos de lá e são bem em conta, eu fui com a minha namorada furar o nariz dela e foi pa pum mano, atendimento suave, rapidinho e de boa, eu acho, bom não fui eu que furei o nariz hahahahgah mas uma vez eu comprei um tenis lá, e não passou de 150, um tenis muuuito legal

Acho que o que mata éa falta de variedade, é assim, tem numa loja tem na outra, não a respeito de tudo, mas em questão de roupas e calçados é o que reparei
Achei a Galeria do Rock incrível! São vários andares com muitas e muitas lojinhas. Predominantemente, as lojas são dedicadas aos amantes do rock, hip hop, skate e tatuagens. Tem de tudo para esses grupos. Roupas, acessórios, equipamentos, enfim, uma infinidade de coisas para cada uma desses segmentos.
Evidentemente o local é frequentado por essas tribos, tornando o ambiente bem interessante. Me pareceu que, muito mais que uma galeria para compra de produtos, lá se tornou um ponto de encontro e de convivência dessa galera, tudo na maior harmonia.
Sem dúvida, visitar a Galeria do Rock é um ótimo passeio.
Para quem gosta de música, é um prato cheio. Esses dias meu irmão veio me visitar, e levei ele lá conhecer. A galeria em si não é muito bonita e a região é uma região onde você tem que ficar bem atento para não ser assaltado. Mas o conteúdo da galeria é o que importa. São dezenas de lojas que vendem desde vinis antigos até roupas góticas. Dentro do gênero rock, você encontra camisetas, discos, caneca das mais variadas bandas.
Não sei se ainda ocorre, mas alguns anos atrás era o point para tardes de autógrafos com bandas internacionais.
Para mim, faltam opções de comida legais lá. Muitas vezes você passa a tarde inteira na galeria e tudo que tem pra comer é um hambúrguer com cara de sujo. Melhores opções com certeza melhorariam o ambiente.
Mas recomendo muito!
O que falar sobre a galeria do rock, não sei porque mas gosto desse lugar.
O piso inferior e o primeiro, tem lojas com artigos para skatistas.
Os pisos superiores tem muita lojas de CD, discos (sim, discos) você encontra vinis históricos lá.
Tem loja de roupas, várias de camisetas de bandas, tem roupas até para bebês tem, tem studio de tatuagens, loja de acessórios, etc.
O último piso tem lojas de silk screen, estampas.
Tem gente de todo tipo, pais com filhos, galera de amigos, gente sozinha, o lugar é bem legal.
Tenho vergonha, mas admito que só conheci a Galeria esse dias, depois de 4 anos morando em São Paulo. Fui lá com algumas amigas que estavam atrás de camisetas de bandas que elas curtem. Apesar da galeria ser "do Rock", hoje ela abriga muitas tribos que se identificam por lá. Acho que fiquei um pouco deslocada pois não fazer parte de nenhuma delas.

Para quem curte, as 450 lojas oferecem de um tudo: roupas, cd's, acessórios, sapatos, instrumentos, estúdios de tatuagem e piercing, etc. O atendimento no geral é bacana. A localização é ótima, na frente do Largo do Paysandu e perto do metrô Anhangabaú. Para quem que conhecer o centro de Sampa, é uma ótimo lugar para visitar, além de ponto comercial também é um ponto turístico.
A Galeria do Rock teve lugar numa parte importante da minha adolescência.Eu ia lá direto principalmente para importar discos de vinil que nunca viriam para cá. Era frequentadora assídua da Cactus, Baratos Afins e tantas outras que prestavam esse tipo de serviço. Lembro de sair de lá como se tivesse achado um tesouro.Era muito legal ficar conversando com os donos das lojas ,que eram verdadeiras enciclopédias musicais ambulantes.Com o advento da pirataria e da internet onde conseguimos baixar aquelas raridades,muitas lojas acabaram fechando e a Galeria não é mais o que era.Até o tipo de perfil dos frequentadores mudou. Ainda existem algumas lojas que resistem bravamente,mas que também tiveram que diversificar os produtos para sobreviver. Sinal dos tempos...
Há quem pense que o único público da Galeria é de roqueiros. Enganam-se. Um público que é mais presente na galeria é o do hip hop, onde o subsolo é inteiro destinado a essa cultura.
A galeria tem diversas lojas, camisetas de bandas, LP, CDs, estúdios de tatoo e percings, etc...

A região não é agradável, mas tb não é dar medo, já andei mto sozinha por ali e nada assustador.
Ná época da faculdade, ali era ponto de encontro com duas amigas. Para beber e comer batata frita no bar que te no subsolo.

via iPhone

Por estar numa região degradada, a galeria até que chama atenção. A maior parte das lojas é voltada para skatistas e algumas de tattoo e piercing. Havia 2 que vendiam e compravam cabelos naturais. São 5 ou 6 pisos dessas lojas, incluindo de comidinhas. Nos arredores, muitas estandes que vendem eletro eletrônicos, acessórios e produtos para celulares, tablets e notes.
São 7 andares dedicados ao universo rocker, passando por lojas de cds/vinis, de tatuagens e piercings, de moda, com blusas de banda e tênis, e até de decoração, com posters e toy art.

Mas ainda mais legal que tudo isso pra vender no mesmo lugar é que a galeria se tornou um ponto de encontro na cidade para quem curte o estilo!

Como se não bastasse a galeria fica instalada em um prédio super transado, da década de 60, que chama a atenção pelas ondulações que desenham o plano.

Passeio fora do lugar comum que vale a pena, ainda mais pra quem curte uma vibe alternativa =)
Um dos primeiros lugares que conheci aqui em SP foi a galeria do rock

Galeria do Rock é o centro comercial mais famoso do centro de São Paulo quando o assunto é artigos, acessorios e assuntos que envolvem o Rock. Distribuido em um prédio, a galeria conta com muitas lojas que oferecem diferentes serviços e produtos.

Eu fiquei encantada com aquele universo paralelo. Gente de tudo quanto é tipo, tatuagens, piercings, música, skate, discos, cds, dvds, camisetas, tênis e roupas em geral se misturam, se conversam e se respeitam dentro do mesmo ambiente.

Se você estiver pensando em fazer uma tatuagem ou colocar piercing, aqui também é o lugar ideal. Os tatuadores da galeria são os melhores da região.

Eu gosto bastante, mas não vá aos finais de semana, porque todo mundo resolve visitar a galeria de sábado. É ponto de encontro pro rolê, encontro de internet, encontro de fãs, tudo acontece nesse lugar.

Não vá sem dinheiro, pode causar depressão. Sério, são tantas coisas incríveis que dica difícil de se controlar. Não se assuste com o pessoal dos estúdios perguntando se você tá afim de uma tattoo ou de um piercing, eles insistem mesmo e te fazem pensar em voltar pra casa com uma lembrança no corpinho rs
Adoro a Galeria! Há muitas, muitas opções de lojas, e não só de rock. Rap, black, hip hop, emo, tem de tudo lá!
Gosto bastante da qualidade das camisetas de lá, e não são muito caras. As lojas mais iradas são as de All Star e de discos, são muito legais! Gosto também de uma loja lá em cima (não lembro o nome), que vende muitas bijus de caveirinha.
Ah, o pessoal do rock se reúne lá na frente no final de semana pra tomar umas.
Aparência 'suja': escadas de dificílima circulação, tanto as rolantes como emergência. Não há nada de extraordinário alí, mas apenas pirataria e os made in china. E mais, você vê uma vitrine/loja e parece que já viu todas: as mercadorias se repetem e os preços também quase isso.
Há as famosas vendas e colocação de cabelos para quem curte dreads, apliques, etc. Porém, esteja atento: os preços não são convidativos, os profissionais executam o serviço ao 'estilo linha-de-produção', as instalações são extremamente desconfortáveis e nada higiênicas e os preços não são acessíveis. Além disso, e se você não prestar atenção ou não for especialista, comprará sintéticos por 'cabelos 100% humanos', e 'a preço de ouro'!
A região não é convidativa: barulhenta, sem estacionamentos, ruas muito movimentadas e que devem deter muito da sua atenção: você pode ser abordado por moleques de rua para levar a sua bolsa e o seu celular, ou para pedir dinheiro. Quando a noitinha cair, saia dalí o quanto antes. Pois para encerrar com chave-de-ouro o seu 'passeio', você pode ser abordado por usuários de drogas e pelos mendigos que 'moram' pelas redondezas (Praça da República, etc.).
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 269

Nota geral Você conhece o Galeria do Rock? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)