Estádio do Maracanã

Endereço: R. Prof. Eurico Rabelo - Maracanã , Rio de Janeiro , RJ - Brasil

Telefone:

(21) 2568-...

Clique para ver
Categoria:

Futebol

  |   Melhor em Futebol de Rio de Janeiro   Melhor em Futebol de Rio de Janeiro
Bom para
Assistir esportes

Primeira opinião
Bruno Prazeres
Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Inaugurado em 1950


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


Estabelecimentos dentro de

Estádio do Maracanã

Filtrar: Todos A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z 0-9
http://br.kekanto.com/como-chegar/estadio-do-maracana
Notas específicas:
Atendimento
(51)
Custo-benefício
(46)
Ambiente
(28)
Dicas Ver mais
Opiniões
Levei meu filho para sua primeira visita ao Maraca, agora no padrão FIFA. Tudo muito diferente. Não tem como estacionar nos arredores mas a UERJ oferece vaga a R$ 15. Funcionários solícitos próximos aos acessos perguntam se vc tem alguma dúvida. Compramos ingressos no setor Norte a R$ 40. Os assentos não são marcados apesar de numerados nos ingressos. A primeira impressão é que o estádio ficou menor, porém muito mais próximo do gramado. Quiosques de venda rápida oferecem lanches com o tradicional hot dog do Geneal, salgadinhos e refrigerantes. O banheiro é bem limpo, tem sabonete e papel toalha. Agora sim tudo pronto, Vai começar a festa !

Mengo Estou sempre contigo, Somos uma nação.
Não importe onde esteja, Sempre estarei contigo.
Com o meu manto sagrado,
E a bandeira na mão,
O maraca é nosso Vai começar a festa.
Dale, dale, dale ô, dale, dale, daleô, dale, dale, dale ô, Mengão do meu coração! ...
A primeira vez que fui, foi em dezembro do ano passado, já no novo maracanã, e estava com meu Pai e entrei na torcida do Flu. Reparei que a segurança na entrada é bem grande, em relação à com o que estamos entrando. As coisas lá dentro são bem caras, sendo a melhor opção levar um biscoito (que eu nem sei se pode entrar). A área de compra de lanches é simples e sem qualquer luxo e há também vendedores ambulantes pela arquibancada. Não há lugar certo para sentar.

Depois fui com meu namorado e entrei na torcida mista (mais cara). A diferença aconteceu logo na entrada, na área do lanche, pois bem diferente da parte de torcidas separadas, essa tinha ar condicionado, lugares para sentar, mesas e tvs. Talvez fosse até melhor assistir o jogo lá de dentro hahaha. Mas, era tudo o mesmo preço.
Minha emoção com o Maraca começou antes mesmo de chegar nele. Alguns dias antes eu já estava pensando como seria (maluca pirada), e quando passava perto dele meus olhos brilhavam, sem mentiras.

Bom, o estádio é enormeeee! Sério! Você olhando ele por fora é aquela imensidão. Sem contar na estrutura na qual fizeram, esta bonito mesmo!

Como desci na estação Maracanã, dei uma boa pernada, porque minha entrada ficava praticamente do outro lado.

O que me chamou a atenção, foi a organização dele. Cara, show de bola! Tinham policiais e seguranças a cada 500m, sem contar nos orientadores (pessoas dispostos a dar informações).

E por fora ele é super bem sinalizado, não tem erro de se perder ou não achar a sua entrada. As placas são bem grandes e bem posicionadas.

Entrei pela entrada do Belini pra ir pro jogo do mengão s2s2. Super organizado e tranquilo. O ingresso tem leitura por código, então é bem rápido!

Galera, eu achei que minhas pernas iam falhar, na moral. Subi parecendo uma bêbada, com as mãos suando e sentindo meu coração me abandonar a qualquer momento hahaha.

Na hora que cheguei na arquibancada (fiquei no setor leste lá no alto, lateral do campo) eu comecei a pular! Só de olhar ele por dentro e realizando meu sonho que era entrar e principalmente pra ver meu amor eterno (leia-se flamengo) jogar.

As cadeiras tem um espaço legal de uma fileira a outra. Fiquei com medo de serem muito grudadas. Só que não, eram bem posicionadas. E caso alguém precisasse passar, não precisava levantar, era só dar uma viradinha pro lado e pronto!

A cada corredor tinham dois policiais e um segurança monitorando as pessoas, por exemplo, caso colocassem os pés nas cadeiras e tals. Quanto a segurança, estão de parabéns! Isso que o maraca não estava tão cheio, deu 12 mil pessoas. Então, tranquilidade que só!

O Maracanã tem cerca de 300 banheiros, sendo 37 para deficientes.

Possui 60 bares espalhados. Fiquei chocada quando soube haha. Mas, quando estava lá não estavam vendendo cerveja, só a itaipava sem álcool. Me disseram que cerveja mesmo só na copa.

Ah, lá está com o mesmo esquema do estádio de Brasilia. Não pode entrar com latinha, logo eles colocam o que for consumir no copo. Acho que é padrão de todos os estádios agora.

Eu chorei muito quando estava pra começar e quando começou o jogo, não sabia se torcia e prestava atenção ou se enxugava as minhas lágrimas. Putchamerda, lindo lindo, armaria!

Pra minha felicidade, meu mengo ganhou (mesmo com time reserva). Então tudo realmente valeu a pena pra mim, sem mais!

Na hora de ir embora ainda vi o ônibus do flamengo saindo haha e vários torcedores próximos. Bom, se o goleiro Felipe (amor platônico) estivesse lá, até pilharia pagar de torcedora mais maluca que já sou kk brincadeirinha!

Enfim, missão cumprida! Uma experiência única na vida e que com certeza, quando tiver outra oportunidade irei voltar.
Tinha me esquecido que quando fui ao Rio fomos também ao Maracanã, pois estava incluído esse passeio ao considerado naquela época o maior estádio do mundo,hj talvez esteja entre os dez maiores.
Passeamos no museu que mostrava as chuteiras do Pelé que era considerado o maior jogador de futebol da história,isso naquela época que fui ,a Marta e outros que sucederam depois nem eram conhecidos ainda naquela época que fui.
Lembro me ter ficado admirada pela imensidão do estádio,pois era novidade,onde todo mundo queria conhecer,hj já não é mais assim ,creio eu.
Tinha mais coisas sobre o Pelé ,Rivelino, zagalo,e outros que não me recordo.
Puxa poderia ter guardado o ticket de entrada do estádio como lembrança, talvez hj seria uma relíquia rsrsrs pois faz tanto tempo que fui.
Mas adorei o tour que havia feito na época.
Esse é um local que deve ser visitado por todos que vão ao Rio de Janeiro. Já é um ponto turístico a muitos anos, a após a reforma para a copa do Mundo ficou maravilhoso.
O acesso é fácil tanto de carro como de ônibus. Possui extenso estacionamento. Todo o estádio possui cadeiras plásticas, bem confortáveis. Os telões , no total de 4, são excelentes! O campo nem se fala, um tapete. Os banheiros também foram reformados. Ficou realmente divino!
Em homenagem a mais um título do meu Mengão, vou falar hoje sobre este verdadeiro templo do futebol, que fui poucas vezes (três), mas nem consigo expressar a emoção que tive, principalmente em 2001, final Mengão e Vasco, gol do título, feito por Pet aos 43 do segundo tempo.
Quanto ao lugar, não teve problema na entrada ou saída, que foi bem organizado na época, só achei os banheiros um pouco mal cuidados, não sei como está hoje depois da reforma, mas ouvi falar que está muito bom o lugar todo.
Pretendo ir de novo em breve, e ver como ficou, se Deus quiser.
Minha re-primeira vez foi para assistir ao jogo do Flamengo. Um clássico contra o Corinthias, família toda reunida e uma diversidade na arquibancada.

Não há sensação melhor de espectador a que tive por lá.

O problema mesmo é para comprar os ingressos, filas enormes, e algumas vezes confusões por conta da demora no atendimento. Evite comprar ingresso no dia, compre uns dois dias antes para evitar essas coisas.

Um local ótimo para reunir amigos, familiares e conhecer outras pessoas. Se você é sociável está indo ao local certo.

O setor ao qual gosto de ficar é o Norte, não tem marcação de lugar, é mais em conta ($) e a concentração das torcidas organizadas é ali. Interação melhor que essa ainda não encontrei. AH, também não presenciei confusão por parte dos torcedores, e caso tenha há reforço policial por todo lugar. Desde o lado de fora até o interior.

O que pesa é o preço dos alimentos, que são de péssima qualidade, as filas que se formam durante o intervalo e a má conservação do banheiro. Tirando essa parte a diversão é garantida.
Já fui ao maracanã velho para ver papai noel descer de helicóptero, fazer prova, assistir show de rock e claro ver jogos de futebol.

Me desculpem os saudosistas mas as reformas deixaram o novo Maracanã muito melhor!

As cadeiras são mais confortáveis os banheiros são limpos e há vários bares para comprar bebida e comida.

A organização da entrada e sinalização também estão bem melhores. Levei um colega que já assistiu jogos de futebol na Europa e ele ficou impressionado com o padrão do Estádio.
Decidi escrever uma resenha sobre o Maracanã apenas quando pudesse ter base para falar sobre ele antes e depois da reforma do estádio visando a Copa do Mundo. Pois bem. Em um espaço de quatro anos posso constatar, sem sombra de dúvidas, que muita coisa mudou mesmo em relação ao gigante.
Ao começar pela capacidade que foi sendo reduzida com o passar dos anos. Tanto pelos novos padrões do futebol como por medidas de segurança. Onde antes cabiam 200 mil pessoas na base do aperto e da solidariedade, hoje se ocupam cerca de 70 mil sentadas confortavelmente em cadeiras cujas cores fazem referência à bandeira nacional.
Uma das marcas registradas do estádio, infelizmente, foi destruída com o tempo. A famosa geral, já extinta no tempo da minha primeira visita em 2009. Naquela época a distância da arquibancada para o gramado era ainda um pouco maior e a visita às diversas alas do estádio não era guiada. Pagava-se um ingresso e o visitante tinha acesso aos diversos setores do estádio por conta própria, sendo orientado por monitores em algumas partes. Infelizmente, por falta de planejamento minha, não pude realizar a visita guiada nesta última ocasião em que estive no Rio. Vai ficar para uma próxima viagem. Espero que esta não demore muito.
Em compensação, pude acompanhar o chamado Jogo das Estrelas como torcedor e posso assegurar: o conforto e a visão de campo estão consideravelmente melhores. É possível ter uma visão privilegiada do gramado de qualquer ponto do estádio. Isso sem falar do barulho da torcida que é um espetáculo à parte.
A visita vale por si só. O Mário Filho é um cartão postal do Rio de Janeiro e patrimônio mundial para quem gosta de futebol. Visita mais que recomendada para os fanáticos pelo esporte mais popular do Brasil. O acesso pelo metrô é bastante fácil. Para quem vai pela linha verde, basta descer na estação Maracanã que você já sai de acesso à entrada principal do Estádio.
O Maracanã todo vestido de rubro-negro não tem igual. É o maior espetáculo da terra. É sempre um bom programa. Pode valer a pena ir assistir a alguma partida dos virtuais rebaixados pela segunda vez : Vasco e Fluminense. O jogo que consagrou o flamengo como tricampeão da copa do Brasil tornou o Maracanã mais bonito.
Só fui uma vez, no show da Madonna. Eu sei, como pode uma carioca só ter ido uma vez e nem foi pra assistir um jogo?! Calma, eu não fui porque sempre me diziam que rolava confusão e não sou fanática por jogos que não seja o do Brasil. Então, tô em busca de companhia para tentar assistir um jogo legal. Fui uma vez no engenhão com ex, achei normal, talvez porque não ligue para jogos.
Resenhando novamente pois tive uma experiência mais completa e para reforçar alguns pontos.

1) Dessa vez, Fluminense e Vitória pela terceira rodada do brasileirao. A entrada mais uma vez foi muito tranquila e organizada. Sendo que nesse jogo foram 50mil pessoas. Torcida em peso.

2) lanchonete: não tem muita opção, mas da pra enrolar a fome. Cachorro quente pequeno geneal R$6 e o Mate R$4. Outros preços veja a foto.

3) dica de estacionamento: dessa vez paramos na Uerj por R$ 15. O jogo era as 21h de um sábado e chegamos as 19h30. Pegamos um pouco de trânsito para entrar e estacionar, mas tinha vários funcionários sinalizando.

4) segurança: além de todo o esquema reforçado, eles circulam entre as cadeiras mantendo a ordem e ainda ajudam os torcedores encontrarem lugares vazios.

Muito bom! Pretendo voltar mais vezes.
Fiz uma visita guiada hoje no Maraca e fiquei maravilhada! Achei um preço razoável: 30R$ a inteira e 15R$ a meia.

A visitação passa por todos os lugares do Estádio. Ela começou na tribuna de imprensa, e em seguida percorremos a tribuna de honra, camarote, sala VIP, vestiário, sala de aquecimento, campo e estúdio onde são gravadas as entrevistas.

Entramos no vestiário utilizado pela seleção brasileira na final da Copa das Confederações e depois seguimos para a sala de aquecimento, onde um vídeo é exibido. Nessa parte da visitação fiquei extremamente incomodada: os guias, antes da exibição do vídeo, pedem para que todos se sentem/deitem no gramado artificial para a exibição do mesmo. Para a minha surpresa, o vídeo exibido é o momento em que o Hino Brasileiro é tocado e cantado por todos no estádio até o fim. Acho um absurdo e, principalmente, um desrespeito todos se manterem sentados/deitados durante a exibição do nosso hino nacional e pior ainda, os guias incentivarem esse desrespeito.

Tirando esse fato, a visita foi excelente e uma forma diferente de ver o gigante silencioso e vazio, observar todas as suas cores, seus detalhes e seus segredos. Valeu muito a pena! Recomendo a todos viciados em futebol e viciados no Rio de Janeiro.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 116

Nota geral Você conhece o Estádio do Maracanã? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)