Duty Free

Endereço: Aeroporto Internacional de Guarulhos , Guarulhos , SP - Brasil

Categoria:

Cosmético / Perfumaria

 
Primeira opinião
Allan P.
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Ar condicionado


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Pedir orçamento
* Por favor, preencha seu nome
* Por favor, preencha seu email válido
* Por favor, descreva seu pedido de orçamento

http://br.kekanto.com/como-chegar/duty-free-2
Notas específicas:
Atendimento
(8)
Custo-benefício
(8)
Dicas
Opiniões
Bom... melhor para quem já está com as malas cheias
O Duty Free Shop do aeroporto de Guarulhos é ótimo para quem quer comprar bebidas, chocolates e perfumes. Mas dependendo do destino da sua viagem.
Para quem vai aos Estados Unidos, os eletrônicos do Duty Free são caros, para quem vai à Argentina, os chocolates são caros. Ou seja, compensa mais você comprar no destino.
Mas caso você já esteja com as malas lotadas e ainda queira aproveitar e comprar mais alguma coisinha, aí sim compensa ir ao Duty Free. Principalmente coisas que você não encontra no destino da sua viagem.
Se você ver alguma super promoção no FreeShop quando estiver indo viajar, recomendo fazer o pedido, deixar pago e pedir para retirar na volta, pois provavelmente neste dia já não haverá mais nada.
Estive a pouco tempo no Duty Free de Guarulhos e me decepcionei bastante.

Logo na chegada também fiquei receoso de deixar minha bagagem em uma área específica com cara de "largado em um canto" como já foi bem dito em outra opinião.
As promoções de bebidas se resumiam em caixas de 12 unidades restringindo muito a compra por pessoas que bebem muito ou compram para algum evento social como casamento ou formatura.
Os whiskys mais baratos estavam na faixa de 24 dólares, preço muito parecido ou até maior em alguns casos de vários lugares no Brasil.
Os chocolates mais caros que em lojas normais no exterior e as roupas quase o dobro das outlets lá fora.
Os perfumes ainda valem a pena, mas vejo que o Duty Free só voltará a ser realmente atrativo com o Dolar mais próximo aos 2 reais.
Em tamanho achei a loja média mas senti falta de várias opções que tinha visto no exterior e deixado para comprar aqui.
O Duty Free do embarque é pequeno e indico mais para pesquisa de preço e reserva, pois nos outros países costuma ser mais barato.
O do desembarque passou por uma reforma recente e estampam ser o maior de todos, embora ainda ache pequeno e já tenha visto maiores, rs. O preço, como dito acima, costuma ser superior ao encontrado fora do Brasil. Sendo assim, recomendo comprar apenas o que faltou no caminho e garrafas que pesam mais e exigem maior cuidado.
Costuma ter muita fila, mas a reforma proporcionou mais caixas e, consequentemente, menos tempo de espera. No caixa também é possível pagar em reais. A taxa costuma ser desfavorável, mas em tempos em que o dólar sobe absurdamente e o IOF do cartão de crédito é ridículo, vale o risco.
Os atendentes sempre foram eficientes e educados.
Um dos vários duty free no setor de embarque internacional, ao percorrer o meu portão , vi uns três .
Tem várias opções, todos com preço em dólares,mas pode pagar em real/ dólar ou cartão de crédito/débito
Tem desde chocolates, roupas, perfumes, máquinas fotográficas , óculos escuros , alguns eletrônicos , bem tem outras opções
Mas o melhor fica pro final resenha :
Se vc tiver indo para alguma cidade em que já sabe que os preços são bons para compra e não precisa nada de imediato na hora do embarque indico passar um tempo fazendo pesquisa de preços , se achar algo muito bom de preço, aguente a tentação e faça uma reserva gratuitas do produto
Quando contar da viagem, terá um outro duty free;( da mesma empresa) dai vc mostrará a sua reserva dos produtos que reservou( lembre de guardar o papel) e assim eles irão ao depósito pegar seus produtos e mais legal ainda, se o preço baixou ainda mais, vc pega este novo preço, se aumentou, vc pega o preço da reserva ou se preferiu não comprar nada do que reservou , tudo bem. Pode desistir sem custos
Boa dica né? Aprendi na minha viagem para o Panamá , e valeu a pena fazer a reserva de alguns produtos
Chegando ao Brasil, São Paulo, damos de cara com o Duty Free. Só entro quando tenho alguma encomenda que não consegui comprar no país visitado ou aquele chocolatinho perdição da Lindt! rsrs A última vez que passei por lá foi em outubro e reparei que a loja passou por uma reforma. Não gostei da mudança. Ficou estranho, o meio da loja ficou um espaço morto e a área dos caixas apertada. Os produtos estavam meio desfalcados e as prateleiras bagunçadas. Não é de longe a minha loja preferida para fazer compras de produtos importados, mas quebra um galho para a compra de chocolates, bebidas e perfumes mais populares.
Nem se compara aos freeshops de outros países... o nosso é bem pobrinho de lançamentos.

Em minha primeira passagem por lá, em 2010, eu fiquei impressionada com a loucura do povo lá dentro: parece um bando de descontrolados consumindo como se fosse tudo de graça... rsrs. Na época não comprei nada, até mesmo porque não tinha mais nada de grana e já tinha deixado todos os meus euros em Roma e graças a Deus não tinha cartão de crédito... hehehe.

Passei novamente lá em maio e queria comprar um relógio Michael Kors, que estava absurdamente caro nos países em que passei na Europa... achei um modelo lindo e resolvi levar... comprei também um perfume para dar de presente ao meu pai... de maneira geral achei o estoque meio desatualizado, com produtos que nem estão mais disponíveis lá fora... lá tinha o meu relógio que comprei há quase dois anos e que já está até fora do site da marca... tipo, refugo dos países desenvolvidos...

O melhor de tudo foi poder parcelar o valor no cartão de crédito... muita vantagem quando já se gastou tudo e mais um pouco na viagem, mas quer comprar umas coisinhas a mais para presentear a si próprio, a família e aos amigos... ou não, quem nunca comprou Lindt ou Kit Kat para dar como lembrancinha e desistiu, rsrsrs.
A Duty Free é aquela loja em que você faz as últimas compras ou quando esquece algum presentinho de alguém, daí você apela pra essa lojinha, que em boa parte dos produtos, acho bem fraquinha. Vale a pena comprar perfumes, bebidas (mas melhor pesquisar os preços nesse caso, pois pode estar mais barato no BR mesmo) e relógios.
Na minha última viagem internacional eu resolvi comprar algumas coisas no Duty Free na volta. O lugar não é muito grande e os preços de algumas coisas são mais caras e outra bem mais barato.

O que vale a pena comprar mesmo são os perfumes e as bebidas, são bem mais em conta do que fora, mas resolvi comprar alguns chocolates. Lembro que comprei alguns Kit Kats e os Lindt Vermelhos. Lembro que comprei bastante esses chocolates... hehehe
É um Duty grande, sessão de maquiagens e perfumes bem completa, bebidas, alguns eletrodomésticos, muito chocolates. O preço compensa para alguns produtos, já foi melhor.
Fui de madrugada então o atendimento e reposição de produtos na parte das maquiagens é bem desfalcado, salvo o cantinho da MAC que havia uma mocinha que ajudava e muito nas escolhas, provas, dicas. Então obviamente a mulherada se concentrava mais ali.
Não pegamos filas para pagar, afinal era tardão, então não sei como seria durante o dia.
Não pode entrar com a mala, mas tem um “guarda-mala” (que nada mais é do que um chão com as malas enfileiradas) com controle de senha, sem custo.
O melhor lugar para você explodir o orçamento da sua viagem, especialmente porque eles aceitam qualquer moeda e qualquer forma de pagamento, inclusive débito, dólar, peso, real, etc. O limite para compra por pessoa e de 500 dólares e existem algumas regras (Ex: até 24 garrafas, sendo no máximo 12 de cada tipo).

Antigamente o preço era muito mais atrativo, mas ainda hoje tem muita coisa que vale a pena. Dá para comprar perfumes na faixa de 60 dólares, garrafas de whisky Black Label por 42 dólares, Vodka Cirôc por 33 dólares e muitos chocolates. Para quem leva lembrancinhas para empresa tem uns pacotes grandes de Snickers, Kit Kat, Hersheys que vale a pena (de 15 a 30 dólares cada).

A única coisa meio chata é ter que deixar a sua bagagem no estacionamento de bagagem que eu acho um pouco negligenciado (apesar de nunca ter ouvido falar em problemas). Não esqueça de ter o cartão de embarque em mãos (já perdi uma vez e não podia comprar).
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 16

Nota geral Você conhece o Duty Free? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)