Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do D-Edge?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
D-Edge

D-Edge

Av. Adolfo Coelho, 235
Barra Funda - São Paulo , SP - 01155-040

Telefone: 11 3667-8334/3665-9500

Localizado em frente ao Memorial da América Latina, D-Edge é uma das casas noturnas mais famosas e frequentadas de São Paulo pelos amantes da música eletrônica. Funciona de segunda à sábado, com uma programação diferente para cada dia. 


Preço por pessoa:

$$$ (De R$51 até R$100)

Categoria:
Eletrônica
Ranking: #1 de 42
Site oficial:
d-edge.com.br
Formas de pagamento:
Crédito:
Débito:
Primeira opinião por:
Fabiana Luz
Detalhes:
Acesso para deficientes
Ar condicionado
Aceita reservas
Área para fumantes
Comanda individual
Música: Djs renomados
Entrada
Estacionamento: 25,00
Metrô/trem próximo: Palmeiras - Barra Funda (509 m)

Quer receber ofertas do D-Edge?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas específicas:
Ambiente
(35)
Público
(32)
Atendimento
(32)
Bebida
(31)
Custo-benefício
(22)
Comida
(11)
Produto/Serviço
(1)
Mostrar:
Dicas  (37)
Pedro Teixeira
Sempre olhar a programação no site e comprar os convites com antecedência.
Pedro T.
Bernardo Mantelli Guedes de Almeida
Poucos sabem mas a D-EDGE tem um sistema de 20 min de tolerância, entrou e quer sair antes dos 20 min iniciais sem consumir(Sai gratis)
Bernardo M.
Rafa Rodrigues
De segunda-feira rola uma balada exclusiva de rock/alternativo
Rafa R.
Murillo Tavares
Programe-se para ir em um dia onde todas as 3 pistas estejam abertas, e não deixe de conhecê-las.
Murillo T.
Classificar por:
Opiniões   (76)
 
Composta por 3 ambientes, sendo 2 fechados e um terraço com uma vista legal, mas cheio de fumante.

A nota baixa vai pela quantidade de luzes nas pistas de dança. Tem luz por todos os lados, que ficam piscando loucamente e isso deixa qualquer um tonto (imagina pra quem estiver bêbado...rs).

A música é boa, mas não é o tipo de tecno que toca em rádio.

Público bem variado, com roupas mais "relax". Vi gente de várias idades, mas a média deve ficar em uns 25-30 anos.
 
A pista 1, recém reformada e sem os camarotes, é bem espaçosa. As principais atrações da noite tocam ali e fazem a alegria dos frequentadores que buscam o melhor eletrônico da cidade. Nomes de peso nacionais e internacionais são presença constante.

A pista 2 tem um projeto de iluminação incrível e persianas que abrem e fecham automaticamente, permitindo vista do Memorial da América Latina e do nascer do sol.

O lounge, espaço com acesso exclusivo a convidados quase sempre, tem atmosfera única, mais intimista, além de bar e banheiros exclusivos.

A cobertura, ao ar livre, é um espaço onde se pode fazer amigos, conversar e desfrutar uma vista bacana da cidade.

Os preços são razoáveis, se comparados aos praticados por baladas equivalentes. Entrada costuma variar de R$30 a R$60 ou consumação de R$80 a R$200.

Sem dúvida nenhuma, a melhor balada para quem quer curtir de meia noite até o sol raiar. Ou além.
 
Realmente, a D-Edge tem motivos para estar entre os melhores clubes do mundo. O lugar é lindo, espaçoso, com música de altíssima qualidade. Além de público sempre diferenciado: desde as festas GLS, eletrônicas, rock. O preço é carinho (para homens, R$ 80, seco! Para mulheres, não lembro, porque tinha nome na lista..YAY!), mas o lugar merece a visita.

Eu fiquei mas na pista do primeiro andar, próximo ao bar. Naquela noite não lembro qual DJ estava comandando a festa, só lembro que, de repente, havia a performance de um saxofonista! Gente, achei GENIAL! Eu que não curto tanto assim música eletrônica, acabei dançando muuito!

Sem falar que o local tem um sistema de som impressionante: você ouve a música com excelente qualidade mas consegue conversar com as pessoas sem ter de berrar. Como? Não sei.

E se você for falar da decoração, aí já é outro diferencial: cheia de LED, o lugar ainda consegue ser clean e sofisticado. Porque não é LED tosqueira, é alto padrão. Falando em alto padrão, se você tiver mais grana no bolso pode participar de festas em uma área VIP no segundo andar: não, não tenho este cacife para participar da área "xike" mas dei uma olhadinha de curiosa...hehe

No terraço, área para fumantes,além de ser um lugar maravilhoso com vista ao Memorial da América Latina e ao céu: sim, em noite de céu estrelado, o lugar realmente fica fascinante. Eu ri muito quando falaram para eu olhar para a lua de dentro do banheiro: porque há um banheiro muito doido no meio deste terraço com teto de vidro. Ri demaaais e juro que fiquei na fila do banheiro só pra "ter esta experiência", mas naquele dia estava fechado...hahaha

Enfim, balada alto padrão! =)

 
Não somente um dos melhores clubs do Brasil, mas do mundo também! Até aí isso não significa nada pra mim se também não tivesse um dos públicos mais pra cima da cidade de sampa, normalmente o agito é de uma galera descolada e pra frentex. É irrelevante aqui que a noite seja GLS, de Rock ou de eletrônica...a noite aqui é de todos e a festa não tem hora pra acabar e se acabar continua num dos afters mais famosos da cidade.
o preço é salgado e as filas enormes, mas o que você encontra do lado de dentro é algo comparável com os filmes mais futuristas que existem. Apelidei o D-Edge carinhosamente de balada do TRON (o filme) mas faz todo o sentido, devido as moderníssimas 3 pistas que são cobertas de LED, luzes, efeitos 3D, equipamento de som perfeito, daqueles que não atrapalham a conversa e a área de fumantes/terraço é uma história de amor em formato de espaço geográfico, o lugar é lindo! Pra qualquer lado que você olhe, você vê a cidade e ainda com uma vista privilégiada para o memorial da América Latina, coisa linda! O banheiro dessa parte superior também é uma coisa, o teto parece um telescópio.
A pista 1 ainda é a mesma dos velhos tempos.
A 2 tem vista para a cidade através de um vão na parede que faz um efeito 3D na pista quando ele fecha automaticamente, é uma pista que dá barato só de olhar pra ela.
A pista 3 é uma coisa de louco também, bem menor normalmente é fechada para eventos. É toda de aspecto amadeirado e parece que vai se abrindo conforme você entra nela :O
Ir ao D-Edge é um experiência em si, não bastasse a vibe boa das noites e os dj nacionais e internacionais que animam com incrível qualidade os mooves da galera.
Top 10 baladas do mundo que você deve ir antes de morrer com certeza ;)
 
Não é exagero dizer que é um dos melhores clubes de São Paulo. Do sudeste. Do Brasil. Das Américas. Do mundo! Do universo! Tá, parei... Verdade é que me impressionei positivamente nas duas vezes que fui na D-Edge e olha que não sou muito de me empolgar para falar sobre um lugar. Já tinha visto pela imprensa os prêmios que esta casa noturna já ganhou, mas conferir de perto aqui dá para saber o porquê dessas conquistas.

Sim, o preço é bem salgado. Mesmo. Portanto todo o contato que você tiver para lista VIP, lista-amiga ou seja lá que nome tiver será muito bem vinda. Daí dá para converter a economia da entrada em bebidas que, por sinal, também não são lá muito convidativos em termos de valores. Por sinal, seria melhor que tivesse disponível um maior número de "cardápios" impressos de bebidas com tonalidades mais claras e fontes maiores porque a iluminação não é lá essas coisas e se perde um belo tempo tentar decifrar as opções e, consequentemente, escolher a bebida. Havia um display eletrônico "wannabe mudééérnu" com as opções que mais atrapalhou que ajudou.

A fila de entrada é gigantesca, mas a partir do momento em que liberam as entradas o processo é rápido. Considero muito bacana um dos primeiro ambientes que se acessa que tem sofás e mesas em que é possível ouvir música em volume mais baixo, mas em compensação pode-se bater um papo. Sou péssimo para descrição de ambientes, mas mesmo o mais leigo se encanta com o design das pistas de dança. Fantástico... ambiente feito realmente para sentir a música e excelentes atrações musicais... a única coisa que me incomodou foi a quantidade de gente sob efeito das chamadas "balas", apenas isso.

O fumódromo é fantástico. Mesmo. Sou um não fumante que ama conhecer esses espaços porque eles são muito convidativos. Fica ar ar livre no último piso e, na boa, procure conhecer o banheiro sem teto do ambiente. Volto pra lá com certeza!
Dica: Procure algum promoter para entrar VIP. :P Vale a pena!
 
Sem sombra de dúvidas o D-Edge é um dos melhores clubs do mundo. Não deve nada para os famosos clubs (Watergate, Fabric, Ministry of Sound, Space, Pacha entre outros), nem como estrutura e principalmente quanto a programação. O que o dono Renato Ratier e sua excelente crew fazem pela musica eletrônica brasileira é de se tirar o chapéu.

Eu sempre frequento 3 festas organizadas para públicos diferentes. A de quinta, que é realizada pela Anna Biazin e se chama Moving é sensacional. Já para quem deseja estender os seus programas de sábado a noite, a festa Mothership organizada pelo China, é a melhor pedida de São Paulo. Sem contar que nas sextas a festa Freack Chic tem como característica apresentar o que tem de mais fino da música eletrônica mundial.

O clube acabou de completar 12 anos de existência. Em 2010, o espaço inaugurou 3 novos espaços: Um lounge, uma nova pista e um terraço que demorou cerca de quatro anos para ser construído e oferece vista privilegiada para o Memorial da América Latina. A casa é iluminada por LEDs, dá mais alta qualidade, desenvolvido pelo mago do audiovisual Multi Randolph.

Para quem nunca foi recomendo estacionar o carro no Memorial da América Latina o preço é de R$ 10,00 e fica aberto 24 horas.
Dica: Sempre olhar a programação no site e comprar os convites com antecedência.
Bom para: Ir com amigos, Dançar
 
Balada top em questão de qualidade do som, iluminação da pista e experiência de atendimento desde a entrada. Fui em uma sexta-feira e cheguei pouco antes de abrir, por volta da meia noite. Diferente de muitas baladas, esta aqui não segura fira e consegui entrar rapidamente e fugir do frio do inverno paulista.

Optei pela entrada de R$ 80 consumação que achei um preço bem justo. Existe uma parte externa no andar superior ideal para tomar um ar e apreciar a vista do céu e do memorial. Já na pista principal existe um bar grande e com rápido atendimento, camarotes nas laterais e uma pista.

Público em geral bonito e bem tranquilo, no dia em que fui era uma balada gls mas muita gente não sabia por isso tinha um público mais misturado.

Consegui pegar um taxi rapidamente para ir embora na esquina onde fica uma pessoa organizando o movimento.
Dica: Optei pela entrada de R$ 80 consumação que achei um preço bem justo.
 
Pouta balada apertada manowww

achava que era maior o ambiente.... Mas enfim é uma balada de gente "bem de vida", classe média alta , por aí... As bebidas que pedi estavam um pouco acima do preço esperado e o tamanho do copo um pouco abaixo do esperado rsrsrs (concluindo ganhar dim dim sobre bebidas ta facil :d , nao precisava ser tao exagerado )

as musicas foram bem nice... Da pra viajar nos pensamentos legal

a parte bacana é a vista do fumodromo la em cima na cobertura que da pra ter vista bacana do entorno e do memorial da america latina

é bacana pra gente bacana :)
 
Amo este lugar!
Musica boa, djs animadissimos, coloca a galera pra cima!
Ambientes bem distribuídos...bebida boa e barata e gente de todas as "tribos", bonitos e alegres!
Dica: Chegar cedo!
Déborah Evelin dos Santos:
Muita música eletrônica...agita a galera na a pista decorada com 200 retângulos de luz, tanto nas paredes quanto no teto e no chão. Nas segundas a agitação fica por conta do Rock...a casa possui 3 ambientes.
Conteúdo inválido
 
Hoje nem tanto, mas ha um tempo atrás, eu passava por lá pelo menos um dia da semana. Sempre foi meu club favorito, mesmo antes da reforma. Então de certa forma eu devo muito ao D-Edge, graças a esse clube eu já experienciei desfilar em uma escola de samba, "Unidos da Alameda Olga", já participei de uma maratona, 'Meia Maratona da Barra Funda". Além de alugar bicicleta e andar até as 14h da tarde. E tudo isso de calça jeans, em outras palavras saindo da balada.

Agora partindo para a estrutura do club, eu não sou a pessoa mais viajada, mas já tive a oportunidade de conhecer alguns clubs famosos do mundo. E o D-Edge nunca ficou atrás, por isso que até hoje é considerado a melhor casa noturna do Brasil e uma das melhores no mundo.

Conta com três pistas, um terraço e um sistema de som que desperta inveja em todos os clubs do mundo! O preço é R$50 de entrada ou R$100 consuma, a bebida é meio cara então eu aconselho a preferir os R$100 consuma.

Recomendo;)
 
Se você tem 20 e poucos anos, está na pegação e tem uma carteira recheada para impressionar a mulherada, esse é o lugar, rsrs. Normalmente muito cheio (até mesmo no after), o serviço no bar é praticamente impossível. O som geralmente é de primeira, para quem gosta de música eletrônica,
 
Fui de segundona, rola um rock, um eletronico mixado com the killers, red hot, coisas bem abrangentes e "que todo mundo gosta".

O lugar é sensacional, a pista de led é muito legal, o bar estava bem rápido mas acho que pelo fato de ser segunda feira estava bem mais vazio.

O que fez a diferença pra mim foi o estilo musical, é difícil encontrar lugares que tocam isso com a qualidade que os dj's tinham, o que consequentemente atraiu um público muito legal!

Recomendo de segundonas!
 
Situada na Barra Funda, a balada D-Edge possui hoje um público muito selecionado para sua balada, com um preço elevado, a casa possui Djs residentes de qualidade notável, tocando House, tehcno entre outros estilos do momento.

Uma das grandes atrações é o ambienta da pista, no qual luzes na parede dão um efeito bastante surreal, e seu terraço, um lugar ótimo para conversas mais íntimas.
A pista 2, permite uma bela vista do memorial no fim da festa, com um belo nasce do Sol.

O melhor dia na minha opinião é segunda-feira, o único problema é a fila gigantesca, mas vale o tempo na espera.

Pra quem procura música de qualidade, pessoas bonitas, uma custo um pouco acima das demais festas e um ambiente que disponibiliza conforto e uma bela vista, a D-Edge é o lugar certo.
 
Balada muito boaaaaa...
O som é ótimo, têm pessoas bonitas e cheias de estilo por lá!
é bom dar uma olhada na programação da casa porquê varia muito de acordo com os dias da semana!

Pra quem gosta de dançar e de um after é a melhor pedida ;)
Dica: Verificar a programação da casa e nome na lista!
Bom para: Ir com amigos, Dançar, Paquerar
Mari Rosa:
Já faz um tempinho que eu não vou, mas na maioria das vezes foram as quintas... de sábado só fui umas 3 vezes, mas saindo de outro rolê, cheguei lá já no domingo... kkkkkkkk
E vc? Costuma ir qdo??
Conteúdo inválido
Pedro Teixeira:
Antes eu ia mais nas quintas, mas como acaba com a minha sexta eu estou indo de vez em quando nos sábados. Mas adoro escutar aquele bpm da caixinha preta rsss.
Conteúdo inválido
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 76

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
25
Seus check-ins aqui
0