Confeitaria Colombo

Endereço: Rua Gonçalves Dias, , Centro - Rio de Janeiro , RJ - Brasil - 20050-030

Telefone:

21 2505-15...

Clique para ver
Categoria:

Buffet

 
Primeira opinião
Flavinho Vénturi
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
9h - 20h
Ter.
9h - 20h
Qua.
9h - 20h
Qui.
9h - 20h
Sex.
9h - 20h
Sáb.
9h - 17h


Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas


Enviar foto
Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Contatar o local
  • Lugares parecidos
  • Cadastro
* Por favor, preencha seu nome
* Por favor, preencha seu email válido
* Por favor, descreva seu pedido de orçamento

http://br.kekanto.com/como-chegar/confeitaria-colombo
Notas específicas:
Ambiente
(101)
Atendimento
(99)
Custo-benefício
(122)
Comida
(89)
Bebida
(54)
Produto/Serviço
(51)
Dicas
Apareça por lá à tarde e aproveite para apreciar o chá das cinco!
Wagner A.
Passagem obrigatória para o turista
Borbas A.
Sente para tomar um café, no meio da manhã, e observe o movimento.
Rubens B.
Vá sem pressa. O ambiente é delicioso.
Isabela
Vá um dia sem se preocupar com os preços...
Luciana M.
Ver mais
Opiniões
Muitos acham aqui o paraíso, e realmente pra quem gosta é mesmo.
Nem precisa falar do luxo do lugar né? Parece q vc está num hotel luxuoso ao invés de uma confeitaria, cheia de espelhos belgas, mobiliário em jacarandá e as bancadas de mármore italiano. São mais de cem anos de história. Desde de 1893 a Colombo, símbolo máximo da belle époque da cidade, faz parte do Patrimônio Histórico e Artístico do Rio de Janeiro.
Esta confeitaria é um verdadeiro museu....já recebeu várias personalidades históricas, como o rei Alberto da Bélgica, em 1920, a rainha Elizabeth da Inglaterra, em 1968, ou mesmo políticos, escritores e artistas, que marcaram a história.

Legal que agora durante o frio eles oferecem um buffet de chás....que funciona as quintas e sextas neste mês de julho e agosto das 17 até ás 19h30, por R$55.
Doces e salgados dos mais diversos tipos, dizem q são os melhores da cidade
Muito amor por essa confeitaria. Esse é o sentimento que posso expressar por ela, com todo meu coração!

Não conhecia a Colombo (que pecado!) e já tinha lido resenhas e escutado meus amigos falarem super bem. Mas, sempre deixava de ultimo plano rs

Eis que, minha amiga que mora em Niterói e eu queria muito vê-la antes deu ir embora, me convidou para tomar café da manhã na Colombo. Topei por amor a ela hahaha.

Gente, quando cheguei fiquei boquiaberta. Essa é a melhor definição que eu possa dar.

Que lugar maravilhoso, que decoração. Me senti em décadas atras hehe. Só faltou aqueles vestidos longos e redondos pra combinar certinho com a proposta da confeitaria.

Você tem a opção de sentar nas mesas, ou ficar nos balcões (eles servem almoço também).

Como não sou da cultura, escutei minha mãe e minha amiga que são falando milhares de coisas e eu apenas confirmando com a cabeça hahahaha.

Quando cheguei tinha uma pequena espera para as mesas, mas, não demorou 10 minutos e conseguimos uma mesa de canto de frente pra um dos quatros enormes espelhos da decoração da parte de baixo.

A confeitaria tem em grande maioria um tom dourado, chiquerrimo. Posso dizer com todas as letras. Me senti riiiiiica por instantes.

Bom, pedimos três Café Colombo Especial, que contêm café ou chá ou chocolate, croissant ou baguete, queijo prato, presunto, geleia, mel, manteiga, 1 torrada Petrópolis, 2 casadinhos, 1 bolinho, iorgurte natural, granola, fruta da estação, suco de laranja e leite quente ou frio (R$29,90).

Quando chegou, fiquei espantada. Na verdade não apenas eu, mas, minha mãe e minha amiga. No final, não conseguimos comer tudo rs

Não achei caro os preços lá. Quando me falaram e tals, já tinha em mente que seria um absurdo. Só que não, cabe no bolso.

Tem um outro andar, só que não tive a oportunidade de subir para ver. Fiquei bolada, mas, tudo bem!

O cara que nos atendeu, super bem humorado. Fez altas brincadeirinhas para descontrair. Curti!

Vi muitas mesas com famílias ou até mesmo grupos de amigos. Ah, tinham até mesas de negócios, com reunião e entrevistas. Babado!

Enfim, farei de lá meu ponto obrigatório de todas as idas ao Rio de Janeiro.
Empolgação e decepção. Estas são as duas palavras que definem minha ida à Confeitaria Colombo depois de quase dez vergonhosos anos de idas frequentes ao Rio de Janeiro sem ter nunca colocado as minhas patinhas neste lugar histórico.

O lugar é simplesmente DESLUMBRANTE (em caps lock mesmo). Utilizar o clichê de viagem no tempo nunca é demais. É encantador o ambiente, os objetos expostos que mostram o que já fora utilizando de instrumentos de trabalho deste símbolo carioca localizado em uma típica rua estreita dos tempos imperiais.

O atendimento que me foi dispensado mesmo em momento de grande movimento em um final de tarde foi excelente, com direito a auxílio para me levantar e sentar na cadeira. Me senti imperial! E aqueles espelhos gigantescos que cobre todo o pé direito?! Tenho pena da pessoa que um dia, por acidente, quebrá-lo e tiver que pagar o preju.

Tudo muito bem, tudo muito bom.

Esta resenha se baseia em uma única visita que fiz lá. Se o atendimento e o ambiente foram dez, o mesmo não posso dizer do que experimentei por lá. Estava disposto a pedir um chá, mas ouvi um comentário da mesa ao lado reclamando da bebida que eu pretendia pedir. Influenciado por isso, solicitei um chocolate quente que veio em um elegante (para os padrões de hoje) bule metálico. Provei. Reprovei. Tomei tudo para não jogar dinheiro fora. E vinha muito chocolate quente para o meu desespero.

Na dúvida dos doces, fui até à vitrine. Na expectativa de encontrar lindos confeitos, tive duas supresas: os preços não eram estratosféricos como eu pensava. Entretanto, os mesmos não estavam tão atrativos, parecendo velhos e sem "atiçar as minhas lombrigas".

Pedi um doce de chocolate qualquer, com chocolate como manda a cartilha de qualquer chocólatra. TInha gosto de genérico barato de qualquer achocolatado em pó da marca mais conhecida no Brasil.

Pretendo ir sim novamente na Confeitaria Colombo. Mas desta vez para almoçar no andar superior já que minha experiência não foi das melhores com o chá (ou café, como queiram) que é muito mais FAMA do que qualquer outra coisa.

Mas se você NÃO conhece este cantinho histórico do Rio de Janeiro, não deixe de conferir. É uma experiência obrigatória. Sério, Posso ter tido um azar no quesito produtos. E se você tiver a mesma conclusão que eu ao experimentar qualquer coisa, meu conselho: tire fotos e ostente nas redes sociais e depois vá para um lugar qualquer nas cercanias.

Estar na Confeitaria Colombo é como voltar no tempo: a estrutura do lugar, a decoração, o som do piano. Sua arquitetura e ambiente permitem você viajar no tempo e imaginar como seria um belo chá na capital da república.
Recentemente, a Confeitaria Colombo foi eleita como um dos 10 mais belos cafés do mundo (merecido!).
Já fui em um rodízio de sopa no horário do almoço. Cada dia da semana tem 3 opções de sopas. Não lembro o dia da semana que eu fui, mas as sopas eram de lentilha(gosto de caldo knorr) e feijão (sem sal). Não curti! Valor R$ 19,90.
A minha última visita foi para fazer um lanche com as amigas depois do trabalho ao som do piano (chique!)....
O cardápio possui valores elevados por ser um dos principais pontos turísticos da Região Central da cidade.
Pedimos um waffle acompanhado de mel e geléias (R$19,90), Suco (R$7,90) e um beirute (R$35,00). Atendimento exemplar!
Tudo muito gostoso, mas naaada excepcional! Pagamos caro por conta da essência local!!
É um misto de turismo histórico com turismo gastronômico. Apenas, não dá para deixar de conhecer, para quem é de fora, e frequentar, para quem é do Rio, a Confeitaria Colombo.
Na minha opinião, o ponto forte é a decoração do lugar: deslumbrante! Encantador! Imperdível.
Não são raras as pessoas que tiram fotos do lugar, dada a singularidade da beleza.
Em segundo, falemos da comida. Comi pouca coisa, pois fiz um lanche apenas. Mas o risoles de camarão é bastante saboroso. Recomendo, pois se percebe o cuidado na elaboração.
Já o atendimento... embora haja um esforço para ser algo de primeira linha, deixa a desejar... Os garçons são demorados e não estão aptos a atender num local daquele porte... Pedi uma sugestão sobre um doce e ouvi "ah, qualquer um do cardápio sai bastante".... E tentei mais de um garçom. Enfim, é um senão a ser considerado.
Como boa confeiteira, toda vez que vou ao Rio visitar amigos dou uma passada na Confeitaria Colombo. Sempre com a mesma esperança de encontrar o que tantos amam nesse lugar.
A arquitetura de fato é fantástica, bem preservada é sem dúvidas um marco para a história das confeitarias no Brasil.
Já os doces... Fiquei bem desapontada para ser sincera. Esperava ajoelhar e rezar de tanta felicidade, no entanto fiquei bem desapontada. Sorvetes pobres em textura e sabor, choux velhas, cremes azedos... 100% frustrada.
O atendimento é horrível! Você espera um bom tempo para conseguir uma mesa e todos os garçons, que devem ter nascido lá, te ignoram.
No andar superior há um buffet por pessoa bem caro. Todas as opções estavam péssimas. Experimentei todos os pratos. Alguns estavam frios, outros com gosto de comida velha, textura desagradável, um pior que o outro.
Fui super mal atendida dessa vez, e o pior, estava mostrando o lugar para uns estrangeiros que saíram de lá com a pior impressão possível. Um deles chegou a me dizer: "E eu que ouvi dizer que o Brasil é um país hospitaleiro!" Ahhh, eu queria morrer.
Escrevi uma carta de reclamações do tamanho de um testamento de algum milionário com vários herdeiros.
Entre as duas filiais, recomendo essa para conhecerem a arquitetura e só. A outra, que fica no Forte de Copacabana vale pra um docinho e um café num final de tarde.
Com uma estrutura bem tradicional e requintada a Confeitaria Colombo é um lugar histórico apropriado para não somente degustar as delícias da casa como apreciar também as vitrines de doces, os lustres, detalhes em mármore, enfim.... Existe lugares que frequentamos que parece que estamos em outro país e essa confeitaria é assim, com charme estilo e elegância. Recomendo apesar de achar a maioria das coisas caras.
Excelente ponto turístico do Rio de Janeiro! Visita obrigatória, mesmo que somente para um chá. Ambiente lindo, bem parecido com um castelo e super agradável. Os alimentos são deliciosos... Se você pretende tomar café da manhã lá compensa pedir o café colombo especial. O custo/benefício é muito bom. Dá para duas pessoas comer super bem e vem uma grande variedade (torrada, croissant, frios, frutas, café, geleia, mel, suco, etc).

Sempre que posso vou até lá comer profiteroles nos dias quentes, ou saboreio as sopas, nos dias frios... A única parte ruim do local é que, quando está muito cheio, ficamos a espera de um lugar por muito tempo... Poderiam ao menos colocar uma música de fundo para que apreciássemos, enquanto esperamos...
Tradicional, fundada em 1894, e LINDA,sempre levo meus amigos de fora do Rio para conhecer! Apesar de meio carinha no geral,os preços valem para contemplar a bela arquitetura!
Hoje passo aqui para deixar a dica do buffet de sopas oferecido nos dias de semana, no Salão Cabral, do segundo andar. Com 3 tipos de sopas (que, segundo o garçom, são alterados diariamente, de acordo com a vontade do chef) e uma cesta de pães, sai por R$ 22,00, que considero um ótimo preço (costumo pagar isso por apenas uma sopa, em restaurantes como o La Mole).
Hoje as sopas oferecidas foram: caldo verde com linguiça; polentinha de mandioca com carne moída e coentro; sopa de baroa e couve-flor com cominho e provolone. Não deixem de pedir para colocar queijo provolone por cima, ficam melhor ainda. Uma excelente opção para os dias de "frio" no Rio de Janeiro.
Tradição é tradição, né?
Não tem como não conhecer esta casa... Da primeira vez que eu fui, provei uma sobremesa à base de waffle (não lembro o nome nem o $ dessa vez, sorry...). Ótimo!! Tudo bom: a massa do waffle, a calda, o sorvete. O chato é que a área não tinha ar condicionado e como estávamos no verão, o suor descia em litros!!!
O atendimento não foi lá essas coisas. Talvez eu não tenha dado sorte, ou, talvez, o garçon estava guardando a simpatia para os gringos. Vá saber!
Depois uns colegas de trabalho me falaram de um tal rodízio de sopas. Praaaaaaaaa quêêêê??
Viciei. E olha que sopa nem é algo que eu deseje arduamente. É no segundo andar. Ambiente amplo, atendimento cortês, mas lota! Se quiser ir, tem q ser cedo (antes das 12:00h).
Fui algumas vezes, provei várias até que, num triste dia, achei uma... é... enfim: BARATA! Dentro do meu prato!!
JUNTO COM A SOPA!!!! O_o
E foi assim q eu deixei de frequentar a casa... :(
Nunca vá ao Rio sem visitar a Confeitaria Colombo, no Centro! Referência em gastronomia, requinte e arquietura. A Colombo é literalmente "de cair o queixo": esta foi a minha primeira expressão ao entrar lá!

O lugar vive movimentado e com filas, apesar de ser imenso! Sim, é um saguão gigante, de pé direito alto, dois andares. Por causa de sua arquitetura, tornou-se patrimônio artístico e cultural da cidade. A confeitaria tem mais de 100 anos e está toalmente ligada à urbanização do Rio, por isso sua importância histórica.

Se você não quer sentar, pode aproveita o balcão, já na entrada, pra escolher um dos inúmeros salgados e principalmente doces (vários portugueses!) que oferecem. Um parece ser melhor que o outro! Eu já provei o pastel de belém e uma espécie de croissant com creme e banana, e todos foram maravilhosos.

Ao lado, um espaço menor destinado ao café. Huuum, o café é outra delícia do lugar. E fica com um gostinho ainda melhor justamente por ser um charme parar ali para tomar aquele cafezinho.

Mas, Sheila, por que tirar uma estrelinha? Pelo atendimento...poxa vida, foi confuso e um tanto mal-humorado, nas duas vezes em que fui. Acho que eles sabem que são bons e ninguém vai deixar de ir por causa do atendimento, aí infelizmente você não tem algo 5 estrelas.

Apesar de tudo, é um dos lugares preferidos no Rio!
Ah a tradicionalíssima Confeitaria Colombo. Não sei porque cargas d'água deixei ela de fora da minha primeira visita ao Rio de Janeiro. Lógico que na segunda oportunidade não poderia dispensar a chance de conhecer o famoso estabelecimento. Nem que fosse para jogar um ovo na porta tal qual a famosa canção Sassaricando.
Mas jamais teria coragem de agredir tal patrimônio histórico e cultural do Rio e do Brasil. Fundada ainda no século XIX, a Colombo se destaca pelo seu belo e histórico salão conservando um ar de nostalgia em meio ao caos urbano da capital fluminense. Só de entrar no ambiente é um deleite para os olhos e, mesmo com ela lotada, é possível apreciar cada cantinho, cada detalhe de sua rica arquitetura.
Como estava com o tempo um pouco apertado, resolvi não esperar por uma mesa e fiz minha humilde refeição ali no balcão mesmo. Pedi a famosa coxa creme e um mate de limão para acompanhar. De sobremesa um pastelzinho de belém sabor caipirinha. A conta? Na faixa de uns 20 reais. Mas, atesto, valeu cada centavo gasto! Sim, afinal, não é todo dia que se saboreia iguarias únicas como as da Colombo.
Infelizmente não pude subir ao mezanino pois o horário que fui era próximo ao almoço e, pelo preço que já tinha pago no lanche (que já me serviu como uma refeição), acabei não tirando fotos do segundo andar. Mais um motivo para voltar ao famoso endereço na rua Gonçalves Dias e curtir mais e com mais calma este pequeno grande pedaço da história chamado Confeitaria Colombo.
O acesso pelo transporte coletivo é bem fácil. Há várias linhas de ônibus que param no Largo da Carioca e no metrô, tanto utilizando a linha 1 como a linha 2 (ou linha laranja e verde como preferirem), basta descer na estação Carioca e caminhar em frente até a Rua Gonçalves Dias.
Hoje fui na Confeitaria Colombo. Já tinha ouvido sobre, mas só agora minha primeira visita. Ela está localizada no meio de uma ruazinha na cidade, a Gonçalves Dias, que é próxima da movimentada Avenida Rio Branco. Cheguei até ela depois de uma boa caminhada e, olha não estava nem um calorão do Rio de Janeiro, mas, enfim, minha primeira sensação foi o calor do lugar. Senti falta de um ar mesmo depois do corpo acostumando, achei o ambiente abafado.

Fui fazer um lanche, e pedi a velha e boa coxinha o preço de alto padrão nesse quesito, 9$, embora seja gostosa. E pedi um cappuccino gelado, por 9,50$, que vinha com chocolate e chantilly. Olha, esse sim muito bom, só no final ficou levemente enjoativo. Experimentei o suco de abacaxi com hortelã, embora não tenha sido meu pedido, e estava muito bem preparado.

O lugar é lindo. Tem uma decoração bem luxuosa. De longe se percebe um ar de época, trazendo certa sofisticação ao lugar. Cada detalhe vale a pena ser observado. As cadeiras de madeira com palha, lindas. As mesas de mármore. Os lustres, os espelhos imensos. Tudo muito elegante. E eu achei o atendimento perfeito, bastante eficiente.

Espero voltar em um dia frio e ter uma percepção melhor desse lugar que com certeza vale uma visita!
Esse confeitaria é um clássico do Rio de Janeiro!

Estive lá duas vezes em duas viagens diferentes ao Rio de Janeiro. Adorei!
O lugar tem uma decoração original e super clássica! O atendimento é bom, mas dependendo da hora, fica muito cheio e é necessário paciência para ser atendido.
Os salgados e doces são maravilhosos, apesar de um pouco caros.
Definitivamente vale a pena experimentar! :)
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 230

Nota geral Você conhece o Confeitaria Colombo? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)