Condessa Brasileira

Endereço: Rua Bonifacio Cubas, 226 , Freguesia do O - São Paulo , SP - Brasil - 02731-000

Telefone:

11 3931-75...

Clique para ver
Categoria:

Salgados

  | Rank: 6º de 158
Preço por pessoa

Primeira opinião
Guilherme Araujo
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Ar condicionado
  • Estacionamento


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/condessa-brasileira
Notas específicas:
Ambiente
(25)
Comida
(25)
Atendimento
(25)
Custo-benefício
(28)
Bebida
(2)
Dicas Ver mais
Opiniões
Apesar de difícil vou tentar me ater principalmente à coxinha do lugar. Conheci o Condessa Brasileira no 3º Coxinha Tour - Edição Freguesia do Ó. Antes disso, havia comentado com um colega do trabalho que participaria do evento na Freguesia do Ó, bairro em que ele reside, e ele logo deu o palpite que um dos lugares seria a Condessa Brasileira, lugar famoso no bairro, fundado por um português e que trabalha com vários tipos de salgados (coxinhas, esfihas, pastéis) e até docinhos e bolos. Chegamos à Condessa Brasileira e nossa mesa já estava reservada. Nos sentamos e logo nos perguntaram quais refrigerantes nós preferíamos. Eles gentilmente mandaram para a mesa duas garrafas de Coca-Cola (uma light e uma normal) e uma de guaraná e, em seguida, nos serviram as coxinhas, e que coxinhas! A coxinha é enorme, bem sequinha (nada de chegar escorrendo óleo) e a massa grossa. O recheio era farto, o frango bem trituradinho, com tempero leve. Apesar da coxinha ser enorme e super bem recheada, não encontrei pedaços de nada que não fosse frango e o recheio desmanchava quando mordíamos a coxinha. Por esse motivo, apesar do tamanho da coxinha, ela não tornava-se enjoativa. Após provarmos a coxinha grande, nos serviram algumas porções de mini coxinhas, que são tão boas quanto as grandes. A Condessa Brasileira trabalha com encomendas de salgados para festas. Para quem deseja consumir no lugar, o ambiente é bem grande e possui várias mesas. Adorei ter conhecido esse lugar e recomendo para quem deseja visitar ou fazer encomendas para festas. Não perguntei o preço do cento da coxinha, mas a normal, com aquele tamanho todo, custa apenas R$3,00.
Localizada na Freguesia do Ó, a Condessa Brasileira é famosa na região, pela qualidade e variedade de salgados.
Com decoração lusitana, visto a nacionalidade de seu proprietário, a lanchonete dispõe de quadros da cantora Amália Rodrigues e de Fado (um estilo de música portuguesa).
O ambiente é amplo e durante todo o tempo em que estivemos lá, ele nunca permaneceu vazio, mesmo a rotatividade de clientes sendo grande.
Como conheci a Condessa através do Coxinha Tour do Kekanto, farei uma avaliação voltada à nossa estrela da noite:
As coxinhas são encontradas em 2 tamanhos, sendo o primeiro grande, vendido por unidade (3,00) e o segundo, pequeno vendido em porções, geralmente o cento para festas. Ambas possuem o mesmo sabor, consistência e aquele formato perfeito de coxinha.
Apesar da massa ser grossa (coisa que eu amoooo) o recheio era bem servido e a casquinha crocante. O tempero era leve e muito saboroso, com colorau (o que deixa o frango com uma corzinha alaranjada), pedaços de salsinha e cebola (quase imperceptíveis). O frango estava um pouco seco, mas bem moidinho e em nenhum momento encontrei pedaços de nervo, cartilagem, ou qualquer coisa me que desagradasse.
O atendimento foi nota 10 e o dono do estabelecimento, que foi pessoalmente receber a equipe do kekanto, se mostrou extremamente solícito e deixou todos à vontade.
Minha nota para a coxinha da Condessa Brasileira é 4!
A 3ª edição do nosso Coxinha Tour se aventurou desta vez pela Freguesia do Ó. Nossa primeira parada foi aqui, na Condessa Brasileira, que é uma lanchonete que também faz doces e salgados sob encomenda. O ambiente é amplo e apesar de não estar cheia, a todo momento entravam e saiam clientes, em sua maioria carregando encomendas. O senhor, dono do estabelecimento, foi muito receptivo conosco!

Chegamos e já havia uma mesa enorme à nossa espera. Nos acomodamos e as coxinhas não demoraram a chegar. Eram enormes, bem fritas e fresquinhas. Na primeira mordida, foi possível perceber que a massa é bem consistente, mas faltou um "quê" de tempero. Na segunda mordida já consegui alcançar o recheio: frango moído, cebola, cebolinha e salsinha. Também acho que faltou tempero, principalmente sal e alguma coisa que deixasse o frango mais molhadinho. Como já mencionei, a coxinha era muito grande, perfeita para aquele momento de fome insana, mas pesada para quem pretende comer outras coisas depois. Cada unidade sai a R$ 3,00, preço super justo.

Experimentamos também algumas coxinhas menores, que são vendidas por encomenda. Não diferem muito da coxinha maior, exceto que achei as pequeninas com recheio mais úmido.

A coxinha da Condessa é gostosa, mas não possui nenhum item que a torne especial e marcante, por isso ganha o meu terceiro lugar.
Já havia ouvido falar muito bem desse estabelecimento e também já havia provado seus salgados em algumas reuniões na casa de alguns amigos e tinha gostado, tanto que tinha perguntado o nome do lugar, quando soube do novo Tour em busca da melhor coxinha de Sampa que seria na Freguesia do Ó partindo da Condessa, não poderia ficar de fora.
A Condessa Brasileira é uma lanchonete ampla de decoração simples, algumas fotos de cantoras portuguesas, uma tv de led e um amplo balcão onde são preparados os sucos e lanches fazem parte do ambiente dessa casa bem arejada (vc não sai cheirando fritura), o proprietário é um simpático senhor português o Seu Chico que fica por lá para atender aos clientes, a coxinha é típica de lanchonete casquinha douradinha, crocante e sequinha, bastante recheio de frango triturado com um leve toque de salsinha e nada mais, acho que poderia ser mais temperado e a massa é um pouco pesada, dificilmente dá pra encarar mais de uma. O preço é justo R$ 3,00 a unidade. Experimentei a coxinha tamanho festa e achei mais interessante e bem menos enjoativa, levei algumas pra casa e esquentei no forno elétrico no dia seguinte e mantiveram a crocância e o sabor.
Tem uma grande variedade de salgados, salgados tanho festa, bolos, tortas, lanches, sucos, tudo sempre muito fresquinho estacionamento a porta para 06 carros, a maioria sai rápido pois grande parte dos pedidos é pra viagem.
Este foi o primeiro estabelecimento que visitamos no Tour da Coxinha, vamos direto ao ponto, a tão esperada coxinhaaa, depois falo brevemente do estabelecimento, rss.

Visual, uma coxinha tradicional de lanchonete com o seu tamanho grande (inclusive no valor, R$ 3, 00), e aparentemente sequinha, o que de fato estava.

Na questão paladar, deixou um pouco a desejar na massa, achei meio sem tempero, as vezes apenas uma prevenção devido ao tempero que é colocado no recheio, onde este para mim estava muito bom, frango bem desfiadinho e temperado, senti um pouco a falta do catupiry (há esta opção, porém não foi a que experimentamos, o valor deste está R$ 3, 30), seria um complemento muito bom para o estilo dessa coxinha, e com certeza subiria mais no meu conceito.

Um pouco do estabelecimento, um lugar relativamente grande, muitas mesas, ambiente limpo e pelo que falaram muito tradicional no bairro, 98% dos lanches do cardápio não passam de R$ 10, 00, segundo o dono do estabelecimento, o carro chefe são os mini salgados sob encomenda para todo tipo de festas.

Um ponto que JAMAIS poderia faltar é a simplicidade e simpatia do dono, fazia muuuuito tempo que não via um atendimento assim.
Melhor salgateria, sem dúvida.
Sou cliente desde que era do outro lado da rua em uma portinha.

Agora estão em um local bem maior e com bastante mesinhas.
Os salgados são muito bons e eles também aceitam encomendas, porém, não peçam as bolinhas de queijo sob encomenda para festinhas. Elas vem super pesadas, e quase não tem queijo. Só uma massa com um fiozinho de queijo dentro. Se fosse uma massa leve, ainda dava pra comprar.

As empadinhas, os mini pastéis e as esfihas são muito boas.
Sou suspeita para falar porque frequento a Condessa desde pequena!
O lugar antes ficava do outro lado da rua e era bem pequeno. Com a demanda cada vez maior do público a unidade foi transferida para o outro lado, num espaço maior, mais legal e com mesinhas que dá para sentar e comer o salgado ali mesmo.
O meu preferido é a esfiha de carne, nunca comi uma tão boa!
O forte da casa são os centos dos salgados. O bairro todo compra lá quando tem festa!
Recomendadíssimo!
Primeira parada do nosso terceiro coxinha tour foi nessa lanchonete localizada bem próximo ao largo do clipper.
O lugar é grande, bem arejado, com várias cadeiras e mesas e com cara de bem limpo, o que deu uma primeira impressão muito bom! Observei que apesar de poucas mesas estarem ocupadas, a rotação de clientes é bem grande, não param de entrar e sair, o que se justifica pelo carro chefe da casa: Salgados por encomenda para festas, que torna a Condessa bem famosa na região.
Fomos muitíssimo bem recebidos no local, que já tinha uma mesa gigante preparada pra nós, pelo dono, o "Seu Chico". Português até o ultimo fio de cabelo, (como eu bem sei já que sou de familia portuguesa) super simpático e atencioso, se colocou a nossa disposição para tirar dúvidas e contar sobre a casa, um querido!
Começamos provando a coxinha grande, vendida por R$3,00 a unidade. De um tamanho perfeito pra matar a fome mas um pouco grande demais pra quem ia provar outras coisas durante a noite XD. A coxinha veio bem frita, casquinha crocante, douradinha e com aquele formato característico, muito apetitosa.
Achei a massa gostosa mas um pouco pesada e faltou um tiquinho de tempero. Apesar de bem recheada, não gostei muito do recheio dessa coxinha pois estava muito seco e praticamente sem sabor. Um temperinho a mais e algo que deixasse o frango mais molhadinho teriam deixado a coxinha perfeita!
Provamos também a versão mini, que é feita sob encomenda para festas. Essa sim muito gostosa, talvez pelo tamanho menor os defeitos da grande não apareçam. Pela coxinha pequena apenas eu daria 5 estrelas pro lugar com certeza, mas a grande deixou um pouco a desejar.
Apesar de não entrar na avaliação do coxinha tour provamos também um bolinho de bacalhau delicioooooso! Voltaria lá por esse bolinho facilmente, #fikdik.
Pensou em comprar salgadinhos? Mora na Freguesia do Ó ou região ? achou o lugar certo .. Condessa Brasileira.

Super tradicional na região da Freguesia do Ó, há algum tempo mudaram de local agora mais amplo e moderno.

Sempre muito procurado, por esse motivo se não tiver tempo não precisa encomendar pois devido ao movimento grande sempre possuem mini-salgados (coxinhas, esfihas, kibes, bolinhos de queijo, risoles, mini-pastéis etc.) para festas e confraternizações a pronta entrega. É só pedir e aguardar que sua encomenda estará pronta em alguns minutos.

Atendimento muito bom e ainda possuem bolos e doces prontos e por encomenda para festas.

Ah... também você pode comer no local, possuem algumas mesas para quem preferir comer por lá mesmo.

Referência aqui na região.
A casa tem a cara de uma padaria, padaria do “seu” Chico, proprietário da casa e de uma simpatia extrema!! Bem típico senhorzinho português, com sotaque e tudo .. rss
A casa é toda de pisos no chão e na parede no bom e velho estilo português, bem arejada e fresca, não rola aquele cheiro de fritura. A cozinha é envidraçada o que lhe permite ver o manuseio dos alimentos. Curto, isto me da uma tranquilidade maior, tipo não há o que esconder.
A casa tem diversas opções de salgados, doces, pasteis, lanches!!
Mas vamos para a coxinha, o valor R$3,00 justo e da para matar a fome.
No tamanho tradicional de coxinhas de padaria, a massa estava boa e com a casquinha bem sequinha (teste do guardanapo), sem aquela aparência rachada ou oleosa.
Porém o recheio estava bem seco, faltou algo no frango, ele estava lá cozido e triturado sem muitos temperos. O que me fez curtir muito a “bundinha” da coxinha, mas achar do meio para a ponta bem seco.
Definida como ponto da partida do 3° Coxinha Tour, a lanchonete Condessa Brasileira fica no bairro da Freguesia do Ó e segundo me disseram, ela é muito tradicional no bairro.
O ambiente é bem ao estilão de padaria, com diversas mesas, bem iluminado e alguns monitores de Tv com programação variada.
Local super limpo e o atendimento percebi ser bem rápido.
A coxinha é enorme, com muito recheio porém por ser tão grande demora-se a chegar no recheio, achei que faltou tempero na massa além de ser uma massa muito dura e seca. Faltou um tchan a mais pra essa coxinha e por este motivo ela fica com a medalha de bronze.
O preço da coxinha é de R$3,00 porém o carro forte da casa são os salgados para festa em centos que inclusive são vendidos na hora. Tive a oportunidade de provar a mini coxinha que seguiu o mesmo padrão da grande inclusive nos defeitos e o que mais me agradou, acabou sendo o bolinho de bacalhau, sensacional.
Fora os salgados, há uma boa variedade de sucos, refrigerantes e cerveja.
O local é perfeito pra reunião de família.
Estive na casa em um evento do Kekanto.
Fomos recebidos pelo dono do estabelecimento, o Sr Francisco, um português super simpático e acolhedor, e imediatamente convidados a degustar a coxinha da Condessa Brasileira.
A lanchonete é um espaço amplo e simples, com um certo cheiro de gordura o que não é muito agradável, e conta com diversas opções de lanches naturais, na baguete, sucos e salgados diversos com preços bem justos. Soube que o que faz a Condessa muito famosa são os mini salgados e bolos sob encomenda.
Voltando à coxinha... na verdade é um coxão, daquelas bem grandonas que a gente come uma só. Chegou à mesa bem sequinha, sem gordura o que já era um ponto muito positivo aliado à casquinha com aparência bem crocante. Nas primeiras mordidas a “crocância” se confirmou, contudo também pude perceber que a massa é um pouco dura e seca. O recheio podia ser um pouco mais molhadinho e temperado, mas o sabor em geral não é ruim. Tive a oportunidade de provar também a versão mini e, apesar de ter as mesmas características, me pareceu mais gostosa.
Com certeza um lugar que, se não fosse pelo Kekanto, eu nunca teria conhecido. No dia do 3° Coxinha Tour, começamos por ele, então é complicado pensar como foi a experiência dela após os outros dois.

Se compararmos as mini-coxinhas que foram servidos, ela fica em segundo lugar para mim. A pequena coxinha é bem crocante, tem mais recheio que a grande e a massa é salgada na medida certa. Pegando a coxinha grande ela é excepcionalmente grande, comparada às outras que vemos por aí. Um preço acessível e vale muito a pena pelo tamanho: R$3,00 em uma coxinha grande e gostosa.

O atendimento pode ter sido diferenciado por estarmos em um evento, mas todos os que estavam sendo servidos fora da Coxinha Tour realmente gostam do serviço. Todo o estabelecimento é muito limpo e bem arrumado.

No geral, ele ficou em segundo lugar no estabelecimento e em terceiro na coxinha.
O Condessa Brasileira foi a primeira parada na 3ª edição do Coxinha Tour do Kekanto. Essa lanchonete é ampla, clara, muito limpa e com banheiros impecáveis. Eles também fornecem salgados e doces para festa. Quanto a coxinha ela faz o tipo gigante pois por $ 3,00 ela serve por uma refeição. Ela é muito bem feita, mas achei que faltava tempero na massa que estava macia mas um pouco sem graça. O recheio de frango desfiado estava gostoso mas também faltou tempero e um pouco mais de umidade. No geral eu gostei, mas desta vez ela fica na minha opinião com o 3º lugar.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 42

Nota geral Você conhece o Condessa Brasileira? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)