Coffee Lab

Endereço: Rua Fradique Coutinho, 1340 , Pinheiros - São Paulo , SP - Brasil - 05416-001

Telefone:

33757400

Clique para ver
Categoria:

Cafés

  |   3º melhor em Cafés de São Paulo   3º melhor em Cafés de São Paulo

Café para quem gosta, cursos de barista, e serviços de assessoria. 

Preço por pessoa

Site oficial
raposeira.com.br
Bom para
Encontros românticos, Experiências gastronômicas, Ir sozinho, Relaxar

Primeira opinião
Jana Spinola
Horário de funcionamento
Seg.
10h - 19h
Ter.
10h - 19h
Qua.
10h - 19h
Qui.
10h - 19h
Sex.
10h - 19h
Sáb.
11h - 20h



Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/coffee-lab-2
Notas específicas:
Ambiente
(29)
Comida
(26)
Atendimento
(30)
Bebida
(30)
Custo-benefício
(33)
Dicas
Fiquei com vontade de fazer um dos rituais, mas acabei optando pelo Macchiato normal (R$ 6) que esta...
Bruno Y.
Ótimo atendimento! Pode levar o seu amigo gringo lá sem problema, há atendentes que falam inglês.
Priscilla Z.
Peça os cafés especiais coados
Ricardo G.
Vá com tempo de sobra e no máximo uma hora antes de fechar, por ser pequeno, é difícil achar mes
Jana S.
Peça um espresso duplo e comece a sua manhã com o pé direito.
Julio V.
Ver mais
Opiniões
Gente, que lugar bacana! Você se sente em casa, o atendimento é muito bom e servem comidinhas e bebidas reconfortantes, quer mais o que? rs Depois de almoçar no Genesio eu e minhas amigas começamos a caminhar pela Vila Madalena e foi então que abri o aplicativo do Kekanto para procurar uma doceria ou um café e apareceu o Coffee Lab, bora lá, então! :)

O lugar é muito gostoso, escolhemos uma mesa na parte de fora embaixo de um pergolado. Após escolher no cardápio, você deve ir até a cozinha e fazer o seu pedido. Diferente, não? Escolhi o leite da vovó e o bolo do dia, que era de maracujá. Minhas amigas escolheram café e pediram recomendação para os atendentes e não é que eles acertaram o gosto delas em cheio? Ficaram muito satisfeitas com a escolha! Minha amiga só falou que queria um café como se fosse feito na casa da vó (coado) e o barista conseguiu captar o espírito! :D Minha outra amiga pediu um bem forte e recebeu um café de Minas feito na prensa francesa. Para comer pediram brioche com nutella. Hummm! Experimentei e estava bem gostoso!

Há muito tempo não via um atendimento tão bom! Alguns gringos estavam no local e uma das funcionárias falava inglês muito bem! Com certeza estão preparados para a Copa! hehe Outro diferencial do estabelecimento: servem água filtrada gratuitamente. Muito bom! Não é um local barato, a conta ficou R$ 20,00 por pessoa. Não dá para tomar café lá todo dia, mas com tantos pontos positivos só pode receber 5 estrelas! :)

via iPhone

Um conceito totalmente diferente do Frans ou do Starbucks. Prefiro este. O local é bem despojado, com atendimento muito simpático. O café é da marca Illy, pra mim, um dos melhores. Para quem vai pela primeira vez, o espresso é servido em uma xícara de chá e outra de café. O resto não conto pra não estragar a surpresa. O local é bem aconchegante e tem mesas comunitárias, além de outras para sentar. Enfim, um lugar bem diferente e descontraido.
Uma experiência única de café!
O Coffee Lab não é um café como qualquer outro em São Paulo. É uma experiência. Você entra e tem a sensação de estar numa fazenda de café, por conta do aroma. Logo que você entra, no lado direito fica uma máquina que torra o café na hora, para depois ser utilizado pelos baristas. O atendimento lá é um diferencial. Os atendentes entendem muito sobre café e te ajudam ter uma experiência única. Eu e minha amiga, dois novatos no Coffee Lab, pedimos dois espressos e fomos surpreendidos por duas xícaras, uma maior e outra menor. A barista, muito simpática por sinal, nos disse que como era nossa primeira experiência lá provaríamos das duas xícaras para numa próxima oportunidade poder escolher qual maneira mais nos agrada. Ela mencionou que o contato do café com o oxigênio é diferente em cada xícara, portanto o aroma e gosta muda um pouco. O café, carro-chefe da casa, é de uma qualidade incrível! outro bônus são os kits para café lá vendidos e a água gratuita direto da torneira :-) Recomendo a todos!
Depois de conhecer o Zena Café, e considerando que nossa passagem por São Paulo seria bem curta, partimos direto para o Coffee Lab, da Isabela Raposeiros, considerada uma das melhores baristas do país. Já conhecia o local de uma outra visita e, mesmo não gostando de café, fui obrigada a lá voltar. Afinal, foi lá que provei o único café que eu já tomei com gosto e pude dizer que realmente gostei. Lembro da indignação da Isabela, na primeira vez que lá estive, quando afirmei não gostar de café e ela, categórica, acentuou que naquele dia isso iria mudar. Um lugar assim merece, por certo, muitos retornos. Dessa vez, contudo, tive que aderir ao irresistível chocolate da vovó, que pode ser comido de colher praticamente, mas fica no ponto certo conforme se adiciona café expresso.

O local é um verdadeiro charme e como a torrefação é feita ali mesmo, o aroma de café te acompanha durante todo o tempo. Há várias opções de doces e salgados para acompanhar os mais variados tipos de grãos e forma de preparo, mas ainda havia mais um local para visitar naquela tarde e o estômago não permitia maiores exageros.
Tá. Vocês vão se encher de tanto eu falar de café. Mas hoje tirei o dia só pra isso. Haha

O Coffee Lab não é só uma coffe house como as outras. Ele é uma experiência gastronômica inacreditável que você não encontra em lugar nenhum. Os baristas preparam o café assim, na tua frente, e eles entendem MUUUITO do assunto, sabem falar origem dos grãos, como é a torra, em que tipo de prensa é feito, e mais um monte de coisa que eu ainda não entendo mas pretendo entender!! Hahaha

O segredo é que eles só contratam um pessoal jovem, ousado, alterna, inteligente e - acima de tudo - AMANTE de café.

Juro, vale conferir!!

Eu fiz uma degustação dos três melhores cafés da casa - cortesia por ter conseguido selinho de três cafés participantes do Coffee Week. E pirei. Muito. Quero voltar lá toda semana. Hahaha
Todo apaixonado por café deveria conhecer este cantinho perfumado da Vila Madalena. É o cheiro de café mais gostoso e agradável que já senti numa cafeteria em um ambiente que integra a cozinha aos consumidores! Por aqui não existe garçom, então você é obrigado a fazer o pedido na própria cozinha e pode aproveitar para vê-los preparando os cafés.

O menu é cheio de opções de rituais que mostram desde harmonização, até diferenças entre tamanho de xícaras e forma de preparo. Fiquei com vontade de fazer um dos rituais, mas acabei optando pelo Macchiato normal (R$ 6) que estava muito gostoso! Ao servir eles explicam direitinho e tiram todas suas dúvidas. Na saída pegue uma balinha de doce de leite embrulhada na palha que custa R$ 1.
Uma casa especializada em café no meio da Vila Madalena! A ideia pode não parecer a melhor a princípio, mas funciona muito bem.

O coffee lab possui um ambiente com decoração a la start up de internet, com atendimento diferenciado (fomos muito bem atendidos na entrada e nos pedidos). O cafe é realmente diferenciado, o machiatto que pedi estava mto bom, assim como o frape tb era mto melhor que um starbucks da vida.

porem, como a moda é contagiante, tomar cuidado com a fila! bastaram 15 minutos lá para se formar uma fila de espera de 20 minutos ao menos.

os preços sao mais caros que um café normal, mas a experiência vale a pena.
Existente há 4 anos, o Coffee Lab é uma casa especializada em preparar e servir cafés de altíssima qualidade, primando pela meticulosa seleção de grãos e modernos procedimentos de preparação da sua bebida.
Destaque para o aeropress, que faz o café sob alta pressão e com coador de tecido, aquele caseiro, que revela um sabor mais azedo. O french press é feito com um método de filtragem do pó de café com coador de alumínio, na qual revela um sabor mais suave. Ambos os cafés não necessitam a adição de café, o que comprova sua autêntica qualidade.
Os baristas explicam que a não necessidade do café está diretamente relacionada com a preparação e extração da fruta do café.
E o funcionamento do local é interessante: você pode se servir da água filtrada da torneira à vontade e, ao escolher seu café, dentre as várias opções no cardápio, você se direciona a um dos baristas (de macacão) na cozinha e faz seu pedido. Há também os rituais de café, que são diferentes modos de servir e experimentar o café. Se quiser um doce ou salgado, também pode pedir!
Vale a pena conhecer essa nova experiência que está presente na maior capital brasileira do país!
Fomos ao Coffee Lab no sábado e vou fazer uma crítica de início: Até gostaríamos de ir durante a semana, mas eu acho o horário da casa muito restrito, fechando às 19h. Para quem não trabalha perto de lá, é impossível chegar antes do encerramento. Comentamos isso com uma das baristas e ela disse que a partir de hoje (29/07), a casa iria começar a fechar às 20h todos os dias, o que já melhora um pouco.

O sobrado é charmoso e havia fila de espera, organizada por uma atendente bem jovem e simpática, não demorou muito para sentarmos.

Algo que encanta muito no Coffee Lab é o atendimento. A simpatia reina lá e todos parecem gostar do que fazem. Acho que o objetivo é fazer a pessoa se sentir em casa. Os clientes que estão sentados no fundo da casa tem liberdade para passar pela cozinha, por exemplo.

Os pedidos devem ser feitos diretamente a um atendente lá dentro, não tem essa de garçom que vai até sua mesa e anota, acho justo até.

Um ponto a favor é a água de graça dos quais os clientes podem se servir livremente, como deveria ser em todo restaurante.

De café, pedi um obatã vermelho pelo método aeropress (R$ 12), que não conhecia. Gostei bastante, é diferente de qualquer café que eu tenha provado antes.

Para comer, uma porção de biscoito de polvilho com cream cheese e flor de sal (R$ 6) e, após, um pedaço de bolo de cenoura (R$ 8), que estava fantástico.

Uma outra crítica que eu tenho ao Coffee Lab, além do horário de funcionamento, é o fato de eu achar um pouco overpriced. Os cafés são ótimos, diferenciados, muitos são de tipos raros e baixa produção, porém são cafés. 50ml de café por R$ 12 é um pouco exagerado, na minha opinião.

Também achei o biscoito de polvilho caro, tendo em vista que vem 5 biscoitos, com uma porção pequena de cream cheese. O único que eu achei justo foi o bolo de cenoura, pelo tamanho.

Enfim, falta pouco pro Coffee Lab merecer minhas 5 estrelas, pequenos ajustes. Mas o lugar tem grande potencial.

Para quem procura um lugar incrustado na Vila Madalena, para bater um papo, fazer uma reunião ou simplesmente tomar um café, o Coffee Lab agradará. O ambiente é muito despojado, com uma sala principal que abriga tanto as mesas como as máquinas de café. Aqueles que preferem o ar livre, há diversas opções no exterior, uma delícia em dias quentes. Os baristas, todos vestidos de macacão de mecânico, parecem fazer parte de uma seita de amantes da cafeína, sempre sorridentes e ultra disponíveis para explicar tudo sobre as variedades de cafés e os diferentes tipos de drinks disponíveis, além de contar sobre a relação sustentável do Coffee Lab e seus fornecedores de grãos. Se estiver procurando o sofá do seriado Friends, vai se desapontar: há apenas uma pequena poltrona em todo o café.
Se for em um dia de calor, aproveite para experimentar o Shakerato: um café gelado com toque de limão. Revigorante!
Se quiser tranquilidade, chegue lá umas 3 ou 4 da tarde. Se quiser um pouco mais de agito, às 2 e às 6 da tarde são a melhor pedida.
A cafeteria é, na verdade, um laboratório de café. Lá mesmo se faz a torra, degustação e preparo dos especiais cafés. Já recebeu inúmeros prêmios e é comandada pela renomada Isabela Raposeiras. Devido à localização favorável e a fama de seu café, o lugar é reduto de jovens modernos e descolados. O ambiente segue a mesma tendência: é moderno, colorido e alternativo. Dá pra se sentir muito à vontade sentando-se na em um banquinho na área externa, rodeado de plantas e com o delicioso cheirinho de café torrado no ar.

Demasiadamente criativo, o caprichado cardápio é uma verdadeira tentação e a vontade é de experimentar tudo, especialmente os rituais, nome designado aos diferentes processos de degustações. Mas, como sou fã do "pretinho purinho", fui de Expresso (R$5). A curiosidade ficou por conta do porquê eles perguntam por tantas vezes se é nossa primeira vez no estabelecimento.

Quando chegou o pedido, é que entendemos a razão da preocupação: o café é dividido em 2 xícaras, aquela tradicional do nosso cafezinho e uma daquelas de leite. Isso é feito para percebemos a diferença de sabor por conta do volume do utensílio. E há realmente essa distinção. Não sei explicar em palavras, mas há. Ainda foi ressaltado que não existe certo ou errado, é apenas uma questão de preferência. Em nota, eu preferi na xícara menor e o namorado, na maior.

Ah e outro detalhe louvável: há água potável para se servir quando você bem entender. Essa prática, abundantemente utilizada pelo mundo afora, deveria ser adotada em todo Brasil. É aquela velha história dos pequenos detalhes que fazem toda a diferença.

Aproveitamos para degustar um dos doces. Amo sagu e fui de Sagu com Creme de Baunilha (R$10). Uma gostosura total, diga-se de passagem.

Enfim, café das raposeiras, premiações, muitos elogios ou não, só tenho uma coisa a afirmar: foi o melhor café que tomei até hoje. Estou longe de ser expert no assunto, mas aprecio o bom e velho cafezinho. E posso afirmar que esse é mais do que isso, é um cafezão com toda pompa e circunstância!
Estava curiosa para conhecer o local, que já me surpreendeu muito bem com o São Benedito na entrada. Adorei o pão na chapa com Manteiga Aviação, e o chocolate quente é supercremoso, com raspa de laranja que dá todo um toque especial. As mesinhas do lado de fora, que mais parece um deck, é o cantinho mais gostoso. Adorei o cardápio com jeito "pessoal", parecendo que a dona realmente está falando com você
Esse sim merece cinco estrelas com louvor. O Coffee Lab não é apenas um lugar que vende cafés especiais. É uma experiência com a arte de preparar, degustar e sentir o aroma do café.

O lugar é dividido em alguns ambientes: uma área externa, onde você pode levar seus animaizinhos de estimação; uma sala um pouco maior, sem divisão com a cozinha, de onde você pode ver o preparo do café; além de outro espaço com aquelas grandes máquinas para torrar os grãos. Sim! Lá eles torram o café! Ah, e tem também um mezanino onde realizam cursos.

Todos os atendentes são baristas e têm uma paciência incrível para te explicar vários detalhes sobre a arte de preparar café, os diferentes tipos de coadores/ cafeteiras (vendem alguns lá), etc. É muito bacana se você tiver a oportunidade de passar horas para conhecer isso tudo. Ah, e o figurino deles é algo à parte: existe a roupa padrão, mas cada um cria seu estilo.

O cardápio tem a opção de degustação com vários tipos cafés. São os chamados "rituais": você pode pedir o pacote completo ou apenas alguns... Eu não estava com muito tempo para "viver" este ritual, então pedi mesmo um expresso com uma fatia de bolo americano de cenoura estilo (maravilhoso!). A fatia é generosa e vem numa panelinha fechada - coisa linda!

Enfim, uma experiência única!!! É um daqueles lugares que você pode ir várias vezes sem cansar... Xonei S2! ;-)
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 62

Nota geral Você conhece o Coffee Lab? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)