Clube Mineiro da Cachaça

Endereço: Rua Mármore, 373 , Santa Tereza - Belo Horizonte , MG - Brasil - 31010-220

Telefone:

31 2515-71...

Clique para ver
Categoria:

Bares e Pubs

  | Rank: 9º de 789

Bar/restaurante onde você encontra os melhores pratos da culinária mineira, mais de 1.200 marcas de cachaça e a cerveja sempre gelada. 

Preço por pessoa
$$$$ (De R$26 até R$50)
Bom para
Happy hour, Drinques
Horário de funcionamento
Ter.
18h - 1h
Qua.
18h - 1h
Qui.
18h - 1h
Sex.
18h - 2h
Sáb.
18h - 2h

Formas de pagamento
Débito:
cash, debit card
Primeira opinião
Hélio Diógenes
Detalhes
  • Aceita reservas
  • Inaugurado em 2009
  • 200 lugares
  • Comanda individual

Enviar foto
Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Lugares parecidos
  • Contato
  • Cadastro

http://br.kekanto.com/como-chegar/clube-mineiro-da-cachaca
Notas específicas:
Ambiente
(43)
Comida
(38)
Público
(40)
Atendimento
(45)
Bebida
(41)
Custo-benefício
(45)
Dicas
Se você gosta de cachaça, fale direto com o Jarbas! Ele simplesmente conhece bem o trabalho que faz e é muito bom de papo. Vale a pena ligar e reservar uma mesa, em dias que tem música ao vivo, o lugar enche.
Hélio D.
Linguiça flambada e jiló empanado.
Renan R.
Não deixe de experimentar o jiló com parmesão
Alda .
Cerveja gelada, cachaça, petiscos, ambiente agradável.
Ruben P.
Cachaça, qualquer uma, sem medo de errar.
Paulo .
Ver mais
Opiniões
O lugar parece estar em um lugar que já foi uma casa, sendo um ambiente muito gostoso e rústico.

A primeira impressão é que o lugar é bem pequeno, já que a porta de entrada e a fachada não são muito grandes, nem chamativas, contudo o lugar surpreende, contando com duas áreas fechadas e uma aberta.

A casa possui uma extensa opção de cachaças, que infelizmente não provei, apesar de gostar bastante, pois a cerveja estava gelada o suficiente para eu não animar trocá-la.

O atendimento é especialmente bom e o cardápio muito gostoso.
Fui ao Clubinho algumas vezes, mas em todas elas, fiquei pouco tempo, só de relance etílico mesmo...

Na primeira vez, chegamos depois da meia noite de uma sexta-feira e parece que a cozinha já tinha fechado. Então acabamos só tomando uma cachacinha e uma breja. Minha namorada é amiga da esposa do dono, então ficamos lá dentro até depois do bar fechar, mas só no papo, sem consumir nada, exceto uma cachacinha do barril.

Na outra vez, passei pelo clubinho pra ir ao banheiro durante o carnaval.

Em todas as vezes eu tive experiências ok. Ainda preciso ir pra comer e provar mais cachaças (eles tem uma carta bem boa, apesar de já terem me admitido que a melhor é a do barril).
Falo aqui do Clube Mineiro da Cachaça, cujo nome anterior fora Clube do Porre. Com a troca de donos, acontecida há cerca de cinco anos, o bar seria rebatizado com o nome atual, mais longo e enfatizando sua a sua grande vocação. Nele já havia comparecido em 2010, para o aniversário de um amigo, e retornado durante o carnaval de 2012, feriado quando é um dos poucos a prestigiar a folia. A última visita, da qual falo hoje, aconteceu em uma quarta-feira de janeiro. Fui acompanhado do meu pai, admirador da mais mineira das bebidas, e escolhemos uma mesa no ambiente dos fumantes, que dentre todos, é o único descoberto. Além de atender aos amantes das baforadas, serve de ligação entre os outros dois, quais sejam o interior da casa, que é de fato uma construção residencial, e o quintal. Este último, maior e atualmente coberto, ao que parece só funciona em dias de maior movimento ou em confraternizações. Independente de qual seja o ambiente escolhido, a atmosfera será mineiramente rústica.





Para a apresentação do cardápio, não há anfitrião melhor do que o garçom Jarbas. Se questionado sobre a carta de cachaças então, dará até aulas sobre o assunto, inclusive por ser mais um dos degustadores da dita cuja. Escolhemos apenas o rótulo da cerveja, no caso a Original (R$ 7,20), e deixamos a sugestão da cachaça e do petisco por conta do competente profissional. Meu pai sugeriu apenas que a aguardente fosse envelhecida em amburana, e nós recebemos uma dose da boa Água da Bica (R$ 6,00), de Brumadinho.





Para “tirar o gosto”, uma porção de almôndegas ao molho de tomate e manjericão (R$ 22,00).





São almôndegas, sem qualquer reinvenção gourmet, mas saborosas e reconfortantes, como deveria ser qualquer prato da cozinha mineira.





De outra sorte experimentei a linguiça flambada na cachaça com requeijão, que não repeti dessa vez em função do susto com o seu preço atual, de R$ 37,00. Seja como for, o saboroso prato fica como uma segunda dica do cardápio, que ainda enumera outros vinte e oito petiscos. Acha que são muitas as opções? Pois dentre as cachaças são mais de 1200 rótulos, 65 destes listados na carta de doses, e com o preço variando entre R$ 5,00 e R$ 65,00. Fora os coquetéis à base de aguardente, que homenageiam artistas mineiros como o Lô Borges, que leva maracujá, pimenta biquinho, gengibre e cachaça branca (R$ 12,00). Com tantas reverências, alguém ainda duvida que a cachaça chegou à prateleira de cima?
Gosto muito do ambiente, apesar de ter a área interna bem apertada, abafada e um pequeno banheiro na parte interna (pela quantidade de pessoas quando o clube está cheio, filas ocorrem). A área externa (lateral e fundos) é aconchegante mas pecam no exagero de algumas mesas que são muito grandes e ocupam um espaço desnecessário.

Passou por reformas em meados de maio de 2013 e teve a área externa melhorada, com uma boa estrutura de banheiro, mesmo assim, pequena se a casa estiver cheia.

Algumas noites ocorrem shows ou na parte interna ou na externa (fundos) quando se cobra couver artístico.

O grande atrativo da casa é a diversidade de cachaças, que ficam espalhadas nas paredes do clube, para a degustação visual da clientela, mas tem também cerveja para quem não curte o suco de cana. O atendimento é bom, são até atenciosos, mas ainda não me convenceram na presteza... Apenas em 1 das minhas 3 idas ao local o atendimento foi satisfatório, mesmo assim porque foi numa quinta-feira e o bar estava vazio.
Mas essa dificuldade é superada!!!

A localidade do clube também é um ponto positivo, pois fica na rua principal de entrada para o bairro e no quarteirão antes da praça, sem mencionar que fica praticamente do lado do famoso bar do Bolão. Com esse CEP favorável, você pode sair do bar após uma verdadeira cachaçada e forrar a pança com o macarrão ou com o rochedão do bolão.
Adoooro esse bar!! Localizado no tradicional bairro de santa tereza, ambiente amplo e atendimento nota mil!! A decoração do lugar é rústica e a parte de trás é ótima para eventos. A comida lá é um caso a parte. PERFEITA! O jiló frito com queijo é o melhor que eu já comi! Pra quem gosta de pinga, eles têm uma variedade enorme. A caipi de lá é muito boa. Os caldos são muito bons. A linguiça flambada é excelente também! Eles oferecem cartela individual também.
Certamente o melhor lugar pra tomar uma cachaça de qualidade, além de ficar no bairro mais boêmio da cidade. Recomendo que converse com os garçons, pois eles são entendidos na matéria e vão te servir o fino da pinga. Delícia! Mas vá de táxi, pois se gosta de cachaça, certamente não estará apto a dirigir quando sair de lá.
Já estive no bar por diversas vezes. Antes, durante e depois das reformas, e a evolução nos seus serviços é evidente. A grande cartada do bar é parecer menos do que realmente é. Com uma fachada modesta, quando você passa a porta de entrada se surpreende com a variedade de cachaças apresentadas e o espaço que se mostra bem maior do que parecia anteriormente, porém, ainda sim o espaço está pequeno devido à procura do público, então, fazer uma reserva é sempre uma boa.

Localização excelente, próxima a praça de Sta. Tereza e do tradicional Bolão. Cerveja gelada e garçons atenciosos. Não se esqueça de tomar uma cachaça!

via Android

Ontem tive o prazer de conhecer esse lugar, o CMC, que há algum tempo já despertava minha atenção pelo fluxo de pessoas entrando e saindo constantemente desse espaço. Fui até lá enquanto participante do processo seletivo para CM do KK em BH uma proposta que parece bastante motivadora e uma iniciativa inovadora pras comunidades virtuais de todo mundo. Essa etapa foi bem legal...
O local tem uma entrada simples mas dentro me surpreendi com o espaço. É evidente que estão em reforma nos fundos, onde ocorreu o 21° encontro dos kekanteiros de BH, porém o status "em obra" não o deixou menos charmoso ou limpo.
Gostei bastante do atendimento, o Jarbas, foi atencioso e solicito durante toda noite _ que só terminou no início da madrugada!
Tive minha primeira experiencia no kekanto e gostei bastante do que vivi.
Um lugar que possui mais de 1000 rótulos de cachaça, tem garçons muito atenciosos, que fazem de tudo para que você se sinta muito bem. As cachaças são muito boas, e os garçons explicam sobre as madeiras que as armazenam, sobre o tipo de cana que a cachaça é feita. O ambiente é bom e lembra bem os alambiques e o tanto que o mineiro aprecia a bebida.
A localização no Santa tereza ajuda, mas devo confessar que o local não tem nenhum atrativo extra. Há outros bares com a mesma proposta em BH, cujo atendimento é melhor e há mais variedade de comidas. Aqui, não se pode reclamar de cachaça, mas no mais, o atendimento é bem ruim e lento, apesar dos esforços do Expedito (Coquinho). Não vi nada demais nos pratos, que não trazem nenhuma novidade. há certa dificuldade de estacionar próximo se o bar estiver cheio.
O que achei mais legal no local foram as cachaças espalhadas por todo o bar inclusive no banheiro. Variedade incrível. Pra quem gosta de boa cachaça vale MUITO A PENA.

Experimentei algumas e gostei bastante.

O local também é privilegiado com localização no sta. Tereza, bairro famoso por seus bares, ganhou mais um de muito bom gosto. O lugar é muito aconchegante, tendo ambiente tanto para grupos de amigos quanto para casais.

A única reclamação que ficou de quando fui lá foi o tamanho da porção que me lembro ter sido pequena em relação ao esperado, mas tirando isso nada a reclamar.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 79

Nota geral Você conhece o Clube Mineiro da Cachaça? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)