Chalé da Praça XV

Endereço: Praça Quinze de Novembro , Centro - Porto Alegre , RS - Brasil - 90020-080

Telefone:

51 3225-66...

Clique para ver
Categoria:

Ar Livre

  | Rank: 6º de 60
Horário de funcionamento
Seg.
11h - 0h
Ter.
11h - 0h
Qua.
11h - 0h
Qui.
11h - 0h
Sex.
11h - 0h
Sáb.
11h - 23:30
Dom.
11h - 23:30

Formas de pagamento
Crédito:
Débito:
cash, credit card, debit card
Primeira opinião
Giovanna Berti Pr...
Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Ar condicionado
  • Área para fumantes
  • Restaurante
  • Wi-fi
  • Couvert artístico: R$2,20

Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Sou dono
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Lugares parecidos
  • Cadastro

http://br.kekanto.com/como-chegar/chale-da-praca-xv
Notas específicas:
Ambiente
(37)
Comida
(32)
Atendimento
(36)
Bebida
(31)
Custo-benefício
(34)
Dicas
Vá a noite
Rayane N.
À noite há um maravilhoso músico tocando lá.
Letícia T.
Na sobremesa não deixe de pedir o petit gateau, é maravilhoso!
Ju F.
Ao ar livre, Happy Hour, Centro de Poa
Juliana F.
Massa com Tomates Secos e Carne: case-se com ela. Ame-a.
Marcos J.
Ver mais
Opiniões
Era Domingo e estava em um conexão em Porto Alegre com 6 horas de espera, peguei o trem que fica em frente ao aeroporto e fui para o Centro de Porto Alegre para visitar o Mercado Municipal, que estava fechado por ser feriado. Fiquei sem entender porque agora os lugares turísticos das cidades ficam fechados nos feriadões, deve ser para espantar os turistas. Só falta fechar tudo na copa e não deixarem nem os turistas gastarem no Brasil porque vai ser feriado.
Enfim, como tinha que almoçar em algum lugar lembrei do Chalé da Praça XV, um bar e restaurante dos mais tradicionais de Porto Alegre, montado em uma construção histórica bem em frente ao mercado municipal. Era meio dia e o lugar estava abrindo, mas como o termômetro batia 35 graus fui me sentar na sombra do Chalé.

Em pouco tempo vários turistas desavisados também vinham ao único lugar decente aberto no centro de Porto Alegre. O Chalé da Praça é um famoso ponto de encontro para o Happy Hour e salvou minha visita de 6 horas na cidade.

Aguardei em um ambiente gostoso, ao meio de árvores e tomando um chopp weiss da eiseinbahn perfeito. Já tinha andado várias quadras pelo centro antes do Chalé da Praça abrir e este chopp foi providencial.

O foco do lugar são os petiscos e o menu de pratos se resume em comerciais com variações nas carnes. eles também oferecem um pequeno buffet que não me apeteceu. Preferi comer um legítimo carreteiro gaúcho em terras gaúchas. o carreteiro veio em uma linda panela de ferro e acompanhado de tutú de feijão preto. A porção era farta e achei o prato simples mas bem saboroso.

Fiquei durante horas neste recanto até dar o meu horário para pegar o avião e seguir viagem. Lembrei do ano que morei em Porto Alegre e dos queridos amigos que fiz por aqui.O lugar tem acessibilidade e o site do Chalé da Praça é super bem feito, contando todos os fatos históricos que ocorreram por aqui.
O lugar da um show no centro da cidade, sempre que passava ficava namorando e falava com o marido um dia quero ir ali, ate que um dia resolvemos entrar o lugar é lindo e bem grande com vários ambientes música ao vivo, achei o cardápio bem variado porém o custo beneficio alto, e as porções são mínimas, ideal para quem ta de regime rsrsrrs que não era meu caso, mas valeu a pena conhecer
Um dos mais tradicionais bares de Porto Alegre, inaugurado em 1885 o prédio faz parte do Patrimônio Histórico Municipal de Porto Alegre desde 1988. Entre os clientes da casa a alta sociedade na época da inauguração e tempos mais tarde intelectuais e boêmios. Originalmente construído em madeira o prédio foi reconstruído e passou por diversas reformas por alguns períodos ficou fechado. Excelente comida e atendimento em um local repleto de História.
Ambiente muito bom, com ampla área externa, interior é muito bonito e bem decorado.
Excelente comida, chopp na medida, tem almoço, jantar e happy hour.
No final de tarde, tem show acústicos.
Ótimo para um final de tarde pós expediente.
Abre aos finais de semana...
O atendimento é muito bom também e tem boa variedade de comidas e bebidas.
Meu caso com o Chalé é antigo...eu ia com uma amiga já ha uns 14 anos atrás, antes da reforma e da criação do tal "Espaço Devassa".Ficávamos ali, tomando um chopp e fazendo uma horinha após o trabalho para ir para a casa.
Hoje em dia, prefiro, o ambiente é muito mais bonito, charmoso..mas nunca escolham sentar naquela parte superior, que fica de frente para o mercado público. Ali acho que os garçons esquecem! Fizemos ano passado a despedida de uma colega, eramos umas 13 pessoas e era um suplício para vir nossos pedidos, complicado mesmo. Eu e uma colega resolvemos pedir um Clericot, e veio muito lotado de frutas para o meu gosto. Será que tivemos azar?
Mas ainda assim, tem seu charme e é uma das poucas opções mais agradáveis para um Happy no Centro.
Sou muito apaixonada por este lugar!!
Logo que cheguei a POA, depois de 23 anos sem pisar aqui... queria muito ir ao Chalé...lembrava de bons passeios por lá, com minha vó e depois das minhas aulas nas Dores...aquela bandinha básica pelo Mercado e uma voltinha no Chalé....
Depois, ele meio que decaiu.... Mas enquanto eu estava fora, me comunicava com meus amigos daqui, que me diziam que o Chalé tinha voltado a ser um lugar aprazível.
Cheguei e fui. Não podia ter sido num dia melhor, pois marquei de reencontrar minha ex-cunhada(ex-namorada do meu irmão) que eu adorava. Foi uma noite massa!!! Nos divertimos e até bebi(pq não bebo álcool) Aliás, rodamos os bares do centro!! kkkk
No chalé, tomamos um chopp delícia (um, não! VÁRIOOOOS!!) pedimos petiscos e escutamos uma música maravilhosa.
Tinha música ao vivo, tocando MPB!!
Foi um happy hour que virou noitada!!
Muito bom!!!
Pois, a revitalização do Centro passa obrigatoriamente pela reestruturação do Chalé da Praça XV. Padrão Simonetti. Total. Quem não conhece o Bistrô do Margs ou o Variettá do Praia de Belas. Atendimento classe A, comida de bom gosto, variada carta de bebidas e no meio do Centro da Cidade uma música que entra suave no ouvido de quem tá tomando um chopp bem tirado.
Executivos, profissionais liberais, professores, pessoas comuns misturam-se entre mesas e cadeiras de um espaço que poderia ser perfeitamente o cartão de visitas de Porto Alegre. Por que não o Laçador pedir uma porção de bolinhos para comer com o Mário Quintana?? E o Ibere Camargo tomando um chopp com o Bento Gonçalves, da João Pessoa?? Não é heresia o lugar é bom mesmo e pode receber qualquer celebridade do Estado.
Se chegarem cedo ainda alcançam a promoção de chopp duplo. Que tal??? Como diria, o galo missioneiro Olívio Dutra?
Vamos??
A comida é ótima, atendimento excelente. É um dos poucos lugares do Centro de Porto Alegre com requinte. Claro, o cliente paga mais por isso, mas se estamos dispostos a investir para sermos bem servidos e bem atendidos, esse é o melhor lugar do centro para tomar uma cerveja e comer petiscos com os amigos depois do trabalho. Ou, então, comer uma boa janta ou almoço em um lugar muito agradável tanto no ambiente aberto quanto no fechado.
Almoçamos em família algumas vezes no chalé da praça XV. Ele é muito gostoso e conta com diversas opções desde petiscos até pratos super elaborados, sobremesas deliciosas e muitos drinks.

Você pode sentar na parte antiga, na parte nova ou nas mesinhas da rua. Fica a sua escolha. Quase todos os dias tem música ao vivo em determinados horários.
Depois de um dia intenso de trabalho ou até depois da aula, o ideal é entrar na área aberta ao ar livre, sentar em uma mesa, pedir um chopp Eisenbahn bem gelado e esquecer que está em pleno centro de Porto Alegre, se quiser petiscar, o ideal são os pratos de petiscos e também o frango a passarinho que é um dos melhores, equipe qualificada e pronta para prestar o atendimento eficiente e o ambiente ainda conta com música ao vivo para curtir ainda mais.
E o turismo continuou. E lá estava eu sentado em uma das cadeiras do Chalé da Praça XV, no centro de Porto Alegre, ao lado do imponente prédio do Mercado. Na praça que recebia nos primórdios da cidade, em albergues, os viajantes que não tinham dinheiro para pagar hotel. Na praça onde funcionou o mercado, quando esse estava em reconstrução. Na mesma praça onde funcionou a primeira grande sorveteria da cidade. No chalé que foi construído, na metade do século XIX, para receber a primeira choperia da cidade.
Outro local para ser visitado como quem visita uma atração turística ou um museu, seja sentado na área interna do Chalé com a vista da praça pelos vidros e com refrigeração pelas inúmeras portas, seja sentado na área externa sob a sombra de árvores, seja sentado na parte nova, anexa, com ar condicionado.
Seja para quem busca um sorvete nas manhãs quentes do verão, seja para quem busca um sanduíche rápido na correria da capital, seja para quem busca um petisco acompanhado de um chope ou cerveja artesanal (o Rio Grande do Sul é um dos estados mais importantes na produção de cerveja artesanal) nas tardes mais quentes ainda desse verão, seja para quem busca um café para se esquentar quando o minuano vem com toda a sua força. Ou seja para quem mesmo almoçar. Encontrará risotos, massas, frangos, peixes, entrecots, picanhas e saladas.
Seja para quem anda procurando encontrar lá a alma porto-alegrense. Ela ronda por lá.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 59

Nota geral Você conhece o Chalé da Praça XV? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)