Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Cervejaria Vila St. Gallen?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
Cervejaria Vila St. Gallen

Cervejaria Vila St. Gallen

Rua Augusto do Amaral Peixoto, 166 - 166 - Alto
Alto - Teresópolis , RJ - 25961-165

Telefone: 21 2642-1575

Cervejaria/Restaurante de origem alemã 


Preço por pessoa:

$$$ (De R$51 até R$100)

Categoria:
Restaurante Alemão
Formas de pagamento:
Crédito:
Débito:
Primeira opinião por:
creso queiroz
Detalhes:
Aceita reservas
Mesas ao ar livre
Inaugurado em 2011
Área para fumantes

Quer receber ofertas do Cervejaria Vila St. Gallen?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade

Estabelecimentos dentro do(a) Cervejaria Vila St. Gallen

Filtrar: Todos A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z 0-9
Notas específicas:
Ambiente
(14)
Comida
(12)
Atendimento
(12)
Bebida
(13)
Custo-benefício
(12)
Dicas  (19)
creso queiroz
Pergunte tudo ! eles adoram responder ... rsrsrs
creso q.
creso queiroz
Perguntem tudo ! Eles adoram falar sobre a história da vila...
creso q.
Fábio Lima
Pedir uma ripa de degustação que vem com 4 tipos de cervejas diferentes!
Fábio L.
Tati P.
Não consegui fazer a visitação, recomendaram agendar antes!
Tati P.
Classificar por:
Opiniões   (33)
 
Como já foi dito aqui anteriormente, trata-se de um complexo com várias atrações.

Estive no Bierfest na noite da última quinta-feira. Ao chegar, você será recebido por uma funcionária vestida à moda tirolesa (e todos os demais funcionários também). Caso haja necessidade de espera (como ocorreu no meu caso), ela pedirá o seu número celular e você receberá um sms, imediato, indicando a sua posição na lista de espera e um link para acompanhar o progresso. Tecnologia a seu favor!

Assim, pude visitar a capelinha, a lojinha de souvenir, a sorveteria e o ateliê antes, sem me preocupar em ficar na fila. Na sorveteria, descobri um sorvete da cerveja St. Gallen Imperial Stout que é simplesmente de-li-ci-o-so! Ali mesmo, já comecei a degustar...

Ao receber o segundo sms, confirmando a existência de mesa, fui encaminhada à área externa, composta por uma estrutura de ferro e coberta com vidro. A noite fresca de Teresópolis tornou a ocasião ainda mais agradável. A simpatia de todos os atendentes também.

Eu e meus amigos resolvemos pedir uma porção de croquetes de carne assada, para começar. A porção vem servida de 6 unidades e é bem saborosa. Pedimos também a caipivodka de morango, a cerveja Therezópolis Gold e garrafinhas de água. Em seguida, costelinha de porco com batatas fritas da casa acompanhadas de molho barbecue e mais uma garrafinha da mesma cerveja (encorpada e deliciosa), além de mais água. Ao final, uma sobremesa composta de um bolinho de amêndoas e sorvete de amora. A conta ficou em R$ 56,30 para cada um de nós três (já com os 10% incluídos) e, considerando a qualidade do atendimento, do ambiente e dos petiscos servidos, na nossa opinião, até saiu barato.

A cozinha do restaurante fechou à 0h. E o bar à 0h30. Fomos devidamente informados pelo nosso garçon, o Davi, a tempo de decidirmos: pedir mais alguma coisa ou voltar para casa?

O complexo conta com um pequeno estacionamento. Creio que, em dias/noites de grande lotação, ele não comporte todos os automóveis. Mas, não há qualquer dificuldade em estacionar na própria rua, localizada em uma área residencial.

Nas noites de sexta-feira, rolam uns showzinhos, a partir das 21h, de acordo com a programação previamente disponibilizada no site da Vila St. Gallen.

Vale a pena conferir! Impossível arrepender-se!
Bom para: Paquerar, Experiências gastronômicas, Cerveja, Drinques, Ir com crianças, Casais, Famílias, Ir com amigos, Ir sozinho, Jantar, Almoçar, Happy hour, Ponto turístico
 
Estou indignada!
Programei passar o feriado de Páscoa em Teresópolis para visitar um amigo que trabalha na Vila, e fui barrada na porta, junto com meu marido! Chegamos no domingo à tarde para um aniversário e ficamos até segunda somente para isso.
Simplesmente chegamos às 16:30h, depois de ligar para lá e confirmar que estava funcionando normalmente e não seria preciso fazer reserva, e fomos BARRADOS.
Quando chegamos ao portão, a recepcionista disse que "a gente fechamos (sic) às 16h porque estava lotado demais", e que reabririam às 19h.
Segundos depois, um rapaz que me pareceu ser um gerente passou correndo, aos gritos, avisando a ela que não era para deixar ninguém entrar, nem para ir ao banheiro.
Tentei argumentar educadamente, disse que estava ali para visitar um amigo que trabalhava no restaurante, que entendia perfeitamente que havia uma fila de espera, e que pretendia somente conhecer o lugar, visitar a lojinha de souvenir, tirar fotos e fazer hora até que meu amigo tivesse um intervalo e pudesse vir falar comigo, expliquei que era um amigo querido, que tinha vindo do Rio somente para isso, mas ela foi irredutível.
Disse que havia uma fila de espera grande e que as pessoas chegavam com a desculpa de ir ao banheiro e furavam fila.
Como assim?!?
Será que os caras são tão mal treinados que não conseguem controlar uma simples fila de espera num restaurante cheio?
E será que não percebem que é extremamente grosseiro insinuar que eu, meu marido, e todas as 15 ou 20 pessoas que chegaram depois de mim e também foram barradas na porta seríamos desonestos e furaríamos fila caso nossa entrada fosse permitida? Me senti insultada!!!
Para não perder a viagem, tentei um último recurso: ainda na porta, liguei para o telefone de contato, e expliquei a situação. Um outro rapaz veio até a porta e repetiu a mesma argumentação da recepcionista e completou com uma pérola: disse que os funcionários estavam em horário de almoço, por isso não podíamos entrar nem mesmo para visitar a lojinha ou os outros pontos do local.
Falei que aquilo era um absurdo, um desrespeito aos clientes e um anti-marketing total, e ele somente sorria com ar de deboche, sem tentar melhorar a situação, como seria de se esperar.
Notei que todos os funcionários usavam rádios comunicadores, mas em nenhum momento um deles se prontificou a tentar transmitir a mensagem ao meu amigo de que nós estávamos ali na porta. Àquela altura eu já não pretendia mais esperar para tentar jantar, somente gostaria de poder desejar boa Páscoa ao meu amigo e entregar a ele os chocolates que havia levado de presente. Não levaria 5 minutos.
Aliás, alguém pode me explicar como um CENTRO GASTRONÔMICO FECHA AS PORTAS AO PÚBLICO porque os funcionários estão ALMOÇANDO?? Em pleno feriadão???
Não me restou alternativa a não ser ir embora, revoltada e me sentindo totalmente desrespeitada.
Uma hora depois, já descendo a serra, recebi uma mensagem do meu amigo pelo celular, dizendo que acabara de ser informado que eu estive na porta. Uma hora depois...
Sinceramente, lamento por ter perdido a oportunidade de encontrar meu amigo, e ele sabe disso.
Mas, a julgar pelo que aconteceu comigo e por todas as outras reclamações que vi aqui na página, não lamento nada o fato de ter perdido a oportunidade de conhecer o lugar.
 
Essa Vila é algo de espetacular na região, trata-se de um restaurante e loja da Cervejaria Teresópolis, o ambiente é agradabilíssimo e muito charmoso conta com belas messa e os garçons, garçonetes e atendentes estão vestidos com roupas tipicas.
Além disso você encontra todos os sabores fabricados pela cervejaria, e pode ver alguns do maquinários antigos da cervejaria, ao passar para parte mais interna do galpão há uma loja onde se encontra vários produtos da Cervejaria Teresópolis, além das cervejas, tem os copos e outros souvenir´s.
Dica: Peça a Ripa de Cerveja.
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Famílias, Jantar, Almoçar, Happy hour, Cerveja, Reuniões de negócios, Realizar eventos pessoais, Experiências gastronômicas, Ponto turístico
 
Imperdível! Finalmente conheci a St. Gallen no último fim de semana e pretendo voltar várias vezes! Pedi um mix de especialidades alemães em que tudo era delicioso. Destaco o purê de ervilha delicioso que vem com as salsichas,etc. O prato é pra 2 pessoas não exagederamente famintas e custou R$89,95 (tirei uma foto do prato,podem ver!). Eles estavam servindo um chopp de inverno English Strong Bitter, que seria edição limitada, com 10% de teor alcoolico que eu adorei! Custava R$ 15,00 o de 400 ml (tb aparece na foto do prato).
Ah, fotografei o cardápio pra vcs terem idéia dos demais preços!
Comprei cervejas St. Gallen e Theresopolis por bom preço na lojinha: 17 a primeira e 7 a segunda!
Dica: Não consegui fazer a visitação, recomendaram agendar antes!
Tati P.:
Concordo, já peguei outros mix bem mais em conta! Mas esse aí é muuuuuito gostoso! Quando voltar,quero pegar os petiscos que tinham cara otima!
Conteúdo inválido
 
A cervejaria St. Gallen, que é o "Templo da cultura cervejeira", fica localizada no bairro do Alto, em Teresópolis.
Fazendo parte da vila, na casa ao lado é o Bistrô 1912, de gastronomia francesa (que ainda não está inaugurado, apesar de pronto). O Bistrô 1912 (ano em que Alfredo Claussen lançou a cerveja Theresópolis) conta com diversos ambientes e também com um acrevo cultural no 2º piso da casa (que não visitei pq não estava aberta à visitação). A Vila St. Gallen é uma réplica de uma vila situada na fronteira da Suíça e Alemanha e é de gastronomia alemã. A casa tem 2 pavimentos com diversas mesas no térreo, um bar e também uma cervejaria onde são feitas as cervejas artesanais. Passando por dentro do restaurante e saindo na parte de tras (área externa chamada Biergarten), aí sim, vc vai ver a verdadeira vila com mais mesas ao ar livre, uma lojinha de souvenirs, com canecos, copos, baldes, etc, um atelier, uma lojinha da fazenda Geneve, com produtos regionais - queijos de leite de cabra, etc. O maior destaque da área externa é a St. Gallen Kapelle, que é uma capela com 12 lugares, onde se pode escutar cantos gregorianos. Todos os funcionários da vila estão vestidos à carater, fizeram cursos sobre a história de St. Gallen, e dão aos clientes verdadeiras aulas desde a fundação do mosteiro de St. Gallen em 612 d. C., nas montanhas da antiga Germânia, até a chegada da família Claussen em Teresópolis e o lançamento da cerveja Theresópolis em 1912 e também como são elaboradas as cervejas artesanais . O bacana da coisa é que vc vê estampado no rosto dos funcionários a satisfação e o prazer com que falam tudo aquilo que sabem a respeito das cervejas e da história da vila, destacando-se a funcionária Chaira Costa, que é como uma cicerone e conta com muita firmeza tudo aquilo que aprendeu. Destaca-se também o funcionário Carlos Augusto que também, como todos, é extremamente atencioso. Na verdade, além de restaurante vc recebe uma aula de história bastante interessante. Mas... agora chega de história e vamos ao cardápio. Sugiro, logo de entrada, pedir a "degustação na ripa" - R$18,95, que é uma ripa (ver foto), com 4 tipos de chopp. O primeiro é o tradicional Theresópolis (que foi o que mais gostei), o segundo feito à base de trigo com aroma de cravo e banana, chamado de cerveja frutada, que eu, particularmente, achei horrível ! rsrsrs. O 3º é com aroma de chocolate e o 4º com aroma de açucar mascavo. Bem, o que vale é a apreciação de sabores diversos - maravilha ! Mas eu fico mesmo com o tradicional. Os garçons, muito atenciosos, com destaque para o David, a Dina Vital e a Josi Andrade, que não se cansam de explicar tudo que está no cardápio e tirar todas as suas dúvidas.Todos foram muito bem treinados. O negócio te envolve tanto que vc acaba fugindo das bebidinhas e comidinhas e falando da história que escutou durante a visita. Mas, vamos lá...A cerveja pode ser servida num "caneco" ou numa "bota" de nada mais nada menos que 1000 ml.(rsrsrs). Para acompanhar as cervejas, eles tem de entrada uma costelinha, servida num balde, que é pra se "comer de joelhos" ! - R$34,95 - uma delícia ! Um dos destaques do cardápio e sugestão dos garçons, é o "combinado alemão" - R$88,95 (carinho, né ?) que da pra 2 pessoas.Tirei bastante fotos pra dar pra se ter uma idéia do local e dos cardápios de bebidas, comidas e sobremesas. E, por falar em sobremesas, comi uma torta alemã d e l i c i o s a que, além de muito bem decorado o prato, vem com uma "phisalis" sobre a torta, que é uma frutinha muito gostosa. Outra opção de sobremesa, é a "pêra rubini", que vem na calda de cerveja e acompanha sorvete de creme. Todo o restaurante é de estilo rústico e muito bem decorado.Há também um "curso" de cervejeiro artesanal promovido por eles e com certificação teórica e prática.
O estacionamento é fácil (na riua mesmo, em frente ao local). O preço me pareceu bem acima dos restaurantes da região, mas acredito valer a pena pelo fato de ser algo bem diferente e que se aprende um pouco de história também. Eles não dispõem de rede wi-fi para os clientes (ponto negativo !) . Em resumo... RECOMENDADÍSSIMO !!! Vale o passeio, vale o restaurante, vale a visita e vale um pouco mais de cultura. Aqueles que forem lá, vão ver a quantidade de informações que se recebe e, se por acaso alguma coisa que escrevi, não estiver correta, por favor me corrijam.
Dica: Perguntem tudo ! Eles adoram falar sobre a história da vila...
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Famílias
Mary Changuir:
Amo este lugar!! principalmente nesta época do ano em que dá pra sentar do lado de fora e degustar as delícias, sem problemas com o sol. Super recomendo o fondue e a caipi de morango!!
Conteúdo inválido
 
Quem for a Teresópolis é de fundamental importância que visite essa vila. Lá podemos encontrar comida de excelente qualidade além de apreciar uma ótima cerveja. E para que quiser saber um pouco mais sobre a bebida, possui no interior do restaurante uma mini cervejaria com um tour que explica tudo sobre o precioso e apreciado liquido. O tour é feito com as explicações detalhadas de um cervejeiro boa praça, o Gabriel com quem aprendi bastante nas poucas horas de duração do curso. O pessoal do restaurante não medem esforços para agradar o que deixa sempre uma boa impressão e a certeza do retorno.
Enviado
via iPhone
 
Trata-se de um complexo, com cara de mini cidade cenográfica, com várias atrações: um bistrô francês, um restaurante de fondue e raclete e o bar (parte com maior procura), além de uma loja de produtos St. Gallen, uma loja de doces e uma capelinha.

Estive na Vila em duas ocasiões, uma de dia e outra a noite, e de cara indico ir com a luz do dia, pois o cenário fica muito mais atrativo. Quando você chega, é recebido por uma funcionária de roupa típica que pega o número do seu celular e te avisa por sms quando sua mesa estiver disponível. Uma dica, caso haja espera, é ir entrando para visitar as lojinhas. A de produtos da St. Gallen, vende cervejas, copos, baldes, abridores e outras lembranças nessa linha. Já a loja de doces, vende trufas, barrinhas de chocolate com o nome da cidade e de uma cerveja da marca (Therezópolis), que são ideais para levar de souvenir para amigos, e sorvetes, incluindo sabor cerveja.

Fiquei na parte do bar, que é dividido entre área interna e externa e pelo que percebi o atendimento é mais eficiente na parte fechada. Quanto ao cardápio, indico a degustação harmonizada, uma tábua que vem com cerveja pilsen, de trigo, ruiva e escura, acompanhadas respectivamente de pequenas porções de amendoim, azeitona, gorgonzola e chocolate. Assim você já fica conhecendo os quatro sabores da marca! Pra comer o Confrade Cervejeiro, uma porção de bolinhos de cevada recheados de linguiça com bacon, afinal se você está numa cervejaria vale a pena provar comida feita de cevada!! Também rolam opções com base na culinária alemã, como croquetes de carne ou queijo e porções de linguiças, mas para quem quiser algo mais consistente existem opções de sanduíches também. Outra dica é pedir um chope no copo mais famoso da casa, em forma de bota! Uma diversão a parte haha.

A parte caída é que com tanta cerveja, a vontade de ir ao banheiro é constante né? E o bar só tem um banheiro feminino e um masculino!! Então é fila na certa... =(

Ah, vale a pena ver se na hora que você estiver por lá, vai rolar um tour/aulinha sobre as cervejas da casa. Não dei essa sorte, mas imagino que seja bem legal para quem curte a bebida!!
Bom para: Experiências gastronômicas, Cerveja, Famílias, Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Happy hour, Almoçar, Ponto turístico
Lu
 
Restaurante temático imperdível! Inspirado no cantão suiço de St Gallen, o restaurante é uma pequena miniatura típica alemã. Com uma igreja, lojas de souvenirs típicos (cervejas, queijos de cabra, artesanato, vestuário...), fábrica de cervejas, um elegantíssimo bistrô da Belle Epoque (ainda não inaugurado como restaurante, mas já aberto para visita pública) e o restaurante / cervejaria típico alemão

Da primeira vez que fui, pedi um cachorro quente com cebolas caramelizadas, mas na primeira mordida tive uma infindável crise de soluços e não consegui comer nada. Pedi a conta e na mesma hora dois garçons vieram me perguntar o que tinha acontecido e se tinha algo errado com a comida. Um lugar que tem garçons assim já ganha a minha confiança e simpatia.

Da segunda vez, pedimos truta com amendoas e salada de batatas, salmão grelhado com spaetzle e purê de ervilhas e filé mignon com batata roesti e farofa de bacon. à exceção do purê de ervilhas que estava um pouco frio, tudo estava muito gostoso! Para beber, chopp, chopp, chopp, chopp (de todos os tipos, ale, pilsen, red ale, stout) e caipirinhas de absolut com morangos e lima da da pérsia. Os drinks de vodka vieram com um morango envolto em açúcar flamejante. O açucar vira caramelo no fogo e quando a gente derruba o morango no drink, ele derrete, criando um sabor diferente das caipiroskas que a gente conhece.

Infelizmente não fotografei o cardápio e depois do oitavo chopp não lembrava nem o meu nome, quanto mais os preços dos pratos . Os pratos funcionam assim: você escolhe uma carne, dois acompanhamentos e um molho. O filé mignon custa em torno de R$40.

Mesmo que você não goste de cerveja ou comida alemã, recomendo uma ida a este restaurante. Realmente vale a pena conhecer e tirar muitas fotos. Os garçons trabalham vestidos como tiroleses.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Almoçar, Happy hour
 
Vai ser difícil escrever "pouco" sobre esse lugar, mas vamos lá:

A Vila se divide em 3 ambientes; Abadia, Bierfest e Biergarten.

A Abadia se inspira num mosteiro suiço da própria cidade de St. Gallen. Os garçons inclusive se vestem de monges para atender. O cardápio oferece Raclete (queijos de alta qualidade derretidos com batatas, presunto de parma, tomate cereja tomate confit e outros) e Fondues (queijo, queijo de cabra, mignon, caça e chocolate). Se você for na Abadia, PRECISA experimentar o tomate confit, é algo indescritível!

A Bierfest tem um ambiente bem rústico, os maiores salões da Vila e a cervejaria, que produz de sexta a domingo. Os garçons, vestidos de tiroleses, servem um cardápio da Baviera (com toques da holandesa e belga), com linguiças defumadas, pretzel, chucrute, spatzel, croquetes e muitos pratos cervejeiros. Para degustação harmonizada de cervejas, preciso falar da "ripa":
São quatro chopes da casa servidos em copos de 150 ml, começando pela Therezópolis Gold (premium lager) acompanhada por amendoins; em seguida vem a St. Gallen Weissbier (trigo) servido com azeitonas verdes; após vem a Therezópolis Ebenholz (dunkel) com pedacinhos de chocolate meio amargo (que não parecem nada amargo depois da cerveja); e por último uma St. Gallen Irish Red Ale, cremosa e com 9.2% de graduação alcoólica, servida com queijo gorgonzola. Para quem gosta de cerveja, é pedida obrigatória!
Nesse ambiente, toda sexta, você ainda "degusta" um blues ou jazz ao vivo, enquanto joga uma partida de sinuca, dardos ou jogos de tabuleiro. Também são oferecidos cursos sobre a história, ingredientes e processo cervejeiro (com degustação, é claro).

O Biergarten é um jardim (externo) seguindo um estilo germânico antigo, com uma pequena capela, lojinha de souvenirs, um ateliê e o Kaffee Haus, uma cafeteria perfeita para fechar a visita com chave de ouro.
Dica: Leve uma máquina fotográfica ou vai se arrepender!
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Famílias, Jantar, Happy hour, Cerveja, Realizar eventos pessoais, Relaxar, Experiências gastronômicas, Ponto turístico
 
Ambiente muito bom , variedade de cerveja e chopp artesanal. Atendimento lerdo (comparando com padrão paulista) valores não abusivos. Eles tem lojinhas na parte extena da choperia com venda de cervejas, taças charutos, outra com venda de doces e e sorvetes. Também na parte externa tem uma capelinha. Cervejaria muito bem montada só não ganhou o máximo pelo atendimento. Quem passar por teresópolis é uma parada obrigatória
Dica: BOLINHO DE CEVADA COM LINGUIÇA E TABUA DE DEGUSTAÇÃO COM HARMONIZAÇÃO,
Bom para: Ir com amigos, Casais, Famílias, Ir sozinho, Jantar, Happy hour, Cerveja, Realizar eventos pessoais, Paquerar, Relaxar, Experiências gastronômicas
 
Lugar para se encontrar com os amigos e namorar, pedir aqueles petiscos e variar a cerveja.
Dica: Quinta tem show de Blues.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Jantar, Paquerar, Relaxar
 
Adoooro!
Não vou mais a Teresopolis sem passar na Vila St. Galen! Decoração linda, cenário, distracao pra criancas, capelinha, loja de doces, de copos... mesa de sinuca, restaurantes, sino pros alegres de plantao... o classico copo em forma de bota com 1 litro de cerveja!!
Só pra nao dizer q é perfeito, 1 banheiro só numa cervejaria fica complicado ne!?!?
 
A Vila St.Gallen é um lugar fantástico! Pra quem gosta de cerveja então!
MAs o bacana do lugar que ele é um complexo gastrônomico, formado por 3 restaurantes. O Bierfest (comida alemã e muita cerveja diferente e artesanal e que recria o ambiente de uma Vila de cervejeiros. Tem ainda o restaurante ABADIA, que imita um mosteiro antigo, onde até os garçons estão vestidos de monges e a especialidade da casa é o fondue. E em fase de conclusão de obras está o BISTRO 1912, um restaurante de culinaria francesa que deve ser inaugurado no segundo semestre (2013).

Nos fim de semanas a casa abre também para almoço e é uma boa pedida para ir com toda a familia. Mas caso você vá a noite (principalmente sábado e sexta) ou 'va bem cedo ou faça reserva pois a casa costuma a ficar bem movimentada.

Quem quiser mais sobre a cultura cervejeira de hora em hora existe um tour na mini-fabrica de cerveja, onde um mestre cervejeiro explica todo o processo de produção e voc6e ainda poderá degustar 4 tipos de cervejas diferentes!
E de tempos em tempos, são abertos workshops que duram um sábado inteiro e o participante aprende e produz sua própria cerveja.

Lei como foi minha experiência numa noite por lá!
http://blog.intrip.com.br/2013/05/vila-de-cervejeiros-em-teresopolis/
Dica: Pedir uma ripa de degustação que vem com 4 tipos de cervejas diferentes!
Bom para: Experiências gastronômicas, Realizar eventos pessoais, Cerveja, Famílias, Ir com amigos, Jantar, Almoçar
 
O restaurante é muito legal!
A Vila toda é bem bacana, vale o passeio.
Achei o tour de cerveja meio chatinho (muita falação), mas vale a pena para ganhar a taça e os 3 chopps.
No tour ainda pudemos experimentar uma quarta cerveja.
O cardápio do restaurante é tentador, tudo muito gostoso.
O preço vale pelo passeio.
A bebida, claro, não deixa nada a desejar. A cerveja pode ser servida em copos diferentes, incluindo um no formato de bota, bem bacana.

Passeio bem bacana para família e grupos de amigos.
Bom para: Experiências gastronômicas, Cerveja, Famílias, Ir com amigos
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 33

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
25
Seus check-ins aqui
0