Cervejaria Patriarca

Endereço: Rua Demétrio Ribeiro, 594 , Tatuapé - São Paulo , SP - Brasil - 03332-000

Telefone:

11 2268-25...

Clique para ver
Categoria:

Bares e Botecos

  | Rank: 29º de 1139

A melhor costela no bafo de São Paulo, eleita em 2010 por Vejinha SP, ganha uma unidade no bairro do Tatuapé, desde Janeiro de 2012. Em frente a uma aconchegante praça, o Patriarca localiza-se em uma esquina tranquila, contando com um ambiente espaçoso, arejado e bastante elegante. A casa tem ...  Ver mais

Preço por pessoa
$$$$ (De R$26 até R$50)

Bom para
Happy hour, Cerveja, Assistir esportes, Drinques

Primeira opinião
Simone Abreu
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Ter.
18h - 1h
Qua.
18h - 1h
Qui.
18h - 1h
Sex.
18h - 1h
Sáb.
12h - 1h
Dom.
12h - 1h

Aos sábados e domingos, couvert artistico de R$10,00. Sábado MPB

Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Animais permitidos
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas
  • Mesas ao ar livre
  • Inaugurado em 2012
  • 300 lugares
  • Wi-fi: acesso grátis
  • Couvert artístico: 10,00 (apenas aos sabados e domingos, das 14h ás 18h.
  • Música: banda ao vivo aos sabados e domingos


Como chegar
Favorito
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/cervejaria-patriarca-2
Notas específicas:
Ambiente
(21)
Comida
(20)
Público
(21)
Atendimento
(20)
Bebida
(21)
Custo-benefício
(13)
Dicas Ver mais
Opiniões
Nem acredito que conheci o Patriarca! Sempre ouvi muitos elogios e tive vontade de ir, mas só nesta semana tive a oportunidade.
Fica em frente a uma praça, o que facilita para achar uma vaga quando chegamos cedo e ainda deixa o ambiente mais agradável. Os garçons são super atenciosos e simpáticos.
Fui em um aniversário em plena terça-feira. Ficamos na área externa, como um deck, e vi que o bar comporta muitas pessoas. Não estava muito gente do lado de dentro. Não sei se as pessoas desanimaram pelo calor, ou por ser uma terça, mas já ouvi dizer que enche muito.
Tinha música ao vivo, bem agradável.
Agora vamos ao melhor da casa: Comes e Bebes! Dei uma rápida olhada no cardápio e gostei muito. Oferecem caipirinhas diferentes e (a)provei a de manga com laranja. Comi um pastel de costela com catupiry que quase me fez pedir uma costela...e eu não gosto de costela! rs. Também provei a porção de coxinha que estava muito boa!
O preço é um pouco alto, mas de acordo com a região. Gostei muito do lugar por tudo, só não curto o sistema de consumação mínima, mas faz parte.
Fui ao local, por ventura de ver nas sugestões de uma revista de grande circulação, e não me arrependi, a costelinha é muito show, as cervejas em suas infinitas variedades também chamavam atenção. O Ambiente é tipo um pub e acredito que só caibam no maximo umas 70 pessoas. O preço é alto mais é de bom custo beneficio pela qualidade e atendimento.
Após um longo dia de trabalho na cidade de São Paulo, o glutão resolveu sair para comer e beber algo. Logo, vocês já sabem o que isto significa, certo? Mais uma avaliação Gole & Gula. Desta vez, a escolha foi a Cervejaria Patriarca, localizada no bairro do Tatuapé, sendo que existem outras 2 unidades na cidade em bairros mais badalados.

Assim que você entra no recinto, algo já te chama à atenção, que é a ambientação e decoração do local, fazendo alusão às épocas do império no Brasil, com caravelas navegando em alto mar, anjos e outras figuras barrocas, quadros de Dom Pedro e outras figuras que fizeram história no país. Nesta unidade, você pode se sentar na parte interna ou externa, sendo ambientes bem distintos. Como estava um pouco frio e com vento, resolvi me sentar na parte interna, onde existem alguns telões e música ambiente para complementar a sua experiência. Aqui, já cabe destacar a higiene do local que chega a impressionar, tanto das mesas, quanto do chão e dos banheiros, além da preocupação dos atendentes neste quesito.

Assim que você se senta à mesa, rapidamente, o garçom já traz o cardápio e deixa você à vontade. Como podem ver pela foto, até a apresentação do cardápio chama a atenção, dando destaque ao carro-chefe da casa, que é a costela e, inclusive, o prêmio recebido pela Veja em 2010. O glutão ficou maravilhado com a diversidade do cardápio, porém, devo admitir que para quem não come carne, deve ser um pouco problemático, pois a maioria das porções e pratos é feito com a costela, apesar de existirem saladas e outras opções. A escolha da gula foi complexa e fiquei em dúvida entre 3 opções, mas a pedida foi o escondidinho de costela desfiada. Como podem ver pela foto, já abre o apetite de qualquer glutão, né? Com um sabor divino e único, fiquei estarrecido com a porção que, além de ser gostosa e com um tamanho bacana, possui um preço interessante de R$32, principalmente, por se tratar de São Paulo.

Para acompanhar esta deliciosa gula, nada melhor do que goles gelados e repostos na medida certa de uma cerveja, certo? A Cervejaria Patriarca possui a maior parte das marcas de cerveja e, neste dia, a opção foi de Serra Malte. Mas, infelizmente, nem tudo é perfeito nas noites de goles e gulas, né? Após a segunda cerveja, o garçom veio se desculpar e disse que a Serra Malte que estava na geladeira não estava tão gelada quanto às outras que tinha bebido, e a sua sugestão era ir de Original. A troca não é tão difícil assim, né? Mas, uma pena que isto tenha ocorrido. Apesar de que achei muito bacana a atitude do garçom em avisar e vir “cheio de dedos” para explicar o ocorrido. Em suma, nada que tenha atrapalhado a experiência. Aliás, os preços das cervejas giram em torno de R$6.90 e R$7.90. Além disso, cabe destacar que a Cervejaria Patriarca possui caipirinhas bem interessantes e que ganham destaque no cardápio, mas que ficarão para uma próxima vez.

Para encerrar com maestria esta avaliação, cabe mencionar o atendimento que, apesar de não ser muito próximo e amigo, como os glutões estão acostumados, é preciso e atende totalmente às expectativas, sendo extremamente ágil e rápido na reposição dos goles, assim como no pedido da gula. Aliás, antes de pedir a gula, o garçom pergunta se está com muita ou pouca fome, de forma a tentar orientar o melhor prato ou porção. Bacana, né?
No coração do Tatuapé, mto bem localizada está essa tradicional cervejaria, com um público jovem, e cardápio variado!
Ótima pra vir antes da balada, e aos domingos!
Na minha opinião, por ser uma cervejaria, faltam opções de cerveja, e sobram em cachaças! Pra quem quem gosta, é um
Prato cheio!
Na cerveja, melhor custo benefício é pedir pela garrafa (R$10,20), Serra Malte ou Original, ao chopp (R$7,20).
A porção de provolone à milagrosa serve bem duas pessoas, R$ 27,20;
Os garçons são bem atenciosos, e te atendem mto bem!
Vale a pena conhecer!
Mês passado tive o grande prazer de conhecer a Cervejaria Patriarca a convite do kekanto, e o evento foi na unidade de Tatuapé, região de São Paulo que até então desconhecia.

A localização do lugar é bem estratégica, com acesso fácil mesmo para quem não conhece a região. Achei a casa linda, com vários ambientes, mesas na calçada e um ambiente muito gostoso, cheio de gente bonita e alegre.

Ficamos em um área reservada do bar tomando Original bem gelada e Frozen Margarita por toda a noite. Pesquisando um pouco o cardápio, descobri que ele vem de uma profunda pesquisa dos temperos e ingredientes do Brasil colônia.

Começamos provando um ótimo bolinho de arroz. Bem temperado tinha gosto marcante de queijo e alho, dois ingredientes que gosto muito.

Em seguida provamos o espetacular pastél de costela da Cervejaria. Realmente espetacular. Conseguiram um pastél de costela bem crocante, sequinho e muito suculento !!! Virei fã imediato.

Ainda provamos porções de mandioca cozida com manteiga que derretia na boca, batatas fritas e chips de mandioquinha.

Vale a pena conhecer o cardápio no site do lugar que tem quase todas as informações de forma clara e com um ótimo layout, só faltou informar os preços.

A decoração do bar também agradou bastante, bem alegre, com bastante iluminação e pinturas no teto. O bar oferece diversas cervejas, com algumas opções diferenciadas como Baden e Eisenbahn, vários drinks, coquetéis e bebidas quentes, além de chopp Sol, Xingú e Heinekein

Para finalizar, comemos o carro chefe da casa, a Costela no Bafo, servida na chapa bem quente e acompanhada de cebolas caramelizadas. A costela ja vem sem nenhuma gordura ou nervo, separada do osso mas sem desfiar a carne. O sabor é espetacular!!!!

Adorei o lugar e o evento do kekanto que neste dia presenteou a melhor opinião realizada no site com um IPad 3, entregues pelo Augusto Maschi, Community Manager na Empresa.

Agora quero conhecer a unidade da Vila Madalena que é bem mais perto da minha casa para ver se servem a costela igual ao Tatuapé.
Sou mais um da turma que veio aqui pelo evento do Kekanto.

Gostei muito da casa, o lugar é super bonito, muito bem decorado e parece ser bem freqüentado também. Achei muito legal o teto retrátil que tem em um dos ambientes.

Por estarmos no evento pode ser que tivemos alguma atenção especial no atendimento, os garçons ficaram a postos o tempo todo, prontos para atender qualquer pedido, mas acredito que esse seja o padrão da casa. A propósito, o local conta com um sistema informatizado para tirar os pedidos, o que garante mais agilidade.

Não cheguei a ver o cardápio, então não vou poder opinar sobre a variedade e os preços, porém a julgar pelo que foi servido nas mesas posso dizer que tem ótimas opções.

Foi servido batata frita, bolinha de arroz, mandioca cozida que estava ótima, pastéis variados e dentre eles o maravilhoso pastel de costela e o prato mais famoso da casa: a costela no bafo! A costela estava super macia e saborosa, acompanhava uma cebola picada com um molho bem gostoso. O único detalhe é que a costela que ficou em contato direto com a chapa acabou ficando um pouco esturricada.
Díficil falar deste lugar ante tantos comentários acima, mas vamos lá: Sábado tive a oportunidade de conhecer este novo "point" na Zona Leste de Sampa, e não é que o lugar está bombando, também pudera é um lugar muito agradável, de atendimento idem e o que manda no cardápio é a deliciosa culinária brasileira com toque europeu e uma pitada africana, pelo menos é assim que o site da casa define sua culinária, mas olha galera, nunca foi tão difícil escolher algo para comer no extenso cardápio do Patriarca, mas dúvida vai e dúvida vem, acabamos por optar pelo óbvio: COSTELA, isso mesmo com caixa alta, pois é a melhor costela que já comi, e olha que já provei várias dos mais variados resturantes e botecos da cidade, sem contar minha família, nordestina, é campeã no pranto, mas a do Patriarca ralou todas, hours-concours.

Optamos pela Costela Padre Antônio Vieira que acompanha um delicioso creme de alho, a costela derrete na boca- acho que muitos já disseram isso- e caiu como uma luva com o creme de alho, e achamos que devíamos pedir uma porção de arroz e mandioquinha chips também para acompanhar, essa última é imperdível, quem não pedir essa mandioquinha chips não foi ao Patriarca de verdade.
No quesito bebida a casa é bem servida também, há várias opções para vários gostos, para abrir a noite fomos loga nas caipirinhas, me decidi pela de manga com laranja que até então nunca havia provado, e vos digo está aprovadaça, só continua perdendo para a boa e velha caipirinha de limão que veio logo na sequência. Como meu amigo que me acompanhava nunca havia provado tequila na vida dele, decidi escolher uma dose, e olhem o que achei: Tequila 1800 reposado 100% agave, desceu rasgando e foi muito engraçado ver a careta que meu amigo fez, creio eu que ele não curtiu muito a novidade não, kkkkk.

Pedimos também alguns drinques, eis os que me recordo o nome, brincadeira, foram apenas 02 os escolhidos: um tal de Daiquiri, escolhi mais pelo nome, sempre drinques com nomes exquisitos nos trazem boas surpresas, que leva Rum, fatias de limão e xarope de goma (xarope de açucar com goma árabe de consistência espessa) que achei muito doce e pedimos também o Samba Berlim que leva cachaça, limão e Pepsi Cola, bacana, mas para mim pareceu mais Cuba, mas achei melhor que o primeiro.

Para resumir gostamos muito da casa, muito bem frequentada e muito animada, nota 10 mesmo, agora entendo melhor os elogios citados nesta página.
Começo a resenha parabenizando os donos, sócios e colaboradores da Cervejaria Patriarca - Tatuapé pela parceria, pela atenção, pelo trabalho enfim, por tudo.

A minha resenha provavelmente será editada, pois como a experiencia de ontem foi atípica, voltarei a paisana rsrs. Começo elogiando o lugar em si, arquitetonicamente falando, a casa tem todo um ar de casarão antiga da aristocracia brasileira mas ao mesmo tempo mantendo uma linha bem moderna, o teto chama bastante atenção com imagens que remetem a época do patriarcalismo, além de ter um teto retrátil que proporciona um banho de Lua para os consumidores em noites com a de ontem.

O serviço também, não tenho o que por nem o que tirar, começou que fomos acomodados pelo gerente Márcio que foi extremamente atencioso e solicito enquanto organizávamos o "cocktail", disponibilizando sem dúvida os melhores garçons da casa, com destaque para o Jadson e para o Daniel pela simpatia, pois pela efetividade seria bem dificil destacar algum. O Beto, gerente-sócio da casa também, muito simpático e atencioso também desceu para se apresentar aos convidados.

O cardápio eu posso falar sem medo, porque isso a minha opinião não irá mudar. Eu nunca degustei um pastel como o pastel de costela com catupiry, eu sei que o carro chefe era para ser a costela no Réchaud mas... me perdoem, o pastel matou a pau por três motivos, primeiro o recheio de qualidade (já que estamos falando da melhor costela no réchaud de São Paulo o Pastel dessa costela não pode ficar muito atrás concorda?), segundo a quantidade do recheio (realmente o pastel é "gordo" mesmo) e por ultimo o tamanho, não são aqueles pastéis pequenos, são tipo 1/2 pastel de feira (pesado), serio eu comi três e fiquei muito satisfeito. Os outros petiscos como pasteis sortidos, bolinho de arroz com queijo chips de mandioquinha e a famosa costela no réchaud são muito bons, excelentes para ser sincero, mas o pastel de costela....nota 1.000 sério.

Nas bebidas Margheritas frozen, Mojitos e a Original trincando fizeram a festa da galera, e novamente os garçons trabalharam para não deixar ninguém com sede rsrs.

Resumindo, atendimento show, comida espetacular, bebida ótima, lugar bonito, enfim, o bar realmente é bem longe da minha casa, mas deixou um gosto de quero mais que eu terei que voltar mais vezes. Atravessarei a cidade quantas vezes for preciso atrás desse pastel, já que se trata de uma novidade que só é servida nesta unidade da Cervejaria Patriarca, é isso mesmo só nessa, nem na outra unidade da Vila Madalena e nem em nenhum outro bar do conglomerado de sócios.

Voltarei e recomendo!;)
Tá tudo dito anteriormente, só uma sugestão, poderiam caprichar mais no recheio do pastel de carne?
Amei o local, muito aconchegante, gostoso para passar umas horinhas com amigos, jogar conversa fora, pedir a costela, uns pastéis e principalmente os bolinhos de arroz e queijo. A mandioca frita também vale a pena incluir na conta. O ambiente e o atendimento, realmente nota 10!
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 34

Nota geral Você conhece o Cervejaria Patriarca? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)