Cervejaria Nacional

Endereço: Av Pedroso de Morais, 604 , Pinheiros - São Paulo , SP - Brasil - 05420-001

Telefone:

11 3628-50...

Clique para ver
Categoria:

Bares e Pubs

  | Rank: 6º de 1297

Cervejaria Nacional, localizada no bairro de Pinheiros entre a Cardeal e a Teodoro, é a única fábrica-bar de São Paulo e oferece mais de cinco receitas de cervejas artesanais, em três ambientes diferentes Fábrica, Bar e Restaurante no mesmo lugar 

Preço por pessoa
$$$$ (De R$26 até R$50)
Bom para
Ir com amigos, Cerveja, Happy hour, Casais
Horário de funcionamento
Seg.
17h - 23:59
Ter.
17h - 23:59
Qua.
17h - 23:59
Qui.
17h - 1:30
Sex.
12h - 1:30
Sáb.
12h - 1:30

Formas de pagamento
Crédito:
Débito:
cash, credit card, debit card
Primeira opinião
Janaina Portela
Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas
  • Inaugurado em 2011
  • 600 lugares
  • Wi-fi: livre
  • Couvert artístico
  • Música: seg a seg
  • Estacionamento: Valet

Enviar foto
Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Lugares parecidos
  • Contato
  • Cadastro

http://br.kekanto.com/como-chegar/cervejaria-nacional
Notas específicas:
Ambiente
(77)
Comida
(76)
Público
(76)
Atendimento
(78)
Bebida
(76)
Custo-benefício
(78)
Dicas
Open bar de água: sempre que quiser, o cliente pode pedir água à vontade entre uma degustação e outra das cervejas.
Denise D.
Faça a visita guiada pela fábrica e aprenda mais sobre a fabricação da cerveja
Ieda J.
Vá para principalmente beber e petisque...
Raoni
Dá para ir de metrô (linha amarela) e a região é meio pobre em vagas e estacionamento
Luciana T.
Aproveite o Happy Hour, e se possível peça um Sampler!
Fernando P.
Ver mais
Opiniões
Conheci esta cervejaria num sábado à tarde e gostei bastante.
Chegamos por volta das 17h e ainda estava vazia, depois das 21, fica bem cheio.
O ambiente tem três andares: o primeiro é o caixa, onde você pega uma comanda individual, além de ter uma pequena lojinha onde vendem camisetas e kits de cervejas; o segundo, onde ficamos e tem um bom espaço, com mesinhas e espaço no balcão; e o terceiro, que não conheci, mas acredito que seja um espaço maior, para encontros maiores.
O atendimento é muito bom, e os garçons são bem solícitos, além de ter cortesia de água para quem vai beber cerveja. Pegamos uma pilsen tradicional, e achei bem gostosa. Não sou a maior fã de cerveja, mas essa estava bem leve, na minha opinião. Ah, só pra lembrar, eles são a primeira fábrica-bar de São Paulo, lá mesmo eles produzem a cerveja, achei bem legal.
Depois da cerveja, peguei uma caipirinha de cachaça e estava muito boa, do jeito que eu gosto: não muito doce. Também peguei dois mini pastéis por R$ 7,00, e apesar de estarem bons, poderiam ser um pouquinho maiores pelo preço. Apesar de os preços serem um pouco mais caros, vale muito a pena.
Enfim, é um bom lugar pra ir à tarde com os amigos num dia de calor, recomendo! :)
Esse é um lugar que todos devem conhecer! Pra quem gosta de boa cerveja e diferentes sabores, essa é a melhor pedida. Pra começar, um atendimento de primeira, com comanda individual e garçons sempre dispostos e educados pra te atender. Serviço nota 10.
Cheguei quase 21h de uma segunda-feira para a despedida de um amigo e logo a mesa em que estávamos não foi suficiente, por isso nos mudaram pra outra maior. Para começar os trabalhos, pedimos o famoso sampler: cinco amostras de 100ml de cada uma das cinco cervejas diferentes fabricadas por eles, da pilsen à cerveja preta que lembra a Guiness, por R$27. Pedimos dois salmplers pro grupo para que todos pudessem experimentar cada uma duas vezes e escolher uma para pedir uma grande.
Como eu já imaginava, só gostei da Y-iara Pilsen (R$14) e da Domina Weiss (R$18). Os preços que coloquei são das pints, mas há opção de pedir half pint e um copo menor ainda. Se estiver em dúvida sobre qual pedir e quiser apenas relembrar o gosto delas, o garçom pode trazer uma amostra grátis. Não quis comer lanche, então pedi uma porção de queijo coalho (R$20), que não vale tanto a pena, e uma de pão de bagaço de malte, uma receita própria com dois molhinhos muito gostosos e custa apenas R$10.
No andar em que eu estava (2º) tinha quatro banheiros femininos bem limpos e o espaço era muito bom pra gente. Preço bom pelo serviço e produtos que oferecem; voltaria com certeza.
Um dos meus lugares favoritos para um Happy Hour, sempre tem promoções em dobro e bandas legais durante a semana.
Ambiente muito agradável, gente bonita!
Para quem gosta de degustar e apreciar cervejas próprias, esse é o lugar!
Peça uma porção de fritas com salsa e parmessão para acompanhar ou qualquer outra porção, que é sempre bem servida!
Bebam a Mula Ipa e a Saci Stout, sabores bem marcantes e se for a sua primeira vez, peça um sampler!
Se quiser conhecer a fábrica, é só conversar com o gerente, e é possível fazer uma visita guiada.

Conheci a Cervejaria Nacional no evento de Saint Patrick.A cervejaria tem 3 andares,e nos 2 superiores tinham bandas tocando covers,o que animou bastante o pessoal.A idade média dos frequentadores,pelo menos naquele dia, era dos 20 e poucos anos.Eles tem algumas cervejas de fabricação própria e eu provei a Domina,além da cerveja que tínhamos direito pelo evento.Além das cervejas,pedimos uma porção de batata com alho,que estava tão suave que nem parecia que tinha sido colocado.É um bom lugar para quem é apreciador de cervejas especiais,num local de fácil acesso,próximo ao metrô Faria Lima.
Um ótimo lugar para curtir um rock, bebendo cerveja artesanal da melhor qualidade.

O ambiente é bem bacana, com tijolos da parede à mostra, um balcão gigante, e várias mesas ao longo do ambiente.

Vários tipos de cervejas fabricadas por eles, com cervejas sazonais inclusas. Tem um preço médio, mas como a qualidade é boa, justifica-se. Petiscos gostosos. Como o lugar costuma encher, o atendimento às vezes é confuso.

Double drinks nos happy hours.
Conheci o lugar essa semana, achei bem bacana!

A casa possui dois andares, sendo que no térreo é destinado a produção de cerveja.

No primeiro andar, possui música ao vivo, no segundo é possível escutar a música sem que esteja muito alta e atrapalhe.

O legal é que a casa possui mesas redondas para aprox 10 pessoas, permite que grandes grupos sentem.

As cervejas: a Casa possui diferentes tamanhos para as cervejas, além claro dos 6 tipos diferentes. Todos eles com nomes de personagems folclóricos.

As cervejas variam de uma Pilsen, Pale Ale, até Cerveja preta. 300ml era em torno de R$13 e R$16 500ml (Se não estou engana)

Durante a semana, a casa possui Happy Hour das 18h as 20h onde todas as cervejas são double, ou seja, você sai de lá trançando as pernas.

Outra dica foi a porção de batatas, eles tem duas diferentes opções: com bacon e com cebola se não me engano, vale a pena provar também.
Fomos a cervejaria nacional buscando uma opção nova para o happy hour pós-trabalho. Não me decepcionei quando, ao chegar, vi o cardápio com muitas opções de cerveja e petiscos. servidos em um espaço de 3 andares que lembra um pouco os pubs onde as pessoas estão acostumadas a ficar de pé e beber no balcão mesmo.
Confesso que não sou o cara mais mente aberta pra cervejas... a casa possui todo tipo de mistura com cevada e condimentos, mas prefiro algo mais tradicional, então fiquei na pilsen normalzinha. Também experimentei uma com canela, não lembro o nome... muito boa também...
A casa lota bastante, por isso, ou chegue cedo, ou se prepare pra ficar em pé.
Quanto aos preços, não lembro exatamente quanto paguei, mas bebi bem e não gastei mais do que 60 reais indo em 5 pessoas.

Vale muito a pena conhecer.
Ah, dá pra encontrar pessoas famosas lá... vide fotos kkkkkkkkkk
A minha curiosidade para conhecer a Cervejaria Nacional sempre foi muito grande e o dia em que conheci foi super especial: comemoração do St. Patrick’s Day, com a ótima companhia da galera do Kekanto.

A localização é perfeita, em Pinheiros, a menos de 10 minutos à pé do Metrô Faria Lima. A entrada é simples e pequena, mas ao subir as escadas é que encontramos o enorme bar, super aconchegante. O ambiente é muito divertido e neste dia havia uma ótima banda animando os presentes. No segundo andar ficam as mesas para grupos maiores e também um espaço para bandas e afins. Os banheiros são excelentes, bem limpos e decorados com papel de parede que mostram, com desenhos, as etapas da fabricação da cerveja.

Para quem é apaixonado por cervejas artesanais o cardápio não deixa a desejar, há vários deles. Experimentei o Domina, na cor verde pelo dia da comemoração. Não estava tão gelada como esperava, mas era bem gostosa.

A fome era maior que a sede, então pedi uma porção de batatas fritas com parmesão ralado (R$ 13,00) e dois bolinhos de mandioca com linguiça (R$ 9,00). As batatas estavam ótimas, mas os bolinhos surpreenderam: bem caros pelo tamanho (muito pequenos!) e muito gostosos, recomendo.

A Cervejaria não é um estabelecimento caro para tomar uma boa cerveja e petiscar, mas quem quer mesmo encher a barriga acaba pagando um pouco mais. Adorei conhecer e pretendo voltar mais vezes.
Queria ir num lugar diferente para comemorar o dia dos namorados e pedi sugestões aqui no kekanto. Uma das recomendações foi a Cervejaria Nacional e como meu namorado adora cerveja, resolvemos ir lá! Lugar de fácil acesso pra quem vai de transporte público (nosso caso) e logo na entrada já achei super bonitinho. No primeiro andar pudemos ver as bombas onde são feitas as cervejas artesanais da casa e não pegamos fila alguma foi só subir. A atendente nos disse para seguir pro segundo andar, onde fica o restaurante. No primeiro andar é mais um bar mesmo, com um grande balcão e algumas mesas. Estava mais cheinho e a conversa do pessoal era animada. No segundo andar há mais mesas, algumas redondas pequenas para duas ou três pessoas, uma redonda grandona pra grandes grupos (achei ótima pra quando for com os amigos) e algumas mesas quadradas que podem ser colocadas juntas para atender grandes grupos também. Logo que subimos a garçonete nos indicou uma das mesas redondas. Gostei da decoração do lugar e a luz baixa, sem musica alta atrapalhando as conversas. Escolhemos começar com o Sampler, cinco copinhos de 160 ml cada um com um dos tipos de cerveja da casa ($25,00) e uma porção de queijo coalho com mel (nao lembro o preço certo mas acredito que era em torno de $20,00) que estava deliciosa! O bar serve água gratuitamente, o que é ótimo para degustar as diferentes cervejas sem misturar um sabor no outro. Os cinco tipos são: Domina (uma cerveja mais suave não muito encorpada que achei na verdade um tanto aguada), y-îara (a do tipo pilsen uma das minhas favoritas), mula (com toque de caramelo, achei muito amarga no final, mas é gostosinha), kurupira (a minha favorita e do meu namorado também! Delicia! doce e amarga na medida certa, de cor vermelha, deliciosa mesmo!) e saci (bem escura e bem amarga, segundo meu namorado tem gosto de churrasco, na minha opinião tem gosto de churrasco queimado hahaha). Em seguida pedimos uma porçcão de batata do alemão (batata frita com bacon e cebolas fritas) que custou em torno de $21,00 e estavam sequinhas e muito gostosas. Só o bacon que era em pedaços muito pequenos e muito duro nao curti muito. Pra acompanhar meu namorado pediu um molho gorgonzola ($3,90). Pra tomar pedimos um copo grande de y-îara e outro de kurupira) um custava $13,00 e o outro $15,00, com 500ml. O chopp veio bem gelado mas nao curtimos muito o copo em que é servido, prefirimos quando o chopp vem em canecas, com alça pra segurar. Depois disso o senhor meu namorado ainda quis pedir uma porção de mandioca frita e mais um copo grande de kurupira. Não aguentamos comer inteira, as porcões lá são bem servidas e não deviamos ter pedido mais essa hahahah mas estava muito boa! Como boa louca por doces que sou guardei um espacinho pra sobremesa, eu pedi um crumble de banana com doce de leite e sorvete de creme ($13,00) e meu namorado pediu um brownie de chocolate com sorvete de cupuaçu ($14,00). A minha sobremesa estava muuito gostosa, adorei, apesar de não sentir tanto o gosto do doce de leite, imaginei que seria uma calda ou algo assim, o doce era meio seco, mas gostoso! O brownie do meu namorado estava ruim, não gostei e ele também não curtiu muito mas ele gostou do sorvete. Em resumo: Adoramos o lugar, pretendemos voltar! Vale comentar que os preços estão bem diferentes do das resenhas que vi aqui antes de ir, tinha lido que o sampler custava $19,90 e já ta custando $25,00, só um adendo pra quem pretende conhecer a casa. Vale a pena!
As cervejas artesanais, produzidas no próprio salão, não são o único destaque da casa. A cozinha também traz excelentes opções, desde petiscos para acompanhar as geladas, até pratos muito bem executados.

Recomendo a saborosa sobrecoxa de frango marinada na cerveja ale Kurupira e assada na brasa. A carne, macia e suculenta, desmancha na boca. O risoto de costelinha de porco com limão siciliano e crispy de cebola também vale a pedida.
Aos sábados, serve uma farta feijoada com tudo o que tem direito - incluindo torresminhos crocantes para abrir o apetite.

Para beber, o sampler reúne todas as receitas da casa. Se estiver no cardápio, não hesite em pedir as sazonais Umbabarauma, com toque cítrico de maracujá e especiarias, e a Beija-Flor Witbier, com hibisco. Ambas aromáticas e muito refrescantes!
Se você gosta de cerveja, é um lugar que vale a pena conhecer! A cerveja deles é artesanal preparada no térreo do restaurante. Por uma parede de vidro dá para ver os tanques onde eles produzem e armazenam a cerveja. O ambiente é super agradável com uma decoração bacana.

As cervejas da casa são 5, uma weiss, uma IPA, uma pilsen, uma Ale e uma Stout. As minhas favoritas são a IPA e a Ale, mas para quem nunca foi na casa, vale a pena pedir o "sampler", onde vem 5 copos menores com cada uma das cervejas para experimentar! Comumente também possuem outras cervejas de edição limitada, as sazonais de diferentes tipos, já cheguei a tomar lá bock, pale ale, wit e outras versões de IPAs, Ales, Bocks, Weiss, etc. Dá pra saber qual a sazonal que está atualmente na cervejaria através do site do restaurante. E a água que acompanha é cortesia!

A comida é ótima, a alheira é super saborosa e já foi premiada. A batata frita temperada é ótima! Lembro de ter provado e gostado também de algum dos bolinhos, da costelinha e dos pastéizinhos.

Vale a pena lembrar ainda que de terça e quinta a noite (21h) rola música ao vivo, antigamente era jazz, mas atualmente a programação está mais variada, podendo ser rock também e pode ser conferida diretamente no site deles.

É ainda um ótimo lugar para um happy hour, pois de segunda a sexta tem "pague 1 beba 2" (seg-qui 17-20, sex 16-19)! E o melhor, também funciona em feriados!!
Como o dia dos namorados caiu no meio da semana, eu e a namorada decidimos comemorar neste sábado, depois dela solicitar algumas recomendações aqui no Kekanto, decidimos por conhecer a Cervejaria Nacional e não podíamos ter escolhido lugar melhor (tá, sempre pode ser melhor mas a escolha foi ótima).
Bem localizado, na região de Pinheiros (a 5 minutinhos da Estação Faria Lima), o local é discreto, com espaço amplo, dividido em dois andares. No térreo fica a recepção, onde vc pega sua comanda eletrônica e é muito bem atendido logo de cara, ao acessar as escadas, é possível ver os enormes galões de chopp e cerveja (sim, eles fabricam as próprias cervejas. NIIIIICE! *-* ), no primeiro andar funciona o bar, com mesas, um grande balcão, muita concentra-se a maioria de quem lá frequenta neste andar, ficam também os banheiros que achei (pelo menos o masculino), muito limpo e com um diferencia legal, disponibilizam fio dental e antisséptico bucal além óbvio, do sabonete líquido, muito bacana, no segundo andar funciona o restaurante, com muitas opções de mesas, é legal pra reunir a galera para aniversários e happy hours mais elaborados.
Há muitos garçons, todos atenciosos e prestativos só senti falta de um especialista em cervejas como o site deles diz que há, mas não posso opinar de fato porque eu não perguntei por um especialista para pedir sugestões mas assim logo de cara, não haviam especialistas ao dispor.
Falando do carro chefe da casa as cervejas, como já disse, elas são fabricadas no local e há cinco opções fixas e algumas sazonais para você degustar as fixas, há um boa pedida que é a sampler, trata-se de cinco doses das cinco opções fixas da casa que são as Domina (Weiss/Trigo), Y-ara (Pilsen), Mula (IPA), Kurupira (ALE - minha favorita) e a Sa-si.(Stout) e se você pede este sampler, eles disponibilizam água a todo momento pra você degustar cada cerveja sem misturar os aromas, no campo dos petiscos, não arriscamos muito, fomos de uma porção de queijo coalho com mel deliciosíssimo depois pedimos uma porção de fritas com cebola frita, bacon e um molho de gorgonzola pra fechar, já rolando de gordos (hahaha) pedimos uma porção de mandioquinha acompanhado de um molho picante tudo muito fresquinho e quentinho e porções generosas e a saidera pedimos duas sobremesas que eu particularmente não curti muito nenhuma mas nem é pretensão da casa oferecer sobremesas top afinal o foco ali são as cervejas mas sobre brownie de chocolate com sorvete de capuaçu achei o brownie mto parecido com aqueles bolos prontos, sem graça que só e o sorvete é apenas OK,e a namorada pediu um cramble de banana com doce de leite que não era possível sentir o gosto do doce de leite rsrsrs.
O visual do local é bacana, agradável, bem frequentado e os preços são OK para a região, pra se ter uma noção a cerveja Kurupira num copo de 550ml pagamos R$15,00 e na porção de mandioquinha foi R$21,00 + R$3,90 do molho picante.
Recomendo a todos essa excelente cervejaria seja com sua namorada, esposa, ou amigos!
Sou muito fã da Cervejaria Nacional. Lugar relativamente escondido no meio da Pedroso de Morais, quem chega na frente pela primeira vez fica na dúvida: "É aqui mesmo?".

No térreo, temos o caixa, onde eles te dão o cartão que serve de comanda individual (ponto positivo!) e você faz um pequeno cadastro (se for sua primeira vez lá); também há um fliperama das antigas, pra quem gosta; por fim, separado por uma parede de vidro, nós vemos os gigantes tanques onde eles produzem as cervejas artesanais da casa.

O primeiro andar é o mais bonito na minha opinião, com paredes de tijolos, um sofá por toda extensão da parede, as mesas de madeira, o bar e uma bancada onde há shows em alguns dias da semana. No segundo andar há uma extensão mais ampla da Cervejaria Nacional, onde fica a cozinha. O ambiente como um todo é bem aconchegante, a iluminação é mais baixa, e o clima é bem agradável.

Os atendentes são jovens e atenciosos. Para beber, há de tudo: sucos, drinks, cervejas importadas etc, lembrando que a água é de graça (algo extremamente raro nos restaurantes e bares do Brasil). Mas de qualquer forma, as estrelas da casa são as 5 cervejas artesanais. Cada uma leva o nome de um personagem do folclore brasileiro e são bem divididas por tipo: uma de trigo, uma pilsen, uma stout, uma pale ale e uma amber ale. Há a possibilidade de pedir um sampler por R$ 19,90 (vem as 5 em tamanho pequeno). Nos tamanhos tradicionais variam entre R$ 7,90 a R$ 10,90 (320 ml) e R$ 11,90 a R$ 15,90 (550 ml). Não é exatamente barato, mas além da qualidade indiscutível de todas elas, dá pra abater bastante desse valor no happy hour (2ª a 6ª, 17h às 20h), onde se pede 2 e se paga apenas 1. Eles também dispõe de duas versões sazonais, que mudam a cada estação. Ah, a minha favorita de lá é a Domina Weiss.

Para comer, recomendo a alheira (R$ 24), uma linguiça feita com carne de porco, pão e alho, acompanhada de pães, é muito boa, mas um tanto pequena. As batatas fritas da casa (R$ 12 no tamanho médio e R$ 17 no grande), por outro lado, são muito bem servidas e bem gostosas.

Acho que a Cervejaria Nacional é um lugar que não tem erro quando se pensa em tomar uma boa cerveja com os amigos.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 167

Nota geral Você conhece o Cervejaria Nacional? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)