Centro Histórico de Paraty

Endereço: Centro Histórico de Paraty , Paraty , RJ - Brasil

Bom para
Famílias

Primeira opinião
Carlos Carvalho
Detalhes
  • Ponto turístico


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Pedir orçamento
* Por favor, preencha seu nome
* Por favor, preencha seu email válido
* Por favor, descreva seu pedido de orçamento

http://br.kekanto.com/como-chegar/centro-historico-de-paraty
Notas específicas:
Ambiente
(1)
Atendimento
(1)
Limpeza
(1)
Custo-benefício
(8)
Dicas Ver mais
Opiniões
Aproveite os passeios noturnos e a Praia do Pontal, que fica logo ao lado.
A minha curiosidade e fascínio pela maçonaria me levou a descobrir a cidade de Óbidos, em Portugal, que é maçônica e por isso as casas foram pintadas em branco e azul-hortência; cor tradicional da Maçonaria Simbólica. Assim como Óbidos, Paraty também foi urbanizada pelos maçons e por este motivo, os casarões que ocupam 33 quarteirões foram pintados de branco e azul. Logo, numa visita rápida ao Rio de Janeiro, aproveitei para conhecer Paraty, e posso dizer que é incrível.

Cercada por correntes que impede a passagem de carros para preservar o local e garantir o clima colonial, Paraty conta com vários sobrados com desenhos geométricos em relevo. Hoje em dia, tais sobrados abrigam várias pousadas, restaurantes e cafés, livrarias e lojas de souvenir. Obviamente, trouxe comigo umas lembrancinhas. Artesanatos incríveis! Na ocasião estava acontecendo a 5° edição do Festival de Cinema de Paraty e aproveitei para curtir um filme na Casa da Cultura. Nesse local costuma sempre haver shows, exposições, peças teatrais e eventos durante todo o ano.

Andar pelas ruas de pedras irregulares não é tarifa muito agradável para quem está de chinelo e muito menos para salto alto. Esqueça essa ideia ou vai torcer o pé. Pelo fato de a cidade estar localizada quase ao nível do mar, as ruas são inundadas pela maré de tempos em tempos. Almoçar no centro histórico custa entre R$ 30,00 e 90,00 para duas pessoas.

Próximo à igreja, é possível passear em embarcações, lanchas, traineiras e escunas. Para tal convém se programar com antecedência. Além disso, ao cruzar a ponte da cidade histórica, tem a Praia do Pontal, que fica a poucos metros dali. A água é calma e a rasa profundidade faz com que até os que não saibam nadar fiquem um bom tempo na água.
Infelizmente eu não explorei todas as possibilidades da cidade, pois estava só de passagem, mas Paraty oferece passeios ecológicos, passeios pelo mar, merguho e passeios culturais. A vida noturna é agitada e bacana pra curtir.
Adoro cidades históricas e sabia que iria gostar de Paraty. Os casarões estão bem conservados o que mantem o encanto ainda maior. A vista do mar pelo centro histórico é encantadora. Há varias lojinhas de artesanatos, que fica dificil escolher o que comprar, cada coisa linda. Para o passeio recomendo tênis ou sandalia rasteira, pois as pedras são bem escorregadias. Bom também parar em um dos vários cafés da cidade e aproveitar a vista e o clima tomando um delicioso capuccino.
Tive a oportunidade de conhecer Paraty e adorei! O Centro Histórico é um ponto turístico em seu conjunto, com suas casas tradicionais, diversos (ótimos) artistas de rua, pousadas, lojas, restaurantes e bares. Como se não fosse suficiente para motivar a caminhada, ao passear pelas ruas do centro histórico somos embalados por melodias que acompanham a gastronomia do local. O mais interessante é ver o respeito entre os músicos, pois quando um começa a tocar, o do bar ao lado faz sua pausa para que as músicas não se confundam.
A comida é muito boa, embora com um custo ligeiramente elevado, como toda cidade turística.
O caminho é todo de pedras grandes e arredondados. Ir de salto é um crime para os seus pés. Então, deixe aquele scarpin maravilhoso no armário e carregue seu tênis na mala para passear sem desconforto.
Perto dali também saem os passeios de barco que são recomendados. Se estiver de carro, estique um pouco mais e vá às praias e cachoeiras próximas que são maravilhosas.
Lugar Mágico
O Centro histórico de Paraty é encantado, reúne o novo e o antigo, andar de charrete, tomar uma cachaça ou beber um cerveja no bar que fica de esquina com a praça principal é ótimo, e não esqueçam de pedir a casquinha de siri que é ótima. Sempre que posso tiro um final de semana para ir e abrir a cabeça para a próxima semana é ótimo.
Paraty é uma cidade bem pequena.
O Centro Histórico de Paraty é um charme. É um lugar muito bacana para se visitar. Para visitá-lo é bom ir com um calçado confortável e sem salto, devido as pedras das ruas.
O lugar conta com muitos restaurantes, lojas de artesanato, sorveterias, cachaçarias... Algumas lojas contam com pessoas que falam inglês, para melhor atender aos turistas gringos.
Paraty é um charme só!!! Das cidades históricas que já fui, essa é a que eu mais gosto. Ela respira arte, história e beleza. O casario é uma coisa linda, com casas de arquitetura muito rica, onde eu fico parada tentando sorver todos os detalhes. As igrejas são um espetáculo a parte (amooo!). A vista em frente a igreja de Santa Rita é o cenário perfeito para fotos. Lugar tranquilo, com casinhas de janelas e portas coloridas, que abrigam diversas lojas, restaurantes e pousadas. Só acho os restaurantes com preços um pouco abusivos!!

Ah, e prepare as batatas das pernas, porque caminhar no calçamento de pedras do centro histórico, que são arredondadas e lisas, é um exercício e tanto. Pensa na panturrilha definida e vai na fé!! Bata perna porque a cidade é linda!!!. Segundo um guia de lá me disse, essas pedras vieram nas caravelas, de Portugal e foram usadas para o calçamento do local e para preservá-las, hoje em dia, é proibido o trânsito de carro no centro. Se puder, contrate um guia, porque ele vai te encher de histórias bacanas sobre a cidade. E vá mais de uma vez: uma na época seca e outra na época de chuva, para poder apreciar os espelhos d’água que se formam pelas ruas nessa época.

É, rasguei muita seda na resenha, mas só porque sou apaixonada por Paraty desde a primeira vez que fui. Super recomendo!!
A arquitetura sem dúvidas é o grande atrativo da cidade de Paraty, e é justamente no centro histórico que o turista tem a maior amostra dessa característica da cidade. Toda a região do centro histórico é cercada por construções datadas entre os séculos XVIII e XIX, há muito artesanato local sendo vendido como souvenir (que particularmente, eu amo de paixão), muitos restaurantes naquela região também e alguns armazéns bastante simpáticos.
Local interessantíssimo, muitas histórias interessantes. Arquitetura típica da época.
Ruas com calçamento de pedra e caimento para escorrer a água.
Um dos extremos dos caminhos da Estrada Real.
Não deixe de passear de charrete! Parece uma dica boba e infantil, mas os condutores são guias e vão vão mostrando e explicando os pontos turísticos. O passeio dura de 20 à 30 minutos e custa R$20,00 por pessoa.
Outra dica boba e bem óbvia: devido ao calçamento de pedras e seu inclinamento, não é recomendável o uso de salto alto.
O mais tradicional passeio da cidade é o de escuna. Dura cerca de 5 horas e você conhece várias ilhas e praias.
Existem vários restaurantes, mas em geral não são baratos. Preparem-se.
Estacionar veículos no cais em dia de passeio, nem pensar
Quem for em Paraty e for fazer os famosos passeios de barco, pra quem estiver de carro ou moto, deixe na entrada do Centro Histórico, mas não vá até o cais. Há mudança de maré e os canais são abertos, inundando a rua e deixando a situação do teu veículo até submerso. Há avisos, mas muita gente não lê e, na volta do passeio, todo feliz, encontra o carro parecendo um submarino. Bom divertimento.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 48

Nota geral Você conhece o Centro Histórico de Paraty? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)