Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Centro Cultural Palácio Rio Negro?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f

Quer receber ofertas do Centro Cultural Palácio Rio Negro?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas:
3 estrelas
0
2 estrelas
0
1 estrela
0
Notas específicas:
Custo-benefício
(2)
Dicas  (2)
Classificar por:
Opiniões   (4)
 
O prédio do Centro Cultural Palácio Rio Negro (CCPRN) foi construído no início do século XX para ser a residência de um importante comerciante de borracha. Com o declínio do comércio da matéria-prima, esse negociante viu-se em apuros financeiros e resolveu alugar o imóvel para aumentar sua renda. O locatário foi o governo do Amazonas, que posteriormente o comprou. A construção foi sede do governo e residência do governador até 1959 e, de 1959 até 1995, apenas sede.

Em 1997, o Palácio Rio Negro foi transformado em centro cultural. Ele abriga exposições, shows, palestras, reuniões, visitas oficiais, lançamentos literários etc.
 
Uma construção linda, que retrata a ''belle epoque'' de Manaus.

Pontos Positivos
Vale a pena conhecer um pouco da historia da cidade
Entrada Gratuita
Facil acesso e Localização

Pontos Negativos
Como a maioria dos pontos turisticos de Manaus acredito, que falta divulgação.
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais
 
Um ambiente bastante agradavel com conforto e comodidade.
Dica: conheça...
 
O prédio do Centro Cultural Palácio Rio Negro (CCPRN) foi construído no início do século XX para ser a residência de um importante comerciante de borracha. Com o declínio do comércio da matéria-prima, esse negociante viu-se em apuros financeiros e resolveu alugar o imóvel para aumentar sua renda. O locatário foi o governo do Amazonas, que posteriormente o comprou. A construção foi sede do governo e residência do governador até 1959 e, de 1959 até 1995, apenas sede.

Em 1997, o Palácio Rio Negro foi transformado em centro cultural. Ele abriga exposições, shows, palestras, reuniões, visitas oficiais, lançamentos literários etc.

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
5
Seus check-ins aqui
0