Casa Jaya

Endereço: Rua Capote Valente, 305 , Jardim Paulista - São Paulo , SP - Brasil - 05409-000

Telefone:

11 2935-69...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes

  | Rank: 266º de 7416

A Casa Jaya é um centro eco-cultural localizado no bairro de Pinheiros, São Paulo. Conta com um Restaurante e Lanchonete vegetariano, o Nectare. A Casa possui belos jardins e diversos ambientes onde oferecemos cursos, palestras e vivências multiculturais. Localizada próxima ao metrô Clínicas, ...  Ver mais

Preço por pessoa
$$$$ (De R$26 até R$50)

Site oficial
casajaya.com.br
Bom para
Relaxar, Ir sozinho

Primeira opinião
Thiago Dalpino
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
11:30 - 22h
Ter.
11:30 - 22h
Qua.
11:30 - 22h
Qui.
11:30 - 22h
Sex.
11:30 - 22h

Aberto de seg a sex das 11h30 às 22hs. Eventos aos fins de semana.

Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Animais permitidos
  • Mesas ao ar livre
  • Wi-fi
  • Menu executivo: R$ 24,50


Como chegar
Favorito
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/casa-jaya
Notas específicas:
Ambiente
(6)
Comida
(5)
Custo-benefício
(5)
Atendimento
(4)
Bebida
(4)
Dicas
Opiniões
A casa jaya é um lugar sensacional e bem atípico na cidade. Rola uma energia diferente ali. Desde a primeira vez que fui me encantei!

É um espaço destinado à encontros, cursos, exposições, rola música, danças, shows, dentre outras coisas. A galera lá é meio "bicho grilho" para os olhares dos paulistanos , mas eu acho demais, são super tranquilos e receptivos.

Quando fui pela primeira vez estava rolando uma exposição de artesanatos indígenas da tribo kariri xocó, comprei várias coisas legais, uns brincos de pena de galinha dangola (nunca usei), urucum, e até um chocalho/maráca ( não lembro o nome indígena disto) pra fazer a dança da chuva, inclusive choveu hoje porque as achei no guarda roupa e dei uma chacoalhada de leve. Além disto, lembro que o índio falou que a primeira maráca que você encostasse significava que seu coração a havia escolhido e agora ele estava ali dentro. Infelizmente a primeira que encostei foi a maior e a mais cara, mas como não queria deixar meu coração lá, resolvi comprar... Vai que né..😒
Esses índios são muito divertidos, me chamaram para um encontro que rola na aldeia deles e pelo visto a base do ayahuasca para invocação do contato com o Eu interior. Se não me engano essa "aldeia" fica lá pelos lados de São Roque.

Outra vez que fui estava tendo o Alika, recitando poemas de autoria dele mesmo. Bem bacana. Bem viagem. Complexo.
Depois rolou umas danças.. Música alternativa meio mistíca, meio intergalática, e cada um dançava no seu ritmo. No salão tinha também vários puff pra você se jogar, meu amigo até tirou uma bela soneca lá. Também era possível fazer massagem, e jogar tarot.

Da última vez que fui estava rolando um show de uma amiga, a vocalista da banda dupla de reggae caipira. Foi bem legal.

Na casa tem uma lanchonete de comida vegetaria, preços um pouco salgados e não achei o hambúrguer vegano deles muito bom, o atendimento é beeeeeem tranquiloooooo, beeeeeeeeem tranquilo mesmo, o povo lá é super zen, mas recomendo. A larica come solta lá!

Alguns dias tem que pagar pra entrar, outros entrada franca. Rola lista também nos dias pagos. confira a programação no site ou na pagina do facebook.
acho que quando você vai lá eles cadastram seu email, ai a programação de cada mês já chega direto.

Em relação aos cursos, não conheço. Sei que rola uns de meditação, yoga, encontros sobre as fases da lua e o ciclo menstrual feminino ( essa palestra eu vi uma vez e é bem interessante!) , contato-improviso, teatro, capoeira, dentre outras coisas.

Super recomendo uma visita lá, nem que seja só pra curtir o lugar que por si só é mágico, com bastante verde e natureza, passa uma tranqüilidade e remete a mãe-Terra!

via Android

Conheço a Casa Jaya pelas mídias sociais, então não sei muito sobre ela.
Sei que tem alguns cursos, mas meu interesse maior, foi conhecer o restaurante!

Infelizmente só abre no almoço, de segunda a sexta, o que fez com que eu tivesse que esperar minhas férias para visitá - lo.

O lugar é bem bonito, com bastante plantas. Para dar um ar "zen". Acho que por as pessoas tb serem assim, acaba ficando um pouco desorganizado o serviço. Quando chegamos, vi que tinha um rapaz organizando uma espera (na cabeça dele, pq ele apontava e dizia: "Vcs chegaram primeiro, e depois elas e depois elas". Mas não anotava em nenhum lugar). Fiquei torcendo para não chegar mais gente e ele se confundir. Enquanto eu esperava ele vir falar comigo, ele foi arrumar as mesas dos outros clientes e eu tive que abordá-lo senão eu ia passar batida e nada de mesa para mim.

Mas nesse tempo em que estava aguardando, percebi que muitas pessoas passavam e simplesmente se sentavam nas mesas vagas. Acredito que não é normal ter espera e por isso nem se ligaram que nós estávamos todos esperando para sentar.

Passados 15 minutos, ele nos levou até uma mesa que cabia 4 pessoas (estávamos em 2) e perguntou se não ligaríamos de sentar com outras pessoas. Aí sugeri que ele nos acomodasse numa mesa de 2 lugares pq assim ele garantia uma mesa, caso chegasse um grupo de 4. Tb pq sinceramente, não gosto de dividir mesa e acho o uó quando as pessoas do lado conversam/riem muito alto.

O pobre do garçom estava atendendo o salão sozinho e estava correndo para conseguir dar conta. Foi um dos garçons mais simpáticos que já conheci. Sorria sempre!

Mas como estava correndo ele derrubou todo o suco na mesa dos clientes ao lado. E eles ficaram uns bons minutos segurando o prato de pé pq não vinha ninguém limpar. Me deu uma certa agonia ver. Que situação chata vc ali com seu prato, querendo comer e a mesa imunda.

Mas aí vem a parte boa! A comida!
Lá tem sistema de buffet de saladas e tem o prato quente que é à la carte e vc opta entre duas opções. No dia que eu fui tinha Baião de dois e Soja xadrez (tipo frango xadrez). Optei pela segunda. Sei que vc pode escolher entre comer só o buffet ou só o prato ou os dois. Os dois juntos era em torno de 24. Só o buffet e só o prato, lembro que não tinha muita vantagem. Um era 17 e outro 14. Não lembro qual era qual.

Para beber, tem duas opções de suco de frutas. Eu escolhi o de frutas vermelhas.

As saladas eram bem variadas! Mas como eu disse do serviço, as pessoas eram muito "zen" e não repunham os pratos que acabavam. Estava tudo acabando e tinha uns 5 pratos sem nada, que haviam acabado. E ainda eram 13h. Precisam se organizar melhor...

Mas a comida era maravilhosa! Vegana e orgânica (eles tem uma horta em que eles plantam alguns dos ingredientes). Tudo muito bem temperado!
Voltaria mais vezes se eu pudesse!

No caixa tem uma mini loja com produtos orgânicos. Comprei um sorvete vegano de mirtilo (blueberries) e um cookies vegano maravilhoso de chocolate com castanha do Pará!
A Casa Jaya é, antes de tudo, um espaço de auto-conhecimento e práticas sustentáveis. Dito isto, é fácil entender como podemos encontrar no meio de Pinheiros, distante apenas uma quadra da movimentada Av. Rebouças, um recanto de paz dentro da cidade.

Fomos visitar para almoçar no Nectare, o restaurante vegano que funciona durante a semana no espaço.

Faz bem avisar também que ninguém na mesa era vegano, ao contrário, muitos fãs de carne sentados. O que não impediu de termos um excelente almoço. No buffet de saladas podemos nos servir à vontade, com várias opções orgânicas e fresquinhas. O pão integral feito lá é um espetáculo.

A salada é acompanhamento para os pratos principais, que normalmente são duas opções diárias. Nessa ocasião tínhamos tofu ao molho madeira ou moqueca de banana da terra. As duas opções eram fartas e deliciosas! Acompanham sucos, como na maioria dos restaurantes dessa linha.

O que diferencia então o Nectare é estar dentro desse espaço em que ocorrem saraus, cursos, oficinas e workshops. No site estão todas as atividades e mais informações sobre eventos como o “Pizzarau” (sarau em que servem pizzas vegetarianas), e cursos de Yoga Dance, Dança Integrativa, entre outros.
"Como assim, 5 estrelas um lugar vegano, justo você, CARNÍVORA?"
Pois é! Casa Jaya é foda <3 fez essa inexplicável reação em mim hauhau

Como eles fazem para a comida ser tão boa mesmo sem bacon, é um mistério...mas quebra a cara de qualquer um que hesite em ir lá por falta de carne.

Em almoços, eles têm dois pratos do dia (geralmente um é massa), buffet de saladas (com boa variedade e temperos gostosos), dois sucos do dia e sobremesa. Ou, como diria o garçom: "As espetaculares opções de hoje"! O valor é bem honesto e é possível comer até explodir! Já deixo aqui a advertência pra maneirar na salada, senão o prato principal não cabe! hehe
Esse lugar é um achado. Comida vegetariana sem frituras, com orgânicos, surpreendente. TUDO é muito gostoso, uma verdadeira experiência gastronômica, que não doi no seu bolso.
Tem almoço maravilhoso com sucos preparados no dia, com opção, só salada ou completo (prato quente). Durante o dia é uma lanchonete muito boa, com a famosa coxinha de jaca. Tem diversos cursos e até uma feirinha de orgânicos de terça. De sexta tem happy hour com rodizio de pizza vegetariana. Um lugar que fica no coração.
Primeira opinião do lugar
Uma espécie de centro cultural com um restaurante e lanchonete vegano dentro, o que mais precisa dizer?

Loja de produtos naturais (produtos indianos, medicinas e cosméticos alternativos, acessórios), galeria de arte, wireless gratuito, lindos jardins, hortas, teto verde... ufa!

Um oasis no meio da cidade, ótimo lugar para fazer reuniões de trabalho ou de amigos, ou até mesmo para saborear um café orgânico enquanto esvazia a caixa de e-mails embaixo de uma jaboticabeira. =)

Aproveite e se informe sobre as atividades do centro cultural. Tem muita coisa acontecendo lá, parte delas são gratuitas ou com contribuição espontânea. Dá pra fazer aula experimental de quase tudo, Yoga, Capoeira, Contato Improvisação, Danças Indianas, Cursos de Clown... e por aí vai!
Exibindo de 1 a 10
Total de opiniões: 10

Nota geral Você conhece o Casa Jaya? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)