Café Journal

Endereço: Al dos Anapurus, 1121 - esquina com Av Jandira , Indianópolis - São Paulo , SP - Brasil - 04087-003

Telefone:

11 5055-94...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes Contemporâneo

  | Rank: 25º de 129

Quando nasceu, em 1997, o Café Journal era um bar elegante que logo fez sucesso no coração do bairro paulistano de Moema, mas o proprietário, Denis Rezende, quis explorar mais o potencial da casa, transformando-a em bar e restaurante. Com um playlist eclético, uma adega com mais de 600 garrafa...  Ver mais

Preço por pessoa
$$$$ (De R$51 até R$100)

Bom para
Encontros românticos, Reuniões de negócios

Primeira opinião
Claudio Kawano
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
12h - 23:59
Ter.
12h - 23:59
Qua.
12h - 23:59
Qui.
12h - 23:59
Sex.
12h - 1h
Sáb.
12h - 1h
Dom.
12h - 22:59


Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas
  • Mesas ao ar livre
  • Inaugurado em 1997
  • 250 lugares
  • Área para fumantes
  • Wi-fi
  • Couvert
  • Estacionamento


Como chegar
Favorito
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/cafe-journal
Notas específicas:
Ambiente
(13)
Comida
(12)
Público
(3)
Atendimento
(13)
Bebida
(12)
Custo-benefício
(13)
Dicas
Opiniões
Fui algumas vezes ao Journal e todas as vezes eu gosto muito do lugar.
O atendimento é excelente, a comida é extraordinária e o lugar é muito bonito, mas é caro! Por isso de não ser um 5 estrelas, na minha opinião.
De fato, a comida é espetacular, as saladas, pratos quentes, sobremesas, nada a acrescentar. O único ponto que pode ser um problema é que o esquema é buffet, tem que pegar uma fila básica, esperar, os pratos ficam expostos, etc.
Muitas pessoas não ligam, como eu.
É um lugar muito legal para aquele almoço de família de final de semana, almoço de negócios, até um almoço a dois pode ser, pois é um lugar bem reservado e nunca esta lotado (pelo menos nos dias de semana).
Aconselho os antepastos árabes, o bife da casa, a mandioquinha chips e os caldos na mesa de pães.
Por mais que seja no sistema buffet (não sei se tem á la carte, nunca perguntei), a comida sempre esta com aparência, consistência e sabor fresco. Ok, pelo preço que cobram, isso deveria ser o mínimo, mas sabemos que não é. Almoço muito cedo ou muito tarde, não tem problema, a comida sempre vai estar quente e fresca.
Faz tempo que não frequento o Café Journal. No passado, final dos anos 90, frequentei algumas vezes com alguns amigos para um happy. Ambiente descontraído.

Na época um dos proprietários era o Reginaldo Leme, apresentador de esportes da Rede Globo (não sei se ainda é).

Numa das ocasiões que frequentei estava bem agitado. Uma área estava reservada para um evento com os corredores da Fórmula 1 patrocinados pela Marlboro. Muita gente da Rede Globo, Galvão Bueno e cia., circulando em meio ao público frequentador.

Bom chopp, atendimento, petiscos, gente bacana... mas já faz um bom tempo. Não sei como está hoje.

Estacionar nas imediações já não era tão fácil.
Ótimo ambiente: calmo, bem decorado, iluminação boa. Fui em uma terça-feira e ficou o tempo todo com poucas mesas ocupadas.

Ponto positivo para a comida: pedi o beirute e estava SENSACIONAL! um dos melhores que já comi na vida! É um pouco carinho.. o beirute sai R$32 e pelo que vi no cardápio nenhum prato sai menos de uns R$40.

Achei que a comida demorou um pouco para chegar.

Excelente lugar pra quem gosta de requinte, luxo e bons vinhos.

Ambiente lindo, com decoração que mistura o rústico com o moderno, conta com vários ambientes, como o lounge, restaurante, bar e um espaço pros apreciadores de charutos, cigarros e afins.

Uma das vezes que estive lá, fiquei no restaurante, e depois que fui embora reparei no outro espaço e estava tendo música ao vivo (Jazz acho), mas já era tarde pra voltar e ficar mais um pouco.

Ótima comida, atendimento impecável, carta de vinhos interminável e excelente localização.

Recomendo muito.
Já fui algumas vezes e nunca me arrependo!
Vamos começar pelo ambiente.. que lugar bonito! Rústico sem deixar de ser sofisticado.. a iluminação mais baixa também é muito agradável..
Já fui almoçar algumas vezes no buffet aos sábados e domingos, a comida sempre está impecável e há muitas opções: saladas, peixes, massas e até cordeiro, sem contar as sobremesas que estão inclusas..
No jantar é uma delícia também.. de entrada peça as bruschettas, são todas ótimas! Da última vez que fui pedi uma massa recheada com búfala e molho de tomate fresco: simples mas sensacional!
Para quem aprecia vinhos há ótimas opções!
Nossa semana comemorativa prosseguiu com uma visita ao Café Journal, um restaurante com ambiente elegante e tão sóbrio que passa a impressão de que clientes e garçons se esforçam para economizar gestos e não aumentar o tom de voz.

O destaque é a bela e completa adega, que armazena até rótulos do Líbano e Hungria. Como a idéia era comemorar sem negativar de vez nossas contas bancárias, resolvemos valorizar o produto nacional pedindo um Salton Talento safra 2002 (R$ 54). O vinho é um corte de 60% cabernet sauvignon, 30% Merlot e 10% Tannat e agradou apenas em parte à Débora, que prefere os vinhos jovens. Eu gostei bastante e ainda tive a sorte de ganhar mais um do pessoal do trabalho, esse da safra 2004.

Para matar a fome, pedimos um bife de tira aperitivo (R$ 29,50). O molho que o acompanhou prometia ser picante, o que infelizmente não se confirmou, e a carne também não nos agradou por completo.

O jeito foi pular para as sobremesas. E nessa parte nossos paladares foram muito bem atendidos pelo “mix de mini sobremesas da chefe”, que imaginamos que seja a chef. O mais criativo desfecho para uma refeição deste ano incluiu pequenas versões de pudim de leite, petit gateau de Nutella, petit gateau de Amarula, tiramissu, brownie e sorvete, tudo acompanhado por dois cálices de Aurora colheita tardia pelo preço de R$ 28,50.

Brincando de Chef – www.brincandodechef.com.br
Estive pela última vez neste restaurante em novembro do ano passado, e mais uma vez, foi uma visita prazerosa.

O Café Journal é um ótimo lugar para apreciar um bom vinho na companhia de um dos pratos ou porções do cardápio. O ambiente escurinho, dá o tom intismista da casa. Em anexo há um aconchegante e belíssimo salão onde funciona uma charutaria, lá é possível experimentar alguns vinhos em taças e fazer harmonizações dos charutos com whiskies.

Voltando ao restaurante, por sugestão do atencioso maitre, fomos de picanha fatiada que estava gostosa, mas ligeiramente ressequida. O vinho que não recordarei o nome, sugerido pelo sommelier da casa harmonizou perfeitamente com o prato e custo em torno de R$ 75. A adega traz muitas e muitas opções, um paraíso para os amantes do vinho.

A sobremesa, um petit gateau clássico, fechou com chave de ouro a noite. Deliciosíssimo!!!
Quem procura um lugar aconchegante, com ar europeu, bom atendimento, com charme e sofisticação, em São Paulo, não pode deixar de ir ao já tradicional Café Journal (Alameda dos Anapurus, 1121, na esquina com a Avenida Jandira).

Eu conheci, inclusive, no Café Journal um Cabernet Sauvignon (Porcupine Ridge) da África do sul. Ele é peculiar, de sabor intenso, com bouquet não menos intenso, misterioso no início e um sabor que se revela inebriante. O Porcupine Ridge Cabernet Sauvignon é uma recomendação que faço a todos que apreciam o bom vinho!

Para petiscar a casa oferece uma variada lista de comidinhas deliciosas – sendo a especialidade da casa um delicioso bolinho de presunto cru. Apesar de ser uma porção apenas para degustação, o sabor e a qualidade fazem valer a pena. Bem preparado e quentinho, agrada muito e tem ótima recomendação.

A meia luz favorece os casais que buscam um bom lugar para conversar, beber e ficar à vontade num ambiente requintado. O público na faixa dos 30 anos entra na madrugada apreciando um vinho ou ainda bebendo o bem tirado chope. O serviço é impecável e o vinho é servido em temperatura adequada.
O nome já diz tudo, lugar perfeito para tomar um café lendo um jornal em qualquer hora do dia, quando você da de frente com a faixada mais ainda você tem certeza de que se trata de um local feito para isso.

Só depois de adentrar o restaurante e bater o olho na mesa do buffet que você percebe que se trata de um restaurante muito refinado com um sistema self service, a la Rascal.

Localizado na Alameda dos Anapurus, possui estacionamento próprio, um pouco caro (R$20,00) mas se procurar não é difícil de encontrar vaga na rua.
Atenção especial para a mesa de frios e patês que conta também com um hommus e um bhabaganush único.

O preço do buffet é meio salgado (R$65,00) mas vale cada centavo.
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 21

Nota geral Você conhece o Café Journal? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)