Butiquim Ouro Preto

Estabelecimento fechado

Endereço: Av Fleming, 480 , Santa Terezinha - Belo Horizonte , MG - Brasil - 31310-490

Categoria:

Bares e Botecos

 
Preço por pessoa
$$$$ (De R$51 até R$100)

Bom para
Paquerar, Ir sozinho

Primeira opinião
LeoK
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Aceita reservas
  • Mesas ao ar livre
  • Proibido fumar


Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/butiquim-ouro-preto
Notas específicas:
Ambiente
(7)
Comida
(7)
Público
(5)
Atendimento
(7)
Bebida
(7)
Custo-benefício
(5)
Dicas
Opiniões
De início destaco o ambiente do Butiquim Ouro Preto, que ao nosso ver é agradável e arejado, mesmo com a área coberta predominando. Assim como alguns outros de BH, esta casa também recebeu um aporte da Itaipava para a sua estilização. Naturalmente não sem firmar o acordo de comercializar os produtos da marca, bem como restringir os rótulos das concorrentes. Seja como for, o resultado agrada tanto aos olhos quanto aos traseiros, já que as tradicionais mesas e cadeiras de PVC da Brahma ou da Skol inexistem por ali.

O atendimento no geral é bom, mas o excesso de serviço que se observou no começo, com os garçons levando chopps à mesa com nossos copos ainda pela metade, foi se transformando na medida em casa ia enchendo. Assim, no final da nossa estada passou a ser necessário acioná-los uma ou duas vezes para cada nova rodada.

Até aí tudo pode ser relevado, porém o serviço apresentou uma falha que, além de imperdoável, hoje infringe as leis específicas: permitir aos clientes fumarem nas partes cobertas. Entretanto, a culpa pelo episódio não recai exclusivamente sobre o serviço, já que os clientes que fumavam poderiam ter desconfiado que incomodavam, e por essa razão tiro alguns pontos do público, que para lhes ser bem sincero, é um quesito que quase sempre me passa desapercebido. Desta vez observei mais, e vi também que muitos dos jovens e arrumadinhos presentes foram ao Butiquim movidos pela ótima possibilidade de paquera que a casa oferece.

O chopp da Itaipava, cuja caneca de início nos pareceu maior do que os 300 ml que comporta de fato, é saboroso, mas poderia ter ido à mesa um pouco mais gelado. Por cada caneca ou tulipa se paga R$ 4,00, e além destes há algumas cervejas de 600 ml, inclusive com uma ou outra opção da AMBEV.

Como entrada pedimos uma porção de pastéis de carne (R$ 13,00), que para nossa surpresa representou apenas metade dos quitutes, já que a outra parte seria de frango. São razoáveis, porém o grande destaque do Butiquim Ouro Preto, o qual definitivamente lhe coloca em um patamar superior dentre os bares da região, é a porção de língua defumada ao molho madeira (R$ 18,00). Faltou apenas um pouquinho a mais de pão no acompanhamento, obrigando-nos a pagar por uma porção extra, mas seja como for eu não me lembro da última vez que comi este petisco tão bem preparado quanto por lá.

Algum tempo depois experimentaríamos também a picanha na chapa (R$ 36,00 por 400g), que apesar de não alcançar a excelência da língua, é também muito boa. O vinagrete e a farofa bem que poderiam vir em recipientes maiores do que “copinhos de café”. Ou então a mandioca na manteiga de garrafa, pela qual pagamos R$ 10,00 em porção a parte, poderia se transformar em cortesia da casa, como acontece no vizinho Bar & Boi.

Ao final ficamos satisfeitos, o que não deixou de ter o seu preço. Foram R$ 96,00 referentes a 24 chopps e outros R$ 79,00 das comidas. Isto acrescido de uma ou duas garrafas de água e mais o serviço, totalizaram R$ 202,00, que divididos pelos três presentes chegaram a R$ 67,00 por pessoa. Um valor que só não considero ruim em função da fartura de bebidas e petiscos, mas que por outro lado é comparável ao que se gasta nos barzinhos da moda em Lourdes ou na Rua Pium-í.

Há sim uma série de pontos que merecem atenção dos donos, mas quando o estabelecimento nasce sem uma boa cozinha dificilmente reage. E deste mal o Butiquim Ouro Preto provou que não sofre, pois nos apresentou um prato que sem dúvidas estará registrado em nossa memória, e que por si só faz valer as outras visitas que estão por vir
Fui ao Butiquim Ouro Preto apenas duas vezes e o balanço das duas daria uma nota 3,5 estrelas, mas como não tenho esta opção, fiquei com as 3. Da primeira vez que fui era um dia movimentado de final de semana e estávamos apenas eu e minha namorada. Neste dia comemos e bebemos muito bem com a escolha da moela com pãozinho que é uma delícia e uma cerveja que estava bem gelada. O problema real foi o atendimento, quando a casa começa a encher a lotação não respeita os lugares sentados, o que não é ruim quando se está de grupo, afinal o ambiente é muito legal e convidativo para um bate papo descontraído e até uma paquera pra quem pode, mas pelo espaço ser pequeno as mesas menores como a minha neste dia ficam prejudicadas.

Em minha segunda experiência fui em um grupo um pouco maior e, dessa maneira, a lotação da casa e a demora no atendimento passou um pouco mais desapercebido. Nesse dia pegamos um pouco de fila na porta, mas não demoramos muito a nos sentar. Não me lembro especialmente sobre o que comi ou bebi, então vou preferir não opinar especificamente.

A dica maior que acredito para esse post é que não arrisque ir de casal quando a casa estiver muito cheia a não ser que você consiga uma mesa bem distante da área descoberta do bar onde o movimento costuma ser maior, mas ainda assim o atendimento é arriscado falhar. Se você está em grupo e gosta de se divertir em um ambiente descontraído e despreocupado, vá! Lugar bonito e bem frequentado, mas preciso ter experiências melhores por lá para aumentar minha nota...
Concordo com todos os 4 post's, realmente o Butiquim Ouro Preto, se destaca entre os "tubarões" da Av. Fleming; coragem, bom atendimento e qualidade é o que define o bar.
Com o espaço bem bem inferior aos demais bares da avenida, o Butiquim Ouro Preto, vai conquistando seus clientes e provanto a todos que "tamanho não é documento".
Vale a pena conferir!
O Butiquim Ouro Preto, mostrou a que veio e conquistou clientela, mesmo estando situado na disputada Av. Fleming, com seus vários bares.

O ambiente é muito agradável... às segundas e terças o bar oferece rodada dupla de caip's e chopp (Itaipava), às quartas Dj, o happy hour é diário e nas tardes de domingo o bar enche de gente bonita...

O destaque entre os petiscos fica para a Língua defumada ao molho de Champignon, servida com pãezinhos, extremamente saborosa!

Não fica devendo em nada para os pioneiros Filé e Bar e Boi. Recomendo!
Lugar super agradável! Tanto prá ir à noite, quanto durante o dia!

Os preços são bons e o atendimento também faz a diferença! A comida é de primeira qualidade! Eu e Olga já fomos lá por 2 vezes. Na primeira comemos um filet ao gorgonzola que estava uma delícia! Raridade ser feito mesmo com gorgonzola! E na segunda vez, fomos para almoçar e pedimos uma picanha na brasa! Uma delícia também! Veio bem suculenta e muito saborosa!
O pior bar de belo horizonte... No início o atendimento é excelente mas, no momento do pagamento das contas uma desordem, uma bagunça, os garços privilegiando o pagamentos de contas de clientes "preferenciais"... Realmente, fiquei muito decepcionado com o atual sistema organizacional do bar. Não sugiro ninguém ir lá, pois o atendimento necessita de melhorias..... Para quem espera um bom atendimento, não sugiro ir lá. Espero que o proprietário leia e avalie o atendimento e melhore muito... Boa noite a todos. Breno
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 15

Nota geral Você conhece o Butiquim Ouro Preto? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)