Bottega BottaGallo

Endereço: Rua Jesuino Arruda , 520 , Itaim Bibi - São Paulo , SP - Brasil

Telefone:

011 3078-2...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes Italiano

  | Rank: 12º de 426
Preço por pessoa

Site oficial
bottagallo.com.br
Bom para
Encontros românticos, Vinho

Primeira opinião
Fabio Amado
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
12h - 15:30 e 18:30 - 1:30
Ter.
12h - 15:30 e 18:30 - 1:30
Qua.
12h - 15:30 e 18:30 - 1:30
Qui.
12h - 15:30 e 18:30 - 1:30
Sex.
12h - 15:30 e 18:30 - 2:30
Sáb.
12h - 2:30
Dom.
12h - 23h

Fechado entre 15:00 e 18:30 de 2f a 6f

Detalhes
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas
  • Proibido fumar
  • Wi-fi
  • Faz entregas
  • Estacionamento


Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Sou dono
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Lugares parecidos
  • Cadastro

http://br.kekanto.com/como-chegar/bottega-bottagallo
Notas específicas:
Ambiente
(25)
Comida
(25)
Público
(17)
Atendimento
(24)
Bebida
(23)
Custo-benefício
(19)
Dicas
Esta mais para restaurante do que bar.
Fernando O.
Vá em bando.
Simone A.
Tente reservar
Fabio A.
O dia que quiser comer bem e não estiver com vontade de ir a um restaurante, é uma opção excelente!
Poli M.
Não vá com muita fome. Não peça uma "tapa" de cada vez. Não vá com crianças.
Omar F.
Ver mais
Opiniões
Com ambiente refinado e aconchegante,tanto para casais quanto para ir com a amigos,este local resolveu ir na onda dos bares de tapas,mas com o diferencial que são "tapas" italianos. A comida é muito boa e bem elaborada e o atendimento foi primoroso.O legal é ir pedindo vários tapas para se ir experimentando um pouco de cada coisa.De acordo com o que você vai pedindo o garçom vai sugerindo vinhos que harmonizam.Você pode pedir os vinhos em taça,então além de experimentar vários tipos de porçõezinhas,você também experimenta vinhos muito bons.É um local para se ir numa ocasião especial ,ou mesmo para um bate papo tranquilo com amigos.
O Bottega BottaGallo é mais uma casa da Companhia Tradicional de Comércio, mesmo grupo que reúne o Bar Original, Pirajá, Astor, Sub, Pizza Bráz, Pizzaria Quintal do Bráz, Venga, Ici Brasserie, Studio RJ e Lanchonete da Cidade.

A casa fica no coração do Itaim Bibi, é difícil estacionar nas imediações e o estacionamento com manobrista fica em R$ 22,00.

O ambiente é moderno, elegante, cool, geralmente frequentado por executivos após o expediente. Mas também ideal para casais, reunião de amigos, família, etc.

As atrações são as porções de pratos italianos, as chamadas "Bottas". Para um casal pedimos inicialmente o Scarpetta Carne Rustica (porção de 6 deliciosos e crocantes bolinhos de carne), seguido do queijo Cacciocavalo na Grelha (cubos de queijo, grelhado e bem macio, delicioso) e Gnocchi Dourado (servidos com ricota fresca, rúcula ao óleo de oliva. Excelente!).

Sobremesa: Mousse al Ciocolatto (mousse de chocolate belga, meio amargo, escuro, denso e cremoso, porção suficiente para ser dividido por duas pessoas). Quatro taças de vinho de 120 ml cada, uma água, um licor Limoncello BottaGallo e um café expresso.

O atendimento foi excepcional e o cliente preenche uma breve ficha de avaliação. Não é um lugar barato, mas a qualidade do serviço, produtos e o ambiente justificam para uma ocasião em que você deseja curtir um lugar descolado e bem acompanhado.
Até que enfim conheci este famoso restaurante te tapas italianos e adorei.. è fantastica a proposta deles de oferecer minis porções de diversos pratos italianos, tudo bem que não é muito barato, mas vale muito a pena pq tudo que experimentei estava uma delicia. Comi o gnocchi romano mt bom, pena que veio muito pouco e vc fica querendo mais e mais, este prato custa R$ 24,00 e o SCARPETTA CARNE RUSTICA que é o tradicional da casa, uma delicia vem com uns pãozinhos super saborosos que custa R$ 25,00. Tomamos duas caiprinha de cachaça Piraja R$ 16,00 muito boa e mais uma capirinha de cachaça especial que custa R$ 19,00. Achei a carta de vinho deles muito caro mesmo... E as taças tb, lembro que a média era R$ 20 a 24,00 uma taça de 150 ml. Os vinho mais barato era em torno de R$ 70,00 muito caro mesmo. Acho que eles deveriam oferecer alguma opção mais em conta, afinal existe tantos vinho bons e mais baratos. Tomei só uma taça de um vinho que não me lembro o nome que estava muito bom. O atendimento é excelente, inclusive no dia fomos atendido por um garçom que acabava de chegar na casa e foi um amor. O ambiente também é bem bonito, vale a pena conhecer.
Lugar legal para ir de turma, o ambiente é descontraido e alegre, a decoração é agradavel e o atendimento é na medida, como tem vinho em taça experimentei alguns rótulos, o melhor foi Langhe Nebiollo da La Spinetta, tambem tem uma carta de bebidas com drinks interessantes, acitamos a sugestão do garçon e pedimos a caipirinha de caju, só pedimos para trocar a vodka pelo sake, ficou leve e deliciosa. O diferencial do restaurante é oferecer pequenas porções para serem saboreadas (Bottas), entre as que provamos estava Raddichio grelhado, muito bom, depois Tartar de peixe branco, parece um ceviche mas é menos azedo e vem guarnecido com folhas verdes, e o ultimo foi o queijo cacciocavalo na grelha, não foi legal porque achei que ficou meio seco e perdeu um pouco do sabor do queijo, ficou parecido com queijo coalho passado churrasqueira.

Bom lugar para ir e conversar, o lugar estava repleto de turmas fazendo um happy-hour bem longo.
O Bottega BottaGallo, dos mesmos proprietarios da Rede Astor, Piraja, Original, lanchonete da Cidade e Pizza Bras... tras uma duvida... qual eh o seu segmento? Bar ou restaurante, juro q fui como restaurante, mas percebi que o Cardapio fica restrito as opcoes de pratos, sendo muito vasto em porcoes e alguns poucos pratos... porem tem muito bons vinhos na sua carta. Mesmo assim fico com a ideia de bar! Lugar bonito. e sossegado do Itaim (Raro isso!) oferece um ambiente romantico e aconchegante, numa mistura de bar e restaurante.... vale conhecer
Muito agradável para ir com os amigos a noite e desfrutar de uma scarpetta (minha predileta é a de carne rústica!) acompanhada de um bom vinho. O bar-restaurante é muito bonito e o atendimento é ótimo! Eles reformularam o cardápio há alguns meses e infelizmente tiraram o expresso martini. Era sensacional mas talvez só eu gostasse!

Neste momento estou escrevendo da delegacia, depois de jantar no Botagallo! Deixei o carro no Vallet do restaurante, na hora de me devolverem o carro, espera de mais de 30 minutos, para eles me trazarem o carro arrombado, o vidro lateral do motorista, tipico de roubo, os manobristas afirmando e pedindo desculpas que tinha sido uma manobra q fez quebrar o vidro até que olho no porta malas e cadê o step, nada! Serviço sujo, substimam- nos, o maitre da casa não fez nada, enfim, furada total e desrespeito! Na delegacia me comunicaram q não é a primeira vez q isso ocorre com o mesmo vallet. Quick Park.
O BottaGallo é um bar e ponto final. Essa é a nossa conclusão. Vende vinho, vende pratos diversos, tem almoço, tem pizza, tem tudo que um restaurante tem que ter, mas o consideramos um bar, um belíssimo bar por sinal.

O BottaGallo já venceu o prêmio da Veja São Paulo de Melhor Comida de Bar 2010-2011. O BottaGallo tem como carro chefe as pequenas porções batizadas de bottas. Além disso o atendimento é totalmente personalizado. Há uma cumplicidade entre o garçom que te atende e você. Isso é ótimo.

Nós chegamos ao BottaGallo por volta das 23h30 de um simpático sábado e a casa estava cheia, mas para a nossa sorte havia mesas disponíveis. Fomos recebidos pelo garçom nota 10, Márcio e também fomos recepcionados pelo Maître Sérgio, uma simpatia sem igual.

Nós fomos alocados para uma mesa mais intimista em uma lateral do bar. Lá havia um confortável sofá e é claro mesa à luz de vela. Foi amor a primeira vista.

Nós pedimos várias dicas, do tipo, o que sai mais na casa; qual o drink que você me sugere..... Quando chegou o fim do expediente do garçom que estava nos atendendo (Márcio), ele foi se despedir e ainda apresentou o novo garçom que passaria a nos atender a partir daquele momento, no caso o Lopes. Todos D+

A cozinha é italiana. Quase tudo no cardápio pode ser pedido em dois tamanhos: porções pequenas, conhecidas no BottaGallo como Bottas e as tradicionais, um pouquinho maiores.

O Cardápio é curto, mas recheadíssimo de boas opções. Pra quem tá acostumado com porções clássicas de botecos brasileiro, pode ficar um pouco perdido e até se confundir ou pedir algo e depois se arrepender. Portanto não exite em chamar os garçons, pois eles são extremamente bem treinados a te orientar e explicar tim tim por tim tim sobre cada prato. E o melhor de tudo é que eles não fazem cara feia. Explicam quantas vezes forem necessárias.

O BottaGallo tem uma micro carta de vinhos na taça com 3 opções de tamanho: 30 / 90 e 150 ml. A menor delas pode sair R$5,00, R$7,00 ou até mesmo por R$23,00 a tacinha (Veja a foto acima). Vale sim para experimentar. Pedimos o Nº11 - Rosso Di Montalcino, safra de 2008, na versão 30ml. Havia a opção média por R$21,00 e a maior por R$35,00. Todas servidas na taça. O Vinho mais caro é o Barolo Cerequio. Lembrando que todos os vinhos da carta do BottaGallo são italianos.

Para começamos bem a petiscar, nós fomos atrás de uma sugestão do nosso garçom nota 10, o Sr. Márcio, e ele não teve dúvida em nos indicar uma deslumbrante porção de "Agnolotti Dal Plin"

Depois dessa maravilha, resolvemos experimentar um outro petisco: ""Pastel de Vento"". Uma massa espetacular, do tipo massa de fogazza. Como acompanhamento vem queijo, mortadela, salame, presunto de parma e um molhinho. Excelente custo benefício. Pois a porção é farta e custa R$ 32,00. Excelente pedida. Para nós, essa botta passou a ser obrigatória nas nossas idas ao BottaGallo.

O forte do BottaGallo são os drinks. Quando pedimos uma sugestão, o garçom não teve dúvida e nos indicou o Toscana Martini. E foi esse que tomamos. Foi um oásis. A bebida era magnífica e foi o grande momento da noite.

A decoração do BottaGallo é sofisticada ao mesmo tempo rústica. Há muita madeira e muito bom gosto. Sem falar nas inúmeras imagens de ""Galos" espalhadas por todo o ambiente.

O Cardápio do BottaGallo está em "Italiano", uma espécie de livre adaptação. E lembre-se da nossa dica, não fique na dúvida, peça para o garçom te explicar que você não vai se arrepender.

As sobremesas oferecidas são uma tentação ao ser humano. A opção que recomendamos é a Pannacota, que sai por R$ 15,00 e é viciante. Todas as bottas, sobremesas entre outras comidinhas de bar são servidas em um belíssimo pratinho personalizado do BottaGallo. Dá uma vontade doida de levá-los para a casa.

Não podemos esquecer de falar do chopp R$5,40 e que leva a marca da CIA TRADICIONAL DE COMÉRCIO, ou seja, cremoso, gelado e com ""drinkability". Tem também o delicioso e doce brahma black por R$6,40. Para os apreciadores de garrafas, tem a Long Neck Stella Artois por R$ 7,00 e Bohemia Escura por R$7,50.

Resumindo, o BottaGallo é para um público que quer apreciar vários petiscos no seu ritmo, sendo sempre muito bem atendido, tomando ótimos drinks ou simplesmente se esbaldando de tomar um belo chopp. Fica aqui mais uma dica para a Cia Tradicional de Comércio, uma lojinha do BottaGallo. O ""galo"" iria vender mais que o ""pinguim"" da famosa choperia de Ribeirão/BH.
Descontração geral no ambiente.Até o estilo dos garçons, com all star, camisa xadrez e suspensório, deixa o clima mais leve. Por falar nisso, palmas pro Pedrosa que não deixou faltar chopp gelado na mesa.A casa é profissa. Faz jus ao pedigree dos proprietários, responsáveis por outros famosos da cidade como o Astor. Impacta da decoração a filosofia. Aliás, tem como não curtir um lugar que se apresenta com tais atributos como os do texto abaixo?Gornatti pegou o cardápio e profetizou “quero provar ele inteiro”. Provoca mais um pouco pra ti ver.Manda os talheres então e vamos a luta.Ah, mas antes veio uma carta marrenta de drinks. E o primeiro da lista? Limoncello Bottagallo. Parecia pegadinha do Malandro. Traz um pra cá.O Gornatti bebia chopp.

E aí, vem aquela pergunta idiota: para que ficar na mesma bebida se dá para misturar? Resolvi provar outros do cardápio. Em homenagem a Lela, Aperol Spritzz, feito com Aperol, Prosecco e laranja. Foi só pela Lela mesmo porque eu nem gosto desse drink.Bora comer? Gornatti disparou o primeiro pedido com o peito estufado: Camarões grelhados com pancetta. Pediu bem.Eu retruquei com o que talvez tenha sido o melhor da noite: Scarpetta com Bracciola, sendo que o pão é para hornar os italianos e raspar o prato.No embalo, chamei o Pedrosa e pedi mais umas costelinhas de porco na lenha. Baita pedida.O show tinha que continuar e o cardápio nos desafiava.

Olhava daqui, perguntava dali. Até topar com o Ouvo Guido, a versão do Bottagallo para o ovo perfeito, cozido, infarinatto e frito. Fica melhor? Ahan, com o creme de trufas que vinha junto.Matou a pau. Quando abrimos ele então e aquela gema quentinha escorreu, foi sucesso total.Nada mais parecia ter sentido depois das pedidas acima. Mas igual a gente seguiu provando. A próxima parada foi na Linguiça com Fagioli al Fiasco, também conhecido como linguiça artesanal de javali com feijão branco cozido num frasco de vidro. Era bom, mas foi ofuscado pelos demais.Nesse meio tempo, mais um mojito pra provocar a Neosaldina do dia seguinte.

A essa altura, fome já não existia mais. Mas curiosidade pra saber o que era Plin no Guardanapo sim. Traz aí então.Veio assim mesmo com o guardanapo tapando como na foto acima. Ao retira-lo, encontrava-se uma porção de agnolottis caseiros cozidos, sem molho mas super bem temperados. Dizem eles que a palitagem deste é inédita na cidade.Eu já tava entregue, mas aí me vem o Gornatti pedindo sobremesa. Pannacotta com não tem ninguém.Não ia deixar o cara na mão né.

Chamei uma torta de maçã bem quentinha com sorvete de creme pra acompanhar.Tá ok, a gente passou legal da conta. Mas como não é um lugar que fica do lado de casa a gente tinha que aproveitar. Certamente quatro pessoas normais teriam comido e bebido bem com a gente e aí a conta teria saído na medida. Mas 245 reais por tudo acabou sendo um pouco demais. Sorte que dinheiro de jovem não acaba…Ou não…
Daí que eu estava super afim de conhecer o Botta Gallo e matei minha vontade nessa ida à Sampa. O Botta Gallo é um misto de bar de tapas com restaurante. Só que não são os tradicionais tapas espanhóis, são tapas italianos. Interessante não?

Os donos vem de boas experiências em São Paulo como o restô Adega Santiago, a pizzaria Bráz e os bares Astor e Original. Portanto, são entendidos de comida e bebida. Antes de abrir o Botta Gallo foram para Itália fazer uma pesquisa de campo aprofundada, o que quer dizer: comer, comer e comer. E beber também, claro. Semanas a fio, comendo a melhor comida do mundo (pra mim!), vivendo, bebendo, provando, aprovando, reprovando, experimentando…. Vidão neahm?!

Invejinha branca desses pobres coitados. Da próxima vez podem me chamar pra fazer esse trabalho pesado que eu vou, sem nenhum problema tá pessoal! Então voltaram com a cabeça fervilhando de idéias e aplicaram tudo lá, no Gallo de Bottas do Itaim Bibi.

Não fiz reserva então esperamos um tempão no bar (em pé!), mas tudo bem, meu próximo compromisso era o almoço do dia seguinte. Pedi um “punch rosso”, drink delícia, com vodka, licor cassis, suco de limão, prosecco e não lembro mais o quê. Adorei! Levinho, docinho e redondinho. Já a primeira porção de tapas não agradou muito. Batatas rústicas com chips de parma e um ovo frito no meio. Muito gorduroso. Detalhe é que a porção é muito gigante pra um tapa, mas ok, se tivesse gostoso, quem iria reclamar da generosidade? Acho que escolhi mal. Porque vi em alguns blogs fotos de vários tapas que eu fiquei babando. :(

Acho que o legal de um bar de tapas gigas assim é ir em turma para pedir váaarias coisinhas e provar um pouco de cada. Como estava de dupla deu vontade de provar muitas comidinhas que vi passando, mas o que me ganhou foi um nhoque com molho de carne rústica que estava bemmm gostoso, super macio, molho com carne assada e desfiada com jeito de feito em casa e que valia por três ou quatro porções de tapas, ou seja, um jantar. Pedimos também um papardelle com ragú de coelho que foi um sucesso. Não sobrou nada pra contar história.

O Botta Gallo tem a carinha simpática e invernal, afinal de contas, madeira escura, tijolinhos vermelhos e vidro sempre combinam. Garrafas de vinho como luminárias, galos espalhados por todo lado, talheres (des)arrumados despojadamente dentro de copos transportaram-me para uma Itália da “nonna”, aquela bem acolhedora. Gostei e quero voltar para comer outras coisitas e contar pra vocês aqui.
Gosto muito desse restaurante! Vou sempre!
Como o próprio nome já diz, é um restaurante de "tapas" italianas, ou seja, é ótimo para ir com os amigos compartilhar entradinhas deliciosas!
O ambiente é bem decorado e animado, o serviço é eficiente! A carta de vinhos não deixa a desejar!
Vale a pena pedir risoto de tomate com burrata, scrapetta de carne rústica (ragu de carne desfiada para comer com pão), nhoque.. nossa tudo mas tudo mesmo é uma delícia, comida bem temperada e descontraída!
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 41

Nota geral Você conhece o Bottega BottaGallo? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)