Bar do Mercado

Foto Bar do Mercado - Bares e Pubs - Brasília imagem 1

Endereço: Crs 509 Bloco C - loja 1 , Brasília , DF - Brasil - 70360-530

Telefone:

61 3442-84...

Clique para ver
Categoria:

Bares e Pubs

  | Rank: 12º de 253

Onde comer? Claro que é no Bar do Mercado. Não pense encontrar um lugar luxuoso: é uma cozinha de mercado honesta, como as de antigamente, onde se pode tomar apenas um cafezinho, experimentar um pastel de bacalhau ou um sanduíche de mortadela. Se o assunto é almoço, basta sentar em umas das mesas...  Ver mais

Preço por pessoa
$$$$ (De R$26 até R$50)
Bom para
Vinho
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:
cash, credit card, debit card
Primeira opinião
Fernando Anselmo

Como chegar
Salvar favorito
Reportar problema
Sou dono
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota

  • Lugares parecidos
  • Cadastro

http://br.kekanto.com/como-chegar/bar-do-mercado
Notas específicas:
Ambiente
(18)
Comida
(16)
Público
(17)
Atendimento
(17)
Bebida
(16)
Custo-benefício
(13)
Dicas
Petiscar muito!
Darlana G.
Cerveja e petisco são uma pedida sem erro!
Gracielle M.
Vá com amigos
Celia P.
Bolinho de Bacalhau
Roberto S.
Sanduíche de mortadela, pastéis e molho de beringela
Regina M.
Ver mais
Opiniões
Anexo ao Mercado Municipal (!) de Brasília, na W3 Sul, o ambiente lembra o de um bar paulistano do início do século XX, com mesinhas de madeira, paredes azulejadas, garrafas de cachaça em altas prateleiras e uma interessante escada de madeira que leva ao segundo andar.
É um ponto bem agradável para beber uma cerveja gelada, petiscar ou mesmo se servir de uma deliciosa feijoada aos sábados, ao som de um chorinho de ótima qualidade. Durante a semana, o bar fica menos cheio. Sempre é tranquilo encontrar vagas de estacionamento na própria W3, bem em frente ao bar.
Recentemente, fui conferir o prato participante do Festival Roda de Boteco, o "Enroladinho do bar", que é uma massa de panqueca recheada com calabresa, bacon e linguiça picadinha, acompanhada de molho rosé apimentado (R$ 19,90). Até bom, dá para duas pessoas. Mas nada muito emocionante para um lugar que promete mais naquilo que já oferecia.
Para variar, o problema é o atendimento. Além de ser demorado, os garçons não sabem direito para quem são os pedidos. Pedir e esperar a conta pode ser um martírio. A nossa, por exemplo, veio trocada duas vezes. Creio que o número de garçons se torna insuficiente quando a casa lota.
Um boa carta de vinhos, boa comida, bonito e ainda trás uma sensação gostosa de viagem.
Terça e quinta ainda tem música ao vivo (cada vez mais raro em Brasília)
Ah! a parte de cima pode ser alugada para festa.
Bem, juntando isso tudo o Bar do mercado é uma boa pedida para qualquer dia na semana e ainda comprar uns quitutes para levar para casa.
Faço só uma observação, não é um lugar para paquerar, por alguma razão e quase sempre frequentado por gente mais velha.
Fui com meu pai fazer uma compra e fomos ao mercado para beliscar alguma coisa. Bem, o cardápio não foi de muito agrado para mim, pois fiquei só num refrigerante e pedi um ninho de nozes doce. Meu pai beliscou um pastel, mas não lembro do que era. Ele disse estar bom, mas não muito bom. Falo mais pelo doce e não por ele. Quem sabe na próxima eu sento e peço algum salgado.
De longe, um dos maiores achados de brasília - na minha modesta opinião! Botequeira de Minas, como sou, achei o espaço bacana, atendimento de primeira e um cardápio para agradar qualquer amante de uma boa comida de bar! Tem cara de bar do mercado central ou qualquer coisa de boteco carioca. É daqueles lugar que só falta o mar ali à frente ou uma avenida movimentada, como se fossem as ruas da Lapa. Pra ir de chapéu panamá, sandália e chinelo!
Achei o atendimento digno dos botecos de Minas Gerais:, garçons muito atenciosos, educados e sorridentes. O cardápio, ainda não consegui sair dos petiscos. Adoro os pastéis. E ando curiosa com a linguiça de Formiga!
A única ressalva é a música: falta uma trilha ou um cantor de bar ali. Se você quer conhecer um bar bacana, não hesite!
Fica difícil caracterizar este local como bar, esta mais para uma junção de bar/mercado/restaurante. Todos juntos, separadas por setores porem todos interligados e todos de qualidade.

Na parte do restaurante, contamos com varias mesas e um sistema de comida a la carte e alguns dias (não lembro quais) eles fazem um esquema de "open feijoada"...kkkkk...onde você paga um valor (costumava estar em torno de R$ 30,00) e come a vontade, e detalhe, a feijoada e de primeira.

Na parte do mercado, a casa conta com uma enorme variedade de laticínios, defumados, conservas, temperos, bebidas, etc. Tudo de qualidade e dos mais variados tipos e preços.

Na parte do bar (que se estende a área do restaurante também) presenciamos um lugar simples porem aconchegante com uma cervejinha gelada, petiscos e aperitivos tradicionais (sanduíche de mortadela, lingüiça frita, etc...) tudo da mais alta qualidade que somado a um bom atendimento e um sambinha maroto, fazem a sua ida a esta casa valer a pena.
Infelizmente não temos em Brasília o costume de frequentar mercados como em outras capitais do país. Também pudera, o único mercado que aqui foi aberto foge totalmente da tradição de um autêntico mercadão, comercializando em sua maior parte produtos caros e elitizados. Só mesmo em Brasília!!!

A reboque, o Bar do Mercado que tem tudo para estar sempre cheio e bem frequentado, está na maior parte da semana vazio e com uma clientela reduzida a quem vai apenas conhecer. Apesar de ter ótimos, e eu diria até exclusivos petiscos, como o maravilhoso fígado com jiló, o pastel de bacalhau e o famoso sanduíche de mortadela entre outros, o bar sofre com a falta de frequentadores assíduos e fiéis, o que não acontece na maioria dos bares de mercado pelo país afora.

Apesar de tudo eu gostei do Bar do Mercado. O chopp é da Brahma e o preço está de acordo com os bares mais tradicionais da cidade, portanto o que está faltando é mesmo um pouco de boa vontade dos etílicos e gastronômicos colaboradores de nossa cidade em prestigiar o único bar do segmento em Brasília. Taí um bom lugar para mais um de nossos animados HH's.
Fui almoçar neste estabelecimento na terça-feira, dia 21/01/14. Pedi um pastel de carne de entrada: o pior que já experimentei. Estava queimado, com as bordas duras e uma carne escura e ruim. Duas mordidas foram mais que suficientes.
Para o almoço, pedi um picadinho de mignon. HORRÍVEL! Arroz requentado e insosso, filé de sei lá o quê (podia ser tudo, menos mignon), ovo pouchet frito (era ovo frito e não pouchet) e, para tornar o meu almoço muito mais especial, farofa com um lindo e castanho fio de cabelo. Isso mesmo: cabelo!!! Com o refrigerante, foram os R$ 48,00 mais mau gastos de minha vida. Dois dias depois fui no Fred, na 405 sul, comer o melhor picadinho de Brasília, com dois amigos. Incluindo cerveja e refrigerantes sabe quanto ficou para cada um? R$ 45,00. Se arrependimento matasse....
Tive o prazer de degustar um belo bife a parmigiana com molho branco neste ambiente pra lá agradável. Fui muito bem atendido, mas como no horário que fui estava completamente vazio, não creio ser uma boa referência, mas o garçom me atendeu com muita cortesia e bom humor. O prato lá é muito bem servido e dependendo das pessoas que vão comer, um prato que teoricamente é para duas pessoas, três comem tranquilamente. Tive que pedir para embalar o restante, pois minha esposa e eu não conseguimos "matar" todo aquele bife que estava extremamente suculento e com um ótimo sabor.
Os preços são bons, nada muito exagerado e nem muito barato, mas para quem quer coisas boas, bom atendimento, bom ambiente, tem que estar disposto a pagar um pouco a mais para tal, não concordam?
Dia de sábado rola um pagode com feijoada delicioso, se não estou enganado o valor é R$ 36,90 por pessoa e vc pode comer bastante...rs


um abraço!
Tive a grata oportunidade de conhecer o local através de um evento do Kekanto, e a experiência foi mais do que agradável! Cada dia mais o pessoal que escreve se mostra mais e mais interessado em levar a ferramenta pra frente, isso é demais!
Voltando ao bar, realmente ele cumpre o que promete. Tem todo o clima do Mercadão de Sampa (embora eu achei a decoração EXTREMAMENTE parecida com o Municipal de MInas), há uma variedade enorme de produtos geralmente entcontrados nesses mercados e que não encontramos nos grandes estabelecimentos. Há dois ambientes para os frequentadores, um térreo de frente para a avenida W3 sul e uma outra, como um mezanino, que é geralmente reservado para eventos particulares. Ficamos nesse segundo e o espaço de cara agrada bastante, com sua decoração rústica e a possibilidade de algum dos convidados ou até o próprio anfritião utilizar uma cozinha muito espaçosa que há por ali. No quesito petisco, o carro chefe continua sendo o bolinho de bacalhau, mas há também pasteizinhos fritos, pães recheados ou ainda para serem degustados com os diversos molhos que a casa oferece. Temos também o famoso pão com mortadela, mas pra mim o campeão foi o bolinho de bacalhau. Chopp da Brahma, e ainda podemos experimentar um drink da casa, o Mojito Candango. Nos disseram que há dias onde uma banda se apresenta tocando um samba ou um chorinho, vale a vista!
Quanto ao encontro,Valeu muito a pena, com certeza irei voltar!
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 36

Nota geral Você conhece o Bar do Mercado? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)