Anuncie no Kekanto

Quer receber ofertas do Bar do Luiz Fernandes?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos. Cadastre-se e receba os descontos
f
Bar do Luiz Fernandes

Bar do Luiz Fernandes

Rua Augusto Tolle, 610
Santana - São Paulo , SP - 02405-000

Telefone: 11 2976-3556

Bar tradicional da zona norte,famoso por seus petiscos, cervejas e batidas. 


Preço por pessoa:

$$ (De R$26 até R$50)

Categoria:
Bares e Botecos
Ranking: #10 de 1297
Formas de pagamento:
Crédito:
Débito:
Horário de funcionamento:
Seg.: Fechado
Ter. a Sex.: 16h às 1h
Sab.: 11:30 às 19h
Dom.: 10:30 às 19h
Primeira opinião por:
lisa
Detalhes:
Mesas ao ar livre
Wi-fi

Quer receber ofertas do Bar do Luiz Fernandes?

No Kekanto os donos de estabelecimentos podem publicar cupons de descontos para todos os seus consumidores. Registre-se e receba gratuitamente todos os descontos

Publicidade
Notas:
2 estrelas
0
Notas específicas:
Ambiente
(28)
Comida
(26)
Público
(27)
Atendimento
(27)
Bebida
(24)
Custo-benefício
(26)
Dicas  (32)
Adriana de Souza Pereira
Nao deixe de conhecer a D Idalina e suas deliosas surpresas (bolinhos divinos!).
Adriana S.
Rita de Cassia Gava
Bolina da D.Idalina, delícia portuguesa, batatinha estufada
Rita C.
Matheus Tinho Cavaliere
Todo mês de maio faz a festa "12 Horas de Boteco" musica de primeira e todos os botequeiros reunidos!
Matheus T.
Ricardo Saldaña
Bolinho de carne, Surpresa (bolinho de calabresa com queijo em volta beringela), Bolinho de bacalhau... além das porções escolhidas no prato pelo cliente e montadas pelo próprio Sr. Luiz Fernandes.
Ricardo S.
Classificar por:
Opiniões   (63)
 
Fui ontem ao BDF depois de tanto ler comentários aqui no Kekanto. Chegamos por volta de 15h30 e o bar já estava cheio, poré, logo já conseguimos uma mesinha na parte de fora. O dia estava bem agradável, bem propício pra uma geladinha e algumas degustações.
Meu primeiro pedido foi a surpresinha da dona Idalina, q é um bolinho com recheio de carne, tomate seco e mais alguma coisa q não idenfiquei.Antes q o bolinho chegasse, fomos na parte de baixo do bar onde fica um balcão com vários petiscos e vc escolhe o pedaço e o pessoal pica pra vc e leva na mesa. Tudo de primeira e uma delícia. Achei uma delícia, mas não td isso q o pessoal falou. Depois experimentei a delícia portuguesa, q é um bolinho de bacalhau bem caseiro e vem servido num pratinho super estiloso com azeite e alho com pimenta. Bom tbm, mas ainda não era o sabor q eu estava esperando.
Depois de algumas cervejas e petiscos, decidi pedir o bolinho de mandioca com recheio de feijoada....esse sim surpreendeu meu paladar. MUITO BOM MESMO.
O bar é uma graça, todo decorado com vários neons e fotos pelo bar todo. Mesas fora e dentro do bar, banheiro arrumadinho, gente bonita e garçons eficientes.
Adorei mesmo e quero repetir várias vezes a experiência.Detalhe para o vinagretezinho de cebola e pimenta q eles servem nas mesas para acompanhar as porções...uma delícia.
Dica: Bolinho de mandioca com feijoada (o melhor)
Bom para: Paquerar, Cerveja, Ir com crianças, Casais, Famílias, Ir com amigos, Ir sozinho, Happy hour, Jantar, Almoçar
 
O Bar do Luiz Fernandes da Augusto Tolle é o MELHOR BOTECO de São Paulo #Fato. O Filho do Luiz Fernandes é quem comanda o Bar, o Dudu (Luiz Eduardo). O cara está todos os dias no Bar e trabalha demais para que todos sejam bem atendidos. É impressionante a simpatia dele... todo mundo que chega no bar para e cumprimenta o cara.... O carro chefe da casa são os petiscos da Dona Idalina. Todos os petiscos são diferenciados e exclusivos do Boteco. É fácil encontrar a Dona Idalina e vale a pena tirar uma foto com ela como recordação. É comer um bolinho (Quarentinha, Divino, de Carne, Maravilha, Delícia Portuguesa, Surpresinha da Dona Idalina) e virar fã da mulher do seu Luiz Fernandes. Esse é o boteco de verdade...mesinhas de lata na calçada, cerveja gelada, e muita conversa, além é claro de tira gostos espetaculares (muitos são vendidos de modo unitário, baratinho). Vale a pena falar do banheiro, reformado recentemente, ele está perfeito para um boteco, pois não existe uma barzinho tradicional com um banheiro tão bom assim. Enfim, não tem pra ninguém.
Dica: Bolinho Maravilha
Bom para: Gastar pouco
 
Barzinho muito famoso, com ambiente simples tipo boteco, e sempre lotado. Geralmente é necessário aguardar para conseguir uma mesa. O atendimento é bem atencioso, apesar de os garçons atenderem com um pouco de pressa, devido à quantidade de clientes. Oferecem cerveja muito gelada e opções de petiscos com toque português, como os bolinhos "Carequinha" (com linguiça, alheira e ovo de codorna) e "Delícia Portuguesa" (bacalhau com azeite, alho e pimenta em grão). Vale a pena experimentar também os famosos bolinhos de carne, baratos e bem servidos. Os bolinhos são vendidos por unidade, e o custo-benefício é muito bom.
Dica: Pedir os famosos bolinhos de carne e "Delícia Portuguesa".
Bom para: Ir com amigos, Jantar, Happy hour, Cerveja
 
As duas unidades do bar do Luiz são simplesmente demais! Essa da Augusto Tolle é bem pequena, com praticamente todas as mesinhas espalhadas pela calçada. Os petiscos vão sendo preparados desde o meio da tarde pela D Idalina e creio que pelo Sr Luiz. Eles são umas gracinhas, de cabelos totalmente grisalhos e super ativos cortando frutas, lavando recipientes, arrumando porções que vão ficando expostas no balcão para os clientes escolherem.
Desde cedo, umas 17h mais ou menos, já aparecem os primeiros clientes para seus happy hours. Lá pelas 19h o bar está lotado de gente bonita e alegre que fica conversando e tomando cervejas e drinks acompanhados de aperitivos muito apetitosos. Tudo é muito gostoso por lá. Mas fico com as surpresas da D Idalina como o preferido. Originais e deliciosas, uma surpresa para o paladar.
Esta unidade do bar fecha bem cedo. Antes das 22h. Por isso, fique atento ao marcar uma cervejada com os amigos. Se quiser algo que siga até mais tarde prefira a unidade da Av Eng Caetano Alvares.
Dica: Nao deixe de conhecer a D Idalina e suas deliosas surpresas (bolinhos divinos!).
Bom para: Ir com amigos, Casais, Reuniões de negócios, Happy hour, Cerveja, Drinques, Paquerar
 
Quando eu ouvia falar do Bracarense, no Rio, mas ainda não o conhecia, uma coisa não entrava na minha cabeça: como é que numa cidade que pode ser considerada a capital mundial dos botecos, um bar tão pequeno e simples pode conquistar uma legião de adoradores que se aglomeram diariamente à sua porta, sentados em banquinhos, em suas próprias cadeiras de praia ou em pé, em uma busca apaixonada por seu chopp e seus petiscos?
A resposta que só eu não conhecia é: tudo ali é muito pessoal e informal, atencioso, com bons preços, deliciosos petiscos e tudo de primeiríssima qualidade.
Não sei se a referência é a ideal, mas foi a que me veio à memória (com cheiros e gostos) quando comecei a pensar sobre o Bar do Luiz Fernandes, a simpática casa da Zona Norte, desconhecida pela maioria dos paulistanos, mas simplesmente idolatrada por seus frequentadores.
O bar surgiu em 1970, da falência da mercearia da família e da perspicácia do Sr. Luiz, que viu ali uma oportunidade e transformou a mercearia em um boteco.
E criou “o” Boteco. Não desses sem personalidade e que imitam os botequins de antigamente, e sim daqueles com banquetas de plástico, mesas de lata, garçons simpáticos, cerveja sempre geladíssima, petiscos gostosos e muita, muita história para contar.
Comandado pelo próprio Sr. Luiz Fernandes, o bar se chamava, até 2003, Bar do Luiz, quando resolveu acrescentar o sobrenome para não ser confundido com o mais que centenário carioca Bar Luiz. Ao lado dele, Dona Idalina, sua fiel escudeira, é ainda a responsável pela cozinha. À frente, transbordando simpatia e recebendo cada cliente como se fosse um amigo de infância, o filho Luiz Eduardo.
Tudo isso numa casinha pequena que foi se espalhando pela simpática rua. E os garçons seguem se esforçando para fazer caber todo mundo, como num coração de mãe. E “salta cerveja estupidamente gelada prum batalhão”.
E batidas. O bar faz dezenove diferentes. Dizem que as preferidas são a de amendoim com licor de cacau e a de morango com vinho, patrimônios do boteco, feitas pessoalmente pelo Sr. Luiz e exibidas pelas prateleiras acondicionadas em garrafas antigas de leite Paulista.
E caipirinhas! Elas também são preparadas pelo anfitrião em opções como a “Verde e Amarela” (limão e maracujá), a “Velha Guarda” (de limão galego), a “Clássica” (de limão Taiti e lima da Pérsia) e outras como morango, carambola, uva, ameixa, goiaba etc.
Chegamos então ao balcão. Verdadeira instituição botequeira que é, a casa não poderia deixar de ter um balcão de acepipes, separados pela casa entre os “frios” (salames, queijos, chouriços etc), os “leves” (pepinos, batatinhas, tomates, cogumelos e outros) e os “de peso” (moela, pé de porco, fígados de frango e de boi), curiosamente vendidos por porção ou por unidade, e não por peso.
Só que tudo isso são apenas detalhes, pois o ponto alto da casa é o chamado “petisco de boteco”: bolinhos, pastéis e afins – aquilo que por aí é conhecido como “baixa gastronomia”, mas que aqui pode até ser chamada de “alta gastronomia dentro de um bolinho”.
Um dos exemplos é a “Surpresa de Dona Idalina”, campeão do Boteco Bohemia 2006. Trata-se de um bolinho que leva berinjela, carne moída, mussarela, tomate seco e diversos outros ingredientes.
Em 2008, o bar ficou com o segundo lugar no mesmo concurso com o “Delícia Portuguesa”, um bolinho de bacalhau servido de maneira primorosa, cortado ao meio, em uma forminha de cerâmica para ser molhado no azeite e no alho frito com pimenta rosa.
O concurso não existe mais, mas o bar não parou de criar opções. Uma delas é o “Bolinho Maravilha”, preparado com berinjela, lingüiça Blumenau, mussarela e pepino em conserva, sempre servido na companhia da mostarda escura holandesa.
Outra delícia é o “Quarentinha”, homenagem aos 40 anos do bar, que leva massa de batata, mussarela ralada, tomate seco, manjericão, miolo de alcachofra e aliche!
E quando você pensa que já é mais que suficiente, o Luiz Eduardo começa a descrever detalhadamente o “Brasileirinho”, feito com massa de mandioquinha e com um recheio que mistura o feijão e as carnes da feijoada com muitos temperos, e que ainda não está no cardápio, mas já é servido pela casa.
Tudo isso e mais algumas coisas que já devo estar esquecendo dão à sua legião de “fiéis” uma certeza: o Bar do Luiz Fernandes é muito mais que um dos melhores botecos de São Paulo. É uma extensão de suas casas, só que com um barman melhor, uma cozinheira melhor e uma turma de amigos que nunca vai te deixar sozinho.
Dica: Vá nos bolinhos. Qualquer um deles.
Bom para: Ir com amigos, Happy hour, Cerveja, Drinques, Gastar pouco
 
Bar do Luiz é um dos preferidos dos botequeiros de plantão, pois ele tem aquele jeitão simples de bar à moda antiga que faz você se sentir à vontade. O seu Luiz e a Dona Idalina, há 37 anos, transformaram uma simples quitanda em um dos melhores e mais tradicionais botecos de São Paulo, na humilde opinião deste que vos escreve.

É aquele recinto familiar perfeito, que dá para você ir com os amigos, namorada e toda a família. É ótimo para ir aos domingos à tarde apreciar um bom petisco e tomar uma cerveja gelada com o ótimo atendimento do Eduardo, filho do Seu Luiz e da Dona Idalina.

Situado no Mandaqui, próximo a Avenida Eng. Caetano Álvares , o local conta com um ambiente externo que cabe 30 mesas, segundo o site (eu, particularmente, acho que não cabe tudo isso). Se preferir, tem a parte interna do bar com um excelente balcão com frios e acepipes como provolone, azeitonas, miúdos de frando, e mais de 40 tira gostos para você solicitar na hora.

Todas as bebidas e sucos são preparados pelo seu Luiz (inclusive você tem a opção de pedir batidas por litro, caso esteja com muitas pessoas), e a Dona Idalina (Ah, Dona Idalina) é responsável pelos petiscos mais saborosos de São Paulo, falo isso sem dúvida nenhuma. Quem já experimentou a “Surpresa da Dona Idalina” (uma espécie de bolinho de bacalhau regado ao azeite e salpicado com alho frito), a porção de bolinhos de carne, aquela batatinha corada e temperada sabe do que estou falando.

www.botecosdesampa.com.br
Dica: o Bar do Luiz serve porções individuais de alguns petiscos, com isso você economiza e consegue experimentar mais delícias. Fecha cedo. Não pense em chegar lá muito tarde.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Happy hour, Cerveja, Paquerar, Gastar pouco
 
Um dos Botecos mais tradicionais de São Paulo e também um dos nossos preferidos.
Atendimento personalizado e clima de amizade.Esse é verdadeiro boteco com preços excelentes.
A mesa do boteco é daquelas de lata. A cerveja é estupidamente gelada. A Dona Idalina é a grande estrela da casa. A mãe do Sr. Luiz Eduardo faz cada petisco que é de impressionar.
Experimente a famosa Surpresa da Dona Idalina.
Para se ter uma idéia do poder do bar. O ano passado, o mesmo promoveu um evento grandioso que foi do estilo do antigo "Boteco Bohemia" se é que não foi melhor.
As pessoas que conhecem o bar vestem a camisa e adoram. Se torna quase que uma religião;
O ambiente é totalmente amigável. Tem que ir.
Dica: Chame o Sr. Luiz Eduardo para um papo.
 
Ambiente bem agradável, os petiscos são maravilhosos, cerveja gelada. Muito bom para ir com amigos e curtir.
 
Esse é o boteco é meu preferido. Eu vou la´a 38 anos, pois quando meu pai jogava no pinheiral eu ja ia com ele desde pequena. Ambiente familiar, porém não é para crianças. Se for mulheres é muito legal. Porém não é um bar de bagunça. Muitas mesas do lado de fora, balcão do lado de dentro. Atendimento feito pelo dono e pelo filho Luizinho e sua turma muito bom realmente. ótimo pra relaxar, dar risada. Agora tem inclusive estacionamento perto. Tem que chegar cedo se quiser sentar, mas eles sempre dão um jeito. Cerveja sempre muito bem gelada, e os petiscos sempre frescos. Mesmo com tv´s que eles deixam ligado e no jogo, não há aquela barulheira costumeira de pessoas gritando por gol.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Famílias, Ir sozinho, Happy hour, Cerveja, Drinques, Relaxar, Assistir esportes
 
O melhor buteco de São Paulo!
Ambiente super descontraído, sem frescura. Cerveja gelada e as comidinhas incomparáveis. O melhor de tudo, Dona Idalina e Sr. Luiz Fernandes são pura simpatia.
Vale muito, muito a pena. Todos que apreciam um fim de tarde com os amigos comendo iguarias devem conhecer, e o preço é super barato.
Dica: Bolinho de carne, Surpresa (bolinho de calabresa com queijo em volta beringela), Bolinho de bacalhau... além das porções escolhidas no prato pelo cliente e montadas pelo próprio Sr. Luiz Fernandes.
Bom para: Ir com amigos, Casais, Happy hour, Apreciadores de cerveja, Gastar pouco
Ricardo Saldaña:
Eu adoro, pena não conseguir ir na festa de aniversário do bar, com shows, comidinhas e bebidas... quem foi se esbaldou...rs. Acho que estão fazendo todos os anos agora.
Conteúdo inválido
lisa:
Gosto muito,e ainda mais sendo vizinha,cinco minutos andando estou lá!Quem ainda não conhece,dá uma chegadinha lá =)
Conteúdo inválido
 
Para quem procura um chopp e cerveja estupidamente gelado, petiscos deliciosos e preço justo, não perca tempo..vá direto para o Bar do Luiz...
feito pra quem quer "butecar" de verdade e conhece do traçado.
Nota 11 !!!
Dica: cerveja mantida dentro de maquina de fazer sorvete...fica mais gelada que "trazeiro" de foca !!!!!
 
Sem muitos comentários !!! Esse boteco é maravilhoso.... Só indo para tirar suas conclusões... Esse eu recomendo !!
Dica: Prove a surpresinha da Dona Idalina !!!!
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Happy hour, Cerveja, Drinques, Paquerar, Assistir Futebol
 
Boa tarde a todos aqui esta um doa lugares que e u ja frequentei que eu aconselho a todos,otimos petiscos as gevejas bem gelada fora isso vc sempre rodeado de pessoas lindas em todos os sentidos nao demorem para conhecer
 
Ótima porção de frango a passarinho, super crocante e sequinho uma porção serve bem 3 pessoas.
Bom para: Ir com amigos, Ir com crianças, Casais, Famílias, Ir sozinho, Jantar, Almoçar, Happy hour, Cerveja, Drinques, Reuniões de negócios, Realizar conferências, Realizar eventos pessoais, Relaxar
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 63

Escrever opinião


Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu login (Você não perderá a opinião escrita)
O Kekanto não é autor e não endossa nenhuma das opiniões e/ou comentários. Eles são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. Para mais informações acesse nossos termos de uso.

Check-ins

Total de check-ins
25
Seus check-ins aqui
0