Azucar

Endereço: Rua Doutor Mário Ferraz , 423 , Itaim Bibi - São Paulo , SP - Brasil

Telefone:

011 3074-3...

Clique para ver

O Azucar foi inaugurado no ano 2000 e desde então, é referência no que diz respeito a música cubana em São Paulo. A casa funciona de segunda a sábado à partir das 20h e aceita cartões de crédito e débito. De segunda à sexta, a casa disponibiliza aulas particulares, com desconto para casais, de ...  Ver mais

Preço por pessoa
$$$$ (De R$51 até R$100)

Site oficial
azucar.com.br
Redes sociais
azucarclubcubano

Bom para
Paquerar, Happy hour, Drinques, Relaxar

Primeira opinião
Dica
Formas de pagamento
Crédito:
Débito:

cash, credit card, debit card
Horário de funcionamento
Seg.
20h - 2:30
Ter.
20h - 2h
Qua.
20h - 2h
Qui.
20h - 3h
Sex.
20h - 3h
Sáb.
20h - 3h


Detalhes
  • Acesso para deficientes
  • Ar condicionado
  • Aceita reservas
  • Comanda individual
  • Wi-fi
  • Música: DJ
  • Entrada: R$42 H e R$30 M
  • Estacionamento


Como chegar
Favorito
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/azucar
Notas específicas:
Ambiente
(26)
Comida
(21)
Público
(23)
Atendimento
(26)
Bebida
(24)
Custo-benefício
(20)
Produto/Serviço
(2)
Limpeza
(1)
Dicas Ver mais
Opiniões
Já tinha ouvido falar da casa mas nunca tinha ido, tive a oportunidade de conhecer através do evento do Kekanto.
Logo na entrada do lado esquerdo, tem uma área para fumantes.
Na entrada do salão, após a recepção, você tem uma visão geral de dentro da casa, do lado esquerdo algumas mesas, do lado direito o bar e em cima um mezanino.
Achei a decoração bem legal, tem vários quadros referente à Cuba, o atendimento foi muito bom, o banheiro fica em cima, não vi se embaixo tem banheiro para cadeirante.
Serviram porções deliciosas: Havanitos de Pollo: que são charutinhos de frango acompanhado de um molho meio picante muito bom. Chips de Milho acompanhado de guacamole, que por sinal estava deliciosa e a Las Papas Del Che: lâminas de batata com queijo cheddar e bacon frito, que eu amei.
E por estar em uma casa cubana, não pude deixar de tomar o Mojito, que também foi muito bem preparado.
Tivemos uma aula básica de Salsa e Merengue, foi bem divertido!
Só achei a pista pequena, por ser uma casa onde toca músicas latinas, como salsa e merengue, acredito que muita gente vai para dançar, dependendo da quantidade de pessoas a pista deve ficar apertada.
Conheço outras casas nesse estilo e esta não deixou a desejar, gostei bastante em todos os apectos.
Conheci através de mais um incrível evento Kekanto!

É um bar com temática cubana, tanto na decoração quanto na música, caribenha: o que predomina é a salsa e o merengue. A meia luz determina um clima intimista em meio à decoração onde predomina a madeira e o tom vermelho. Um pequeno clube de dança a partir de um determinado horário, onde casais empolgados dominam a pista ou os mais tímidos têm aulas de passos simples para poderem começar a dançar conforme o ritmo.

Como não sou pé-de-valsa (muito pelo contrário), valeu para conhecer, e (tentar) aprender alguns passos de salsa e merengue. Se é fã de ritmos caribenhos e/ou gosta de dançar, é uma boa pedida. Só que vá preparando o bolso, pois as bebidas e os drinks são bem carinhos (long necks a R$9,90 e drinks como mojitos a R$21,50).
Um pedacinho de Cuba em São Paulo está no Azucar. Esse bar/balada toca o melhor dos ritmos latinos ótimo pra quem gosta de dançar, mesmo que vc não tenha par bailarinos da casa tiram as moças para dançar e são muito simpáticos bom pra praticar os passinhos aprendidos nas aulas de dança de salão.
A casa é muito bonita e bem decorada, são dos andares com bares independentes no térreo fica a pista de dança que não é muito grande mas dá tranquilamente pra se divertir, o atendimento é excelente, com certeza vc vai se divertir muito.
O Azucar é realmente uma excelente pedida! Estive lá com a sempre animada galera do Kekanto e o bar causa boa impressão do começo ao fim, bem localizado, funcionários gentis e bem-humorados, uma casa cuidada nos mínimos detalhes para nos sentirmos como se estivéssemos em um bar na bela e nostálgica Havana, com todo seu charme sedutoramente retrô. De cara já quero enfatizar que eu achei os petiscos deliciosos! Um rolinho de frango acompanhado de um molho agridoce e nachos para degustar com uma excelente guaca-mole, estavam perfeitos! Crocantes, gostosos, com tempero na medida, pra fazer até o mais elegante degustador, disfarçadamente, dar uma exageradinha. E vinham em efeito cascata! Mal acabava uma porção e lá vinha outra fresquinha e irresistível. Recebemos como cortesia um vale-cerveja, que podíamos escolher qual queríamos, destaco entre as opções a presença da budweiser e da Stella Artois, eu, obviamente, em um bar cubano, não perderia a oportunidade de pedir um Mojito, e que Mojito!! Feito com um bom rum cubano e no capricho, uma delícia! Rolou uma animada aula de salsa para a galera sacudir o esqueleto e foi também muito bacana, deu logo pra eu sacar que não sou ruim de dança, antes disso, sou mesmo péssimo, mas ainda que os demais kekanteiros (as) fizeram bonito, por mim hehehe.
Muito bom evento, ótimo bar que entrou para meu rol de lugares que certamente, vez ou outra, visitarei e indicarei aos amigos! :)
Sim, essa é a casa mais Cubana de Sampa !

Eu batia cartão de quinta nessa balada, porém ultimamente ando meio sem tempo devido aos planejamentos do meu intercâmbio e mudança de carreira e sinto uma falta tremenda desse lugar!

Se você ama danças latinas, está aprendendo, quer começar algo novo como dança, quer interagir com pessoas bacanas e alegras e viu Dirty Dancing 1 e 2 e se empolgou, você já conhece o Azucar, ou se não conhece está esperando o que para conhecer ?

Para quem não sabe dançar tem o/a Personal Dancer e para as muchachas que vão sem par, não se preocupe, pois os muchachos tiram você para dançar, te ensinam e são super fofos e educados, já conheço um pessoal que vai sempre e sempre é assim. Claro, que tem um ou outro metido que só dança com quem sabe dançar, mas esses geralmente são uns chatos e você, provavelmente se for iniciante ou se tiver humildade e ser uma pessoa bacana, nem vai querer saber desses chatonildos que se acham o "Rei da Pista de Salsa". Para mim dança primeiramente é sentir e ter força de vontade para treinar e arrasar não para os outros , mas para você mesmo e por prazer.

Eu particularmente gosto muito da decoração da casa, que possui dois andares, com algo meio decadente/cubano, mas ao mesmo tempo organizado, com vários quadros bacanas e coloridos nas paredes. As músicas são bem bacanas também. De quinta toca mais salsa e bachata, merengue se toca pouco ali.

Os garçons e garçonetes são super gente boa, interagem muito com o público da casa, o mojito é um dos melhores que provei, os drinks aliás são excelentes e não são tão caros, os nachos são muito bem feitos também e a comida em geral é ótima, porém, cara na minha opinião ( o último prato que pedi custou 40 contos e vinha 3 trecos pequenos parecidos com nachos, esqueci o nome agora, com 3 molhos, 2 muito bons e um nem tanto, como estava com pouca fome e ia dançar aquilo serviu, mas geralmente acho caro os petiscos de lá e sempre fico com fome).

Mulher entra de graça com nome na lista na quinta feira e a casa ás vezes oferece cursos de dança , geralmente nas férias de julho e janeiro para a galera que quer dar um Up nos passinhos.
Fui ao azucar apenas 1 vez com amigas e namorado.
O local é um barzinho no estilo latino, que toca músicas como salsa, zouk, lambada e batcharda (não sei como escreve) e possui dançarinos ensinando alguns passinhos e tirando o pessoal para dançar.
O ambiente é agradável e os atendentes muito simpáticos.
A única crítica que tenho é quanto aos mini hamburguinhos, que consistem em pão, hamburger e queijo e os nossos vieram vermelhos, praticamente crus, coisa que eu odeio.
Mas de uma forma geral, gostei do local.
Casa com ritmos latinos(salsa,merengue).Sempre que fui foi de sexta feira e costuma ficar bem cheio.
Possui uma pista de dança pequena,mas da para se divertir um bocado.Tem um mezanino com um bar,onde a paquera rola solta.Varios quadros sobre cuba decoram a casa.
Mojito é a bebida mais pedida,acho que uma das melhores que tomei.Muitos gringos costumam frequentar.Lugar bem animado.
Na festa dos Kenkanteiros ontem no Azucar, pude confirmar quão agradável é o local: decoração que te remete imediatamente à Cuba, inclusive nas cores dos banheiros. A comida, super bem preparada, quentinha, saborosa e de pratos típicos (las papas del che, guaca mole e os impagáveis havanitos com molho tipo agridoce e gengibre). Tudo sendo reposto fartamente pelo maitre, sempre educado e atencioso com todos. Fora a cerveja gratuita também, um mimo à parte. A equipe do Kekanto pensou até nos brindes e apetrechos para que os kekanteiros pudessem tirar fotos. A aula de salsa e merengue foi uma delícia. Achei a pista um pouco pequena. Porém, para o público pequeno em que estávamos, ficou perfeito. Desde o manobrista, atendentes do balcão até o seguranças, todos simpáticos e gentis.
O Azucar é um bar/balada onde tocam ritmos latinos variados – o carro-chefe da casa é a salsa, mas tocam vários outros ritmos (que eu, inclusive, não consigo diferenciar sozinha).

Até umas 22h, o local tem mais cara de bar: as luzes estão um pouco mais claras (apesar de estar à meia-luz), a música não está alta e ninguém está na pista; todos estão nas suas mesas, comendo e bebendo. Depois desse horário, a luz baixa, a música aumenta a os primeiros casais começam a se arriscar. Na última vez em que fui, numa quinta-feira, a pista só foi ficar animada mesmo depois da meia-noite!

A casa possui dois andares, sendo que o de cima é um mezanino com um bar independente. Uma coisa que achei interessantíssima é que, na beira do mezanino (e na altura do chão deste), há uma tela estendida, de modo a segurar coisas que os bêbados do andar de cima possam derrubar. Ponto para a casa!

A decoração é outro ponto alto do local: paredes completamente tomadas por quadros fazendo referência a Cuba – desde retratos de Che até cartazes de propaganda antigos. Lembro de ter achado até o teto legal, mas agora não lembro o porquê... hehehe

A carta de bebidas é bem extensa, contando majoritariamente com drinks preparados com rum. Acho os preços bem salgadinhos: o mojito, carro-chefe da casa, custa R$ 21,50. Tomei um daiquiri mandarin, composto de rum, açúcar, limão e tangerina, por R$ 19,50; estava bem gostoso, mas a brincadeira sai cara se você se empolgar. Quanto às cervejas, a casa possui long necks também a um preço elevado: Skol Beats, Bohemia e Budweiser a R$ 9,40 e Stella Artois a R$ 9,90.

A pista é pequena, o que força os casais a se espalharem para o meio das mesas. Não recomendo sentar muito perto da pista! Mas é uma delícia ver o espetáculo que algumas pessoas dão... e tentar fazer parte desse espetáculo também, é claro! Há professores/monitores na pista, que podem ensinar aguns passinhos e dançar com você. Para as mulheres, sempre há algum homem que te tire para dançar (especialmente se você estiver com cara de cachorrinho pidão perto da pista, hahaha).

Como a Denise já disse, é um lugar em que a paquera rola solta, especialmente pelo fato de os ritmos latinos serem naturalmente sensuais. Na verdade, em alguns momentos você não sabe se é uma paquera ou se é só a dança! ;)

Ah! Um ponto importante, especialmente para quem vai lá de cupom (e os cupons de lá sempre incluem alguma porção): a cozinha fecha às 2h (pelo menos às quintas).
É um lugar muito gostoso, especialmente para quem dança (ou se arrisca). Recomendo!
Casa já foi muito tradicional das noites paulistanas,tinha uma segunda feira bem tradicional onde iam muitos "gringos".
Ambiente bem decorado, porem com uma cara meio antiga. Retornei a casa através do evento Kekanto tivemos umas entradas bem gostosas e uma aula de salsa e merengue básicas, valeu para rever os kekanticos.
Quanto a casa no horário de balada quem chega até as 9:30 não paga entrada após parece que é R$ 35,00 homem e R$ 25,00 mulher mais o consumível. Quanto aos preços é de balada R$ 10,60 uma long neck.
Local temático e com estilo bem cubano. Pra quem gosta é o lugar ideal. Além de ser localizado em um bairro bem frequentado , que oferece encontros com muitos estrangeiros e com isso não dá um "ar" de balada igual as outras.
As terças o Azucar oferece aulas de dança e com isso pode se arriscar uns passinhos (rs).
A pequena pista que fica no final do salão, deixa o ambiente mais caliente. Podendo somente admirar quem está dançando ou mesmo interagir em todo aquele ritmo.
A casa oferece ótimos pratos e muito bem servidos. Os preço é bem adequado para a qualidade do lugar.
As bebidas costumam ser bem tradicionais mas o Mojito é sensacional. Feito com Rum Cubano, é um excelente diferencial.
Vale arriscar um ritmo diferente do convencional.
Azucar é uma balada latina pra quem quer ir e se jogar nos ritmos calientes.

Como latina que sou adorei o lugar e as musicas, não lembro de ter ficado parada nem um minuto quando fui no lugar, se bem que o lugar é meio pequeno para dançar tanto encima como embaixo fica curto o espaço e nunca falta aquele que quer mostrar os passo de dança de salão que aprendeu nesse caso fica ainda mais pequeno o lugar.

O ambiente é decorado num ambiente cubano bem legal, tem muitas bebidas legais e o atendimento é bom

O único ponto contra é que eles deveriam tirar mais mesas para ter espaço de dançar mais, fora isso é um lugar ao qual eu voltaria sem problemas.
Conheci essa balada indo ao aniversário do amigo da minha amiga! rs A casa é pequena e no dia havia uma banda tocando músicas latinas! Eu e minha amiga "colamos a barriga" no bar e tomamos uns 4 mojitos cada! Eita mojito bom, o melhor que tomei até hoje!! Conversando e tomando, rindo e tomando! Muito bom, lembro desta noite com saudade! rs
Exibindo de 1 a 14
Total de opiniões: 45

Nota geral Você conhece o Azucar? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)