Alessandro E Frederico Rio Design

Foto Alessandro E Frederico Rio Design - Restaurantes -  imagem 1

Endereço: Av das Americas próximo ao número , 7607 , Rio de Janeiro , RJ - Brasil

Telefone:

(21) 2498-...

Clique para ver
Categoria:

Restaurantes

  | Rank: 1473º de 2787
Primeira opinião
Flavia

Como chegar
Favorito
Sou dono
Reportar problema
Escrever opinião
Como chegar - Traçar rota


http://br.kekanto.com/como-chegar/alessandro-e-frederico-rio-design
Notas específicas:
Ambiente
(3)
Comida
(3)
Atendimento
(3)
Bebida
(3)
Custo-benefício
(3)
Dicas
Fuja desse lugar!!!!
Bernardo A.
Carne Pirulito
Bruna S.
Opiniões
Quando tudo dá errado, alguma coisa não tá certa

Domingo é sempre um dia de aventuras gastronômicas. Aventuras no mais amplo sentido da palavra. Os restaurantes estão cheios, as ruas estão cheias, e invariavelmente eu estou cheio de fome. Meu velho avó, meu eterno Comandante, dizia que a fome é o melhor tempero. Mas aprendi a duras penas que também pode ser o pior estopim, desencadeando uma explosão de frustrações quando alguma coisa dá errado. Quando fui ao Alessandro e Frederico do Rio Design Barra a idéia era uma restaurante especializado em carnes, preferência da Vó Tatá, companheira do dia. Como estávamos com a pequena Duda, também precisaria de espaço pra ela brincar enquanto almoçávamos. Churrascarias foram logo descartadas por causa das intermináveis e tradicionais filas. Quando a Patroa sugeriu o dito, pareceu uma boa alternativa. Gosto da mesa de antepastos, não dos pratos. Mas confesso nunca ter provado grelhados. Seria uma boa oportunidade.

Chegamos ao local nostálgico onde antes funcionou o finado Ponderox, que gerou muita discussão aqui no blog. Eu cheguei munido de fome e certa dose de paciência. Já sabia que a espera era iminente. Na porta um pequeno tumulto, com as hostess de certa forma enroladas. Demos o nome e fomos para um lounge, onde pipocas frias e murchas eram o cartão de boas-vendas. E nem que imaginar a quantidade de mãos que já tinham acarinhado o petisco antes de nós. Até que a espera não foi grande. Deu tempo da Duda fazer algumas gracinhas pra um casal de senhores que esperava na nossa frente e de pedir as bebidas.

Encaminhados pra mesa pedimos uma cadeira infantil. Veio uma com o cinto de segurança quebrado, faltando a parte que o fixava no assento. Pedimos outro. A simpática, pra não dizer o contrário, atendente nos informou graciosamente que todas as cadeiras estavam assim. Muito bom para um restaurante que tinha meses de inaugurado. Deve ser pela alta frequência de vândalos e delinquentes dispostos a pagar R$ 50,00 por um sanduíche. Mas piora, e muito. Irônico, perguntei o que faríamos com a criança então, já que a cadeira de nada servia. A resposta dela foi a cereja do bolo: “Não posso fazer nada”. Deu de ombros e saiu andando. Não sei se em represália a isso, ou por pura incompetência mesmo, mas ficamos cerca de 20 min, sem ver qualquer sombra de atendimento. Nem pra oferecer um couvert, nem novas bebidas, nem mesmo pra nos deixar o cardápio. Fome aumentando inversamente proporcional à paciência é uma combinação perigosa.
Finalmente quando conseguimos lassar um garçon, pedimos o couvert e o cardápio. De pavio curto, não quis inventar e fui de Bife de Ancho com batata assada. Vó Tatá escolheu uma picanha com batata frita e a Patoa um peixe da sugestão do dia. Mesmo sem o atendente nos perguntar, fiz questão de informar o ponto da carne: mal passada pra mim, ao ponto pra Tatá. E mais uma espera interminável sem qualquer sinal de atendimento. Depois de mais de 40 min de espera, e vários “fingi que não vi” dos garçons, consegui literalmente pegar um pelo braço e explicar nossa espera de mais de meia hora, ao que ele candidamente me respondeu: “É senhor, estamos com um problema na cozinha, o chef não veio hoje e realmente tá meio enrolado, tá demorando a sair”. Pô! Agora que você avisa, camarada? E só restava esperar mais. E mais.

Depois de tanta espera e mau humor nas alturas, a comida deveria ser no mínimo divina pra compensar minimamente todos os erros de atendimento. Mas àquela altura do campeonato já não tinha mais essa inocente esperança. Esperava apenas comer e sair dali o quanto antes. A comida chegou para aliviar a fome e incendiar os ânimos. Minha carne, que havia pedido mal passada veio esturricada. Sério, com marcas negras de queimado por fora e absolutamente nenhum traço de humidade por dentro. Parece que foi na usina nuclear pra cozinhar e voltou. O garçon visivelmente atrapalhado e constrangido me petguntou se queria que refizesse o prato. Estava esperando o Serginho Malandro sair de trás de alguma mesa e gritar: “Rá, Pegadinha do Malandro!”  Era de verdade. Foi duro de engulir. A carne e todos os outros deslizes. Péssima experiência que me fez sentir saudades do antigo locatário do espaço, que pelo menos no começo era bom. Tão ruim que me fez inaugurar uma nova categoria de avaliação:
:_( – De chorar…

Tipo: Variada
Comida: :_(
Ambiente: :-/
Serviço: :_(
Conta: $$$$$ 
Salão amplo, bonito e elegante, o Alessandro e Frederico já é um lugar que te convida pelo ambiente. O cardápio é de um restaurante italiano, mas com muitas opções, todas que você possa imaginar: pizza, calzoni, foccacia, saladas, carnes (grelhados), messas, risotos, brusceta, carpaccio... são muito opções que é necessário gastar uns 20 minutos pra decidir, por isso que já aconselho a sentar e pedir a entrada.

Eu optei pelo carpaccio, mas as foccacias também me pareceram muito deliciosas e serão a escolha quando voltar lá. A especialidade do local parece ser as massas, mas infelizmente no dia que fui não estava no espírito pra comer massa, então optei pelo grelhado com 2 acompanhamentos, delicioso! Uma outra pessoa no meu grupo pediu uma carne com molho madeira e risoto de gorgonzola, igualmente delicioso e muito bem servido!

De sobremesa pedi uma banana caramelada com sorvete e calda de chocolate, não gostei muito,pois o garçom me explicou como se fosse uma banana flambada e aí fiquei animada, mas quando veio era uma banana cozida, meio aguada, pedirei outra coisa da próxima vez.

O atendimento é impecável, todos atendentes simpáticos e pacientes, tive uma ótima experiência!
Esse restaurante fica em um dos meu Shoppings favoritos que é o Rio Design Barra, conta com um local bem espaçoso, com mesas para diferentes tipos de grupo e consegue unir o suntuoso com o despojado na sua decoração.
Geralmente, está com fila, mas não tem problema... É só pedir um drink e aguardar a sua mesa no bar que tem pipocas espalhadas para disfarçar a fome.
O couvert vem com manteiga e uma pastinha de tomate seco e outra de beringela. Acompanha cesta de pães. Não achei nada demais…
Dentre os pratos já provei o gnocchi fresco com molho pomodoro e gorgonzola que é uma delícia, com uma massa bem leve e o Pirulito que é uma carne argentina surreal de gostosa. Ela é suculenta por dentro e tem uma crosta crocante por fora! Hummm Você pode escolher dois acompanhamentos para a carne. Como eu dividi a carne, escolhi os dois acompanhamentos iguais: batata cozida na brasa recheada com gorgonzola, bacon e salsinha.
O atendimento é ótimo. O garçom ajuda a fazer o pedido sem a menor cerimonia!
Primeira opinião do lugar
Excelente restaurante mas longe de ser uma brasserie. Entre com o objetivo de um restaurante de massas e sairá extremamente satisfeito.

Desde a foccacia com alecrim da entrada, a massa e o tiramissu da sobremesa acredite que terá uma boa experiência italiana.

Apesar de localizado no centro de um shopping, o ambiente é silencioso. Se você gosta de ambientes mais privados, porém, não é uma boa opção uma vez que as mesas são proximas uma das outras e sem divisões.

Nota geral Você conhece o Alessandro E Frederico Rio Design? Escreva uma opinião! Dê sua nota!
Passe o mouse pelas estrelas clique para dar nota
Título da opinião

Opinião
Para enviar fotos ou preencher os campos adicionais, faça seu (Você não perderá a opinião escrita)